Cantei parabéns para o Tom | Vitor Nuzzi | Digestivo Cultural

busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> Festa na floresta
>>> A crítica musical
>>> 26 de Julho #digestivo10anos
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
>>> Curriculum vitae
Mais Recentes
>>> Recordações da casa dos mortos de Fiodor Dostoiévski pela Nova Alexandria (2006)
>>> Elric de Melniboné: a traição ao imperador de Michael Moorcock pela Generale (2015)
>>> O Príncipe de Nicolau Maquiavel pela Vozes de Bolso (2018)
>>> Deuses Americanos de Neil Gaiman pela Conrad (2002)
>>> Deus é inocente – a imprensa, não de Carlos Dorneles pela Globo (2003)
>>> Memórias do subsolo de Fiodor Dostoiévski pela 34 (2000)
>>> Songbook - Tom Jobim, Volume 3 de Almir Chediak pela Lumiar (1990)
>>> Comunicação e contra-hegemonia de Eduardo Granja Coutinho (org.) pela EdUFRJ (2008)
>>> Caetano Veloso Songbook V. 1 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> Origami a Milenar Arte das Dobraduras de Carlos Genova pela Escrituras (2004)
>>> O vampiro Lestat de Anne Rice pela Rocco (1999)
>>> Nova enciclopédia ilustrada Folha volume 2 de Folha de São Paulo pela Publifolha (1996)
>>> Esperança para a família de Willie e Elaine Oliver pela Cpb (2018)
>>> Leituras do presente de Valdir Prigol pela Argos (2007)
>>> Insight de Daniel C. Luz pela Dvs (2001)
>>> Política e relações internacionais de Marcus Faro de Castro pela UnB (2005)
>>> Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowling pela Rocco (2000)
>>> Infinite Jest de David Foster Wallace pela Back Bay Books (1996)
>>> Nine Dragons de Michael Connelly pela Hieronymus (2009)
>>> The Innocent de Taylor Stevens pela Crown Publishers (2011)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> Filosofia Para Crianças e Adolescentes de Maria Luiza Silveira Teles pela Vozes (2008)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> Vida de São Francisco de Assis de Tomás de Celano pela Vozes (2018)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Astrologia e Fatalismo Magnetismo e Hipnose de Ferni Genevè pela Fase (1983)
>>> Práticas da leitura de Roger Chartier (org.) pela Estação Liberdade (2001)
>>> Universo em Desencanto A Verdadeira Origem da Humanidade Vol 1 de Não Informada pela Mundo Racional
>>> Matemática Financeira de Roberto Zentgraf pela Ztg (2002)
>>> Como Negociar Qualquer Coisa Com Qualquer Pessoa Em Qualquer Lugar do Mundo de Frank L. Acuff pela Senac (1998)
>>> Morte e Vida Severinas: das Ressurreições e Conservações ... Ed. Ltda. de Nelci Tinem e Luizamorim: Organização pela Impre. Univ. J. Pessoa (2012)
>>> Mais Trinta Mulheres que Estão Fazendo a Nova Literatura de Luiz Ruffato pela Record (2005)
>>> Príncipe Sidarta A Fuga do Palácio de Patricia Chendi pela Rocco (2000)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Smart Work Why Organizations Full Of Intelligent People ... de Steven A. Stanton pela Do Autor (2016)
>>> Estatística Objetiva de Roberto Zentgraf pela Ztg (2001)
>>> Diários Messiânicos: uma Experiência de Extensão Universitária de Bruno Cesar Euphrasio de Mello pela Univ. Federal Rgs. (2015)
>>> The Lost Symbol de Dan Brown pela Doubleday (2009)
>>> Dez Dias de Cortiço de Ivan Jaf pela Ática (2009)
>>> Medicina do Além Um Presente de Jesus para a Humanidade de Fabio Alessio Romano Dionisi pela Dionisi (2014)
>>> Energia Renovável de Dme pela Dme
>>> São João Paulo Grande Seus Cinco Amores de Jason Evert pela Quadrante (2018)
>>> At Risk de Patricia Cornwell pela Little Brown And Company (2006)
COLUNAS >>> Especial Tom Jobim 80

Quinta-feira, 1/2/2007
Cantei parabéns para o Tom
Vitor Nuzzi

+ de 5100 Acessos

É verdade. Foi em 25 de janeiro de 1991, quando São Paulo completou 437 e Tom Jobim, 64 anos (alguém aí lembrou de "When i'm sixty four", dos Beatles?). Assim como eu, Chico Buarque e Milton Nascimento também estavam lá, batendo palmas. Tudo bem que naquela noite havia outras milhares de pessoas no ginásio do Ibirapuera, e que eu estava a vários metros de distância do aniversariante. Não importa. Só lembro que apareceu um bolo e todo mundo levantou para cantar parabéns ao Tom, que Chico chamou de "meu maestro soberano" na música "Paratodos". Como paulistano, gosto de imaginar que Tom e São Paulo nasceram no mesmo dia.

Foi um show apenas, para celebrar a criação da Universidade Livre de Música, da qual Tom foi patrono. Quem viu não há de esquecer. Nem a acústica ruim do ginásio conseguiu atrapalhar esse encontro, com direito a ouvir Milton em forma, cantando - sem acompanhamento instrumental - "Olha Maria", de Tom, Vinícius e Chico. Uma interpretação impressionante. Com meus ouvidos leigos, penso que jamais ouvirei nada igual, por mais que a música brasileira renda frutos.

Como já se percebeu, sim, gosto de Tom. Lembro que Vinícius considerava Tom e o argentino Astor Piazzolla os dois grandes músicos da América Latina. "Mas como não gosto nada de critérios competitivos, digo simplesmente que acho o Tom genial", completou o amigo. Certamente outros vão observar que a fama de Tom ultrapassou essa fronteira e chegou aos Estados Unidos. Por falar em datas, em 2007 completam-se 40 anos da gravação do disco de Tom e Frank Sinatra. Segundo reportagem publicada em 21 de janeiro pelo jornal Folha de S. Paulo, esse LP (Francis Albert Sinatra & Antonio Carlos Jobim) foi considerado o melhor de 1967 pela crítica americana e só perdeu em vendas naquele ano para Sgt. Pepper´s Lonely Hearts Club Band, dos Beatles. Consta que o músico brasileiro estava no Veloso, bar que hoje tem o nome de Garota de Ipanema (e fica na rua Vinícius de Moraes), quando recebeu o telefonema de um "gringo", convidando-a a gravar.

Deve ser verdade. Bares eram habitat de Tom, Vinícius e companhia. Na fachada do prédio de número 107 na rua Nascimento Silva, em Ipanema, a placa que indica que naquele local morou Tom Jobim é assinada pela "Confraria do copo furado". E no recente (2005) documentário dedicado a Vinícius de Moraes, dirigido por Miguel Faria Jr., podemos ver a dupla seriamente alcoolizada tentando cantar "Pela luz dos olhos teus". Em seguida, enquanto Vinícius ria, Tom debochava da "revolta" das esposas com o consumo de uísque de seus maridos. A ironia ia para a música, como mostra a versão do próprio Tom Jobim para Carta ao Tom, de Toquinho e Vinícius. A letra original:

Rua Nascimento Silva, 107
Você ensinando pra Elizeth
As canções e canção do amor demais
(...)
Mesmo a tristeza da gente era mais bela
E além disso se via da janela
Um cantinho de céu e o Redentor
É, meu amigo, só resta uma certeza
É preciso acabar com essa tristeza
É preciso inventar de novo o amor


Em mistura de bom humor e alguma amargura, com uma pequena ajuda dos amigos, Tom compôs uma versão em que, já nos anos 70, apontava a violência e a especulação imobiliária como males que tomariam conta (também) do Rio.

Rua Nascimento Silva, 107
Eu saio correndo do pivete
Tentando alcançar o elevador
Minha janela não passa de um quadrado
A gente só vê Sérgio Dourado
Onde antes se via o Redentor
É, meu amigo, só resta uma certeza
É preciso acabar com a natureza
É melhor lotear o nosso amor


Tudo bem. Mesmo com esses e outros problemas, a gente foi levando, como dizia outra canção. Mas também é preciso lembrar da polêmica que envolve Tom e a Bossa Nova, que o crítico José Ramos Tinhorão definiu não como um gênero musical, "mas uma maneira de tocar" (Pequena história da música popular - Da modinha à canção de protesto, Editora Vozes, 1975). A controvérsia chegou à clássica composição "Águas de Março", que segundo Tinhorão é um tema originário do nosso folclore. Da mesma forma, a Bossa Nova volta e meia sofre críticas pela suposta veia ianque. Sem habilitação técnica para entrar em tal debate, simplesmente faço o registro.

"Águas de Março" remete sempre à gravação de Elis Regina e Tom, e aqui cabe outra lembrança: agora em janeiro, completam-se 25 anos da morte de Elis. É pau, é pedra, é o fim do caminho.

O músico e o poeta
Já que o texto traz tantas reminiscências, pode ser fechado com uma história que me foi contada recentemente pelo poeta Thiago de Mello, hoje com os 80 anos que Tom ficou longe de completar e habitante da floresta amazônica, para onde o maestro possivelmente gostaria de ir, desde que pudesse levar o piano e o uísque, não necessariamente nessa ordem. "Três ou quatro dias antes de viajar (para os Estados Unidos), saindo de uma farmácia no Leblon, abraçou-me muito", lembra Thiago. Por saber que o amigo havia sido operado do coração, Tom fez-lhe algumas recomendações, como não fumar. E arrematou, para as gargalhadas de Thiago: "O que importa mesmo é a adequada perfusão dos corpos cavernosos". Uma frase, digamos, poética, para um problema que tanto atormenta os homens. Dias depois, Tom viajou - e voltou sem vida ao Brasil. "Ele tinha saído para cantar com os anjos", explica Thiago.


Vitor Nuzzi
Rio de Janeiro, 1/2/2007


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O jornalismo cultural na era das mídias sociais de Fabio Gomes
02. Meshugá, a loucura judaica, de Jacques Fux de Jardel Dias Cavalcanti
03. Memorial de Berlim de Marilia Mota Silva
04. 50 tons de Anastasia, Ida e outras protagonistas de Elisa Andrade Buzzo
05. Quem é o abutre de Marta Barcellos


Mais Vitor Nuzzi
Mais Acessadas de Vitor Nuzzi
01. Geraldo Vandré, 70 anos - 27/9/2005
02. No início, era o telex - 23/11/2005
03. Boa nova: o semi-inédito CD de Chico - 2/5/2006
04. Cantei parabéns para o Tom - 1/2/2007
05. Um imenso Big Brother - 6/2/2006


Mais Especial Tom Jobim 80
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O NOVIÇO
MARTINS PENA
EDIOURO
(2001)
R$ 5,00



DE ISABEL A EUCLIDES
ALAÔR EDUARDO SCISÍNIO
ACHIAMÉ (RJ)
(1986)
R$ 23,82



CONTRA O BRASIL
DIOGO MAINARDI
COMPANHIA DAS LETRAS
(1998)
R$ 10,00



BRASIL ECONOMIA ABERTA OU FECHADA?
ERNANE GALVÊAS (DEDICATÓRIA)
APEC
(1978)
R$ 23,82



CURRÍCULO E IMAGINAÇÃO
JAMES MC KERNAN
ARTMED
(2009)
R$ 75,00



A FALSIFICAÇÃO DO CONSENSO
PABLO GENTILI
VOZES
(1998)
R$ 40,00



GLORINHA E O MAR
ISA SILVEIRA LEAL
BRASILIENSE
R$ 4,00



ASTROLOGIA PARA PRINCIPIANTES
GEOFFREY CORNELIUS, MAGGIE HYDE E CHRIS WEBST
PUBLICAÇÕES DOM QUIXOTE
(1997)
R$ 45,37



O PARADOXO DA FELICIDADE
RENÉ BREUEL
VOX LITTERIS
(2011)
R$ 7,00



ANTOLOGIA POÉTICA
VINÍCIUS DE MORAES
COMPANHIA DAS LETRAS
(2010)
R$ 10,00





busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês