Obrigada por Ivan Angelo | Adriana

busca | avançada
91834 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Teatro Sérgio Cardoso recebe As Conchambranças de Quaderna de Ariano Suassuna
>>> “Meus bichos do sertão”, da artista mineira Maria Lira, em exposição na AM Galeria
>>> Maurício Limeira fará parte do DICIONÁRIO DO PROFUNDO, da Ao Vento Editorial
>>> Longa documental retrata música e territorialidade quilombola
>>> De Priscila Prade, Exposição Corpo em Quarentena abre dia 4/10
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
Últimos Posts
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Marcha Sobre a Cidade
>>> Um novo olhar sobre o cotidiano
>>> Dicas para escrever melhor
>>> Cegueira
>>> A moral da dúvida em Oakeshott e Ortega Y Gasset
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> A sagrada liberdade e o divino direito
>>> Melhores presidentes do Brasil, parte 2
>>> Vida Nova, de Claudio Lampert
>>> Wild Wild Country
Mais Recentes
>>> Vida Autêntica de Jesus Cristo 1 - Narrativa de René Laurentin pela Paulus (2001)
>>> Eu sou as escolhas que faço. Como resolver o dilema entre o que o mundo espera de você e o que você quer do mundo. de Elle Luna pela Sextante (2016)
>>> Tao Te King - o Livro do Sentido da Vida de Lao Tse pela Hemus
>>> O Deus da Guerra de Joan Wolf pela Record (1989)
>>> O que você pode e o que você não pode mudar de Martin E. P. Seligman. Ph.D pela Objetiva (1995)
>>> O senhor das moscas de William Golding pela Nova Fronteira (2006)
>>> Orgulho e Preconceito de Jane Austen pela Martin Claret (2006)
>>> Historia social de la literatura y el arte de Arnold Hauser pela Guadarrama
>>> Hagadá de Pêssach de Jairo Fridlin pela Sêfer (2021)
>>> Coronel Fawcett - a Verdadeira História do Indiana Jones de Hermes Leal pela Geração Editorial (2000)
>>> Andando na sombra de Doris Lessing pela Companhia das Letras (2007)
>>> O Mundo das Cores de Paulo Toledo Soares pela Moderna (1991)
>>> O Novo Rei do Terreiro de Nelson Albissú pela Paulus (1999)
>>> 10 Meninas Que Mudaram o Mundo de Irene Howat pela Vida (2005)
>>> O Que o Ato Conjugal Significa para o Mulher de Tim e Beverly Lahaye pela Betânia (1984)
>>> Lua-de-mel de Nancy Van Pelt pela Cpb Didaticos (2010)
>>> Ensinando para Transformar Vidas de Howard Hendricks pela Betânia (1991)
>>> Ouse Disciplinar de James Dobson pela Vida (1990)
>>> Quero Ser Feliz, Agora! de Dr. Henry Brandt pela Vida (1981)
>>> Como Ser Vencedor de Harold Hill pela Vida (1983)
>>> Mesmo na Tempestade de Amantino Adorno Vassão pela Betânia (1984)
>>> A Formação de um Discípulo de Keith Phillips pela Vida (1983)
>>> O Homem de Que o Mundo Mais Necessita de Arthur S. Maxwell pela Casa (1994)
>>> Como Conduzir Alguém a Cristo de W. W. Orr pela Ibr (1987)
>>> El Piano de Neruda y Otros Cuentos de Héctor Hidalgo pela Zig Zag (2000)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 30/4/2007
Comentários
Leitores


Obrigada por Ivan Angelo
Ainda bem que existem pessoas como você que divulgam com propriedade a obra de certos autores, como Ivan Angelo. Não posso negar que há, de minha parte, um orgulho intrínseco por ele ser mineiro. Já li muitos textos desse autor e, seguramente, é um dos bons mesmo. Ele mostra um sarcasmo, uma certa ironia, que são fundamentais em sua obra. Obrigada por esse presente. Um abraço. Adriana

[Sobre "Cronista puro-sangue"]

por Adriana
30/4/2007 às
12h04 201.58.130.79
(+) Adriana no Digestivo...
 
Audrey
O problema com a Audrey Hepburn, no filme, é que fica facílimo tirar a moça das ruas e colocá-la nos salões da aristocracia. Tem pouca gente, no universo inteiro, que seja tão naturalmente refinada. No Brasil um negócio desses é quase impensável. Beleza de texto, Mineo.

[Sobre "My fair opinion"]

por Guga Schultze
30/4/2007 às
11h16 201.80.159.10
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Uma princesa menina
Concordo com Ram, acredito que não havia nenhuma intenção de realizar um filme com veracidade histórica. A Maria Antonietta de Sofia é antes de tudo a história de uma menina que tem seu destino traçado por outras pessoas. E também não acho que há uma tentativa de atualização, a trilha é pontuada por rock alternativo e também não há uma tentativa de mostrar uma redenção da menina adolescente, mas apenas mostrar que, perdida em meio a uma vida, chega um determinado momento em que ela percebe que a revolução é mais uma etapa, mais uma vez outros fazem sua vida, e ela segue o ritmo de alguma forma, às vezes se jogando na superficilidade, às vezes defendendo seu lugar ao lado do marido.

[Sobre "Retrato edulcorado de uma rainha"]

por Bia Cardoso
http://noticiasdomundo.zip.net
30/4/2007 às
09h40 201.14.100.170
(+) Bia Cardoso no Digestivo...
 
Boa para a Vogue
Faltou a planta da cidade e os comprovantes do IPTU...

[Sobre "De cima da goiabeira"]

por Clarice
30/4/2007 às
09h07 189.12.22.34
(+) Clarice no Digestivo...
 
A mão invisível
Interessante o paralelo com a "mão invisível" de Adam Smith. Bastante adequado. A ideologia liberal é bem sedutora, mas não deixa de ter seus problemas, como você esboçou no texto.

[Sobre "Os enciclopedistas franceses rolam nos túmulos"]

por Bernardo Tonasse
http://firulasdofulano.blogspot.com
28/4/2007 às
22h11 192.168.133.52
(+) Bernardo Tonasse no Digestivo...
 
Um grande amor e sua perda
Marcelo, quando comecei a ler o seu texto fui relembrando tudo que vivi por um grande amor que até hoje me faz sofrer. E vejo que sou tão sofrida quanto você. Vivi um amor enloquecedor que me fez perder a cabeça, joguei tudo pelos ares e, quando estava completamente apaixonada, ele se foi e nem olhou para trás. Hoje estou aqui só, ficaram apenas as lembranças... Vivemos um amor que hoje vejo que não existe. Hoje tenho muita saudade e uma grande dor no peito e confesso que sinto muito por você, pois sei o quanto é triste perder quem tanto amamos, e o pior é perder para outra pessoa. Um abraço e lembre-se que pior seria não ter nem as lembranças...

[Sobre "Receita para se esquecer um grande amor"]

por Maria J.Da S.Telea
28/4/2007 às
22h06 200.233.228.4
(+) Maria J.Da S.Telea no Digestivo...
 
Wiki e outras pedidas
As minhas consultas 'a wikipedia tem sido muito legais, especialmente quando o assunto e' algo recente. A wiki em portugues e' um mundo 'a parte... Mas fora a Wiki, existem outras enciclopedias gratis eletronicas, como a MathWorld baseada inicialmente nos catalogos de Weisstein. Quanto aos trabalhos escolares, o problema nao' esta nos alunos e, sim, nos professores que indicam trabalhos sem valor algum para o aprendizado. Enquanto os professores continuarem sem imaginacao, as criancas encontrarao algo melhor para fazer...

[Sobre "Os enciclopedistas franceses rolam nos túmulos"]

por Ram
28/4/2007 às
15h35 71.202.209.152
(+) Ram no Digestivo...
 
onde nasce a violência?
Talvez a pergunta seja onde nasce a violência? Senão toda a platéia de filmes que, digamos, faça "apologia" à violência seria transformada em serial killers; aí seria uma simplificação. Questionemos então o que seria violência utilizando referências cinematográficas: A escolha de Sofia? O bravo dirigido por Johnny Deep? Quem sabe O resgate do soldado Ryan, do Spilberg? A violência nas telas têm em muito servido de alegoria para que algumas culturas discutam a segmentação e a necessidade de controle sobre a própria vida. O cinema oriental esta por assim dizer saturado de temas ligados à violência e em geral isto não significa que estejam se tornando mais violentos que no seu passado. A violência no cinema, em Scorcese e outros diretores, se vale de alegoria. A escolha de Sofia busca fragilizar o espectador ao desmontar salvaguardas emocionais fundadas na empatia com a personagem para então conduzi-lo à catarse. Cinema não propaga violência mas, como vimos, permite registrar e discutir...

[Sobre "Violência, violência"]

por Carlos E. F. Oliveir
28/4/2007 às
07h43 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
A Wiki e a aceitação passiva
Não acredito que pessoas informadas validem inquestionavelmente quaisquer informações, a própria busca já traz em si um desejo elucidativo. Absorver determinados conceitos ou conhecimentos, geralmente ocorre do cruzamento de fontes e complementação ou ratificação de mais de um formulador. A aceitação passiva de uma única fonte é uma quase negligência que está aquém do desejo de esclarecer. Quanto aos analfabetos funcionais, o IBGE serve-se de dados e números, esta é a sua razão, enquanto o senso comum se abriga unicamente no preconceito. Temos analfabetos funcionais, em um número muito maior, com diplomas de terceiro grau, dirigindo importantes negócios ou até acreditando que fazem parte de uma elite cultural. Crianças acreditam em fábulas que é também matéria cognitiva; carentes trocam mentiras por atenção; excluídos trocam qualquer coisa por mais um minuto de vida; cada qual acredita no que quiser à medida que seja possível situar seu desejo na realidade. O mundo não é mau e nem somos ingênuos...

[Sobre "Wikipedia: prós e contras"]

por Carlos E. F. Oliveir
27/4/2007 às
22h40 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
fiquei arrepiada com o texto
Sem dúvida, o show do Aerosmith valeu muito a pena. Esperei por muito tempo para viver duas horas de muita felicidade. Até hoje não acredito que vivi e senti tudo aquilo. Foi uma explosão de alegria que só quem é fã de puro e bom rock pode sentir. Posso dizer também, conforme mencionado nos comentários deste texto, que prometi a mim mesma que irei ao show do Aerosmith em algum lugar do mundo. Aeros é a minha banda...

[Sobre "Aerosmith no Morumbi"]

por Fernanda
27/4/2007 às
20h47 200.216.152.19
(+) Fernanda no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Destróieres
Antony Preston
Ao Livro Técnico
(1982)



Bandeira de Oxala, A: Pelos Caminhos da Umbanda - 1ª Edição
Ademir Barbosa Junior
Nova Senda
(2013)



Marília de Dirceu
Tomás Antônio Gonzaga
Círculo do Livro
(1990)



Manual do Proprietário Hp 12c Platinum Calculadora Financeira
Hp
Hp
(2003)



Abrace a Vida
Lauro Trevisan
Da Mente
(2002)



Odisséia Ambiental - uma Aventura no Tempo
Emanuel Souto e Cayo Ogam
Prazer de Ler
(2006)



Arte de Enriquecer - Princípios da Psicologia Financeira
José Antonio Pinotti
Sapienza
(2004)



Andaimes do Real - Psicanálise do Quotidiano - 1ª Edição
Fábio Antonio Herrmann
Casa do Psicólogo
(2001)



A Doutrina Secreta - Vol. 06 - 14ª Reimpressão da 1ª Edição
Helena P. Blavatsky
Pensamento
(2015)



Cantochão
Martha Carvalho Rocha
Artenova
(1977)





busca | avançada
91834 visitas/dia
2,2 milhões/mês