Tenho pesadelos até hoje | joão Athayde

busca | avançada
27782 visitas/dia
955 mil/mês
Mais Recentes
>>> MANU LAFER APRESENTA SHOW NOBODY BUT YOU - TRIBUTO A KIKA SAMPAIO
>>> Sesc Belenzinho recebe a banda E a Terra Nunca me Pareceu Tão Distante
>>> Sesc Belenzinho recebe a atriz e cantora Zezé Motta
>>> Psicólogo lança livro de preparação para concurseiros usando a Terapia Cognitiva-Comportamental
>>> O Sertão na Canção: Guimarães Rosa
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Era uma casa nada engraçada
>>> K 466
>>> 2 leituras despretensiosas de 2 livros possíveis
>>> Minimundos, exposição de Ronald Polito
>>> Famílias terríveis - um texto talvez indigesto
>>> O Carnaval que passava embaixo da minha janela
>>> A menos-valia na poesia de André Luiz Pinto
>>> Lançamentos de literatura fantástica (1)
>>> Cidadão Samba: Sílvio Pereira da Silva
>>> No palco da vida, o feitiço do escritor
Colunistas
Últimos Posts
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
>>> Mon coeur s'ouvre à ta voix
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
Últimos Posts
>>> Kleber Mendonça volta a Cannes com 'Bacurau'
>>> Nem só de ilusão vive o Cinema
>>> As Expectativas de um Recrutador e um Desempregado
>>> A Independência Angolana além de Pepetela
>>> Porque dizer adeus?
>>> Direções da véspera IV
>>> Direções da véspera IV
>>> A pílula da felicidade
>>> Dispendioso
>>> O mês do Cinemão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Memorial de Berlim
>>> The Good Life
>>> O Natal quase sempre é um problema
>>> O físico que era médico
>>> O historiador das idéias
>>> Maria Antonieta, a última rainha da França
>>> Gentili sobre o 7 a 1
>>> Convivendo com a Gazeta e o Fim de Semana
>>> Uma pirueta, duas piruetas, bravo, bravo!
>>> O petista relutante
Mais Recentes
>>> Margarida La Rocque: a Ilha dos Demônios de Dinah Silveira de Queiroz pela Record (1991)
>>> Três famílias: identidades e trajetórias transgeracionais nas classes populares de Luiz Fernando Dias Duarte e Edlaine de Campos Gomes pela FGV (2008)
>>> Crítica da Divisão do Trabalho de André Gorz pela Martins Fontes (2001)
>>> O Mais Belo País é o Teu Sonho de Flávio Moreira da Costa (autografado) pela Record (1995)
>>> O sociologo e o historiador de Pierre Bourdieu e Roger Chartier pela Autentica (2011)
>>> Em defesa da sociologia de Anthony Giddens pela Unesp (2001)
>>> Irmã Morte de Justo Navarro pela Record (2011)
>>> Caos Total de Jean-claude Izzo pela Record (2002)
>>> Medicina Sexualidade e Natalidade de Henrique Augusto Lima (autografado) pela Byk (1999)
>>> Crônicas inéditas 2 de Manuel Bandeira pela Cosac Naify
>>> Adivinhadores de água de Eduardo Escorel pela Cosac Naify (2005)
>>> Flávio de Carvalho: Espaços da Arte Brasileira de Luiz Camillo Osorio pela Cosac Naify (2009)
>>> Cultura e materialismo de Raymond Williams pela Unesp (2011)
>>> O Eixo do Mal Latino-Americano e a Nova Ordem Mundial de Heitor de Paola pela Observatório Latino (2016)
>>> Marca, Imagem e Reputação: a Trajetória de Sucesso de Pessoas e Empresas de Fernanda de Carvalho e Francisco Britto e Richard House pela Da Boa Prosa (2012)
>>> Clarice, uma Biografia de Benjamin Moser pela Cosac Naify (2015)
>>> Um Barril de Risadas, um Vale de Lágrimas de Jules Feiffer pela Cia das Letras (2008)
>>> Inelegibilidades no Direito Brasileiro de Joel J. Cândido pela Edipro (2003)
>>> Recursos em matéria eleitoral de Tito Costa pela Revista dos Tribunais (2004)
>>> Direito Eleitoral & Questões Controvertidas de Antônio Carlos Martins Soares pela Lumen Juris (2008)
>>> Langage et pouvoir symbolique de Pierre Bourdieu pela Editions Fayard (2001)
>>> Les Règles de l'art de Pierre Bourdieu pela Editions du Seuil (1998)
>>> Princípios Estruturantes das Agências Reguladoras e os Mecanismos de Controle de Alexandra da Silva Amaral pela Lumen Juris (2008)
>>> Homo Academicus de Pierre Bourdieu pela Les Editions de Minuit (2005)
>>> A criança e a mídia: imagem, educação, participação de Cecilia Von Feilitzen; Ulla Carlsson pela Cortez (2002)
>>> Circulação internacional e formação intelectual das elites brasileiras de Ana Maria Almeida; Letícia Canêdo, Afrânio Garcia; Agueda Bittencourt pela Unicamp (2019)
>>> Crimes eleitorais de Suzana de Camargo Gomes pela Revista dos Tribunais (2008)
>>> Delegação e Avocação Administrativas de Regis Fernandes de Oliveira pela Revista dos Tribunais (2005)
>>> Probidade administrativa. Comentários à Lei 8.429/92 e legislação complementar de Marcelo Figueiredo pela Malheiros (2004)
>>> Inquérito Policial & Competências e Nulidades de Atos de Polícia Judiciária de Anderson Souza Daura pela Juruá (2008)
>>> Agora e Para Sempre Lara Jean de Jenny Han pela Intrínseca (2017)
>>> Michael Kohlhaas de Heinrich Von Kleist pela Grua (2014)
>>> Perícias judiciais de engenharia. Doutrina. Prática. Jurisprudência de Francisco Maia Neto pela Del Rey (1999)
>>> A Lição do Mestre de Henry James pela Grua (2014)
>>> Chega de Plástico de Varios Autores pela Sextante (2019)
>>> Os Doze Mandamentos de Sidney Sheldon pela Record (2011)
>>> O Outro de Bernhard Schlink pela Record (2009)
>>> Até Eu Te Encontrar de Graciela Mayrink pela Novas Páginas (2013)
>>> Abaixo de Zero de Bret Easton Ellis pela Rocco (1987)
>>> Suítes imperiais de Bret Easton Ellis pela Rocco (2011)
>>> Porto Seguro de Nicholas Sparks pela Novo Conceito (2013)
>>> Ação de Impugnação de Mandato Eletivo de José Rubens Costa pela Del Rey (2004)
>>> O Milagre de Nicholas Sparks pela Agir (2010)
>>> Zona de Perigo de Shirley Palmer pela Best Seller (2003)
>>> Da anulação ex officio do ato administrativo de João Antunes dos Santos Neto pela Fórum (2004)
>>> O Misterioso Caso de Styles de Agatha Christie pela Abril Cultural (1983)
>>> Conexões de Varios Autores pela Abril (2016)
>>> A Quarta Vítima de Théo Iemma pela Scortecci (2005)
>>> Crianças da Noite de Juliano Sasseron pela Novo Século (2011)
>>> Macunaíma de Mário de Andrade pela Ciranda Cultural (2016)
COMENTÁRIOS

Sábado, 10/11/2007
Comentários
Leitores


Tenho pesadelos até hoje
Ana, nos anos 80 publiquei às próprias custas um livro de contos. O que você escreveu é fichinha perto do que passei - tenho pesadelos até hoje. Abraços.

[Sobre "Livros de literatura podem ser objetos de consumo?"]

por joão Athayde
10/11/2007 às
22h57 189.14.23.31
(+) joão Athayde no Digestivo...
 
Individualismo e o coletivo
Interessante que a individualização, tão apregoada na sociedade capitalista, tenha refletido também na música; quando você diz que a obra perdeu significância em relação ao single é o singular se sobrepujando sobre o coletivo. Acredito que isso seja um reflexo do próprio mercado, onde artistas são lançados todos os dias e os hits duram algumas semanas, até o próximo e o próximo. Mas também tem aquela outra questão, alguns músicos são tão bons ou tocam de alguma forma tantas pessoas que acabam se tornando eternos, ou mesmo cantores novos que tenham fãs realmente. Ainda escuto cds inteiros, tanto de antigos como o Led como de novos como a Amy Winehouse. Mas concordo que há uma fragmentação de significados e as pessoas acabam perdendo a arte que está na música.

[Sobre "A morte do disco"]

por Bia Cardoso
http://groselha.wordpress.com
10/11/2007 às
18h14 201.67.10.221
(+) Bia Cardoso no Digestivo...
 
França fascinante
Julio, a França é realmente um país fascinante! País cheio de história, com um povo bem característico. Interessantíssimo! Beijos

[Sobre "Os Franceses, de Ricardo Corrêa Coelho"]

por Amanda B.
http://calcinhasnovaral.com
9/11/2007 às
08h31 200.206.192.107
(+) Amanda B. no Digestivo...
 
Correspondência do texto lido
Achei imprencionante mas muito mais pelas figuras apresentadas. A minha curiosidade é saber qual é a fonte de inspiração que o autor teve para com estas figuras?

[Sobre "O Fel da Caricatura: André de Pádua"]

por Armando Sitoe
9/11/2007 às
07h56 196.28.232.209
(+) Armando Sitoe no Digestivo...
 
Escritor de primeira
Rodrigo Godoy ou Guga Schultze, o certo é que qualquer um vê que se trata de um escritor de primeira.

[Sobre "Guga, para iniciantes"]

por Daniel
http://www.danielslopes.com
9/11/2007 à
01h28 189.12.207.103
(+) Daniel no Digestivo...
 
Coisas que chocam
Excelente a resenha. Mas deixa claro pra mim que jamais lerei esse livro. Qual a intenção de Kohan, o autor? Violência (ou crueldade) não se combate com palavras. Todo escritor deveria saber disso: os violentos são surdos. E uma denúncia, ou um protesto, exige comprometimento afetivo, pessoal, da parte protestante. Se um autor se isenta de uma tomada de posição ao fazer um protesto, não é mais um protesto. É uma propaganda, no sentido em que as coisas que ele escreve se propagam. Tenho minhas suspeitas de que apenas apontar o mal, nomeá-lo, dar-lhe uma forma e não tomar uma posição, é uma maneira de invocá-lo. Ótima a resenha, mas essas coisas ainda me chocam.

[Sobre "Romance quebrado de uma era fraturada"]

por Guga Schultze
9/11/2007 à
00h00 201.80.157.230
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Deus ou Força Maior
Oi, Mário. Mas sabe, eu acredito muito em mim mesma e nos meus ideais, tenho plena certeza de minha existência, o problema, não apenas meu, mas de todos seres humanos é que necessitamos dar um sentido, uma razão, um saber porquê, como e para onde vamos depois de morrermos, é aí que a idéia de um Deus ou uma força maior entra, consciente ou inconscientemente em todos nós, e toda religião se apropria dessa necessidade humana para levantar seus negócios, que indubtavelmente são doutrinários e coercitivos, além de ser mesmo o que disse. Mas a necessidade de ter uma idéia de Deus ou Força Maior, não necessariamente nos impõe uma religião a ser seguida, apenas nos acalenta de uma ausência de sentidos para a nossa vida tão efêmera. Afinal, ter a consciência da própria morte, faz grande diferença em nossas vidas!

[Sobre "Deus, um delírio, de Richard Dawkins"]

por Danielle
http://www.bloguisteria.blogspot.com
8/11/2007 às
14h43 201.27.238.6
(+) Danielle no Digestivo...
 
Religião: um negócio
Discordo, Danielle! Acreditar em um deus é não acreditar em si mesmo! Quem se enche de fé religiosa, fé doutrinada, é porque é vazio por dentro... É possivel sim viver bem, fazer o bem, sem acreditar em nada disso... a simples libertação dessa doutrinação maléfica e manipuladora nos faz pessoas mais esclarecidas e livres, porém não melhores. Isso depende de cada um. Acho que já temos provas suficientes de que religião é e sempre foi apenas um negócio, ou não? De que ela sempre foi causa ou consequência da aquisição de poder e dinheiro. Se os próprios religiosos que tanto doutrinaram este mundo fossem tementes ao seu próprio deus, não teriam feito 1/4 do deserviço que fizeram até hoje. Respeito tua opinião, mas, pra mim, não há como defender a religião doutrinada, o catolicismo romano ou qualquer outra religião que se espelhe em uma figura de um ser maior. Deus (e o diabo) somos nós mesmos.

[Sobre "Deus, um delírio, de Richard Dawkins"]

por Mario
8/11/2007 às
13h30 189.27.240.116
(+) Mario no Digestivo...
 
Saber ser plural
De setembro de 2006 a novembro de 2007 já passa um bom tempo. Mas esta entrevista competentemente dirigida está sempre atual. Sem deixar de ser necessário ler algo sobre Mia, eis aqui uma exposição de um homem que o destino o entregou a caneta para dela viver e dinamizar a vida dos outros. Mia Couto, tens tú o tamanho do mundo. O intercontinentalismo das tuas obras te eleva a um lugar de destaque na vida. Tú nasceste como qualquer outro, cresceste, estudaste e trabalhaste (e ainda trabalha) como qualquer outro, mas a tua coragem e decisão só tem lugar em si . Fiquei bastante comovido quando a dado passo da entrevista dizias: "uma das razões pela qual eu deixei o jornalismo foi porque entrei em ruptura com certos tipos de atitude". É sempre bom um singular saber ser plural. Ser democrata na vivência e nas ideias. Ser fonecedor da independência aos dependentes. Ser moçambicano a maúscula. Esta é a mensagem que a entrevista carrega. Parabéns por estas palavras prosadas. A luta continua!

[Sobre "Mia Couto revisitado"]

por Jorge Julio Manhique
8/11/2007 às
09h26 196.28.227.126
(+) Jorge Julio Manhique no Digestivo...
 
Gosto é gosto
Gosto é gosto. O que não se pode fazer são afirmações do tipo: "JG é repetitivo". Tecnicamente, JG modifica a harmonia em cada suposta repetição. Os complexos acordes nunca são os mesmos, as diferenças acentuam novos temperos à sonoridade e já deixaram Eric Clapton maluco, quando cismou de gravar um disco com bossa nova. Felizes os que conseguem captar esta riqueza.

[Sobre "A contradição de João Gilberto"]

por Juca Azevedo
7/11/2007 às
18h47 189.2.184.40
(+) Juca Azevedo no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




JORNADAS DE REDENÇÃO
ARMANDO FERNANDES DE OLIVEIRA
DO LAR
(1986)
R$ 6,00



A HISTÓRIA DA MATEMÁTICA
ANTONIO CARLOS DE QUEIROZ SILVEIRA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 251,00



BLUES YOU CAN USE + CD
JOHN GANAPES
HAL LEONARD
R$ 80,00



STRIPTIRAS, V. 2
LAERTE
L PM EDITORES
(2007)
R$ 10,00



O USO DA CHAMADA VOZ PASSIVA SINTÉTICA EM ANÚNCIOS
REGINA MARIA GONÇALVES MENDES
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 293,00



DIREITO TRIBUTÁRIO VERSUS MERCADO: O LIBERALISMO NA REFORMA DO ES
MARCOS ROGÉRIO PALMEIRA
RENOVAR
(2005)
R$ 18,28



A STEAM ODYSSEY
THE RAILROAD, VICTOR HAND
NORTON
(2018)
R$ 200,00



VALORES JUDAICOS NO MUNDO EM TRANSICAO
RABINO YEHUDA AMITAL
SEFER
(2011)
R$ 12,00



BOTA DE GARRÃO 5 ED. (4268)
JAYME CAETANO BRAUN
SULINA
(1988)
R$ 18,00



BREVE SEGUNDA VIDA DE BREE TANNER: UMA HISTORIA DE
STEPHENIE MEYER
INTRINSECA
(2010)
R$ 9,20





busca | avançada
27782 visitas/dia
955 mil/mês