O balé dos coletivos | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
92061 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Sesc 24 de Maio apresenta programação de mágica para toda família
>>> Videoaulas On Demand abordam as relações do Homem com a natureza e a imagem
>>> Irene Ravache & Alma Despejada na programação online do Instituto Usiminas
>>> Zé Guilherme canta Orlando Silva em show no YouTube no dia 26 de setembro
>>> Setembro Amarelo é tema de EntreMeios especial com Zé Guilherme e Leliane Moreira
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
>>> Filmes de guerra, de outro jeito
Colunistas
Últimos Posts
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
>>> Rodrigo Gurgel entrevista Yuri Vieira
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Blog do Reinaldo Azevedo
>>> Alerta aos que vão chegar
>>> Cultura e Patrocínio
>>> Deus, um delírio, de Richard Dawkins
>>> O delfim, de José Cardoso Pires
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Thor
>>> Das Kunstwerk der Zukunft
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> O paraíso de Henry Miller
Mais Recentes
>>> O Diário de Anne Frank de Ane Frank pela Pé da Letra (2019)
>>> A sombra do poder: Martinho de Melo e Castro e a administração da Capitania De Minas Gerais (1770-1795) de Virgínia Maria Trindade Valadares pela Hucitec
>>> A Revolta da Vacina de Sevcenko, Nicolau pela UNESP
>>> A quebra da mola real das sociedades: A crise política do antigo regime Português na província do Grão-Pará (1821-1825) de André Roberto Arruda Machado pela Hucitec
>>> A paz das senzalas: Famílias Escravas e Tráfico Atlântico C.1790- C.1850 de Florentino, Manolo pela UNESP
>>> A outra Independência: O Federalismo Pernambucano de 1817 a 1824 de Mello, Evaldo Cabral de pela 34
>>> A História do Brazil de Frei Vicente do Salvador. História e Política no Império Português do Século XVII de Maria Lêda Oliveira pela Versal
>>> A experiência do tempo: Conceitos e narrativas na formação nacional brasileira (1831-1845) de Araújo, Valdei Lopes de pela Hucitec
>>> A Educação Pela Noite de Antônio Candido pela Ouro sobre Azul
>>> A Diplomacia na Construção do Brasil. 1750-2016 de Rubens Ricupero pela Versal
>>> A Corte na Aldeia de Vários Autores pela Verbo
>>> A Companhia de Jesus na América por Seus Colégios e Fazendas de Márcia Amantino and Carlos Engemann pela Garamond Universitaria
>>> A carne e o sangue: A Imperatriz D. Leopoldina, D. Pedro I e Domitila, a Marquesa de Santos de Priore, Mary de pela Rocco
>>> 1889: Como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contribuíram para o fim da Monarquia e a de Laurentino Gomes pela Globo Livros
>>> 1822: Como um homem sábio, uma princesa triste e um escocês louco por dinheiro ajudaram dom Pedro a criar o Brasil - um de Laurentino Gomes pela Globo Livros
>>> 1808: Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal de Laurentino Gomes pela Globo Livros
>>> 130 Anos: Em Busca Da República de Lessa, Renato; Wehling, Arno; Franco, Gustavo; Tavares Guerreiro, José Alexa pela Editora Intrínseca
>>> Arte de Gramática da Língua Mais Usada na Costa do Brasil de José de Anchieta pela EdUFBA (2014)
>>> Inglorious Revolution de William R. Summerhill pela Yale University Press (2015)
>>> O governo das conquistas do Norte de Fabiano Vilaça dos Santos pela Annablume (2011)
>>> O sol e a sombra de Laura de Mello e Souza pela Companhia das Letras (2006)
>>> Amazon Frontier - the defeat of the Brazilian Indians de John Hemming pela Papermac (1995)
>>> International Law de Malcolm Evans (edited by) pela Oxford University Press (2014)
>>> Complete International Law: Text, Cases, and Materials de Ademola Abass pela Oxford University Press (2014)
>>> Salvador de Sá and the struggle for Brazil and Angola, 1602 - 1686 de C. R. Boxer pela University of London (1952)
>>> Instituições Políticas Brasileiras de Oliveira Vianna pela Senado Federal (2019)
>>> O populismo e sua história - debate e crítica de Jorge Ferreira (Org.) pela Civilização Brasileira (2001)
>>> Marxismo e Judaísmo - história de uma relação difícil de Arlene Clemesha pela Boitempo (1998)
>>> Trópico dos pecados de Ronaldo Vainfas pela Civilização Brasileira (2014)
>>> Brasil: formação do Estado e da Nação de István Jancsó (Org.) pela Hucitec (2011)
>>> História da Vida Privada em Portugal - 4º Volume (Os nossos dias) de José Mattoso pela Temas e Debates (2011)
>>> História de Angola - da Pré-História ao Início do Século XXI de Alberto Oliveira Pinto pela Mercado de Letras (2016)
>>> Visconde do Uruguai de José Murilo de Carvalho (Org.) pela 34 (2002)
>>> A ilusão americana de Eduardo Prado pela Alfa Omega (2001)
>>> Postmodernism or, the cultural logic of late capitalism de Fredric Jameson pela Duke University Press (1992)
>>> The Established and the Outsiders de Norbert Elias and John L. Scotson pela Sage Publications (2017)
>>> The Satanic Verses de Salman Rushdie pela Randon House (2019)
>>> Los detectives salvajes de Roberto Bolaño pela Vintage Español (2010)
>>> Voices from Chernobyl de Svetlana Alexievich pela Dalkey Archive Press (2005)
>>> O Norte Agrário e o Império, 1871 - 1889 de Evaldo Cabral de Mello pela Topbooks (2008)
>>> Worlds of Labour - further studies in the history of labour de Eric J. Hobsbawm pela Weidenfeld and Nicolson (1984)
>>> Formação da Literatura Brasileira - Momentos Decisivos de Antonio Candido pela Ouro sobre Azul (2014)
>>> História do Brasil: uma interpretação de Carlos Guilherme Mota e Adriana Lopez pela 34 (2015)
>>> História Concisa da Literatura Brasileira de Alfredo Bosi pela Cultrix (2015)
>>> A literatura portuguesa de Massaud Moisés pela Cultrix (2010)
>>> História da Literatura Brasileira Vol. I - Das origens ao Romantismo de Massaud Moisés pela Cultrix (2012)
>>> História da Literatura Brasileira Vol. II - Do Realismo à Belle Époque de Massaud Moisés pela Cultrix (2016)
>>> Bundas 12 Fernandona uma lição de cidadania de Diversos Autores pela Perere (1999)
>>> História da Literatura Brasileira Vol. III - Desvairismo e Tendências Contemporâneas de Massaud Moisés pela Cultrix (2019)
>>> Independência e Morte - Política e Emancipação do Brasil, 1821 - 1823 de Helio Franchini Neto pela Topbooks (2019)
COLUNAS

Quinta-feira, 2/2/2012
O balé dos coletivos
Elisa Andrade Buzzo

+ de 2700 Acessos


foto: Sissy Eiko

São Paulo é muito mais profunda e extensa do que se pode imaginar - para além dos pontos cardeais há terras sem fim, paisagens perenes, uma cidade que se dispõe em vagões com suor, volumes e esbarrões. Vamos desta vez embarcar na Barra Funda, sentido Itaquera, na famigerada linha vermelha do metrô. Depois que vem à tona do subterrâneo centro velho, o mundo se espalha nas janelas em um mar residencial, um ou outro prédio que se eleva como desajustado espigão, mancha colorida que se desdobra no horizonte. São Paulo é, ainda, ao se estender o trajeto para o trem em seus municípios vizinhos, a cidade das casas, em algum lugar no mapa, Vila Matilde, Arthur Alvim, Manuel Feio vemos a dobradura da periferia se levantar imperiosa de seu espaço vasto.

E o coletivo de Zorra Total, cuja locomotiva, caricata, se assim podemos dizer, é bastante esvaziada de vida, a realidade é, portanto, mais distinta e franzina. Seja lá qual for a situação, no trem vazio ou lotado, um dá licença sempre cai bem, um cidadão cansado tombará ao seu lado um sono incontrolável, uma mão disfarçadamente procurará a sua ou se estenderá em oferta, nua. Há um ou outro passageiro meio Valéria que grita "Estação Favela". É como se a gente, entrando aos gritos e solavancos, daí tirasse seu ganha-pão final. Ah, se todos os dias o trem girasse no infinito das cores em movimento, Guaianazes e sua vista de infinitos tijolinhos, o CEU imenso preenchendo o vermelho de furta-cor, e os trilhos, num balanço cinza monocromático. De quem serão estas existências que se escondem, labirínticas, por dentro destas outras janelas dentro das minhas janelas?

No traçado monótono das periferias se superpõe shoppings centers gigantes, colados ao metrô, com seus vendedores sonâmbulos de juventude desperdiçada, o que resta de entretenimento para a população. A princípio, vejo em seus olhos que para eles sou uma paisagem qualquer de trem - já vai passar a carruagem em desalento -, sua vida é a própria embarcação num contínuo e repetitivo movimento exaustivo, de quem vê mil rostos e não enxerga nem se atém a ninguém. E para mim assim são os locais de passagem: um desejo que forte se anuncia, um arranque descompassado e duro, ou uma frenagem traumática - sempre é necessário parar e, daí, recomeçar?

Na estação domingueira, guardas bocejam e até o maquinista olha para mulher bonita. Estações às vezes pouco resguardadas de operações exclusas, belas e desgastadas, frenéticas e solitárias, protegidas e vulneráveis, abertas ao mundo e gradeadas - elas podem ser sobremaneira pacatas, a via férrea vazia, cachorros latindo, passarinhos, Júpiter e a Lua rebrilhando como únicas espectadoras desse romance à espera de seus personagens. Ou então, elas palpitam de gente cansada ou festiva, passando a existir a realidade pelo movimento e pela passagem, o caminho de fios, metal e aço foi por completo perpassado, resta aguardar um novo balanço, um apito desgovernado. Para, então, depois desaparecer.

As estações de trem têm algo de tristeza e despedida - uma revoada negra de pássaros, um frio entardecer. Não há como não me lembrar de Pureza ("Lá pela madrugada ouvi um apito de trem muito de longe. E, nada é mais triste nessas ocasiões do que um trem que se comunica, envia sua mensagem por dentro da noite"), cidade inventada no romance de José Lins do Rêgo, em que um homem sem rumo no mundo enfim se prende desastradamente a duas mulheres, para depois restituir sua libertação. É a estação da estrada de ferro sinal de mesmice, revelia, transformação.

Também há algo de encontro, de puro e doce nesta atmosfera férrea, pois alguém sempre está a chegar na estação. Alguém sempre aguarda na plataforma, seja lá o que for, se planta nos bloqueios ou se lança às escadas. Tal espera amorosa é esperançosa e, plena de faísca da vida, rende força à locomotiva. E desse encontro que se desencontra, se bate e se resigna, se faça a moção de gente, o contato metálico entre vagão, lama, serpente.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 2/2/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Candomblé de Verger e Bastide de Ricardo de Mattos


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2012
01. Lobo branco em selva de pedra: Eduardo Semerjian - 1/3/2012
02. O lilás da avenida sou eu - 13/9/2012
03. Perdidos em Perdizes - 28/6/2012
04. Ode ao outono - 12/4/2012
05. O crime da torta de morango - 18/10/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




SOCIEDADE E TERRITÓRIO VOL. 25 26 FEVEREIRO REVISTA DE ESTUDOS URBA...
DIVERSOS AUTORES
REUR
(1998)
R$ 22,00



A MORTE TEM SETE HERDEIROS
STELLA CARR E GANYMÉDES JOSÉ
MODERNA
(1984)
R$ 10,00
+ frete grátis



HISTÓRIAS DE FANTASMAS
CHARLES DICKENS
L&PM POCKET
(2009)
R$ 15,00



VIP MARINA MANTEGA Nº 268
VÁRIOS AUTORES
ABRIL
(2007)
R$ 16,00



MACHADO DE ASSIS E A CRÍTICA INTERNACIONAL (CRÍTICA LITERÁRIA)
BENEDITO ANTUNES E SÉRGIO VICENTE MOTTA
UNESP
(2009)
R$ 20,00



O GABINETE DE CURIOSIDADES
ANA PAULA MARTINS (EDITORA) E VÁRIOS AUTORES
DANTES
(2008)
R$ 44,00



ATIVIDADES NA PRÉ ESCOLA
IDALINA LADEIRA FERREIRA E SARAH P. SOUZA CALDAS
SARAIVA
(2003)
R$ 9,90



LOUVOR E ADORAÇÃO AO DEUS ETERNO - 1ª ED.
IGR. EVANGÉLICA CRISTÃ PRESBITERIANA / VOTUPORANGA
ASSOC. BENEF. CADES BARNEIA
(1999)
R$ 7,50



PEQUENA ESTÉTICA
MAX BENSE
PERSPECTIVA
(1971)
R$ 25,00



ANTES QUE A TERRA ACABE
JONH KERRY / TERESA HEINZ KERRY
SARAIVA
(2008)
R$ 20,00





busca | avançada
92061 visitas/dia
2,2 milhões/mês