Os regimes do "bom gosto" | marcelo

busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ação Social
>>> Dá-lhe, Villa!
>>> forças infernais
>>> 20 de Abril #digestivo10anos
>>> Pensando sozinho
>>> Minha casa, minha cama, minha mesa
>>> Aranhas e missangas na Moçambique de Mia Couto
>>> Novos Melhores Blogs
>>> Reflexões para um mundo em crise
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
Mais Recentes
>>> Plantas de Cobertura do Solo Caracteristicas e Manejo Em Pequenas . de Claudino Monegal pela Autor (1991)
>>> Os Honorários Advocatícios na Justiça do Trabalho - de Carlos Roberto Ramos pela : Conceito (2013)
>>> 1985 - o Autor de Laranha Mecânica Contesta o 1984 de Orwell e Mostra de Anthony Burgess pela Lpm (1980)
>>> Ciencias Criminais - Articulacoes Criticas Em Torno dos 20 Anos da Con de Ana C. B. de Pinho pela Lumenjuris (2009)
>>> Manual de Anestesia Em Pequenos Animais - de Paddleford pela Roca (2001)
>>> Las Investigaciones de Alvirah y Willy de Mary Higgins Clark pela Plaza & Janes (1998)
>>> Manual de Direito Constitucional - Volume Único de Marcelo Novelino pela Metodo (2014)
>>> Surfing and Health: Expert, Medial and Advice de Joel Steinman pela Meyer (2019)
>>> Competition in Global Industries de Michael E. Porter pela : Harvard Business School (1986)
>>> 22/11/63 - Novela de Stephen King pela Plaza Janés (2012)
>>> Guia Autorizado Adobe Photoshop 7. 0 - Com Cd - Livro de Treinamento de O mesmo pela Makron Books (2003)
>>> Instrumentos Musicales Precortesianos de Samuel Marti pela Inah (1968)
>>> Lo Mejor de La Siesta Inolvidable de Jorge Halperín pela Aguilar (2005)
>>> Novo Comentário Bíblico Contemporâneo - Lucas de Graig A. Evans pela Vida (1996)
>>> Etiquette For Outlaws de Rob Cohen pela Harper Entertainment (2001)
>>> Caixa de Pássaros de Josh Malerman pela Intrinseca (2015)
>>> Retratos e Fotogramas: Isabelle Huppert de Sesc SP pela Sesc (2009)
>>> As minas de Salomão de Eça de Queiroz pela Livraria Lello
>>> Sim Não de Jussara Braga pela do Brasil (1987)
>>> Alves & C.a de Eça de Queiroz pela Livraria Lello (1928)
>>> Fogo no Céu! de Mary França - Eliardo França pela Ática (1991)
>>> Contos de Eça de Queiroz pela Livraria Lello (1934)
>>> An Amazing Story de Telma Guimarães Castro Andrade pela Atual (1996)
>>> O crime do Padre Amaro de Eça de Queiroz pela Livraria Lello (1935)
>>> Codorna - Criação - Instalação - Manejo de Irineu Fabichak pela Nobel (1987)
>>> Guerras Secretas -Super-Heróis Marvel de Alex Irvine pela Novo Século (2016)
>>> Cartas de Inglaterra de Eça de Queiroz pela Livraria Lello
>>> Cem Anos de Iberê de Luiz Camillo Osorio pela Cosac Naify (2014)
>>> Dia de Aninha de Ciça Alves Pinto pela Global (1996)
>>> Lasar Segall Un Expresionista Brasileño de Ivo Mesquita, Jorge Schwartz e outros pela Takano (2002)
>>> The White Mountains de John Christopher pela Longman (1974)
>>> Laje de Santos, Laje dos Sonhos de Guilherme Kodja Tebecherani, Ana Paula Pinto e outros pela Globo (2009)
>>> Ulster Story de Michael Villeneuve pela Longman (1977)
>>> Marco Giannotti de Nelson Brissac Peixoto pela Cosac Naify (2007)
>>> Morri para Viver de Andressa Urach pela Planeta (2015)
>>> Esio Trot de Roald Dahl pela Puffin Books (2001)
>>> Laura Belém de Laura Belém e outros pela Cosac Naify (2013)
>>> Brave New World de Aldous Huxley pela Longman (1978)
>>> Favela, um Bairro de Cristiane Rose Duarte e Outros (org.) pela Pro (1996)
>>> 1/3 da Vida de Wanderley Oliveira e Ermance Dufaux pela Dufaux (2016)
>>> Quê ?! de Tião Carneiro pela Autor
>>> Conheça a Verdade de Bruce Milne pela Abu (1987)
>>> Para uma Nova Era, Poesia & Prosa de Remisson Aniceto pela Patuá (2019)
>>> Mentes perigosas de Ana Beatriz Barbosa Silva pela Fontanar (2008)
>>> Meu menino vadio de Luiz Fernando Vianna pela Intrínsica (2017)
>>> Correndo com tesouras de Augusten Burroughs pela Ediouro (2002)
>>> Supernova - A Estrela dos Mortos de Renan Carvalho pela Novo Conceito (2015)
>>> Supernova - O Encantador de Flechas de Renan Carvalho pela Novo Conceito (2015)
>>> Segregação e Gentrificação: Os conjuntos habitacionais em Natal de Sara Raquel Fernandes Queiroz de Medeiros pela Edufrn (2018)
>>> Repensar as Familias de Fiona Williams pela Principia (2004)
COMENTÁRIOS

Sábado, 16/11/2002
Comentários
Leitores


Os regimes do "bom gosto"
É verdade, Rafael, concordo que os regimes comunistas foram assassinos e cruéis. Mas eles tiveram uma razão para ser assim. Afinal, cada vez que uma tentativa de se instaurar um regime socialista democrático, como o de Allende, era feita, os direitistas raivosos e babões se organizavam para dar golpes, assassinar, destruir as organizações populares e coisas assim. São todos gente boa. Quanto aos regimes de direita, podemos dizer, com certeza, que foram todos construtivos e "espalharam o bom gosto" pelo mundo. Vamos citar alguns: Pinochet, Videla, os 80 e poucos anos do PRI, Mobutu Sese Seko, Idi Amin Dada, o apartheid, General Franco, Salazar, os regimes árabes (quase todos, principalmente os reis sauditas e os xeques kuaitianos), Saddam Hussein (sim, ele é de direita), os fundamentalistas islâmicos, o ayatollahs iranianos, o próprio Taleban era um regime de extrema-direita (nenhum direitista de verdade pode afirmar que não torcia por eles quando lutavam contra os soviéticos), até mesmo o Khmer Rouge que era supostamente comunista mas financiado, armado e protegido pelos EUA. Entre outros, muitos outros regimes bastante construtivos e valorosos para a humanidade. Nem vou citar o Bush atual ou os clássicos Mussolini e Hitler (ah, esqueci, alguém tentou provar que esses eram regimes de esquerda, não é mesmo? E você acreditou, não é mesmo? Que tolice). Os neo-direitistas são tao pouco sérios que não são capazes de assumir seus governos, seus regimes. Para isso se escondem numa suposta dicotomia autoritário-libertário. Por quê? Por medo de assumir seus mortos. Eu assumo. As revoluções que ocorreram na Rússia, China, etc, foram de esquerda, tiveram seus acertos e erros. É preciso aprender e aprimorar. Vocês se escondem atrás de máscaras de liberais-conservadores e lavam suas mãos dos erros cometidos pelos "seus" governos ou inventam teorias mirabolantes que só são aceitas por esse pequeno grupo. É muito fácil se dizer de direita quando "esquecem" que a diferença entre o Taleban e os republicanos cristãos dos EUA é meramente retórica. Ou esquecer que a democracia norte-americana não passa da ditadura de um partido único, com duas facções. Quanto ao Lula, é como já disseram aqui mesmo no Digestivo, a democracia leva a essas coisas. A conclusão daquele colunista foi que a democracia não serve. É sempre bom ver a direita tirando a máscara. Melhor que o discurso hipócrita de quem não tem coragem de se assumir.

[Sobre "Filhos de Francis"]

por marcelo
16/11/2002 às
12h07 200.168.30.136
(+) marcelo no Digestivo...
 
Seus artigos são bárbaros
Sr. Alexandre. O descobrimento: alguém me enviou o endereço do Digestivo, tenho lido sempre que preciso desinfetar as traças do meu humor. Seus artigos são bárbaros, formidáveis mesmo. Aliás, acho os "francinetes" uma graça! Gostaria de saber onde posso encontrar A Coisa não-Deu, de sua autoria. Tentei encontrar via sistema de busca, mas a lista de resultados maciçamente apresentou o endereço do Digestivo. Surgiram alguns blogs, mas nenhum deles indica em que prateleira posso encontrar o livro citado. Atenciosamente, Ana

[Sobre "Filhos de Francis"]

por Ana
16/11/2002 às
08h18 200.227.112.150
(+) Ana no Digestivo...
 
The worst are full of...
...passionate intensity.
Engraçado como os esquerdóides, do alto de suas havaianas e mesas de boteco, têm a firme convicção de que mudam o mundo. Bom, vá lá, talvez até possam ter contribuído para mudar - foram responsáveis pela instauração dos regimes mais assassinos e hipócritas da história da humanidade, espalharam a ignorância e a falta de gosto pelo mundo, além de terem eleito um torneiro mecânico analfabeto para a presidência do maior país da América Latina. Se tudo é isso é "mudar o mundo", oh Deus, prefiria tanto viver num mundo estagnado, imutável! Parabéns pela coluna, Alexandre, e obrigado pela citação, mas como diriam Wayne e Garth (!) - I'm not worthy!

[Sobre "Filhos de Francis"]

por Rafael Azevedo
16/11/2002 às
05h41 192.146.136.130
(+) Rafael Azevedo no Digestivo...
 
You Don´t Own Me...
Uau! Eu tinha 6 anos quando lançaram o filme. Mas também adoro a trilha sonora. ;-) Gosto muito desses musicais da década de 70/80 e acho que, apesar de termos muitos filmes interessantes hoje, esses clássicos desta geração são de fato inesquecíveis. Vale à pena.

[Sobre "Dirty Dancing - Ritmo Quente"]

por Fabiana
16/11/2002 às
04h24 200.171.250.200
(+) Fabiana no Digestivo...
 
Não espere milagres
Não se faz um país sozinho, não se salva um país com um homem só, e quem votou no Lula ou no PT imaginando um Milagre como em conto de fadas em que o heroí salva a pátria, como nos filmes americanos, não deveria ter votado nele, e quem não votou e agora se acha no direito de "cobrar" soluções mágicas, após umas duas horas de eleição, deveria tentar pelo menos dar uma chance, senão a ele, as pessoas que estão dispostas a ajudá-lo a melhorar esse país e por que não o resto do mundo. não existe nenhum salvador que vai ser empossado na presidência em janeiro, não existe nenhuma fórmula mágica que vai acabar com todo o sofrimento humano ( e não precisa ter miséria, fome e desempregado para ter sofrimento(Dejours)), é apenas um homem que virou presidente, uma pessoa igual a ti, a mim, e a milhões de outros brasileiros. Não espere milagres, a não ser o da vontade de se mudar para melhor, mas não se pode mudar um país, enquanto as pessoas não mudarem e não esquecerem o egoísmo e não souberem perdoar, isto está além do alcance de qualquer homem.

[Sobre "Lula: sem condições nenhuma*"]

por Inge Christmann
15/11/2002 às
20h32 200.153.96.10
(+) Inge Christmann no Digestivo...
 
Eu não!
Alexandre, Embora eu tenha gostado, como sempre, de seu texto, gostaria de fazer uma ressalva: não sou de direita! Embora também não possa ser considerado como pertencente a uma esquerda petista. Na verdade, estou mais para a boa e velha acracia. Falando de Paulo Fancis, tenho ainda guardados recortes dele falando de George Orwell, um escritor que ele amava até os últimos dias e ainda deve estar amando no céu ou no inferno, onde quer que esteja. E devemos nos lembrar que George Orwell era um socialista crítico, que escreveu Revolução dos Bichos para denunciar as distorções da revolução comunista, e 1984 para nos alertar contra os sistemas autoritários, tanto de esquerda quanto de direita.

[Sobre "Filhos de Francis"]

por Gian Danton
15/11/2002 às
20h13 200.213.138.254
(+) Gian Danton no Digestivo...
 
Polêmica
É incrível como o pensamento de McLuhan ainda causa polêmica. Isso é mais uma prova de sua importância. Se suas idéias não fossem importantes, as pessoas o esqueceriam. Não importa se concordamos ou discordamos de McLuhan, analisar o mundo atual sem falar nele. Aproveito para agradecer todos os que se manifestaram sobre o assunto, inclusive os que discordam de meu texto. Afinal, como diria Nelson Rodrigues, toda unanimidade é burra.

[Sobre "Megalópoles de informação"]

por Gian Danton
15/11/2002 às
20h08 200.213.138.254
(+) Gian Danton no Digestivo...
 
Deliciosa crueldade de Francis
Quem sabe, quaquer dia desses, algum cervejólogo de pés inchados e bronzeados (metidos em sandálias pestilentas) resolva se inspirar em Madame Tussaud e fundar o "Museu de Cera Hugo Bidê"? Claro que haverá uma eficiente refrigeração, a fim de que não se derretam as estátuas de ipanemenses famosos (e do Baixo Leblon, claro!), todas feitas com cera dos ouvidos do pessoal de esquerda (coletadas e doadas nas praias, pois ninguém é de ferro). Não duvide, meu caro! Ah, que falta nos faz o Francis!Principalmente agora, nestes tempos da "Sagração do Populacho", onde tudo o que for autenticamente retrógrado, simplório e demagógico será louvado, e com mística reverência. Francis almoçaria, jantaria e defecaria esses imbecis. Foi ele, o Francis, o primeiro cronista que vi realizar impiedosos e deliciosos desmontes do "politicamente correto". Ele era cruel, sim, mas sua crueldade jamais foi vã. Ele mostrava que lixo é lixo, não adianta tentar disfarçar, dar banho de ouro, enfeitar com penachos de faisão. Lixo é lixo e o lugar de lixo é na lata de lixo! Viva Francis! Viva Mozart! A escuridão dará lugar à luz... basta ter paciência e manter a despensa sob controle. Alexandre, obrigado pela referência ao meu blog. Tentarei não decair, prometo! Abração!

[Sobre "Filhos de Francis"]

por Dennis
15/11/2002 às
16h06 200.158.234.117
(+) Dennis no Digestivo...
 
uma série incrível
Foi ou é, realmente, uma série incrível, quem não teve a oportunidade de assistir não saberá nunca do que tantas pessoas falam sobre este seriado. O que mais marca nesta série, é a ausência de efeitos especiais, e outros artifícios tão usados atualmente, deixando lugar a uma história que não poderia deixar de fazer tanto sucesso, a história da vida real, uma história em nos enxergamos, a simplicidade da produção, algo que dificilmente os "Enlatados" atuais conseguirão reproduzir, só nos resta a saudade e as recordações e a esperança de sempre podermos ver e algum dia mostrar para as próximas gerações um dos maiores exemplos do que a TV deveria trazer para as pessoas. Um Grande abraço a todos que assim como eu são fãs incondicionais dessa série.

[Sobre "Anos Incríveis"]

por Junior
15/11/2002 às
15h46 200.195.102.150
(+) Junior no Digestivo...
 
desculpem-me por ser tão chato
Ah, desculpem-me por ser tão chato. Mas, esqueci um pequeno detalhe. O Alexandre nunca poderia ser um trostkista da corrente de Frida Kahlo (ela mesmo abandonou o "e" de Frieda), porque a grande artista mexicana voltou ao PCM em 1948.

[Sobre "Filhos de Francis"]

por marcelo
15/11/2002 às
13h26 200.168.30.136
(+) marcelo no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




FUNDAMENTOS PSICOBIOLOGICOS DA EDUCAÇÃO
ÍRIS BARBOSA GOULART
LE
(1982)
R$ 6,90



AGOSTO
RUBEM FONSECA
COMPANHIA DE BOLSO
(2005)
R$ 29,90
+ frete grátis



ECOLOGIA CÓSMICA
RONALDO ROGERIO DE FREITAS MOURÃO
FRANCISCO ALVES
(1992)
R$ 25,90
+ frete grátis



PAI O GRANDE HERÓI DA VIDA
DPL
DPL
(2002)
R$ 4,00



ATÉ EU TE ENCONTRAR
GRACIELA MAYRINK
NOVAS PAGINAS
(2013)
R$ 23,00



DIABETES MELLITUS
RUY LYRA E NEY CAVALCANTI
DO AUTOR
(2006)
R$ 35,00



QUARENTENA - NOVA CULTURAL
WEBSTER, JOSH
NOVA CULTURAL
(1988)
R$ 7,00



A ARMADILHA DE DANTE
ARNAUD DELALANDE; MARIA DE FATIMA OLIVA DO COUTTO
RECORD
(2009)
R$ 14,90



NOVO TESTAMENTO 2A. - TRAD. ORIGINAL GREGO
FREI MATEUS HOEPERS
VOZES
(1958)
R$ 19,70



O DOM SUPREMO
PAULO COELHO; HENRY DRUMMOND
SEXTANTE
(2011)
R$ 10,00





busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês