Sarcasmo ou verdade? | Fernanda

busca | avançada
64351 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Concerto cênico Realejo de vida e morte, de Jocy de Oliveira, estreia no teatro do Sesc Pompeia
>>> Seminário Trajetórias do Ambientalismo Brasileiro, parceria entre Sesc e Unifesp, no Sesc Belenzinho
>>> Laura Dalmás lança Show 'Minha Essência' no YouTube
>>> A Mãe Morta
>>> BATA ANTES DE ENTRAR
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> O Apocalipse segundo Seu Tião
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
>>> Para não dizer que eu não disse
>>> Espírito criança
>>> Poeta é aquele que cala
>>> A dor
>>> Parei de fumar
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O batom
>>> Como num filme
>>> Only time will tell
>>> Política - da filosofia à neurociência.
>>> Ideologia: você quer uma pra viver? Eu, não
>>> The Flickrization of Yahoo!
>>> TechCrunch Disrupt
>>> O humor é como as marés, ora sobe ora desce
>>> Guimarães Rosa em Buenos Aires
>>> Festival de Curitiba 2010
Mais Recentes
>>> Madame Bovary - Coleção Universidade de Gustave Flaubert pela Ediouro
>>> Um Coração Singelo de Gustave Flaubert pela Rocco (2012)
>>> Coração sem Endereço de Leni Akcelrud pela Amarilys (2017)
>>> Mário, Que Mário? de Nelito Fernandes pela Record (2006)
>>> Livro - Fremosos Cantares - Antologia da Lírica Medieval Galego-portuguesa de Lênia Márcia Mongelli pela Wmf Martins Fontes (2009)
>>> Livro - O Lado Bom da Vida de Matthew Quick pela Intrínseca (2012)
>>> Eu Me Chamo Antônio de Pedro Gabriel pela Intrinseca (2013)
>>> Oradour-sur-glane: vision d'epouvante de Guy Pauchou Dr. Pierre Masfrand pela Association Nationale des Familles (2003)
>>> Aquele Estranho Dia Que Nunca Chega de Luis Fernando Verissimo pela Objetiva
>>> Livro - No Meu Peito Não Cabem Pássaros: Coleção Novíssimos de Nuno Camarneiro pela Leya (2012)
>>> Livro - O Uruguai de Basílio da Gama pela L&pm Pocket (2019)
>>> Procura-se um Namorado Ultima Chamado de Melissa Senate pela Harlequin Books
>>> Ranma 1/2 Nº 17 de Rumiko Takahashi pela Animanga (1994)
>>> Pais Brilhantes, Professores Fascinantes de Augusto Cury pela Sextante
>>> Livro - História Econômica do Brasil de Caio Prado Júnior pela Brasiliense (2012)
>>> Livro - Discurso de Metafísica - Coleção a Obra Prima de Cada Autor - Bolso de G.W. Leibniz pela Martin Claret (2009)
>>> Crianças índigo de Lee Carroll; Jan Tober pela Butterfly (2005)
>>> O Ogre e o Passarinho de Fausto Wolff pela Atica (2002)
>>> Livro - O Bebê Prematuro: Atenção e Cuidados de Ana Paula Magosso Cavaggioni pela Writers (2016)
>>> Livro - O Pequeno Zacarias Chamado Cinábrio - Bolso de E. T. A. Hoffmann pela Hedra (2009)
>>> O Livro dos Jovens de Masaharu Taniguchi pela Seicho no Ie (2009)
>>> Livro - As Crônicas de Nárnia: Volume Único de C. S. Lewis pela Martins Fontes (2005)
>>> Retalhos de Ennio Signore Tedesco pela Alternativa (2007)
>>> Livro - O Que Aprendi Com Bruna Surfistinha - Autografado de Raquel Paheco pela Panda Books (2006)
>>> Sushi de Suzanne Visser pela Ediciones B (2006)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 6/11/2008
Comentários
Leitores


Sarcasmo ou verdade?
Li "Germinal" há cerca de um ano, após muitos professores da faculdade falarem a respeito dessa obra. Fiquei curiosa e um belo dia descobri-o na estante de minha casa. Não sei se você está sendo irônica ou se expressa realmente sua opinião, porque, ao ler a obra, senti-me completamente envolvida e apaixonada por ela, justamente por retratar a realidade dos fatos que ocorriam na época da revolução industrial, toda a sujeira da sociedade, a luta de classes, a banalização do ser humano e por Zola citar Marx, o que demonstra um vasto conhecimento do autor. Digo com toda a certeza que "Germinal" foi o MELHOR livro que já li em toda minha vida. Gostei muito de seu texto, pois acredito que você estéja utilizando uma certa ironia. Realmente, muito bom.

[Sobre "Um conselho: não leia Germinal"]

por Fernanda
6/11/2008 às
18h20 200.141.125.97
(+) Fernanda no Digestivo...
 
Em defesa do seu texto
Gostei do texto! Principalmente porque revela grande prazer em ter assistido ao filme. Eu, que não tinha tido vontade de vê-lo a partir das resenhas tradicionais, agora quero assiti-lo!

[Sobre "Uma defesa de Juno"]

por Roberta Resende
6/11/2008 às
18h16 200.161.73.158
(+) Roberta Resende no Digestivo...
 
Lucrando com o tempo perdido
Ana Elisa, fiquei emocionada com seu texto, porque nasci e vivi durante muitos anos também em um bairro simples bem parecido com o que você contou. Lembro-me principalmente desses momentos que a gente chama de "jogar conversa fora". O tempo passa, mas de um jeito diferente. É uma delícia o que sentimos, só que não sabemos expressar como você. Parabéns!

[Sobre "Minha coleção de relógios"]

por Áurea Thomazi
6/11/2008 às
14h24 189.107.57.5
(+) Áurea Thomazi no Digestivo...
 
Em defesa da prosódia (pt. 2)
Parte dois: quando se trocou pharmácia por farmácia, foi um alívio, creio. Mas não tem sentido alterar o credelevê, nem suprimir o trema (que vai interferir para pior na prosódia) - não só não tem sentido, como haverá um problema de lógica na explicação para as crianças quando começarem a ser alfabetizadas. Algumas normas são bem-vindas, outras aparecem de maneira ditatória, ou seja, de cima para baixo e sem respeitar as mudanças naturais da língua. É o caso da supressão do acento em vôo etc. Passa-se por cima da musicalidade da língua de uma maneira brutal! Enfim, essa reforma veio em má hora e lugar e, para mim, além de absurda e de mediocrizar a língua, é coisa de quem não tinha o que fazer. Abraço!

[Sobre "Cócegas na língua"]

por isa fonseca
http://www.hisafarr.zip.net
6/11/2008 às
11h13 189.102.31.56
(+) isa fonseca no Digestivo...
 
Em defesa da prosódia
Pilar, gosto muito de seus textos e já o disse a você uma vez. Permita-me fazer algumas considerações. Estudei Semiótica, formei-me e graduei-me no estudo das linguagens... e não é possível concordar com este equívoco quanto à prosódia: "O voo do pássaro também ficou mais leve, assim como as ideias e as jiboias, que não serão propriamente um problema para os mineiros, já que por aqui os sons são naturalmente mais abertos. Os paulistas, por outro lado, vão ficar tentados a fechar o som dessas vogais e, mesmo que não confessem, mentalmente vão ouvir uma voz inconformada dizer 'idêias', 'jibôias'." Desculpe-me, mas o paulista jamais falaria idêias ou jibôias. Este grupo sonoro é consenso no Brasil inteiro. O que se tem é diferente: se o carioca fala "e aí, mérrrmão!" (E aí, meu irmão?), o paulistano fala "e aí, mêrmão" - deu para perceber a diferença? Mas o exemplo que colocou está deslocado de uma possível prosódia em qualquer parte do Brasil. Sempre será idéia e jibóia, mesmo. Abraço!

[Sobre "Cócegas na língua"]

por isa
http://www.hisafarr.zip.net
6/11/2008 às
11h06 189.102.31.56
(+) isa no Digestivo...
 
Como evitar as lágrimas?
Como evitar as lágrimas quando lembro daquele dias... Como entrar em contato com Geraldo Vandré? Grande abraço. Ari Almeida. Curitiba - Paraná

[Sobre "Geraldo Vandré, 70 anos"]

por Ari Almeida
6/11/2008 à
00h41 201.21.139.142
(+) Ari Almeida no Digestivo...
 
Os rumos de Al Pacino
O que fazer quando se chega ao auge de uma profissão? Que rumo tomar depois disto? Manter-se no topo, permanecer humilde diante do sucesso, sair do jogo enquanto a reputação ainda está intacta ou perder-se com o passar do tempo, dificilmente encontrando o caminho de volta? A estagnação em uma profissão reflete a falta de objetivos e de paixão por aquilo que se faz, talvez um desinteresse que cresce à medida que se reconhece que não existe outra atividade que requeira suas habilidades, seus talentos. É uma pena, mas acontece.

[Sobre "As várias faces de Al Pacino"]

por A. Luiz
5/11/2008 às
20h31 200.222.208.245
(+) A. Luiz no Digestivo...
 
Sell that boat!
Add one more: "Sell that boat." Make it 2: "Buy things the old-fashioned way: save, and pay cash." Apart from that, a fair addition to the get a Mac campaign. Life is too short to run bad Unix.

[Sobre "12 ways to upgrade your life"]

por Felipe Pait
http://fmpait.blogspot.com/
5/11/2008 às
13h06 70.19.140.19
(+) Felipe Pait no Digestivo...
 
comodista e deselegante
O acordo ortográfico é um atalho para a mediocrização, uma espécie de pacto entre o mundo globalizado e suas conseqüentes perdas localizadas e a necessidade de que tudo venha mais simplificado, não de uma maneira simples, porém comodista e deselegante. Além do quê, sofrerá a prosódia com a retirada do trema e sofrerão e tremerão os professores para fazer com que os alunos separem o joio do trigo. Não precisava. Coisa de gente que não tinha o que fazer... Pena.

[Sobre "Trema, sentirei saudades"]

por isa fonseca
http://www.hisafarr.zip.net
5/11/2008 às
11h24 189.102.10.116
(+) isa fonseca no Digestivo...
 
Pô, discordo
Eu acho que, embora bonitinho, o trema não serve para nada. Mesmo sabendo-me errado, nunca usei, a não ser em provas. Ele serviria para diferenciar o quê do quê? Alguém confundiria a pronúncia de linguiça, aguentar, tranquilo, consequência, aguerrido, querido? Não acho. Já as palavras duplas, com hífen no meio, acho-as muito mais bonitas do que sem o hífen. Uma pena. Ó que coisa feia: agronegócio. Assim também a eliminação dos acentos em epopéia, assembléia, enjôo. Parece que acinzentou tudo. Bom, a gente se acostuma com cada coisa, não será diferente com isso.

[Sobre "Trema, sentirei saudades"]

por José Bueno F. Neto
5/11/2008 às
10h36 201.63.121.154
(+) José Bueno F. Neto no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Os Homens Que Não Amavam as Mulheres - Coleção Milennium 1
Stieg Larson
Companhia das Letras
(2009)



Português Instrumental
João Bosco Medeiros
Atlas
(2009)



Pessoas Que Passam Pelos Sonhos
Cadão Volpato
Cosac & Naify
(2013)



História Ilustrada do Cristianismo: A era dos mártires até a era dos sonhos frustados
Justo L. González
Vida Nova
(2011)
+ frete grátis



Primavera P3
Luiz Augusto P. Silva e Marcus Possi
Ciência Moderna
(2008)



Elas Liam Romances Policiais
Isa Silveira
Brasiliense
(1984)



Homem e Mulher Em Sintonia
Padre Jonas Abib
Canção Nova



Vamos por a Casa Em Ordem?
Manole
Manole
(1998)



O Silêncio (lacrado)
Gaspar Hernandez
Record
(2011)



Psicologia Social - 22° Edição
Aroldo Rodrigues e Outros
Vozes
(2003)





busca | avançada
64351 visitas/dia
1,8 milhão/mês