Pergunta | Luís Felipe Viégas

busca | avançada
59843 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Pousada e Recanto dos Pássaros – Sítio Vô Elias Maffei
>>> Coreógrafa carioca Esther Weitzman ministra oficina gratuita de dança no Sesc Santana
>>> Caleidos apresenta “Entrevista” para gestores e professores da rede pública de São Paulo
>>> É HOJE (30/9): Mostra Imaginários no Cine Bijou
>>> Etapa apresenta concerto gratuito da Camerata Fukuda com o violinista Ricardo Herz
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
Colunistas
Últimos Posts
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
Últimos Posts
>>> Liberdade
>>> Idênticos
>>> Bizarro ou sem noção
>>> Sete Belo
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
>>> Conforme o combinado
>>> Primavera, teremos flores
>>> Além dos olhos
>>> Marocas e Hermengardas
>>> Que porcaria
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 50 anos de Bossa Nova
>>> O humor da Belle Époque
>>> 24 de Março #digestivo10anos
>>> Lendo Virgílio, ou: tentando ler os clássicos
>>> Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim
>>> Kindle DX salvando os jornais?
>>> A Casa de Ramos
>>> Reconhecimento
>>> A hora exata em que me faltaram as palavras
>>> Salão do Livro para crianças
Mais Recentes
>>> Os Pensadores- Vida e Obra (1694-1778) de Voltaire pela Abril (1978)
>>> Iluminando o Morrer de Júlio de Queiroz pela Insular (2007)
>>> Marketing sem Pena - Só Quem Anuncia Vende Dúzias de Antonio Trotta pela Gutenberg (2004)
>>> Diogo & Diana - a Trilha da Lua Cheia de Tabajara Ruas e Nei Duclós pela Galera Record (2011)
>>> Marketing For Hospitality and Tourism de Philip Kotler John Bowen James Makens pela Prentice Hall (1999)
>>> A Força da Mente de Heigorina Cunha pela Instituto de Difusão Espírita (2006)
>>> Coração Estranho de Jakson Luiz Collaço pela Do Autor (2006)
>>> Meus Filhos - 14ª Edição de A Balbach pela Edel
>>> Os Gaúchos e o Churrasco, uma Jornada ao Redor do Fogo de Ricardo Bueno pela Quattro (2018)
>>> Rifare La Casa a Trem Po Di Record , Le Case Disegnate Dal Clima de Varios Autores pela Do Autor (1977)
>>> Tia Magi Ensina o Abracadabra de Terence Blacker pela Melhoramentos (1998)
>>> Análise de Projetos de Investimento de Paulo Henrique Soto Costa Ediardo Vieira Attie pela Fundação Getúlio Vargas (1984)
>>> O Escravismo Antigo de Mario José Mastri Filho pela Atual (1985)
>>> Intimidades: Em Busca do Amor-perfeito de Rita Fedon pela Imprensa Livre (2006)
>>> Calentura de Paulo Aberto e Monteiro de Barros pela Nova Fronteira (1986)
>>> Medicina e Manipulação de Bernhard Haering pela Paulinas (1977)
>>> Exercise Electrocardiography de Edward K. Chung pela Williams & Wilkins (1984)
>>> Vi Simpósio Latinoamericano de Aquicultura de Associação Latinoamericana de Aquicultura pela Abraq (1988)
>>> Antibióticos na Prática Médica de Amato Neto e Outros pela Gremed (1978)
>>> O Policial Militar e o Estatuto da Criança e do Adolescente de Silva Dejai Pinto Coordenação pela Ioesc
>>> Política Cultural - Série Tempo de Pensar de Marilena Chauí e Outros pela Mercado Aberto (1984)
>>> Psicologia Geral - Elementos de Psicologia de Abel B Pereira pela Do Autor
>>> A Literatura Brasileira no Século XX - Série Revisão 13 de José Hildebrando Dacanal pela Mercado Aberto (1984)
>>> A Economia da Transformação de Carlos Geraldo Langoni pela Bibliex (1976)
>>> Orientação Alimentar do Lactente de Orlando a Monassa pela Ufpr (1984)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 31/3/2005
Comentários
Leitores


Pergunta
Como o chipanzé vive?

[Sobre "O chimpanzé, esse nosso irmão"]

por Luís Felipe Viégas
31/3/2005 às
11h33 200.249.166.133
(+) Luís Felipe Viégas no Digestivo...
 
chico é chico, o resto...
oi julio, já que li o texto sobre o chico, vou comentar. achei meio reducionista sua abordagem, preocupando-se com a imagem que a mídia faz desses artistas e não com o conteúdo do que eles têm feito. essas fofocas não invalidam o trabalho deles, nem o livro do chico, por mais mirabolante que seja. e também voce não vai querer que eles vivam como viviam nos anos 60. seria mesmice. o "pouco" trabalho destes artistas, se colocados na geleia-geral que virou nossa cultura, com certeza tem mais valor do que essa paranóica da quantidade em detrimento da qualidade. não concorda? só isso, abraço, jardel

[Sobre "Digestivo nº 220"]

por jardel
31/3/2005 às
10h16 200.218.227.54
(+) jardel no Digestivo...
 
nome de guerra
Tendo lido seu artigo, vou encurtar meu nome de guerra para "Pait." Só Pait. Para evitar uma improvável mas não impossível confusão, escrevo o nome "F Pait" como acima, mas a partir de agora, em cartas e email, assino simplesmente, yours truly, Pait

[Sobre "É Julio mesmo, sem acento"]

por F Pait
31/3/2005 às
09h30 143.107.162.36
(+) F Pait no Digestivo...
 
merenda não!
Bela crônica, Julio, mais uma vez. Meu nome também já foi motivo de chacota, por conta do Miranda - quantos engraçadinhos já ficaram me zombando e chamando de Marcelo MERENDA. "Tem merenda hoje? Vc é merenda de quem?". Grrrr... Mas engraçado é minha mãe contando que não gosta do meu nome completo. Sou Marcelo Miranda da Silva (sim, igual ao presidente e tantos milhões de anônimos), mas limei o "Silva" do trabalho e da vida - exceto em documentos. A mãe fala que ODEIA não o Silva, mas a preposição "da". Ela diz que não entende por que raios foi colocar "Da Silva", como se eu fosse propriedade de algum Silva perdido por aí. Apenas respondo: "Mãe, se vc não entende porque me deu esse nome, não sou eu que vou entender". Coisas da vida. Abraço!

[Sobre "É Julio mesmo, sem acento"]

por Marcelo Miranda
31/3/2005 à
01h20 192.168.133.52
(+) Marcelo Miranda no Digestivo...
 
Nomes...
Julio, na identidade sou "Emilio de Moura". Ninguém nunca pronunciou nem escreveu o "de". Cansei de explicar e abreviei meu já curto nome para "Emilio Moura". Sem acento. Homônimo de poeta famoso. Estou feliz. Até a numerologia me confortou pela falta do "de". Abraço dos Ara-chás. P.S. Li hoje o nome da Ministra do Meio Ambiente: Maria Osmarina Marina da Silva Vaz de Lima, ou, Marina Silva.

[Sobre "É Julio mesmo, sem acento"]

por Emilio (de) Moura
30/3/2005 às
22h55 201.19.138.39
(+) Emilio (de) Moura no Digestivo...
 
Afasta de mim esse cálice
Vou destilar o meu veneno! Eu aumento, mas não invento! Me-ni-no, você não sabe o que eu vi na Ilha de Caras! Será que o Jean ganha o BBB5? Aquele Louro José é mesmo engraçado, não? Vamos rir! Pára, pára, depois dos intervalos comerciais, a namorada que ligou para a produção vai pegar o namorado com outra, que na verdade é uma atriz contratada para seduzi-lo! Aqui tem café no bule! Separa essas duas que estão se engalfinhando ao vivo por causa do resultado do DNA! Direto da Casa de Custódia os presos rebelados agitam lençóis e Simony, ao vivo, gesticula para nosso helicóptero! Julio, sou seu fã, mas afasta de mim esse cálice.

[Sobre "Digestivo nº 220"]

por Marcelo Zanzotti
30/3/2005 às
11h18 200.206.72.162
(+) Marcelo Zanzotti no Digestivo...
 
Formacao ou Informacao?
A saturacao que voce descreveu, pessoas saturadas de informacao sem consistencia e afligidas por falta de inspiracao, e' bem parecido com os problemas que se enfrentam nas areas de pesquisa de engenharia, onde qualquer ideiazinha ja deu origem a 100 publicacoes... Ate' hoje nao sabem como combater isso. Eu tambem acho que talvez o que falte no Brasil e' um espectro de escritores. Pessoas que nao escrevam ja' para serem "o proximo Drummond", "filho de Chaucer" ou coisas assim. As grandes obras nem sempre se basearam na criacao de um estilo ou escola. Talvez, quando publicarmos bons livros de entretenimento, com os Grishams e Cooks nacionais, aparecam tambem os grandes escritores... E ah, um fator que voce nao tocou, mas que me afetou muito quando estava na escola, foi a falta de uma boa biblioteca. E olha que eu era membro de tres (incluindo a da escola). Bibliotecas agradaveis e bem estocadas sao o melhor convite para descobrir novos autores e livros, e se educar.

[Sobre "Autores novos"]

por Ram
30/3/2005 à
00h50 67.161.2.145
(+) Ram no Digestivo...
 
Onde vai a Gisele Bündchen
Texto otimo! Quanto 'a sua pergunta se a criatividade e' inesgotavel, e o que acontecera quando esgotar, a resposta se encontra no que as casas de moda em Nova Iorque andam fazendo: trazendo de volta a moda retro... Ou seja, daqui a um tempo, talvez a moda va' ser corpetes apertados, anaguas, etc, etc. Mas certas coisas da moda, como os lindos desfiles de biquini com a Gisele continuam valendo a pena.

[Sobre "Moda e modismos prêt-à-porter"]

por Ram
30/3/2005 à
00h24 67.161.2.145
(+) Ram no Digestivo...
 
leitura de crime e castigo
Simone, obrigado pela leitura e pelos comentários sobre sua própria experiência de leitura. realmente, alguns livros valem mais do que a companhia de nossos humanos irmãos. abraço, jardel

[Sobre "O crime e o castigo de um clássico"]

por jardel
29/3/2005 às
17h09 200.218.227.54
(+) jardel no Digestivo...
 
Trocando o chope por livro
Crime e Castigo é um dos livros mais marcantes que li. A primeira leitura eu fiz ha' uns 10 anos, ainda na adolescência, e a segunda (e, por enquanto, última) eu fiz mês passado. Nesses dez anos - como é natural - muito de mim foi mudando, e isso refletiu, sobremaneira, no entendimento do livro. Não há como negar que o prazer da releitura foi ainda maior que o da leitura. E diversos convites pra tomar um chope foram prazerosamente trocados pela "solidão" dessa releitura. Diferentemente de você, porém, meus amigos não compreendiam muito bem como eu poderia preferir estar sozinha sábado à noite em casa, lendo um livro tão "grosso" a estar bebericando em algum barzinho barulhento. Mal sabiam eles que eu estava acompanhada de Raskolnikov (que, com Julien Sorel, são os meus personagens prediletos da literatura) e um profundo labirinto psicológico.

[Sobre "O crime e o castigo de um clássico"]

por Simone
29/3/2005 às
15h38 200.223.158.4
(+) Simone no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Férias na Draculândia
Carlos Queiroz Telles e Eneas Carlos Pereira
Ftd
(1991)



O Corpo Traído
Alexander Lowen
Summus Editorial
(1979)



Livro - A Linha de Sombra
Joseph Conrad
Biblioteca Folha
(2003)



Psicologia Nas Organizações/ 3ª Ed
Paul E. Spector
Saraiva
(2010)



Antigos e Modernos Diálogos Sobre a (Escrita da) História
Francisco Murari Pires
alameda
(2009)



Epistemologia das Ciências Hoje
Carlos Henrique Escobar
pallas
(1975)



Dominando Netbeans
Edson Gonçalves
Ciência Moderna
(2006)



Os Magnatas - Confira !!!
Charles R. Morris
L&pm Editores
(2006)



Gendarme
Mark T. Mustian
Record
(2011)



Anjos, Demônios e Espíritos
Francisco Cartaxo Rolim
vozes
(1998)





busca | avançada
59843 visitas/dia
2,0 milhão/mês