Ícones e mais o quê? | Alessandro de Paula

busca | avançada
51627 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> “É Hora de Arte” realiza oficinas gratuitas de circo, grafite, teatro e dança
>>> MOSTRA DO MAB FAAP GANHA NOVAS OBRAS A PARTIR DE JUNHO
>>> Ibevar e Fia-Labfin.Provar realizam uma live sobre Oportunidades de Carreira no Mercado de Capitais
>>> PAULUS Editora promove a 6º edição do Simpósio de Catequese
>>> Victor Arruda, Marcus Lontra, Daniela Bousso e Francisco Hurtz em conversa na BELIZARIO Galeria
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Aventuras pelo discurso de Foucault
>>> Chega de Escola
>>> Hipermediocridade
>>> A luta mais vã
>>> História da leitura (I): as tábuas da lei e o rolo
>>> Sinatra e Bennett (1988)
>>> La Cena
>>> YouTube, lá vou eu
>>> Uma história da Sambatech
>>> The Shallows chegou
Mais Recentes
>>> Chico, Eu e a Oitava Séria de Lino de Albergaria pela Saraiva (2010)
>>> O Bicho-da-seda de Robert Galbraith; Ryta Vinagre pela Rocco (2014)
>>> Surfistas Beijos e um Pé de Pato de Carolina Cequini pela Atheneu Cultural
>>> O mundo tem de ser desse jeito? de Fernando Vaz pela FTD (1996)
>>> Pretty Little Liars, V. 7 - Heartless de Sara Shepard pela Harper Usa (2010)
>>> Lucíola de José de Alencar pela Martin Claret Pocket (2012)
>>> Vigilancia Em Saude Ambiental de Solange Papini pela Atheneu (2012)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua de Richard Carlson; Joana Mosela pela Rocco (1998)
>>> Rima do Azul Infinito de José Donizete Gonçalves pela Thesaurus (2004)
>>> O Silêncio dos Amantes de Lya Luft pela Record (2008)
>>> Principios Fundamentais e Normas Brasileiras de Contabilidade de Vários pela Cfc (2002)
>>> Filhos Para Leigos de Sandra H. Gookin pela Mandarim (1996)
>>> Cha Entre Amigas de Paula Jacome pela Multifoco (2011)
>>> Quando e Preciso Voltar de Zibia Gasparetto pela Vida e Consciencia (2001)
>>> Rowan, o Guardião: Rowan e os viajantes de Emily Ronda pela Fundamento (2008)
>>> Logística e Gerenciamento da Cadeia de Distribuição de Antônio Galvão Novaes pela Campus
>>> Shibumi de Trevanian pela Círculo do Livro (1981)
>>> Metodologia do ensino Voleibol de Pedro luiz bulgarelli pela Distribuidora Educacional (2017)
>>> Escaldado Em Agua Fria de John Straley pela Globo (2001)
>>> Fire Watch de Connie Willis pela Bantam Books (1998)
>>> Organizações Inovadoras do Setor Financeiro: Teoria e Casos de Sucesso de José Carlos Barbieri/josé Carlos Barbieri pela José Carlos Barbieri (2009)
>>> Surfista, Ex-drogado, Ex Traficante de Franjaques Chulam pela Francisco Alves (2009)
>>> A Doutrina de Buda de Bukkyo Dendo Kyokai pela Bukkyo Dendo Kyokai
>>> Um Lugar no Mundo de Alberto Aggio pela Contraponto (2015)
>>> Constituição do Estado do Rio de Janeiro de Claudio Brandão de Oliveira pela Roma Victor (2003)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 30/3/2005
Comentários
Leitores


Ícones e mais o quê?
Olá, Julio! Concordo com o aspecto de que há¡ uma decadência de alguns í­cones da MPB dos anos 60. Ok, Gil parece perdido enquanto ministro e Caetano, separado ou não, há pelo menos oito anos não tem um lançamento musical de respeito. Mas eu discordo em relação ao Chico Buarque. Acredito que ele foi um dos poucos que se manteve intacto e criando bem. Se o Ao Vivo não empolga, Paratodos é quase perfeito e As Cidades (nem tão perfeito assim) tem momentos de cara poesia musical. Revistas de fofocas? Paparazzi? Pouco importam... Adultério? Ora, há tantos casos, de maior ou menor importância, de acordo com as conseqüências. Eu não me importo se o Chico está com a esposa de um outro cara (isto é coisa para talvez a minha mãe se importar, ela que assiste aos programas de fofocas), contanto que ele reapareça com um ótimo CD daqui a um tempo. Não me lembro de ele ter se tornado um monge ou coisa parecida. Julio, respeito e admiro a sua pessoa e o que tem construído com o Digestivo Cultural. Tem sido uma ferramenta importante para mim. Até por isso, tomei a liberdade de tornar pública minha discordância. Quanto a Tom Jobim, ele era (para mim, sempre será) fantástico mesmo!!! Vou, com certeza, adquirir o CD deste show. E vamos de células-tronco!!! Um abração!!!

[Sobre "Digestivo nº 220"]

por Alessandro de Paula
30/3/2005 às
12h23 200.204.153.101
(+) Alessandro de Paula no Digestivo...
 
quem te viu, quem te vê...
Não sou assinante do Digestivo (muito embora tenha gostado da idéia, após recebê-lo da minha esposa!) e o artigo Quem te viu, quem te vê, de Julio Daio Borges, instigou-me a fazer alguns comentários: 01) A despeito de gostar das músicas de Caetano Veloso, sinceramente, não soube de sua separação. Fiquei sabendo por meio da coluna do senhor; 02) É certo que eu não poderia esperar outra coisa de um tipo de “jornalismo” como o fantástico, por exemplo, mas me pergunto como meios que se pretendem sérios (tais como a Folha de São Paulo, que estampou a foto do Chico beijando a tal mulher no seu caderno cultural!) podem se entregar à onda de jornalismo de celebridades. Portanto, vejo uma falta de reflexão séria em colunas culturais. Qual a relevância para a cultura ao falar da vida privada das celebridades culturais (as “vacas sagradas”)? Concordo com a nota, no que tange à atuação do Ministro da Cultura, mas, ao misturar o público com o privado (fala-se de política nacional, da efervescência cultural dos anos 60, mas também de casamentos desfeitos, namoro com mulher casada e etc), Julio repete o que, ao meu ver, trata-se da mesma falha. Penso que a reflexão de cultura não pode se rebaixar a esses fatos do quotidiano irelevantes para uma verdadeira prudução cultural...!, sob pena de nos perguntarmos: colunasculturais, QUEM TE VIU, QUEM TE VÊ... Vou passar a ler o digestivo cultural, mas espero mais de Julio Daio Borges, seu redator, editor, webmaster e webdesigner... Abraço, Juliano

[Sobre "Digestivo nº 220"]

por Juliano
30/3/2005 às
07h12 200.140.162.33
(+) Juliano no Digestivo...
 
Idem
Muito bom, gostei mesmo.

[Sobre "Digestivo nº 206"]

por Camila
27/3/2005 às
21h01 200.149.167.115
(+) Camila no Digestivo...
 
pisaste no meu pé
Caro Julio, tenho lido e feito elogios a ti e ao Digestivo, mas agora, meu caro, pisaste no meu pé, pois mexeste com o Chico. Mas vou polemizar, enaltecendo as qualidades daquele que, para mim, é de longe o maior compositor brasileiro. Gostaria apenas de te dar um puxão de orelha para não emparelhares o Digestivo com aquelas revistecas que exploram futilidades sobre a vida pessoal das "celebridades". Tú é melhor que isso. Os leitores do Digestivo merecem mais. Abraços, Bernardo B Carvalho, Goiânia/GO.

[Sobre "Digestivo nº 220"]

por Bernardo B Carvalho
29/3/2005 às
18h54 200.101.122.225
(+) Bernardo B Carvalho no Digestivo...
 
sou obrigada a concordar
Olá, Júlio. Tenho prestado mais atenção às coisas que você escreve e devo dizer que, neste caso, sou obrigada a concordar. Acredito ser de uma geração pouco posterior à sua - sou de 83 - mas tenho muito desta sensação de desgarramento em mim: faltam balisas culturais com as quais possa me identificar e que possa chamar de grandes balisas. Somos de um tempo que não deixará clássicos - e sinto que isto têm muito a ver com tudo o que você disse no artigo; não deixaremos clássicos não apenas por não pensarmos mais no problema - e temos que dar mãos a bolos a Ítalo Calvino por puxar nossas orelhas - não pensamos em coisas que tenham alcance para além de mundos restritos. O problema não é engajamento ou coisa parecida, mas sim a falta de um todo. Temos mais poetas que leitores de poesias não porque somos incapazes de ler poesias, mas porque cada poeta quer falar de seu mundo e apenas disto - o leitor não consegue extrair dali mais do que um mundo exterior ao seu, com o qual não consegue se comunicar. Não existem mais pessoas como Carpentier ou García Márquez simplesmente porque estes construíam suas narrativas sem o desejo de explicitar apenas seu mundo interior - e talvez por isto não haja mais uma grande literatura nestes tempos sombrios. Há que se esperar pela chegada de novos nomes, capazes de pensarem isto e construir, deste monte de histórias pequenas e desconexas, algumas históricas capazes de dizer a todos, aquilo que todos tentavam dizer a ninguém por dialogarem apenas consigo mesmos. Mas ainda assim, o sentimento de desgarramento é grande.

[Sobre "Autores novos"]

por Viviane Alves
27/3/2005 às
15h56 200.226.28.206
(+) Viviane Alves no Digestivo...
 
!
Que lindo, Fabrício...

[Sobre "Pais e filhos, maridos e esposas"]

por neusa
26/3/2005 às
18h38 200.192.240.242
(+) neusa no Digestivo...
 
Um mundo mais aberto
Vejo com muito bons olhos esta mudança toda que a internet trouxe, que, como o Rodrigo tão bem expôs, tem como consequência uma maior participação do cidadão comum, ou seja, acabou o monopólio da informação. Da mesma maneira, está mais democrático o processo informativo em geral, coisa que muitos ainda resistem em aceitar!

[Sobre "A mídia somos nós"]

por jean bize
25/3/2005 às
14h42 200.177.57.232
(+) jean bize no Digestivo...
 
Precisamos estudar
Precisamos, primeiramente, estudar lógica e dialética. É a base. E pronto. O resto vem com a prática.

[Sobre "Apocalípticos, disléxicos e desarticulados"]

por Sidney Vida
24/3/2005 às
16h06 200.161.177.237
(+) Sidney Vida no Digestivo...
 
Coca-cola sem gás
Prezado amigo Julio, essa geracão coca-cola está totalmente sem gás. A música desses monstros sagrados está em estado de decomposícão. Da' pena ver o Kid Vinil se arrastando no palco e os seus súditos batendo palmas. Essa turma é o que há de pior na música brasileira. São artistas de uma geracão pobre de musicalidade onde foram oportunistas e buscavam o sucesso a qualquer custo. Banana pra eles! Que fiquem no esquecimento! Nunca vi tantos babacas juntos no mesmo palco. Ainda bem que isso não acontece todo dia. E os outros artistas verdadeiramente revolucionários que ficaram à margem desse turma de boys. Ainda bem que veio o Cazuza e o Renato Russo entre outros para nos salvar. Clovis Ribeiro

[Sobre "Digestivo nº 219"]

por Clovis Ribeiro
24/3/2005 às
15h35 200.234.93.212
(+) Clovis Ribeiro no Digestivo...
 
*Mais real que Virtual*
***Saudações*** Me chamo Raquel, 17 anos, sig PeiXes, estudo, fç cursos, trab na Proteçao dos Animais... Vivo ha 2 anos um relacionamento virtual, mt sério. Ele mora a 3 horas e poko daki, trabalha c/ mikos, tem 27 anos. Namoramos 'as escondidas, pois o rigor ak em kasa e' brabo! Meus pais proibem td... isso entao! Eu e ele passamos por mts e poukas, e boas juntos... Ele ja' kis vir aki várias vezes, eu por medo n kis... outras vezes q combinamos n deu... Nos conhecemos na sala terra, a situaçao é complikada... E o amo demaisss, inexplicável, mt mais real ke qalqer tipo de coisa, vai além de mim, do meu Eu... penso na voz dele... Nele... Nossa... Ele me liga muito, gasta mt c/ as ligacoes, ja chegou a gastar em um mes, cmg, 500 Reais. Claro nas brigas isso é jogado na kara. rs. Mas ok.... Ele é muito ciujmento, e pocessivo... E eu tb... Só ke le é do tipo ke ele pode, e eu nao... pois ele sempre foi mt independende, e n gosta qndo pego mt no pé... e confesso, passo dos limites, isso é um abuso, tenho q evitar!, nem nos casamos e ja sou assim... rs... ja vi ele por fotos, ele tb ja me viu. Aliás meu fotolog c/ minhas fotos. VISITEM e comentem!!! Lá tbém tem a dele de boné vermelho... Saberao identifikar =)... KERIA CONTATOS C/ VCS TDS... ADORARIA SABER CADA HISTÓRIA. Olhem, hj, eu digo... to passando uma grande barra c/ ele pois ele ta mt inseguro... e sendo infantil por isso... e eu tb mt insegura, ou seja, n ta rolando confiança! ISSO Naaaao é bom, é RUIM.... n pensem ke é pq estao longe ke levam chifres... pq a qlq eskina tem karinha traindo a mulher na kara dura!... O IMPORTANTE É Q VCS CONVERSEM, E SOMENTE OUÇAM VCS, E CONFIEM EM VCS MESMOS... pq o AMOR é a 2... qndo envolve mais alguém, atrapalha mt. Agora em ABRIL, me encontrarei COM ELE... MEU AMORRRR... Kerem saber cm?... Entrem em contato CMG. E gente... NAO DESISTAM... SE FOR P/ SER SERÁ... NO FIM TD DA CERTO... E NADAAA ACONTECE POR ACASO. OB: pratico mágia Wicca... e sou oq chamam de Gótica, mas prefiro a parte literária da arte... rs... tb pinto quadros.... PS: SÉRGIO TE AMO DEMAIS... N DESCONFIE DE MIM... Espero ke isso seja uma fase, e passe, pq oq sentimos n merece isso. ob: DIVIDAM CADA PROBLEMA UNS C/ OS OUTROS... SEJAM PACIENTES... E MULHERES, VCS É QM TEM O DOM DA CALMA, sei por eXperiencia! ob2: nem ele nem eu somos casados. t AMO, Raquel C.G

[Sobre "A internet e o amor virtual"]

por Raquel C.G
24/3/2005 às
04h59 201.13.196.186
(+) Raquel C.G no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Cadernos da Amatra IV - 13º
Varios Autores
Amatra



Almanaque Disney Nº 196
Walt Disney
Abril
(1987)



Fraudes e Golpes Em Crédito e Cobrança
Adriano Blatt
Printed
(2000)



A Arca Perdida de Noé
Charles Berlitz
Círculo do Livro
(1987)



Picchi
Picchi
Copyjet
(1988)



O Livro das Sombras
N. E. Genge
Frente
(2002)



A Abadia de Northanger
Jane Austen
Principis
(2020)



Guia turismo 10+: Orlando
Vários Autores
Dk



O Segredo da Floresta do Pânico
Gillian Summers
Bertrand Brasil
(2014)



O poder político na URSS - De Kruschev a atualidade
Jacques Tatu
Expressão e Cultura
(1970)





busca | avançada
51627 visitas/dia
1,8 milhão/mês