Melhores de 2010 | Gian Danton | Digestivo Cultural

busca | avançada
51146 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Evoluir celebra o mês das crianças com contação de história
>>> Editora H1 chega com proposta de modelo híbrido de apresentação de conteúdo
>>> CONCERTO OSESP MASP TEM NOVA APRESENTAÇÃO GRATUITA DIA 20 DE OUTUBRO
>>> 14ª Visões Urbanas tem Urbaninhas com quatro espetáculos para crianças
>>> Visões Urbanas permanece online em sua 14ª edição
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
Últimos Posts
>>> Mundo Brasil
>>> Anônimos
>>> Eu tu eles
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
Blogueiros
Mais Recentes
>>> José Moutinho
>>> Palavra na Tela – Crítica
>>> Paternidade
>>> Soul Bossa Nova
>>> Walking Dead - O caminho dos mortos na cultura pop
>>> Anomailas, por Gauguin
>>> Público, massa e multidão
>>> Saints and Sinners
>>> Teledramaturgia ao vivo
>>> Os narradores de Eliane Caffé
Mais Recentes
>>> Contos Sombrios de Gabriel Maia pela Linhas Tortas (2019)
>>> Essentials of Marketing de McCarthy e Perreault pela Sixth Edition
>>> Java como Programar de Deitel pela Prentice Hall (2005)
>>> Leis do Amor de Francisco Candido Xavier pela Feb (1965)
>>> Seara dos Médiuns de Francisco Candido Xavier pela Feb (1985)
>>> Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim de Valter Turini pela O Clarim (2009)
>>> Os Segredos do Casarão de Elizabeth Artmann pela Petit (1999)
>>> A Segunda Chance... de Alfredo Pardini pela O Clarim (2009)
>>> O Segredo das Bem Aventuranças de José Lázaro Boberg pela Eme (2009)
>>> Sementes e Contos de Lauro Pereira pela Procriart (1985)
>>> Segue-Me!... de Francisco Cândido Xavier pela O Clarim (1978)
>>> Direito Civil Brasileiro - Direito Família vol. 6 de Carlos Roberto Gonçalves pela Saraiva (2013)
>>> A Caçada Ao Lobo de Wall Street de Jordan Belfort pela Planeta (2014)
>>> Direito Civil Brasileiro - Direito das Coisas vol 5 de Carlos Roberto Gonçalves pela Saraiva (2007)
>>> Diário do Chaves de Roberto Gomez Bolanos pela Suma (2006)
>>> O Aliciador - Ele está sempre um passo à Frente de Donato Carrisi pela Record (2019)
>>> Isaac Newton e Sua Maçã de Kjartan Poskitt pela Cia. das Letras (2021)
>>> A riqueza da vida simples - Como escolhas mais inteligentes podem antecipar a conquista de seus sonhos de Gustavo Cerbasi pela Sextante (2019)
>>> Fênix: A Ilha - Livro 1 de John Diox pela Novo Conceito (2014)
>>> Direito do Trabalho 23 ª ed. de Sérgio Pinto Martins pela Atlas (2007)
>>> O Sexo das Antas de Kelli Pedroso pela Pergamus (2011)
>>> Direito Administrativo 20ª Ed. de Maria Sylvia Zanella Di Pietro pela Atlas (2007)
>>> Cavalo de Tróia 1 - Jerusalém de J. J. Benitez pela Planeta (2010)
>>> O Desafio da Hiperinflação - em busca da moeda real de Francisco Lopes pela Campus (1989)
>>> Saneamento Ambiental na Baixada Cidadania e Gestao Democrática de Jorge Florêncio e outros pela Fase (1995)
COLUNAS >>> Especial Melhores de 2010

Segunda-feira, 3/1/2011
Melhores de 2010
Gian Danton

+ de 6900 Acessos
+ 3 Comentário(s)

2010 foi marcado pelo final de duas sagas, mais tentativas de censura (agora com Monteiro Lobato) e por uma resposta irônica ao politicamente correto.

Lost e Toy Story finalmente tiveram a parte final de suas histórias contadas. Mas enquanto Toy Story encantou tanto os velhos fãs quanto os novos, renovando o interesse pelos dois filmes anteriores, Lost foi uma decepção total.

O interessante de Toy Story 3 é justamente o fato de que o garoto, dono dos bonecos, cresceu, assim como as crianças que assistiram ao primeiro filme. Isso gera uma interessante reflexão que arrancou lágrimas de muitas pessoas no cinema. A Pixar mostrou mais uma vez que bom cinema de animação se faz com ação misturada com humor, personagens carismáticos e um ótimo roteiro. Toy Story 1 causou uma revolução no mercado de animação, mas a maioria dos filmes que vieram depois, como Shrek, pegaram da fórmula apenas a ação e o humor. Assim, assistir a Toy Story 3 é reconfortante.

Lost decepcionou em sua última temporada. A série acabou e deixou dezenas de pontas soltas, verdadeiros furos no roteiro. Não foi explicado, por exemplo, porque "os outros" pareciam ter super-poderes na primeira temporada e depois, nas temporadas seguintes, se tornaram pessoas normais. Na última temporada, abundaram personagens sem motivação real, com função puramente narrativa, como é o caso de Wildmore e sua esposa. Ambos parecem bonecos colocados na trama apenas como uma desculpa para os roteiristas esticarem a série por mais um tempo.

De todos os episódios, só o que se salvou foi o que conta a origem de Richard. Muito pouco para uma série que prometia muito e entregou quase nada.

Em 2010, a polêmica sobre os quadrinhos dominou a mídia. O jornalista Dioclécio Luz, no Observatório da Imprensa, chegou a sugerir que as histórias da Turma da Mônica estimulavam o bullying. Muitas vozes se levantaram contra essa análise equivocada, mas a melhor delas foi o irônico site Porra, Mauricio!. Os autores, Pablo Peixoto e Fernando Marés, mostraram com humor que, com um olhar maldoso, é possível ver qualquer coisa em um quadro de quadrinhos descontextualizado. "Queremos provar que com um pouco de má intenção qualquer um pode ver malícia em qualquer coisa, por mais inocente que seja. O segredo é tirar do contexto. Um fragmento da história sem situar o leitor, um frame do desenho animado sem mostrar seu porquê. Aí fica fácil achar pelo em ovo ou chifre em cabeça de cavalo", explicou Pablo Peixoto. Em uma sequência, por exemplo, a mãe da Mônica perguntava se ele tinha levado a farinha e o texto sugeria que a turma tinha entrado para o tráfico de drogas.

Se, por um lado, Mauricio de Sousa era alvo de toda essa polêmica, por outro ele recebia uma bela homenagem. O álbum MSP 50, no qual 50 quadrinistas parabenizaram Mauricio pelos seus 50 carreira foi um dos melhores lançamentos de 2009. O álbum MSP+50 seguiu a mesma linha e se tornou um dos lançamentos mais importantes de 2010. Sem a obrigação de ser uma homenagem, esse segundo álbum conseguiu ser ainda melhor que o primeiro. Artistas do Rio Grande do Sul ao Amapá desenvolveram histórias com os personagens de Mauricio de Sousa sem fugir de seus próprios estilos. O sucesso desse segundo álbum foi tão grande que ele já virou uma franquia. Para 2011, será lançado o MSP Novos 50 e a divulgação dos selecionados tem colocado em euforia o fandom.

2010 foi também o ano dos filmes espíritas. Dois deles estiveram entre as maiores bilheterias: Chico Xavier, de Daniel Filho, baseado na biografia escrita pelo jornalista Marcel Souto Maior, e Nosso Lar, filme de Wagner de Assis.

Depois do sucesso do fraco Bezerra de Menezes, os cineastas parecem ter despertado para esse filão e o fizeram com competência técnica e bons roteiros. Usando um estilo simples, mas eficiente, com um roteiro cheio de flashbacks, Daniel Filho conseguiu agradar mesmo os não-espíritas. Já Nosso Lar tem sido visto como uma ótima película de ficção científica por aqueles que não acreditam na crença kardecista. Em suma: são dois bons filmes e não simplesmente peças de propaganda religiosa.

Fábrica de Chocolates

Uma outra novidade interessante é um filme de 2009, mas que saiu por aqui em DVD em 2010. Trata-se de Ágora, um belíssimo filme de Alejandro Amenábar, sobre a filósofa Hipátia, uma das mentes mais brilhantes de sua época e que acabou morrendo nas mãos dos cristãos depois de ter sido torturada e humilhada por eles.

A película permite uma reflexão sobre vários assuntos e torna-se, desde já, grande candidato a ser exibido em aulas de história e filosofia, à semelhança de O nome da Rosa.

Além das questões filosóficas levantadas no filme (curioso ver os filósofos discutindo o sistema de Ptolomeu, em que os planetas tinham uma órbita em torno da terra e uma outra órbita em torno de si mesmos), há as questões teológicas e históricas.

Os cristãos daquela época eram o equivalente hoje aos fanáticos islâmicos. A destruição da Biblioteca de Alexandria pelos cristãos foi um crime contra humanidade equivalente ou até maior que a destruição do World Trade Center. Em termos culturais, maior, pois muito do conhecimento acumulado à época se perdeu. Na cena, Amenábar simplesmente inverte a câmera para mostrar que o mundo virou de cabeça para baixo.

O mais triste é perceber que as lições de Ágora ainda não foram aprendidas. Esperamos que o ser humano evolua mais nesse sentido em 2011 e a humanidade se torne mais tolerante.


Gian Danton
Goiânia, 3/1/2011


Mais Gian Danton
Mais Acessadas de Gian Danton em 2011
01. Monteiro Lobato, a eugenia e o preconceito - 28/2/2011
02. Hells Angels - 20/6/2011
03. Medo e Delírio em Las Vegas - 9/5/2011
04. Walter Benjamin, a arte e a reprodução - 14/11/2011
05. Melhores de 2010 - 3/1/2011


Mais Especial Melhores de 2010
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
3/1/2011
23h23min
Eu adoro o "Porra, Maurício!". Ele me fez lembrar o quanto eu gostava da Turma da Mônica e como eu saí do público alvo das revistinhas. Comprei tanto o "MSP 50" quanto o "+50" e recomendo pra todos, já que é voltado pro público mais velho que cresceu com a Turma da Mônica.
[Leia outros Comentários de Rafael Monteiro]
26/1/2011
22h14min
Só de você ter criticado o final de Lost valeu todo o texto!
[Leia outros Comentários de Guilherme Ferreira]
2/2/2011
05h38min
Texto sem sentido, sem rumo. Ficou até parecido com o roteiro de Lost... :)
[Leia outros Comentários de Carolina Costa]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Defesa do Alcazar De Toledo - Historia
Angel Palomino
Biblioteca do exercito
(2006)



As Damas do Vento
Bernard Giraudeau
Record
(2008)



A Beleza da Ação Indireta
John Kay
Best Seller
(2011)



Diários de Jack Kerouac
Kerouac, Jack
L& Pm
(2006)



O Mundo em que Eu Vivo
Zíbia M. Gasparetto
Os Caminheiros



Handbook de Relações Interorganizacionais da Oxford
Steve Cropper, Mark Ebers, Chris Huxham
Bookman
(2014)



Positivo:idéias Que Mudaram o Mundo - Geografia Ens. Médio 2ª Série
Vários
Positivo
(2007)



Os Amantes de Minha M?e
Christopher Hope
Record
(2009)



Superdicas para um Trabalho de Conclusão de Curso
Rachel Polito
Saraiva
(2010)



Memórias de um Sargento de Milícias
Manuel Antonio de Almeida
Abril





busca | avançada
51146 visitas/dia
1,8 milhão/mês