Instinto de Repórter | Fabio Silvestre Cardoso | Digestivo Cultural

busca | avançada
37543 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Terça-feira, 20/9/2005
Instinto de Repórter
Fabio Silvestre Cardoso

+ de 2400 Acessos

Escândalos como o do Mensalão costumam ser um prato cheio para a mídia. E isso é ponto pacífico tanto para os críticos naturais da imprensa como para aqueles que acompanham, ávidos por novidades, o noticiário. Entre esses dois grupos, no entanto, há uma cisão. Os primeiros acreditam que a imprensa age pelo "quanto pior, melhor"; já os segundos vêem a mídia como forma de esclarecer a população a respeito dos assuntos que estão na ata do dia. Na avaliação deste colunista, deveria existir mais um ponto de consenso. Quando o trabalho da imprensa é bem feito, quem sai ganhando não é só o jornal, porque conseguiu solapar a concorrência, nem somente os acusadores da vez, mas, sobretudo, a sociedade, porque o trabalho do jornalismo bem realizado é um dos pilares das democracias bem estabelecidas, uma espécie de tipo ideal.

O parágrafo anterior, com efeito, é uma espécie de tipo ideal. Como se sabe, o jornalismo não com o mesmo rigor em todos os casos. Em algumas coberturas, aliás, sobram opiniões e faltam investigação, apuração e observação crítica daquilo que se vê. Sob essa perspectiva, é estimulante que a jornalista Elvira Lobato, do jornal Folha de S.Paulo, tenha publicado, recentemente, Instinto de Repórter (Publifolha, 288 págs.). Trata-se de uma coletânea de reportagens assinadas por ela, onde o leitor poderá ver o jornalismo investigativo levado às últimas instâncias. Em 11 casos exemplares, Elvira traça um panorama de seus 20 anos de atuação no árduo campo da reportagem, gênero muitas vezes ingrato pelo esforço que demanda, mas igualmente prazeroso pelo resultado que proporciona aos leitores.

Sobre as reportagens, vale a pena ressaltar que não são textos notórios por seu estilo elegante ou literário. Elivira não faz novo jornalismo. O destaque deste livro são os instigantes bastidores, os making-ofs, relatados pela autora. O leitor tem a real dimensão dos percalços e dificuldades na apuração de uma denúncia, um processo que pode demorar mais do que se imagina. Tome-se como exemplo o primeiro texto selecionado. A jornalista, a partir de um telefonema recebido por uma fonte, passa a investigar a existência de um projeto para um programa nuclear brasileiro na Serra do Cachimbo. À época, a Folha noticiou o caso com exclusividade, mas foram necessárias duas semanas de apuração para que o texto ficasse pronto. No livro, a autora relembra todos os pontos que marcaram aquela cobertura, desde o receio das testemunhas envolvidas até o fato de ter de permanecer na Redação até o fechamento da edição nacional da Folha. Cabe destacar, aqui, o fato de Elvira ser nesse momento uma repórter bem avaliada pelo jornal, mas que ainda não assinava o nome em todos os textos - só nas matérias exclusivas. Pode-se entender, então, que essa reportagem foi o estopim para seu desenvolvimento em coberturas investigativas para o jornal.

Há uma lacuna considerável de tempo entre a primeira e a segunda reportagem publicada no livro. O segundo texto data de 1989 e, desta feita, a jornalista investe em uma cobertura sobre a República dos Usineiros, um caso que envolvia o então candidato à presidência da República Fernando Collor de Mello. Além de trazer o histórico do caso, Elvira faz nesse texto ressalvas interessantes no que concerne às suas técnicas de investigação. Trata, por exemplo, da necessidade da especialização em um determinado assunto para que o repórter não seja traído pelo desconhecimento. Na reportagem em questão, ela mostra como foi importante o fato de ter estudado a história e a legislação do ramo açucareiro. E, mais do que isso, por iniciativa própria, não tanto do jornal. Nesse sentido, a frase a seguir não poderia ser mais precisa: "Ninguém consegue escrever de forma simples aquilo que considera complicado".

Nas reportagens subseqüentes, em que pesem a importância das dicas da repórter, o livro atinge seu ponto alto quando aborda a questão ética. No texto sobre a reportagem "O Golpe das concessões da mídia", ela relata quando e porque utilizou métodos pouco ortodoxos na apuração de uma denúncia. De acordo com as palavras da autora: "quando a situação exige, digamos assim, instrumentos pouco ortodoxos de apuração, tomo minha decisão baseada nos seguintes quesitos: o assunto é de interesse público? É jornalisticamente importante? A sociedade ganhará com a revelação desse fato? Se as respostas forem afirmativas, sigo meu instinto de repórter e evito dispersar-me em questionamentos que não irão ajudar meu trabalho". Vale a pena ressaltar que, se não está totalmente de acordo com os manuais jornalísticos, a repórter ao menos revela (os motivos de) sua estratégia aos leitores. Isso é louvável. Do mesmo modo que ela preza que o bom relacionamento com as fontes é crucial para que o jornalista adquira respeito e credibilidade.

Em contrapartida, também é correto afirmar que o material publicado em Instinto de Repórter peca pelo fato de não ser inédito. Não se quer dizer, aqui, que as reportagens não interessam, mas, sem sombra de dúvida, estão fora de seu tempo. A mais recente data de 2002. Em outras palavras, apesar de trazer o dia-a-dia do modus operandi de uma reportagem especial, com informações importantes sobre a leitura de documentos "chatos" (como o Diário Oficial), bem como o trabalho de checagem e busca de dados na internet, os textos em si selecionados para a publicação não geram interesse porque já perderam o sabor da novidade, que é, não por acaso, uma das condições da relevância jornalística.

Instinto de Repórter, mesmo assim, é um alento para o jornalismo brasileiro. Numa época em que a reportagem perde cada vez mais espaço para as "grifes" de opinião, é importante que existam jornalistas afinados com esse gênero. Nas palavras de Elvira Lobato: "o repórter é a linha de frente do jornalismo".

Para ir além






Fabio Silvestre Cardoso
São Paulo, 20/9/2005


Quem leu este, também leu esse(s):
01. estar onde eu não estou de Luís Fernando Amâncio
02. Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos de Jardel Dias Cavalcanti
03. Primavera para iniciantes de Elisa Andrade Buzzo
04. Um parque de diversões na cabeça de Renato Alessandro dos Santos
05. Quem é mesmo massa de manobra? de Cassionei Niches Petry


Mais Fabio Silvestre Cardoso
Mais Acessadas de Fabio Silvestre Cardoso em 2005
01. Brasil e Argentina: uma História Comparada - 3/5/2005
02. O século da canção - 5/4/2005
03. Os Clássicos e a Educação Sentimental - 8/2/2005
04. Estudo das Teclas Pretas, de Luiz Faccioli - 22/2/2005
05. O Afeto Autoritário de Renato Janine Ribeiro - 22/11/2005


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O CAMPANÁRIO CÓSMICO - 4ª EDIÇÃO
TRIGUEIRINHO
PENSAMENTO
(2012)
R$ 14,40



PSSAGENS DA ANTIGUIDADE AO FEUDALISMO
PERRY ANDERSON
BRASILIENSE
(1995)
R$ 20,00



TRATADO DE ENDOCRIMINOLOGIA CLÍNICA
BERNARDO LÉO WAJCHENBERG
FARMACÊUTICA
(2014)
R$ 190,00



INTRODUÇÃO À SEMÂNTICA: BRINCANDO COM A GRAMÁTICA
RODOLFO ILARI
CONTEXTO
(2001)
R$ 30,00



RONIN - VOL. 1
FRANK MILLER
ABRIL
(1991)
R$ 6,90



FIGURAS DO MEU CONVIVIO RETRATOS DE FAMILIA E DE MESTRES E EDUCADORES
FERNANDO DE AZEVEDO
DUAS CIDADES
(1973)
R$ 17,64



PIAUÍ 34 DILMA DO PRESÍDIO AO PLANALTO
VÁRIOS AUTORES
PIAUÍ 34
(2009)
R$ 13,00



HIDROLOGIA AMBIENTAL 3
VÁRIOS
ABRH
(1991)
R$ 190,00



A IDÉIA DE EUROPA NO MARCELISMO 1968 1974
JOSÉ MANUEL TAVARES CASTILHO
AFRONTAMENTO
(2000)
R$ 60,00



A VOLTA AO MUNDO EM 80 DIAS
JÚLIO VERNE
HEMUS
R$ 20,00





busca | avançada
37543 visitas/dia
1,2 milhão/mês