Continuando... | Paula Mastroberti

busca | avançada
47547 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> TDEZESSEIS
>>> Curso de direção de palco é gratuito nos dias 16 e 17/12
>>> Ultima apresentação da peça (A) Dor (A)
>>> ABERTURA DA EXPOSIÇÃO “O CAMINHO DAS PEDRAS'
>>> Residência Artística FAAP São Paulo realiza Open Studio neste sábado
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Píramo e Tisbe
>>> Pela estrada afora
>>> Jorge Amado universal
>>> Aquele que por via de regra se sai mal
>>> Duas crises: a nossa e a deles
>>> Samba Meu, o show de Maria Rita
>>> Cores Paulistas e os Quatro Anos da IQ Art Gallery
>>> As pessoas estão revoltadas
>>> Teatro no interior
>>> A Queda
Mais Recentes
>>> Coleção História das Américas - 14 Volumes de Vários Autores pela W. M. Jackson
>>> Bíblia Sagrada de Cnbb pela Cnbb (2008)
>>> O Que Einstein Disse a Seu Cozinheiro - Volume 1 e 2 de Robert L. Wolke pela Zahar (2002)
>>> Como Falar Com Um Viúvo - Romance de Jonathan Tropper pela Sextante (2010)
>>> Box as Crônicas de Gelo e Fogo - Edição de Bolso de George R. R. Martin pela Leya (2012)
>>> A Bíblia Ilustrada - 125 Famosos Quadros Bíblicos - Edição Bilíngue de Gustave Doré pela Sinai (1962)
>>> The Great Gatsby de F. Scott Fritzgerald pela Helbling Languages (2011)
>>> Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus: Um guia prático para melhorar a comunicação e conseguir o que você quer nos seus relacionamentos de John Gray pela Rocco (1997)
>>> Um Livro para Curar o Coração e a Alma de Joan Borysenko pela Cultrix (1999)
>>> Simplesmente acontece de Cecelia Ahren pela Novo Conceito (2014)
>>> Os Anos de Aprendizado de Wilhelm Meister de Goethe pela Ensaio (1994)
>>> Episódio Humano - Prosa 1929 - 1930 de Cecília Meireles pela Batel (2022)
>>> A sexta mulher de Suzannah Dunn pela Record (2010)
>>> Competência Social - Mais que Etiqueta uma Questão de Atitude de Lícia Egger Moellwald e Hugo Egger Moellwald pela Totalidade (2009)
>>> Dicionário Etimológico Nova Fronteira da Língua Portuguesa de Antônio Geraldo da Cunha pela Nova Fronteira (1982)
>>> [email protected] de Therese Fowler pela Novo Conceito (2013)
>>> O Caminho da Autotransformação de Eva Pierrakos pela Cultrix (2007)
>>> Como eu era antes de você de Jojo Moyes pela Intrinseca (2013)
>>> Dicionário de Símbolos de Jean Chevalier e Alain Gheerbrant pela José Olympio (1990)
>>> Key Philosophical Writings de Descartes pela Wordsworth (1997)
>>> Roteiro para um Narrador: Uma Leitura dos Contos de Rubem Fonseca de Ariovaldo José Vidal pela Ateliê Editorial (2000)
>>> Um Amor, Um Café & Nova York de Augusto Alvarenga pela D'Plácido (2014)
>>> À primeira vista de Nicholas Sparks pela Arqueiro (2016)
>>> Friedrich Nietzsche: 1. Infancia y Juventud de Curt Paul Janz pela Alianza Universidad (1981)
>>> Deuses Animais de Elizabeth Loibl pela Edicon (1984)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 5/5/2005
Comentários
Leitores


Continuando...
A mão do artista que pinta está hoje mais evidente do que nunca, e ela fala ao olhar contemporãneo, sem nostalgias, mas também sem abrir mão da criação da imagem pictórica nem de suas qualidades representativa. Ela está até mais popular (sob a forma de arte mural urbana -- os grafites). Ela se imiscui nos meios digitais (e o pincelzinho maravilhoso do photoshop, a variedade de cores e texturas que ele proprociona?). Pra mim tudo isso é pintura. é isso, novo abraço. Paula

[Sobre "Saudades da pintura"]

por Paula Mastroberti
5/5/2005 às
06h54 200.198.132.179
(+) Paula Mastroberti no Digestivo...
 
erudição
Interessante, Ana Elisa, você ter escrito sobre letramento sem citar a erudição, um termo em desuso hoje. Após mais de uma década lidando com TI, percebi que minha formação humanística era praticamente nula e, hoje, estou finalizando minha graduação em Filosofia. Por que estou te contando isso? Porque, com o passar do tempo, a verticalização do conhecimento nos deixa com uma sensação de vazio existencial. É a hora em que buscamos entender nossas relações humanas e, principalmente, descobrir quem somos. Na Idade Moderna, havia o Studia Humanitatis, hoje não temos algo parecido na grade curricular de nosso ensino. Erudição, letramento, talvez fique difícil em meio à luta pela sobrevivência diária, que nos consome, mas ainda é um objetivo fascinante. Ah, antes que me esqueça, os ícones da área de trabalho foram criados como interface gráfica, intuitiva, facilitadora, não tendo absolutamente nenhuma ligação com o analfabetismo.

[Sobre "Pessoas digitais"]

por Marcelo Zanzotti
4/5/2005 às
13h56 200.206.72.162
(+) Marcelo Zanzotti no Digestivo...
 
só mais uma coisinha
Por fim, continuando, após ser interrompida pelas tarefas próprias da minha vidinha prosaica de mãe: é preciso diagnosticar do que exatamente sentimos saudades. De uma arte que se realiza em espaço bidimensional? Das cores? Da pintura como técnica artística manual ou artesanal? Da pintura como janela? Deixo estas questões em aberto, mas levanto a seguinte proposição: todas esses aspectos são e continuam sendo tratados em arte contemporãnea. As abordagens mudam, é verdade, mas estamos falando de nossa época, e não da de nossos antepassados. Querer repetir temáticas e experiências anteriores não justificariam o ato de criação. Um olhar e uma atitude inovadores, é isso que justifica e propõe a nova pintura contemporânea. Que continua sendo feita de texturas, cores e formas, sim, ainda que os suportes e as técnicas não sejam os mesmos. Outro abraço, com desculpas pela prolixidade Paula

[Sobre "Saudades da pintura"]

por Paula Mastroberti
4/5/2005 às
11h47 200.198.132.214
(+) Paula Mastroberti no Digestivo...
 
Instrumentos
Olá, Donizete. Me contrapondo à mensagem anterior, acredito que a arte não seja para poucos porque todos temos potencial para alguma manifestação artística, ocorre que a lógica predominante é opressora, exige portanto um re-investimento da energia que é o que move nossas fantasias. A poesia e o poema são instrumentos, dentre muitos outros, metafóricos de nossas fantasias, onde misturam-se os sentimentos, as emoções e a lógica insconsciente do poeta, acrescido de uma pitada de racionalidade.

[Sobre "O poeta em pânico"]

por karein
4/5/2005 às
11h07 200.234.54.195
(+) karein no Digestivo...
 
Não dá para confiar
A China é tudo isto e muito mais. Um pouco do muito mais está no livro de Diamond Jared, "Armas, germes e aço". Eles já ocuparam este espaço na economia e no mundo algumas vezes durante a história. Leiam lá o que aconteceu. Não dá para confiar.

[Sobre "A mão pesada do gigante"]

por Andrea Jacques
4/5/2005 às
02h33 201.17.188.247
(+) Andrea Jacques no Digestivo...
 
Cultura voltada para novidades
Não creio que fecharam porque eram caros... Aqui no Rio há restaurantes caríssimos que vivem cheios. Acredito que no Brasil, em geral, há um repúdio ao que não é "jovem", incluindo pessoas... Alguém com mais de 40 anos é considerado velho para trabalhar como vendedora de loja, por exemplo. Há uma cultura voltada para tudo que é novo ou talvez novidade...Na Europa há senhoras que trabalham como garçonetes, coisa difícil ou quase impossível de se ver no Brasil. Mas acredito que estamos mudando - devagar mas mudando, sim...

[Sobre "Quando a tradição não põe mesa"]

por REGINA MAS
4/5/2005 à
00h55 200.179.216.74
(+) REGINA MAS no Digestivo...
 
arte é para poucos
Oi, Donizete. Nós, crescidos sob os lemas da república, com seus ideais de igualdade, ainda teremos que aceitar a máxima de Schoenberg segundo o qual "a arte é para poucos, se for para muitos não é arte". jardel

[Sobre "O poeta em pânico"]

por jardel
3/5/2005 às
09h18 200.218.227.54
(+) jardel no Digestivo...
 
tributação diferenciada
Parabéns, Daniela, pelo esenvolvimento da idéia a respeito do mundo do trabalho focado no Brasil. Tenho dúvidas se: (caso de grandes empresas) se o governo diminuísse a carga tributária, as grandes multinacionais aumentariam a remuneração de seus funcionários (acredito apenas que a remessa de lucros para o exterior seria engordada). A tributação deve ser diferenciada para pequenas, médias e grandes empresas. Veja o caso das grandes empresas transnacionais: apresentam consideráveis lucros em relação às outras empresas do grupo em outros países. Portanto, em meu entendimento, ainda somos país colônia e terceiro mundista.

[Sobre "Diploma ou não diploma... não é esta a questão"]

por Miguel Angelo
2/5/2005 às
22h50 200.149.61.29
(+) Miguel Angelo no Digestivo...
 
Mediocridade que resolve
Lucas, concordo com quase tudo o que o você escreveu sobre a festa da Globo e a despedida do Romário. Quanto à mediocridade do Parreira, vale resaltar o seguinte: mediocridade não é privilégio brasileiro não. Tirando o Mourinho do Cheusea, não sobra muita cabeça pensante à beira do campo. O problema é que desde a revolução do Hinnus à frente do Carrossel Holandês na copa de 74, o futebol mundial está carente de inovações nas quatro linhas. Os exemplos que tivemos de técnicos menos burocráticos como Wanderlei Luxemburgo e o próprio Leão - aclamado como unanimidade no meio - no comando da seleção não foram favoráveis. Até o Luis Felipe, que conseguiu o Penta, é tachado como retranqueiro. O fato é que o futebol apresentado nos últimos anos pela equipe brasileira não encanta, mas dá resultados. Afinal temos a única seleção com cinco títulos mundiais no planeta.

[Sobre "Seleção, minha desilusão!"]

por Marco Garcia
2/5/2005 às
17h00 200.207.126.115
(+) Marco Garcia no Digestivo...
 
Gritaria, não!
Não concordo com o dito "gritaria e barulheira infernal", sobre a participação de Lenine em Cambaio. Nem sou fã do cara, mas a questão é que as músicas ficaram aguçadas em relação ao espetáculo. Tá, música é música, mas tem tudo haver com a peça. Só não percebe quem não viu a mesma. E penso ser agressivo demais, pois a música não é, dizer que "...eu quero moça que me deixe maluco, procuro moça que me deixe cambaio..." seja uma gritaria... Sem mais. Renata Linhares

[Sobre "Digestivo nº 225"]

por Renata
4/5/2005 às
15h02 200.176.21.97
(+) Renata no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Na Poeira dos Séculos
Alceu Costa Filho
Petit
(2003)



Mais Coisas Que Toda Garota Deve Saber - 11º Edição
Antonio Carlos Vilela
Melhoramentos
(2003)



Poeminhas da Terra
Márcia Leite
Pulo do Gato
(2016)



Uma Reportagem Maldita ( Quero)
Plinio Marcos
Do Autor



Relações Internacionais
Sergio Luiz Aguiar
Capes
(2002)



O Médico Espanhol
Matt Cohen
Imago
(1989)



Por que as Mulheres vivem mais que os Homens?
Dra. Royda Crose
rosa dos tempos
(1999)



Mundo, Vida e Esperança Pelo Espírito Emmanuel
Angela Coutinho
elevação
(1999)



Ágape
Padre marcelo Rossi
globo
(2010)



Producao de Texto Interlocucao e Gêneros
Maria Luiza Abaurre; Maria Bernadete M. Abaurre
Moderna Didáticos
(2010)





busca | avançada
47547 visitas/dia
1,6 milhão/mês