Nós estamos de olho em você! | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
41871 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Namíbia, Não! curtíssima temporada no Sesc Bom Retiro
>>> Ceumar no Sesc Bom Retiro
>>> Mestrinho no Sesc Bom Retiro
>>> Edições Sesc promove bate-papo com Willi Bolle sobre o livro Boca do Amazonas no Sesc Pinheiros
>>> SÁBADO É DIA DE AULÃO GRATUITO DE GINÁSTICA DA SMART FIT NO GRAND PLAZA
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Modernismo e além
>>> Pelé (1940-2022)
>>> Obra traz autores do século XIX como personagens
>>> As turbulentas memórias de Mark Lanegan
>>> Gatos mudos, dorminhocos ou bisbilhoteiros
>>> Guignard, retratos de Elias Layon
>>> Entre Dois Silêncios, de Adolfo Montejo Navas
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> A moça do cachorro da casa ao lado
>>> A relação entre Barbie e Stanley Kubrick
>>> Um canhão? Ou é meu coração? Casablanca 80 anos
>>> Saudades, lembranças
>>> Promessa da terra
>>> Atos não necessários
>>> Alma nordestina, admirável gênio
>>> Estrada do tempo
>>> A culpa é dele
>>> Nosotros
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Freud segundo Zweig
>>> Informação, Redes Sociais e a Revolução
>>> Raul Gil e sua usina de cantores
>>> Os Rolling Stones deveriam ser tombados
>>> Manual prático do ódio
>>> Por que Faraco é a favor da mudança ortográfica
>>> Modernismo e Modernidade
>>> A favor do voto obrigatório
>>> O último estudante-soldado na rota Lisboa-Cabul
>>> Sobre o Ronaldo gordo
Mais Recentes
>>> Como Administrar Pequenas Empresas: Série Gestão Empresarial de Hélvio T. Cury Prazeres pela Centro de Produções Técnicas
>>> De Dores Somos: Para Todas as Mães que Perderam seus Filhos de Lauricy Belletti Rodrigues pela São José (2016)
>>> A História de Águida de Águida Duarte Perdigão pela Do Autor (2004)
>>> O Ouro e o Altar de Edir Macedo pela Unipro (2018)
>>> Nascido da Luz de Marcelo Drumond Furtado pela Código (2011)
>>> Degraus de Glória de Antônio E. S. Moreira pela Do Autor
>>> O Tempo Nosso de Cada Dia de Ruibran Januário dos Reis pela Tcs (2014)
>>> De Volta à Essência de José Moreira Guedes Filho pela Sinai (2009)
>>> Esquizofrenia: Dois Enfoques Complementares de Mário Rodrigues Louzã; Luiz Barros; Itiro Shirakawa pela Lemos (1999)
>>> Work in Progress de Michael Eisner; Tony Schwartz pela First Paperback (1999)
>>> 150 Maneiras de Enlouquecer um Homem na Cama de Jennifer Keller pela Ediouro (2005)
>>> Chi Prega Si Salva de Joseph Ratzinger pela 3Ogiorni (2005)
>>> Donum Vitae: Istruzione e Commenti: Congregazione per La Dotrina Della Fedde de Joseph Ratzinger pela Vaticana (1990)
>>> Il Calice di don Mario de Associazone Amici di Mario Gerlin pela Edizioni (2004)
>>> Per l Opera di un Altro: Vita de Don Virgilio Resi de Gianfranco Lauretano pela Raffaelli (2012)
>>> Cristo Speranza dell Umanità de Don Mario Pieracci pela Pro Sanctitate (2007)
>>> Che Cosa Cercate? de Comunione e Liberazione pela Tracce Quaderni (2008)
>>> Un Metro Lungo Cinque de Lorenzo Vecchio pela Editrice (2005)
>>> Il Tesoro Nascosto e La Perla Preziosa de Tarcisio Bertone pela Fassicomo (2004)
>>> Apertura Dell Anno Della Fede de Cappella Papale pela Vaticana (2012)
>>> La Giustizia è Uguale per Tutti, ma... de Franco Coppi pela 3Ogiorni (2004)
>>> Sono Stanco di Subire! Soltanto Io? de Tommaso Calculli pela Omaggio Dell Autore (2015)
>>> Riscoprire l Eucaristia de Laici Oggi: Pontificium Consilium Pro Laicis pela Vaticana (2004)
>>> Redescubrir la Eucaristia de Laicos Hoy: Pontificium Consilium Pro Laicis pela Vaticana (2005)
>>> Un Prete di Montagna: Gli Anni Bellunesi di Albino Luciani de Patrizia Luciani pela Messagero (2003)
COLUNAS

Quinta-feira, 13/12/2001
Nós estamos de olho em você!
Adriana Baggio
+ de 4200 Acessos
+ 4 Comentário(s)



Segunda-feira à noite, na Tela Quente, a Globo teve a pachorra de passar Truman Show, com Jim Carrey. Já conhecia a história, mas ainda não tinha visto o filme. Para quem não conhece, a fita conta a história de um reality show tão reality que o personagem principal, o Truman, não sabia que fazia parte de um programa de TV. O programa estava no ar há 30 anos, acompanhando a vida do personagem desde seu nascimento até a vida adulta. A única coisa real no programa é o próprio Truman, que não sabe que seu mundo não passa de um grande cenário de televisão. Com o incremento tecnológico através dos anos, o programa pôde ficar cada vez mais sofisticado. O cenário é uma verdadeira cidade, construída em uma ilha artificial. O nascer e o pôr do sol, assim como as alterações climáticas, são controlados por editores e seus computadores. Todos os habitantes da cidade, inclusive a esposa, a mãe e o melhor amigo de Truman são atores. O cenário conta com milhares de câmeras instaladas nos mais diversos locais, desde o botão da blusa da Sra. Truman até o espelho do banheiro do cara. Truman começa a desconfiar de sua realidade a partir de diversos “acidentes” que ocorrem no cenário: um refletor que cai, uma interferência no rádio do carro que passa a pegar a conversa entre os produtores do programa, uma porta de elevador que se abre mostrando o backstage do programa. No entanto, o acontecimento mais perturbador é o encontro de Truman com um mendigo, que na verdade é seu pai, “desaparecido” no mar durante a infância do personagem. A partir daí Truman começa a desconfiar e procura descobrir o que há por trás dessas esquisitices.

A pachorra da Globo está no fato de passar um filme que faz uma crítica aos reality shows justamente quando está para estrear sua própria versão do Truman Show, em menor escala, mas com o mesmo princípio: o Big Brother Brasil. O BBB, como a emissora tem chamado o programa, nada mais é do que o original da Casa dos Artistas, veiculado pelo SBT. Já temos o No Limite, que segue a mesma linha, mas que ainda preserva alguma coisa de ficção porque, além da “gincana” disputada pelos participantes, as imagens que vão ao ar todo domingo são editadas. Ainda não assisti nenhuma episódio da Casa, mas acredito que essa modalidade seja ao vivo, e acho que o BBB vai na mesma onda.

Sem querer chamar o leitor de desinformado, e acreditando que é melhor repetir o óbvio do que pecar por falta de informação, aproveito para explicar que o nome Big Brother refere-se ao sistema de controle da população descrito do livro 1984, de George Orwell, um clássico mais atual do que nunca. No livro, a população é controlada dia e noite pelo tal Big Brother, mas a diferença com a nossa realidade é que as pessoas não gostam dessa situação. O Big Brother global promete fama e dinheiro a quem participar. E parece que tem muita gente interessada, tanto em estar lá quanto em assistir.

O que faz com que as pessoas sejam tão voyeurs, tenham essa vontade de saber o que acontece na vida alheia? A gente identifica esse comportamento desde as esferas mais restritas, como as fofocas de salão de beleza, até os veículos de comunicação de abrangência nacional, como as revistas sobre TV e as Caras da vida. Eu mesma, quando não levo nada para ler no salão, acabo vendo a Caras que estiver disponível. E todos os salões que conheci, dos mais simples aos mais ajeitadinhos, têm a edição mais atual.

Assim como tem gente que gosta de observar a vida alheia, principalmente se for “realidade”, existem outros que adoram ser objeto desta análise. Só isso explica o motivo pelo qual algumas pessoas expõem sua casa, sua família e sua intimidade para serem devoradas pelos leitores de Caras, ou candidatam-se a passar ridículo em programas como Casa dos Artistas e similares. Fico imaginando se essas pessoas não se tocam que todo mundo tem seu dia de vidraça. E a mídia, quando precisa de assunto, não tem pudor em atirar suas pedras. É o caso de uma das participantes de No Limite, cujas declarações racistas foram divulgadas no momento mais propício para causar polêmica.

E por falar em virar vidraça, a ficção do Big Brother, aquele do Orwell, está muito perto de ser real. Somos cada vez mais controlados. Quanto mais a gente usa a tecnologia para facilitar a vida, mais expomos nossos hábitos, nossa privacidade, nosso potencial de consumo. A sua vida está sendo analisada, avaliada, catalogada. Seus hábitos estão sendo cadastrados, e você está virando um perfil nos computadores das empresas com as quais se relaciona. Aliás, nesse exato momento, enquanto você lê esse texto on line, milhares de cookies podem estar sendo enviados para dentro do seu micro. Prepare-se, porque em breve, VOCÊ será a nova atração do Big Brother, ou melhor, do Truman Show, porque nem vai saber o que está acontecendo...


Adriana Baggio
Curitiba, 13/12/2001

Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio em 2001
01. À luz de um casamento - 18/10/2001
02. O Segredo do Vovô Coelhão - 15/11/2001
03. Arte, cultura e auto-estima - 9/8/2001
04. Náufrago: nem tanto ao mar, nem tanto à terra - 25/3/2001
05. Marmitex - 1/11/2001


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
14/12/2001
08h04min
Parabéns pelo texto. Espetacular! Infelizmente é o que está acontecendo, já não sabemos mais o que é certo ou errado.....
[Leia outros Comentários de Clóvis Hostin]
20/12/2001
16h29min
Oi Adriana, Soube hoje que você escrevia neste site pelo seu pai, quando perguntei prá ele como você estava. Pelo jeito muito bem, pelas bandas do nordeste! Dei uma lida em alguns de seus textos e gostei bastante de seu estilo e dos temas. Parabéns! Vou continuar visitando o site pois, como você sabe, cultura é um de meus temas preferidos, embora agora eu esteja integralmente voltada a Educação Internacional. Aproveito também este meio de contato para lhe desejar um ótimo Natal e um 2002 de muito sucesso. Keep in touch! Anelise (41-329-1518)
[Leia outros Comentários de Anelise S. Zandoná]
20/12/2001
19h05min
Oi Anelise! Que surpresa! Obrigada pelos comentários. Um ótimo fim de ano para você também! Estou meio sem estrutura aqui em Curitiba, mas quando voltar a JP escrevo mais para você! Beijos, Adri
[Leia outros Comentários de Adriana]
2/3/2008
19h55min
Engraçado como as pessoas que estão por trás da indústria cultural utilizam-se de referências eruditas para criação de produtos destinados às massas... A temática do filme foi abordada ao mesmo tempo de forma concisa e abrangente. Entretanto, achei o tom da conclusão demasiado sensacionalista - mesmo pressupondo sua função especulativa para o desfecho.
[Leia outros Comentários de Luiza Amorim]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Em Minas
Carlos de Laet
Globo
(1993)



Povos do Passado - Aventuras do Conhecimento
Nicola Baxter
Stampley
(1997)



Poderosa - Volume 2
Sergio Klein
Fundamento
(2006)



Tomie: Cerejeiras na Noite
Ana Miranda
Companhia das Letrinhas
(2011)



A última Musica
Nicholas Sparks
Novo Conceito
(2010)



Glossolalia - Voz e Poesia
Vários Autores
Vide)
(1993)



Anais do I Congresso Brasileiro de Mecânica dos Solos Volume Iii
Associação Brasileira de Mecânica dos Solos
Associação Brasileira de Mecân
(1954)



O Voo da Gaivota
Vera Lucia Marinzeck de Carvalho
Petit
(1996)



Give Me Five! 2: Activaty Book
Joanne Ramsden e Donna Sha
Macmillan Education
(2018)



Crianças Índigo: uma Geração de Ponte Com Outras Dimensões... No
Tereza Guerra
Madras
(2007)





busca | avançada
41871 visitas/dia
1,4 milhão/mês