Instinto de Repórter | Fabio Silvestre Cardoso | Digestivo Cultural

busca | avançada
84380 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Novo livro de Nélio Silzantov, semifinalista do Jabuti de 2023, aborda geração nos anos 90
>>> PinForPeace realiza visita à Exposição “A Tragédia do Holocausto”
>>> ESTREIA ESPETÁCULO INFANTIL INSPIRADO NA TRAGÉDIA DE 31 DE JANEIRO DE 2022
>>> Documentário 'O Sal da Lagoa' estreia no Prime Box Brazil
>>> Mundo Suassuna viaja pelo sertão encantado do grande escritor brasileiro
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
>>> Pondé sobre o crime de opinião no Brasil de hoje
>>> Uma nova forma de Macarthismo?
>>> Metallica homenageando Elton John
>>> Fernando Schüler sobre a liberdade de expressão
>>> Confissões de uma jovem leitora
>>> Ray Kurzweil sobre a singularidade (2024)
>>> O robô da Figure e da OpenAI
Últimos Posts
>>> Salve Jorge
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O escritor está nu
>>> Lamartine Babo e futebol, uma simbiose
>>> Quem é Daniel Lopes
>>> Arte é intriga
>>> Primavera e Jukebox
>>> 20 anos de Trapo
>>> Bonjour, tristesse
>>> Big Bang
>>> 2013: mulheres escritoras e suas artes
>>> Les Misérables
Mais Recentes
>>> Guia Completo Do Tricô de Denise Gianoglio pela Escala (2019)
>>> Livro Literatura Estrangeira Um luxo de Perfume de Roberto D’Angelo pela Caravana
>>> Educação Escolar das Relações Étnico-raciais de José Antônio Marçal, Silvia Maria Amorim Lima pela Intersaberes (2015)
>>> Batman - A Maldição do Caveliro Branco de Sean Murphy pela Panini Comics (2020)
>>> A Guardia Da Minha Irma de Jodi Picoult pela Verus (2011)
>>> Livro Psicologia Motivação, Liderança e Lucro A trilogia para uma empresa de sucesso de Marco Aurélio Ferreira Vianna pela Gente (1999)
>>> Heróis De Verdade: Pessoas Comuns Que Vivem Na Sua Essência de Roberto Shinyashiki pela Gente (2005)
>>> Leonardo Da Vinci E Seu Supercérebro de Michael Cox pela Seguinte (2004)
>>> Ponto de Criação - Contos e Crônicas de Temáticas Livre de Alfer Medeiros pela Andross (2016)
>>> Finding Sky Die Macht Der Seelen: Roman de Joss Stirling pela Dtv Verlagsgesellschaft (2014)
>>> A Menina Que Contava Histórias de Jodi Picoult pela Verus (2015)
>>> Livro Filosofia Platão de Nova Cultural Ltda. pela Nova Cultural Ltda. (2004)
>>> Prosperity? de Ken, Maura, Michael, Piper, John, Grudem, Wayne, Mbewe, Conrad Mbugua pela Acts Kenya (2016)
>>> Introdução a psicologia de Donald Olding Hebb pela Atheneu (1971)
>>> Livro Literatura Estrangeira Meridian Um romance sobre o movimento dos direitos civis e a luta das mulheres negras de Alice Walker pela José Olympio (2022)
>>> O Despertar de Snyder, Murphy pela Panini Comics
>>> Ensaios de Michel De Montaigne pela Edit 34 (2016)
>>> Livro Turismo Mil Lugares para Conhecer Antes de Morrer de Patricia Schultz pela Sextante (2006)
>>> Coleção Biblioteca Infantil Encyclopedia Britânica do Brasil 10 Livros do Eu + Das Cores + Animais + Formas + Palavras + Números + Animais + Tempo de Christine Timmons pela Encyclopedia Britannica do Brasil Publicações (1979)
>>> Diálogos Da Perplexidade de Bernardo Kucinski pela Fundacao Perseu Abramo (2009)
>>> Livro Literatura Brasileira O Sedutor do Sertão de Ariano Suassuna pela Nova Fronteira (2020)
>>> Introducao À Leitura De Hegel de Alexandre Kojève pela Contraponto (2014)
>>> Encontrando Deus em O Senhor dos Anéis de Kurt Bruner, Jim Ware pela Bompastor (2002)
>>> O Poder Da Mente de R. Stanganelli pela Martin Claret (2006)
>>> Livro Poluição do Ar Polêmica Coleção Polêmica de Samuel Murgel Branco; Eduardo Murgel pela Moderna (2004)
COLUNAS

Terça-feira, 20/9/2005
Instinto de Repórter
Fabio Silvestre Cardoso
+ de 3100 Acessos

Escândalos como o do Mensalão costumam ser um prato cheio para a mídia. E isso é ponto pacífico tanto para os críticos naturais da imprensa como para aqueles que acompanham, ávidos por novidades, o noticiário. Entre esses dois grupos, no entanto, há uma cisão. Os primeiros acreditam que a imprensa age pelo "quanto pior, melhor"; já os segundos vêem a mídia como forma de esclarecer a população a respeito dos assuntos que estão na ata do dia. Na avaliação deste colunista, deveria existir mais um ponto de consenso. Quando o trabalho da imprensa é bem feito, quem sai ganhando não é só o jornal, porque conseguiu solapar a concorrência, nem somente os acusadores da vez, mas, sobretudo, a sociedade, porque o trabalho do jornalismo bem realizado é um dos pilares das democracias bem estabelecidas, uma espécie de tipo ideal.

O parágrafo anterior, com efeito, é uma espécie de tipo ideal. Como se sabe, o jornalismo não com o mesmo rigor em todos os casos. Em algumas coberturas, aliás, sobram opiniões e faltam investigação, apuração e observação crítica daquilo que se vê. Sob essa perspectiva, é estimulante que a jornalista Elvira Lobato, do jornal Folha de S.Paulo, tenha publicado, recentemente, Instinto de Repórter (Publifolha, 288 págs.). Trata-se de uma coletânea de reportagens assinadas por ela, onde o leitor poderá ver o jornalismo investigativo levado às últimas instâncias. Em 11 casos exemplares, Elvira traça um panorama de seus 20 anos de atuação no árduo campo da reportagem, gênero muitas vezes ingrato pelo esforço que demanda, mas igualmente prazeroso pelo resultado que proporciona aos leitores.

Sobre as reportagens, vale a pena ressaltar que não são textos notórios por seu estilo elegante ou literário. Elivira não faz novo jornalismo. O destaque deste livro são os instigantes bastidores, os making-ofs, relatados pela autora. O leitor tem a real dimensão dos percalços e dificuldades na apuração de uma denúncia, um processo que pode demorar mais do que se imagina. Tome-se como exemplo o primeiro texto selecionado. A jornalista, a partir de um telefonema recebido por uma fonte, passa a investigar a existência de um projeto para um programa nuclear brasileiro na Serra do Cachimbo. À época, a Folha noticiou o caso com exclusividade, mas foram necessárias duas semanas de apuração para que o texto ficasse pronto. No livro, a autora relembra todos os pontos que marcaram aquela cobertura, desde o receio das testemunhas envolvidas até o fato de ter de permanecer na Redação até o fechamento da edição nacional da Folha. Cabe destacar, aqui, o fato de Elvira ser nesse momento uma repórter bem avaliada pelo jornal, mas que ainda não assinava o nome em todos os textos - só nas matérias exclusivas. Pode-se entender, então, que essa reportagem foi o estopim para seu desenvolvimento em coberturas investigativas para o jornal.

Há uma lacuna considerável de tempo entre a primeira e a segunda reportagem publicada no livro. O segundo texto data de 1989 e, desta feita, a jornalista investe em uma cobertura sobre a República dos Usineiros, um caso que envolvia o então candidato à presidência da República Fernando Collor de Mello. Além de trazer o histórico do caso, Elvira faz nesse texto ressalvas interessantes no que concerne às suas técnicas de investigação. Trata, por exemplo, da necessidade da especialização em um determinado assunto para que o repórter não seja traído pelo desconhecimento. Na reportagem em questão, ela mostra como foi importante o fato de ter estudado a história e a legislação do ramo açucareiro. E, mais do que isso, por iniciativa própria, não tanto do jornal. Nesse sentido, a frase a seguir não poderia ser mais precisa: "Ninguém consegue escrever de forma simples aquilo que considera complicado".

Nas reportagens subseqüentes, em que pesem a importância das dicas da repórter, o livro atinge seu ponto alto quando aborda a questão ética. No texto sobre a reportagem "O Golpe das concessões da mídia", ela relata quando e porque utilizou métodos pouco ortodoxos na apuração de uma denúncia. De acordo com as palavras da autora: "quando a situação exige, digamos assim, instrumentos pouco ortodoxos de apuração, tomo minha decisão baseada nos seguintes quesitos: o assunto é de interesse público? É jornalisticamente importante? A sociedade ganhará com a revelação desse fato? Se as respostas forem afirmativas, sigo meu instinto de repórter e evito dispersar-me em questionamentos que não irão ajudar meu trabalho". Vale a pena ressaltar que, se não está totalmente de acordo com os manuais jornalísticos, a repórter ao menos revela (os motivos de) sua estratégia aos leitores. Isso é louvável. Do mesmo modo que ela preza que o bom relacionamento com as fontes é crucial para que o jornalista adquira respeito e credibilidade.

Em contrapartida, também é correto afirmar que o material publicado em Instinto de Repórter peca pelo fato de não ser inédito. Não se quer dizer, aqui, que as reportagens não interessam, mas, sem sombra de dúvida, estão fora de seu tempo. A mais recente data de 2002. Em outras palavras, apesar de trazer o dia-a-dia do modus operandi de uma reportagem especial, com informações importantes sobre a leitura de documentos "chatos" (como o Diário Oficial), bem como o trabalho de checagem e busca de dados na internet, os textos em si selecionados para a publicação não geram interesse porque já perderam o sabor da novidade, que é, não por acaso, uma das condições da relevância jornalística.

Instinto de Repórter, mesmo assim, é um alento para o jornalismo brasileiro. Numa época em que a reportagem perde cada vez mais espaço para as "grifes" de opinião, é importante que existam jornalistas afinados com esse gênero. Nas palavras de Elvira Lobato: "o repórter é a linha de frente do jornalismo".

Para ir além






Fabio Silvestre Cardoso
São Paulo, 20/9/2005

Mais Fabio Silvestre Cardoso
Mais Acessadas de Fabio Silvestre Cardoso em 2005
01. Brasil e Argentina: uma História Comparada - 3/5/2005
02. Os Clássicos e a Educação Sentimental - 8/2/2005
03. O século da canção - 5/4/2005
04. Estudo das Teclas Pretas, de Luiz Faccioli - 22/2/2005
05. O Afeto Autoritário de Renato Janine Ribeiro - 22/11/2005


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Aniversário da Infanta
Oscar Wilde
Folha de S. Paulo
(2018)



Livro Pedagogia Educação Emocional
Edênio Valle
Olho D Água
(2024)



Arquivo X - Sangue p- Vol. 7
Chris Carter
Caras
(1997)



Manual Prático de Conversação Português, Inglês-alemão
Carl Huber
Artesc
(1992)



Praticando Valores Prevenindo Vicios
Daise Aguiar Silva
Daise Publicações
(2014)



Quarenta Mil Anos de Arte Moderna
L. A. Mauduit
Itatiaia
(1959)



Revista Mundo Estranho Junho 2007 Edição nº 64
Abril
Abril
(2007)



A Revolução no Ensino
W Kenneth Richmond
Companhia Nacional
(1975)



Dog Soldiers a Flag For Sunrise Outerbridge Reach
Robert Stone
The Library of America
(2020)



As Grandes Obras Politicas de Maquiavel a Nossos Dias
Jean Jacques Chevallier
Agir
(1982)





busca | avançada
84380 visitas/dia
2,0 milhão/mês