O brilho do sangue | Rafael Rodrigues | Digestivo Cultural

busca | avançada
64948 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Rodolpho Parigi participa de live da FAAP
>>> Para fugir de ex-companheiro brasileira dá volta ao mundo com pouco dinheiro
>>> Zé Guilherme encerra série EntreMeios com participação da cantora Vania Abreu
>>> Bricksave oferece vistos em troca de investimentos em Portugal
>>> Projeto ‘Benzedeiras, tradição milenar de cura pela fé’ é lançado em multiplataformas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Alívios diamantinos
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Ser intelectual dói
>>> Simone de Beauvoir: da velhice e da morte
>>> Alice in Chains, Rainier Fog (2018)
>>> Distribua você também em 2008
>>> A proposta libertária
>>> Sátiro e ninfa, óleo s/ tela em 7 fotos e 4 movies
>>> Capitu, a melhor do ano
>>> As fronteiras da ficção científica
Mais Recentes
>>> Com Olhos de Criança de Francesco Tonucci pela Instituto Piaget (1988)
>>> Revista Neuro Educação – Nº 4 – Dormir Bem Para Aprender Melhor de Vários Autores pela Segmento (2015)
>>> de Jorge Carvalho do Nascimento pela Criação (2018)
>>> Revista Ciência & Vida Psique – Ano 1 – Nº 2 – Psicopedagogia Pra Que? de Vários Autores pela Escala
>>> Revista Crescer em Família – Ano 7 – Nº 74 - Primeiro Ano do Bebê de Vários Autores pela Globo (2000)
>>> Revista Mente e Cérebro – Ano XVI – Nº 197 – As 5 Idades do Cérebro de Vários Autores pela Duetto (2009)
>>> Poder, Política e Partido de A. Gramsci pela Brasiliense (1992)
>>> Gramsci : Cem anos de um pensamento vivo - coleção P&T de J. Luiz Marques e Luiz Pilla Vares (Orgs.) pela Palmarica (1991)
>>> Memórias da Resistência de Jorge Carvalho do Nascimento pela Criação (2019)
>>> Supercapitalismo Como o capitalismo tem transformado os negócios, a democracia e o cotidiano de Robert B. Reich pela Campus (2008)
>>> Marx Engels - História -Coleção Grandes Cientistas Sociais 36 de Florestan Fernandes (Org.) pela Ática (1983)
>>> Começo de Conversa – Orientação Sexual de Osny Telles Marcondes Machado pela Saraiva (1996)
>>> Ciclos de Formação Proposta Político-Pedagógica da Escola Cidadã - Cadernos Pedagógicos 9 de Vários Autores pela SmedPoA (1999)
>>> Ciclos de Formação Proposta Político-Pedagógica da Escola Cidadã - Cadernos Pedagógicos 9 de Vários Autores pela SmedPoA (1996)
>>> A dieta dos 17 dias Um método simples para perder barriga de Mike Moreno pela Sextante (2011)
>>> O Especialista em Educação na Perspectiva da Escola Cidadã - Cadernos Pedagógicos 10 de Vários Autores pela SmedPoA (1996)
>>> Dez Leis Para Ser Feliz - Ferramentas par se apaixonar pela vida de Augusto Cury pela Sextante (2008)
>>> Projeto Revista de Educação – Nº 1 - Ano 1 de Vário Autores pela Projeto (1999)
>>> O Carvalho de Jorge Carvalho do Nascimento pela Criação (2020)
>>> Dicionário do Pensamento Marxista de Tom Bottomore - Editor pela Jorge Zahar (2001)
>>> Um tango para 5 Rainhas de Jony Wolff pela Edição do autor (2018)
>>> O Carvalho de Jorge Carvalho do Nascimento pela Criação (2020)
>>> Os Clássicos da Política vol. 1- Mquiavel-Hobbes-Montesquieu- Rousseau de Francisco C. Welfort (Org.) pela Ática (2006)
>>> Nacionalismos - O estado nacional e o nacionalismo no século XX de Montserrat Guibernau pela Jorge Zahar (1997)
>>> Bibliografia Estudos Sobre Violência Sexual Contra a Mulher:1984-2003 de Kátia Soares Braga - Elise Nacimento (Orgs.) pela Letras Livres - UNB (2004)
>>> O reino de James T. harman pela Restauração (2013)
>>> A importancia da cobertura de Lance Lambert pela Classicos (2013)
>>> O Reino Entre Nós de Não Informado pela O Lutador
>>> Como Realizar a Aprendizagem de Robert M. Gagné pela Mec (1974)
>>> Yoga para a Saúde do Ciclo Menstrual de Linda Sparrowe/ Patrícia Walden pela Pensamento (2004)
>>> Pequenos Segredos da Arte de Escrever de Luiz A. P. Victoria pela Ouro (1972)
>>> Deus Cristo e Caridade Reformador Revista de Espiritismo Cristão de Federação Espírita pela Federação Espírita (1988)
>>> Deus Cristo e Caridade Reformador Revista de Espiritismo Cristão de Federação Espírita pela Federação Espírita (1989)
>>> Paca, Tatú...Contos Infantis de Malba Tahan pela Cruzada da Boa Imprensa (1939)
>>> A Marquesa de Reval de May Logan pela Anchieta (1944)
>>> Camilo Compreendido Tomo 1 e 2 de Gondim da Fonseca pela Martins (1953)
>>> Técnicas de Yoga de Dr.M.L.Gharote pela Phorte (2007)
>>> A Essência da Alma de Sônia Tozzi (psicografia) pela Lúmen (2006)
>>> Minutos de Oração de Legrand (coord) pela Soler (2007)
>>> A Norma Jurídica de Tercio Sampaio Ferraz Jr. E Outros pela Freitas Bastos (1980)
>>> Le Bateau Ivre Análise e Interpretação de Augusto Meyer pela São José (1955)
>>> Franz Kafka Os Filhos Rossmann Bendemann e Samsa de Ruth Cerqueira de Oliveira Röhl pela Universidade de São Paulo (1976)
>>> Fios de Ariadne - Ensaios de interpretação marxista de Centro de Estudos Marxistas pela Universidade de Passo Fundo (1999)
>>> Três Momentos Poéticos de Nelly Novaes Coelho pela Conselho Estadual de Cultura
>>> A Luz Perdida de Murillo Araujo pela Pongetti (1952)
>>> História e Consciência Social de Leôncio Basbaum pela Globo (1985)
>>> Dostoievsky de David Magarshack pela Aster
>>> Asanas de Swami Kuvalayananda pela Phorte (2009)
>>> A Ciência do Yoga de J.K.Taimni pela Teosófica (2006)
>>> Osso no seu Osso indo além da imitação de cristo de F. j. Huegel pela Restauração (2019)
COLUNAS

Sexta-feira, 21/9/2007
O brilho do sangue
Rafael Rodrigues

+ de 4300 Acessos

Todo homem, ou a maior parte da espécie, deseja ter total controle sobre a própria vida. Mesmo aqueles que crêem em destino e pouco agem, preferindo esperar tudo acontecer sem nenhuma interferência sua. Não agir é também uma ação. Optar por não decidir é, querendo ou não, tomar uma decisão.

É esse tipo de homem que vemos na maioria dos contos de O brilho do sangue (Record, 2006, 144 págs.), estréia de Diter Stein nas prateleiras das livrarias (não se engane com o nome estrangeiro: Diter é brasileiro, descendente de alemães, nasceu em Petrópolis, em 1952). Um livro de contos que, ao contrário do que diz a orelha escrita por José Castello (crítico que respeito e muito admiro, é bom deixar claro), não pode ser lido como um romance. O fato de um personagem, um prédio negro, estar presente em mais de uma história, não faz do livro uma narrativa única. Nem mesmo o fato de um personagem de um conto lembrar ou mesmo ser o protagonista de outro. As histórias são independentes. Juntas, elas não formam uma só história. Portanto, não podem ser lidas como capítulos de um romance, mesmo que não-linear.

Nos contos, os personagens criados por Diter são colocados em situações, no mínimo, absurdas. Esse "absurdo" pode ser chamado de "fantástico". Mas, a rigor, a classificação dos contos não é relevante. O importante é eles serem bons. E são.

São histórias bem escritas, bem desenvolvidas e que se encerram no momento certo. O conto, ao contrário do que dizem alguns, não é um gênero fácil de ser escrito. Nada pode sobrar ou faltar em um conto. Num romance, as faltas e sobras podem ser compensadas e ofuscadas por qualidades outras em trechos maiores da história. Em uma história curta, é difícil esconder as falhas. Elas são mais fáceis de serem notadas, e qualquer pequeno deslize põe um conto a perder. Diter Stein conseguiu encontrar o meio-termo para todas as dez histórias que compõem O brilho do sangue.

"O gráfico", conto que abre o livro, reúne quatro personagens peculiares. Um Homem, que se comunica por "gráficos, tabelas ou uma curva qualquer que achasse adequada. Ouvi-lo e entendê-lo eram coisas para poucos"; uma Mulher sensual, cujos "pensamentos, idéias e certezas eram suas nádegas e peitos"; uma Menina, "de movimentos suaves e lentos"; e um prédio negro, onde os três outros personagens moram. Um dia, se encontram na calçada e olham, ao mesmo tempo, para o prédio. Esse encontro casual muda a vida de todos. Já o prédio, "continua impassível, no mesmo lugar". É um conto original e bem escrito. Arrisco dizer que foi um dos contos mais "estranhos" que já li. Mas de uma "estranheza" elogiável, pois é notável que o autor se preocupou em bem escrevê-lo.

No segunto conto, "A auditoria", temos contato com um jovem empresário que cometera suicídio. Após sua morte, a empresa que dirigia, herança do pai, é alvo de uma auditoria. O auditor responsável, ao investigar as decisões do jovem empresário, percebe que quase todas foram brilhantemente calculadas, a fim de gerar lucro para a empresa. Mas, a partir de determinado momento, decisões estranhas eram tomadas pelo jovem empresário, e precisavam ser esclarecidas. O fim da história pode até ser decifrado ao chegarmos perto do ponto final, mas o impacto que a auditoria tem sobre o auditor é, talvez, a história escondida do conto.

"O grande crash", história bem mais extensa que as outras, nos apresenta a um homem que, certo dia, resolve deixar a esposa, com a esperança de tornar-se padre. "Não gostava da coisa em si, mas via grandes vantagens. Pelo que sabia, padres não tinham família como todo mundo tem." A justificativa para a mudança radical é a de que ele queria tomar sozinho suas próprias decisões, coisa que já não conseguia fazer, após tantos anos com sua mulher decidindo tudo por ambos. Jamais teria forças para se impor. Ele queria ser só, ser dono de si. E é o que acontece, depois de ir a um mosteiro e saber que não existe possibilidade de ele ser padre. Sua nova vida segue tranqüila, exatamente como ele planejara - ele cria uma rotina, que seguia à risca todos os dias, e até uma espécie de Bíblia, que o ajuda nos momentos mais angustiantes. Até o dia em que conhece Lílian, uma prostituta, e novamente ele precisa agir de maneira radical, ou mais uma vez estará perdido, dependente de alguém.

Outro conto longo, "O médio", é o melhor do livro, na minha opinião. Nele, conhecemos "Ox, o médio": "Era uma vez um homem. Não era bonito nem feio, nem alto nem baixo, nem velho nem moço. Era eficiente, era discreto, era silencioso. Era um médio. Cauteloso, estava sempre atento a não deixar dúvidas quanto à sua imagem de pessoa média." A obsessão de Ox em passar despercebido era tão grande, que preocupava-se até em "não se destacar dos outros médios pelo fato de ser tão médio". O maior perigo, para Ox, eram as mulheres. Constantemente se apaixonava por alguma e a conquistava. Se assim continuasse, não conseguiria ser "médio". Afinal, um sedutor pode ser tudo, menos um "médio". Para tal problema, encontrou a seguinte solução: faria com que um colega de trabalho se apaixonasse pelas mulheres que ele quisesse e o ajudaria a conquistá-las. Dessa forma teria seus desejos realizados, através do colega. Ox leva sua obsessão a tal nível que o outro não faz outra coisa a não ser servir de escape para seus desejos carnais. Até o dia em que isso chega ao fim, e a esperança de um recomeço surge para apenas um deles.

O brilho do sangue é um livro diferente, original. Não há inovações de linguagem ou de estrutura (e precisa?). Mas é um livro peculiar em nossa literatura recente. De qualidade literária difícil de ser encontrada, hoje. Sem floreios ou exageros. Um livro corajoso, porque vai até o limite da criatividade, quase chegando ao nonsense. Mas não chega, pois todas as histórias têm algo a dizer. E dizem.

Uma pena que um livro tão bom não chame tanto a atenção dos leitores nas livrarias. A capa, feita pelo próprio autor, poderia ser mais chamativa e mais bem trabalhada. Aproveitando o título e caindo até num clichê, poderia ser uma mancha vermelha e brilhante, sobre um fundo negro ou branco.

Mas nada que ofusque a qualidade de O brilho do sangue, um livro que merece um lugar especial em nossa literatura.

Para ir além






Rafael Rodrigues
Feira de Santana, 21/9/2007


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Quase uma despedida de Eduardo Carvalho


Mais Rafael Rodrigues
Mais Acessadas de Rafael Rodrigues em 2007
01. O óbvio ululante, de Nelson Rodrigues - 2/11/2007
02. O nome da morte - 16/2/2007
03. História dos Estados Unidos - 29/6/2007
04. Os dois lados da cerca - 7/12/2007
05. O homem que não gostava de beijos - 9/3/2007


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ
THEREZINHA BITTENCOURT E VITOR LIMA RAIMUNDO
ODORIZZI
(2011)
R$ 10,00



TEM AQUELA DO...
CHICO ANÍSIO
CÍRCULO DO LIVRO
(1978)
R$ 8,38



SOMBRAS QUE ASSOMBRAM - O EXPRESSIONISMO NO CINEMA ALEMÃO
SESC
SESC
(2013)
R$ 7,27



NOVAS GEOPOLÍTICAS
JOSÉ WILLIAM VESENTINI
CONTEXTO
(2011)
R$ 18,00



PROSPERIDADE EM 42 DIAS
HUMBERTO PAZIAN
BUTTERFLY
(2008)
R$ 19,00



FILHOTES - OS CUIDADOS NOS PRIMEIROS ANOS DE VIDA DO SEU CÃO
SCOTT MILLER
MANOLE
(2008)
R$ 25,00



EXEGESE DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL-04 VOLUMES-CRÍTICA-INTER-JUR 9429
ANTONIO PEREIRA BRAGA
MAX LIMONAD
R$ 143,00



OS SEIS LIVROS DA REPÚBLICA - LIVRO SEGUNDO - 1ª EDIÇÃO
JEAN BODIN
ÍCONE
(2011)
R$ 34,95



O CRIME DO PADRE AMARO
EÇA DE QUEIRÓS
W. BUCH
(2009)
R$ 14,90



OS EXTRATERRESTRES - OS PRIMEIROS POVOADORES DA TERRA ?
HEBER CASAL SÁENZ
PLANETA
(2005)
R$ 12,90





busca | avançada
64948 visitas/dia
2,1 milhões/mês