As mulheres que abortam | Alexandre Soares

busca | avançada
54332 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Elísio Lopes Jr comanda oficina gratuita de dramaturgia nesta sexta-feira (27)
>>> Livro aborda Perícia Grafoscópica de forma acessível para profissionais de diversas áreas
>>> Textos reunidos de Adorno sobre indústria cultural ganham tradução revigorada
>>> Jornalista Silvana Salerno mostra como escrever de forma criativa elementos externos ao livro
>>> Websérie ‘Extremos’ estreia em dezembro com atores contracenando de cidades diferentes do país
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
Colunistas
Últimos Posts
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Um tweet que virou charge
>>> Lugar de mulher é...
>>> 27 de Março #digestivo10anos
>>> Remix Narrativo
>>> Asia de volta ao mapa
>>> A Era do Gelo
>>> As cartas de Dostoiévski
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> 9 de Abril #digestivo10anos
>>> Solidão Moderna
Mais Recentes
>>> Mindhunter o Primeiro Caçador de Serial Killers Americano de John Douglas e Mark Olshaker pela Intrínseca (2017)
>>> Alice no Pais das Maravilhas de Lewis Carroll; Edy Lima pela Scipione (2010)
>>> Ilusões a Caminho do Sol de Donizeti de Sousa pela Donizeti de Sousa
>>> Sorrir e Pensar de Francisco Cândido Xavier pela Ide (1984)
>>> Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll pela L&pm Pocket (1999)
>>> O Código da Vinci de Dan Brown pela Sextante (2004)
>>> Madison, 1300 de Ira Levin pela Best Seller
>>> Madame Bovary de Gustave Flaubert pela Folha
>>> Alianças de Junco - um Caso de Amor, ódio e Obsessão de Roberto de Carvalho pela Aliança (2007)
>>> Sonho de uma Noite de Verão- Serie Reencontro de William Shakespeare - Ana Maria (adaptação) pela Scipione
>>> Solo de Clarineta de Erico Verissimo pela Globo
>>> Solo de Clarineta de Erico Verissimo pela Globo
>>> Sim, Sim! Não, Não! de Pe. Jonas Abib pela Canção Nova (2004)
>>> Alguem Tem Que Perdoar de Ismael Biaggio pela Ide (2013)
>>> Série Bom Livro - Amor de Salvação de Camilo Castelo Branco pela Atica
>>> Otimismo de R. Stanganelli pela Horley (1986)
>>> Fifty Shades Darker de E L James pela Vintage (2012)
>>> O Código da Vinci de Dan Brown pela Arqueiro (2004)
>>> Senhora - Série Bom Livro de José de Alencar; Com Suplemento pela Atica (2002)
>>> Desculpa, Quero Me Casar Contigo de Federico Moccia pela Planeta do Brasil (2010)
>>> Senhora Série Bom Livro de José de Alencar pela Atica
>>> Corações Partidos de Luiz Antônio Aguiar pela Atica (2004)
>>> Doidas e Santas de Martha Medeiros pela L&pm Editores (2008)
>>> O Código da Bíblia de Michael Drosnin pela Cultrix
>>> Senhora - Coleção Clássicos Saraiva de José de Alencar; José de Alencar; José de Alencar pela Saraiva (2007)
>>> Senhora de José de Alencar pela Ática
>>> Diário de Aventuras da Ellie - a Aluna Nova de Ruth Mcnally Barshaw pela Ciranda Cultural (2014)
>>> Alguém Espia Nas Trevas de Mary Higgins Clark pela Record
>>> O Chamado de Cthulhu e Outros Contos de H. P. Lovercraft pela Principis (2019)
>>> De Amores e Guerras de Paulo R Santos pela Eme (2012)
>>> As cinco pessoas que você encontra no céu de Mitch Albom ; Pedro Jorgensen Junior pela Sextante (2004)
>>> Fisioterapia: Interação Profissional-paciente de Carol M. Davis pela Guanabara Koogan (2007)
>>> Seja Feliz Meu Filho de Içami Tiba; Natércia Tiba pela Integrare (2006)
>>> Encontros de Barbara Delinsky pela Harlequin Books Br (2007)
>>> Algoritmos e Estruturas de Dados de Ãngelo de Moura Guimarães pela Livros Técnicos e Científicos (1985)
>>> Emoções Poéticas de Márcio Carneiro pela Futurama (2014)
>>> Seguindo Juntos de Francisco Cândido Xavier pela Geem
>>> O Chá-de-bebê de Becky Bloom de Sophie Kinsella pela Record (2008)
>>> Segredo das Fadas 1 - a Pulseira Encantada de Emily Rodda pela Fundamento (2009)
>>> Satiricon - Grandes Sucessos de Petrônio pela Abril Cultural (1981)
>>> Sangue Fresco de João Carlos Marinho pela Global
>>> Alexandre e Outros Herois de Graciliano Ramos pela Record
>>> Ruah Quebrando os Paradigmas de Que Gordura é Saúde de Padre Marcelo Rossi pela Principium (2015)
>>> Encontro Marcado de Cristina Sena pela Petit (2002)
>>> Ria da Minha Vida Antes Que Eu Ria da Sua de Evandro a Daolio pela Mandarim (2001)
>>> O Céu Pode Esperar de Antônio Carlos e Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho pela Petit
>>> Eles Morrem Você Mata! de Stella Carr pela Moderna
>>> Sherlock Holmes - Short Stories de Sir Arthur Conan Doyle pela Oxford University Press (2000)
>>> Além do Azul do Céu de Nora Roberts pela Harlequin
>>> Resgate no Tempo de Silvia Cintra Franco pela Moderna
COMENTÁRIOS

Domingo, 19/5/2002
Comentários
Leitores


As mulheres que abortam
Sinceramente, não acho que o sujeito da mensagem 7 esteja sendo justo nem mesmo com as mulheres que abortam. Não acho que na maioria elas sejam tão, tão horríveis, que realmente encarem seus fetos como parasitas. Querendo defender o aborto, ele fez da mulher que aborta algo pior do que uma assassina- porque pelo menos uma assassina pode perceber o que fez e (quem sabe?) se arrepender. Mas essa hipotética mulher que aborta com a indiferença sem-medo-de-ser-feliz de quem se livra de uma lombriga- essa sim é realmente um monstro que só esta época tão pouco medieval (em outras palavras, tão inumana) poderia conceber. Se é para defender o aborto, é preciso fazer um pouco melhor do que isso- e um pouco melhor também do que usar o argumento "se acha que algo é crime, não o pratique, mas deixe os outros praticarem"; algo que por caridade prefiro achar que saiu sem querer- como uma tênia num banheiro público. Alexandre: gostei muito do texto, mesmo não concordando com uma ou outra coisa. Um abraço, Alexandre Soares.

[Sobre "Regras da Morte"]

por Alexandre Soares
19/5/2002 às
17h12 200.205.157.155
(+) Alexandre Soares no Digestivo...
 
QUEM GOSTAVA DA SÉRIE LEIA...
Olá eu adorei a idéia do Edmilson J. de fazer um abaixo assinado pra tentar fazer com que esta maravilhosa série volte para a tv aberta. O que podemos fazer é mandar e-mails pra tv Bandeirantes já que ela é a atual dona dos episódios. Farei a minha parte espero que com a ajuda de vocês possamos rever essa série novamente...

[Sobre "Anos Incríveis"]

por Meine Anny
19/5/2002 às
16h29 200.151.81.226
(+) Meine Anny no Digestivo...
 
Falha técnica
Problemas no copy/paste. A frase correta é assim: "... se alguém entender que o Gustavo, por causa de sua raça, religião, credo político ou mesmo por suas dificuldades com acentuação deva ser conduzido a um campo de "reeducação", ninguém poderá protestar contra isso, exceto (talvez) o próprio Gustavo".

[Sobre "Regras da Morte"]

por Alexandre Ramos
19/5/2002 às
12h42 200.179.45.130
(+) Alexandre Ramos no Digestivo...
 
Quod scripsi, scripsi
Diego, para achar que uma coisa é boa ou ruim, certa ou errada, é preciso um parâmetro, um referencial, né? Então, o meu eu encontro na Revelação Divina confiada à Igreja. E não “cegamente”, como diz você, pois sou católico porque quero. Essa coisa bem brasileira de “quero falar com o chefe” até que tem muito sentido em se tratando de valores: o negócio é buscar mesmo o fundamento último, porque os filósofos, as maiorias, as minorias, as modas e principalmente o politicamente correto levam você de nada para lugar algum. De mais a mais, aquelas idéias que os filmes que analisei defendem, tanto no nível de “patologia social” como naquele mais “light” que você considera aceitável, em existindo Deus estão erradas do mesmo jeito; em Ele não existindo, aí, meu chapa, é uma questão de oportunidade, talento e coragem. Ou tu acha que, neste caso, eu deixaria escapar a Mena Suvari? Gustavo, acho que antes de enviar um e-mail você não deve esquecer de passar um corretor ortográfico e gramatical. Dito isto, achei curiosa a sua idéia de deixar em paz quem pensa diferente de nós quanto a algumas coisas. Diferente, mas não original, porque um político americano - cujo nome não recordo nem sinto falta disso - depois da independência e antes da abolição da escravidão nos EUA, dizia que as pessoas que eram contra a escravidão deviam se limitar a não ter escravos, sem ficar enchendo o saco dos que preferiam tê-los. É possível que você perceba que, levando esse teu, ahn, digamos, “raciocínio” às ultimas conseqüências, se alguém entender que o Gustavo, por causa de sua raça, religião, credo político ou religioso ou mesmo por suas dificuldades com acentuação deva ser devidamente conduzido a um campo de “reeducação”. Tu já viu aquele poema do Brecht em que a cada noite vinha a polícia ao prédio do sujeito e levava os judeus, os comunistas, não sei mas quem, aí o cara ficava na dele e não fazia nada porque não pertencia a nenhum daqueles grupos, até que uma noite, quando a polícia chegou, ele estava sozinho no prédio? É isso aí. Veja, meu caro, que até para dizer essas bobagens que você diz, é preciso primeiro estar vivo. E um ser que, como incrivelmente até você conseguiu perceber, tem a potência para a vida consciente, tem também, rigorosamente, o direito de ter sua vida preservada desde a concepção.

[Sobre "Regras da Morte"]

por Alexandre Ramos
19/5/2002 às
12h01 200.179.45.130
(+) Alexandre Ramos no Digestivo...
 
Irrelevante
Sinto muito Gustavo, sempre que vejo um potencial de inteligência desperdiçado de tal forma. Não vou debater com você, não porque não tenha argumentos, mas porque você não tem postura para debater o que quer que seja. Ciência de almanaque e livro didático ou nada para mim dá no mesmo. E você é mesmo bi-dimensional, porque não demonstra nenhuma profundidade no que fala. Suas palavras são chapadas, preto-no-branco, maniqueístas e obtusas. Leia, por favor, os comentários bastante razoáveis do Diego, e aprenda a conversar. Não concordo com nada do que ele disse, mas respeito profundamente a posição dele, que não é irrefletida nem arrogante como a sua, apenas diferente da minha. Se vamos usar a ótica cientificista, você nada mais é que um bando de moléculas mal-arranjadas, que bem podiam virar algo de mais útil para a sociedade, como uma mesa de bilhar, por exmplo. Seria ao menos mais elegante.

[Sobre "Regras da Morte"]

por Assunção Medeiros
19/5/2002 às
03h02 200.184.36.199
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Mulher, negra e favelada
Rafael, se você fica tão triste ao ver crioulos na tela, basta não assistir mais aos filmes americanos. Suponho que voce seja de esquerda, não? Então, veja apenas filmes nacionais... Eu, como sou crioulo, e de direita, adoro ver filmes americanos, e não perco um episódio de "Um Maluco no Pedaço", no SBT. P.S. Vou votar no candidato do FHC, o Serra, por causa da lei de cotas (mas mudo o voto, se surgir um candidato crioulo, gay ou mulher)

[Sobre "Estereótipos"]

por Mauro G. Cetrone
19/5/2002 às
02h22 200.226.225.212
(+) Mauro G. Cetrone no Digestivo...
 
Resposta do imaturo ignorante
A reacao emocional de uma mulher quanto a comparacao de um embriao com um verme e irrelevante. Em termos biologicos, OBJETIVOS, a comparacao procede. Inclusive, se nunca teve a curiosidade, va ver fotos de embrioes de varios vertebrados, do mais reles peixe ao mais inteligente mamifero. Ve algo em comum entre eles? Ou talvez a pergunta mais apropriada seria, ve algo DE DIFERENTE entre eles? Sim, porque e bastante dificil distinguir um do outro. Enquanto embrioes, o desenvolvimento de um sapo nao e tao diferente daquele empreendido por um humano. Alem do mais, se a mulher nao consegue conceber tal comparacao, que nao faca o aborto. Nao proponho que ninguem seja obrigado a faze-lo. Proponho que nao se impeca que aqueles que o desejem o facam. E convenhamos que se uma mulher esta disposta a abortar, certamente nao ve problemas com minha comparacao. Quanto ao movimento politico dos gays, tudo que os vejo fazer e demandar para si os mesmos direitos que os hetero ja tem, como por exemplo o direito ao casamento (Nao sei porque alguem iria querer isso, mas e direito deles mesmo assim ;) ). Ate o presente momento, nao vi o movimento gay dando pitaco sobre a politica neoliberal do FHC, dizendo que deviamos ser uma nacao comunista, exaltando algum fuher qualquer nem nada que o valha. Posso ate estar enganado. Se vamos falar de minha ignorancia quanto ao passado, sobre o que gostaria de ouvir? Sobre Galileu, que foi obrigado a desmentir que a terra girava ao redor do sol para nao virar churrasquinho gracas a uma certa igreja? Sobre as acusacoes de "bruxaria", completamente indefensaveis, que invariavelmente terminavam com tortura e execucao do acusado? Sobre Hume, filosofo brilhante que foi recusado em uma universidade sob a acusacao de "heresia e ateismo", por volta de 1750? Sim, minha cara, apesar de toda a ignorancia e misticismo que ainda assolam o mundo, considero que estamos bem melhor hoje do que sob o dominio de uma certa organizacao religiosa. E nao fui eu quem nomeou a epoca medieval de "Idade das Trevas". Agora, que tal deixar de lado a tentacao de atacar minha pessoa com seus jargoes sem significado (pessoa imatura, bidimensional e ignorante) e me mostrar PORQUE meus argumentos sao "bidimensionais" (nao me lembro de ter discutido a natureza do espaco-tempo com voce) e quais falhas logicas possuem? Oh, sim, quase me esqueci. Ja que vale usar taticas diversionarias aqui, va ler "O Mundo Assombrado pelos Demonios" por Carl Sagan, os tratados de Hume sobre o entendimento humano, e qualquer livro de biologia do segundo grau que contenha explicacoes sobre desenvolvimento embrionario. Quando voce estiver um pouco menos ignorante, a gente conversa, combinado? ;)

[Sobre "Regras da Morte"]

por Gustavo Alckmin
18/5/2002 às
17h39 200.189.2.1
(+) Gustavo Alckmin no Digestivo...
 
Fernanda Young
VOCÊ NÃO SABE NADA DE TC, FALANDO QUE A FERNANDA YOUNG NÃO TEM TALENTO...VC QUE NÃO TEM.....RECEBE SALÁRIO SÓ PRA FALAR MAL DOS OUTROS...TEM FACULDADE PRA ISSO?

[Sobre "E eu mais ainda!"]

por Fernandinha
18/5/2002 às
16h36 200.151.16.182
(+) Fernandinha no Digestivo...
 
Que confusão!
Gustavo, eu não disse em lugar algum que dois homens, ou duas mulheres, meia dúzia de cabritos e toda a torcida do Flamengo estavam proibidos de fazer sexualmente o que bem quiserem na cama. Podem, sim, porque o próprio Deus lhes deu essa autonomia. Não considero o que você falou válido, porque simplesmente não existe uma mulher capaz de comparar um filho no seu ventre com amebíase. Isso não pode ser levado a sério. O movimento gay é um movimento POLÍTICO que usa um desvio sexual como pretexto. Nada tenho contra os indivíduos gays, amo os cães, acho os boizinhos lindinhos. Sou contra todo o tipo de violência, inclusive as guerras, os bailes funk, as torcidas organizadas de futebol e crueldade com os animais. Ria do que quiser, mas me permita rir ainda mais de seus argumentos bi-dimensionais que mostram bem sua falta de experiência de vida e da sua crença moderna de que você é melhor que um homem medieval. Mostra bem o tamanho da sua ignorância. Mas você tem uma chance de sanear um pouco isso. Já que falou em vermes, tire alguns de sua mente. Vá visitar o site www.brathair.cjb.net e estude um pouco de história medieval. Um outro site bom é o do meu amigo Ricardo da Costa, em www.ricardocosta.com . Cresça um pouco. Depois a gente fala.

[Sobre "Regras da Morte"]

por Assunção Medeiros
18/5/2002 às
03h58 200.184.36.70
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Maldita Religiao...
Uma boa forma de entender do que se trata o homosexualismo e compara-lo a hemofilia ou a uma propencao ao cancer. Certamente nao e uma caracteristica desejavel, e nao contribui em nada para aumentar as chances de sobrevivencia ou a prole de um individuo, mas nao creio que tenha visto muitas pessoas perseguindo e maltratando hemofilicos ou portadores de cancer, pelo contrario. Afinal de contas, por que eh que temos essa necessidade em atacar ou em limitar a libertade dos homosexuais? Dois homens adultos resolvem, de livre e espontanea vontade, efetuar aquela gambiarra la que lembra um pouco o coito. Eles o fazem entre quatro paredes, respeitando portanto a privacidade dos demais. Porque, diabos, ficam os heteros tao incomodados com tal fato? Desde quando isso e problema nosso? Se eles querem voluntariamente desistir da competicao pelas femeas e se se satisfazem com aqueles malabarismos que, aos meus olhos, parecem ridiculos, o que e que eu tenho com isso? Nao vejo como minha liberdade possa estar sendo tolhida pelas praticas do "casal", portanto creio ser razoavel de minha parte nao interferir na deles. Quanto ao aborto. Vejamos. Quando voce detecta parasitas em seu trato intestinal, o que e que voce faz? Voce em algum momento pensa no fato de que tais criaturas possuem sistemas nervosos e portanto a capacidade de sofrer, ao deglutir seu vermifugo? Ou vejamos um exemplo mais extremo. Quais excrupulos voce demonstra ter ao matar uma entidade ADULTA, possuidora de sistema nervoso COMPLEXO, contendo inclusive memorias e que demonstra de forma inequivoca ser capaz de sentir emocoes como medo, dor, amor e desejo sexual? Voces nao tem excrupulos ao fazer um churrasco, mandar um cao para a carrocinha ou mesmo praticar experimentos enojantes em um chimpaze apenas para testar a viabilidade de um cosmetico, tem? Porque diabos entao voce os deveria ter ao tratar de um feto sem memorias, sem sistema nervoso operacional, sem identidade... sem um EU? A partir do momento em que uma mulher decide que nao deseja a crianca, a ultima e reduzida a mesma categoria do parasita intestinal: Uma forma de vida rudimentar que se vale dos recursos da hospedeira para viver e se desenvolver. A mulher nao tem o direito de negar esses recursos? Voce nao os nega aos "hospedes indesejados"? (vermes). Talvez devamos exaltar a sua "responsabilidade" nessa questao! Afinal de contas, a culpa dos vermes estarem ai e toda sua por comer legumes sem os lavar! Agora aguente as consequencias pelo resto de sua vida, nada justifica tal genocidio de centenas de pequenas vidas! No nosso caso, isso equivale a arranjar um emprego adicional para sustentar seu fardo ate os 21 anos de idade, desistir permanentemente de todo um estilo de vida, de todo o seu EU atual, que ja e possuidor de uma consciencia. Tudo em prol de uma crenca moral sem qualquer base cientifica que diz que um maldito aglomerado de celulas que por acaso possui o DNA da especie ariana... digo, DNA humano, e que tem o POTENCIAL de desenvolver uma consciencia, nao deve jamais ser morta. Se voce nao e a favor do aborto, nao o pratique. Mas nao tente impor seus valores a pessoas que desejam pratica-lo sem qualquer peso na consciencia. Garanto que nem voce nem qualquer de seus entes queridos sera de qualquer maneira molestado pela nossa pratica do aborto. :) Nao, nao acredito em diabo e honestamente nao dou a minima. Se ele quiser rir com a mao invisivel e indetectavel em meu ombro, problema dele. As crencas medievais que miraculosamente perduram ate hoje; independentemente de afetarem uma grande parcela da populacao, so conseguem ter um efeito em mim: me fazer rir. Como diria Carl Sagan, vivemos de fato em um "mundo assombrado pelos demonios..."

[Sobre "Regras da Morte"]

por Gustavo Alckmin
17/5/2002 às
21h33 200.189.2.25
(+) Gustavo Alckmin no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




BROTHERS OF EARTH
C. J.. CHERRIH
DAW BOOKS
(1976)
R$ 10,00



CIÊNCIAS NATURAIS APRENDENDO COM O COTIDIANO 7ª SÉRIE
EDUARDO LEITE DO CANTO
ED. MODERNA
R$ 11,90



INTRODUÇÃO À TEOLOGIA MORAL
KLAUS DEMMER
LOYOLA
(1999)
R$ 23,10
+ frete grátis



GOVERNANÇA CORPORATIVA: A CAPACITAÇÃO BÁSICA DO CONSELHEIRO
PAULO GURGEL VALENTE
GEN; LTC
(2010)
R$ 25,82



MARKETING OPERACIONAL - 1
ALFREDO BIANCHI PRATES
DICOPEL
R$ 35,00



PEDI E RECEBEREIS O PODER DA ORAÇÃO NOVENA
COMUNIDADE CANÇÃO NOVA
CANÇÃO NOVA
(2010)
R$ 15,00



O PASSADO NAS MÃOS DE SANDRA
ROSANA RIOS
SARAIVA
(2000)
R$ 5,00



CAMINHOS Nº 18: AUTONOMIA, REFLEXÃO E AÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
SEGRAC
(1999)
R$ 6,90



FORMAÇÃO DE PREÇOS: MERCADO E ESTRUTURA DE CUSTOS
JUNE ALISSON WESTARB CRUZ E OUTROS
IBPEX
(2011)
R$ 5,00



HISTOLOGIA VEGETAL
A. UZUNIAN
HARBRA
(2000)
R$ 9,90





busca | avançada
54332 visitas/dia
2,0 milhões/mês