Deixa se manifestar | Vicente Escudero | Digestivo Cultural

busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Salão e a Selva
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> A massa e os especialistas juntos no mesmo patamar
>>> Entrevista com Jacques Fux, escritor e acadêmico
>>> Nuno Ramos, poesia... pois é
>>> Literatura e interatividade: os ciberpoemas
>>> O Valhalla em São Paulo
>>> Por dentro do Joost: o suco da internet com a TV
Mais Recentes
>>> Direito Romano - Vol. II de José Carlos Moreira Alves pela Forense (2003)
>>> Divinas Desventuras: Outras Histórias da Mitologia Grega de Heloisa Prieto pela Companhia das Letrinhas (2011)
>>> Le Nouveau Sans Frontières 1 - Méthode de Français de Philippe Dominique e Jacky Girardet e Michele Verdelhan e Michel Verdelhan pela Clé International (1988)
>>> Sobrevivência de Gordon Korman pela Arx Jovem (2001)
>>> Ética Geral e Profissional de José Renato Nalini pela Revista dos Tribunais (2001)
>>> Mas Não se Mata Cavalos ? de Horace McCoy pela Abril (1982)
>>> O Menino no Espelho de Fernando Sabino pela Record (2016)
>>> Labirintos do Incesto: O Relato de uma Sobrevivente de Fabiana Peereira de Andrade pela Escrituras-Lacri (2004)
>>> Mas Não se Mata Cavalos ? de Horace McCoy pela Círculo do Livro (1975)
>>> Ponte para Terabítia de Katherine Patersin pela Salamandra (2006)
>>> O Desafio da Nova Era de José M. Vegas pela Ave-Maria (1997)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Boll pela Círculo do Livro (1970)
>>> Trabalho a Serviço da Humanidade de Escola Internacional da Rosa Cruz Áurea pela Rosacruz (2000)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Boll pela Círculo do Livro (1976)
>>> Ensinando a Cuidar da Criança de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Ensinando a Cuidar da Mulher, do Homem e do Recém-nascido de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Luxúria Encadernado de Judith Krantz pela Círculo do Livro (1978)
>>> Fundamentos, Conceitos, Situações e Exercícios de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Personality: How to Unleash your Hidden Strengths de Dr. Rob Yeung pela Pearson (2009)
>>> Um Mês Só de Domingos de John Updike pela Record (1975)
>>> Um Mês Só de Domingos Encadernado de John Updike pela Círculo do Livro (1980)
>>> Um Mês Só de Domingos Encadernado de John Updike pela Círculo do Livro (1980)
>>> Caravanas de James Michener pela Record (1976)
>>> A Terra Ainda é Jovem de J.M. Simmel pela Nova Fronteira (1981)
>>> A Terra Ainda é Jovem de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1981)
>>> Deus Protege os Que Amam de J.M. Simmel pela Nova Fronteira (1977)
>>> Um Ônibus do Tamanho do Mundo de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1976)
>>> Um Ônibus do Tamanho do Mundo de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1976)
>>> O Quarto das Senhoras de Jeanne Bourin pela Difel (1980)
>>> Beco sem Saída de John Wainwright pela José Olympio (1984)
>>> Casais Trocados de John Updike pela Abril (1982)
>>> O Hotel New Hampshire Encadernado de John Irving pela Círculo do Livro (1981)
>>> As Moças de Azul de Janet Dailey pela Record (1985)
>>> Amante Indócil Encadernado de Janet Dailey pela Círculo do Livro (1987)
>>> A Rebelde Apaixonada de Frank G. Slaughter pela Nova Cultural (1986)
>>> Escândalo de Médicos de Charles Knickerbocker pela Record (1970)
>>> A Turma do Meet de Annie Piagetti Muller pela Target Preview (2005)
>>> O Roteiro da Morte de Marc Avril pela Abril (1973)
>>> Luz de Esperança de Lloyd Douglas pela José Olympio (1956)
>>> Confissões de Duas Garotas de Aluguel de Linda Tracey e Julie Nelson pela Golfinho (1973)
>>> Propósitos do Acaso de Ronaldo Wrobel pela Nova Fronteira (1998)
>>> Olho Vermelho de Richard Aellen pela Record (1988)
>>> A Comédia da Paixão de Jerzy Kosinski pela Nova Fronteira (1983)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Böll pela Círculo do Livro (1976)
>>> Ventos sem Rumo de Belva Plain pela Record (1981)
>>> Ventos sem Rumo de Belva Plain pela Record (1981)
>>> O Caminho das Estrêlas de Christian Signol pela Círculo do Livro (1987)
>>> Longo Amanhecer de Joe Gores pela Best-seller (1988)
>>> As Damas do Crime de B. M. Gill pela Círculo do Livro (1986)
>>> Os Melhores Contos de Alexandre Herculano de Alexandre Herculano pela Círculo do Livro (1982)
COLUNAS

Quinta-feira, 20/12/2012
Deixa se manifestar
Vicente Escudero

+ de 4200 Acessos


Nunca haverá final feliz para o capitalismo, esse sistema econômico tão fechado que se alimenta até dos próprios fracassos. Você pode assistir a protestos na rua contra o estado atual da economia ou a falta de oportunidades de alguns setores da sociedade, mas não vai ser capaz de encontrar alguém vivendo fora do ambiente intramuros da propriedade privada. Nem mesmo no Tibete, pois até os monges que meditam nas montanhas precisam adquirir barracas para se proteger do frio inóspito. Nas palavras de Vija Kinsky, personagem do filme Cosmopolis, dirigido por David Cronenberg e adaptado do romance homônimo de Don DeLillo, os manifestantes que lutam contra as distorções do capitalismo financeiro digital, que conectou todas as economias do mundo para o lucro e o prejuízo, buscam apenas atrasar a passagem do tempo, anestesiar o presente contra a dor causada pela angústia da repetição de seus horrores no futuro.

Uma ideia, quanto mais visionária, mais pessoas deixará para trás. A ideia central de Cosmopolis é a evolução do capitalismo financeiro para o capitalismo financeiro virtual, o cybercapital. Neste novo universo de operações financeiras abstratas, transações que não resultam na produção de qualquer bem material, as bolsas de valores funcionam sob o comando de algoritmos programados para realizar transações em frações infinitesimais de segundo. A dimensão do tempo, o único limite concreto para o trânsito destas informações, tornou-se o bem mais cobiçado. Horas de trabalho não valem mais do que qualquer segundo entre o período de abertura e fechamento dos pregões. Este presente concreto é consumido pelo cybercapital para dar lugar a investimentos maciços e voláteis. Fora destes limites, a vida é apenas um exercício de sobrevivência contra o relógio.

Eric Packer, interpretado por Robert Pattinson, é o jovem deus desta Matrix financeira, o bilionário controlador da Packer Capital. Alguém que, numa manhã, apostou bilhões na desvalorização do yuan e assistiu, durante o resto do dia, a sua fortuna desaparecer enquanto viajava numa limusine até o outro lado de Nova Iorque em busca de um corte de cabelo. Seu carro é blindado contra balas e o barulho das ruas. Cercado por telas de computadores transmitindo o desempenho dos mercados, este é seu mundo real. O exterior está desmoronando, anarquistas tomam as ruas e param o trânsito para protestar, jogam ratos mortos em outras limusines e dentro de restaurantes, enfrentam a polícia, mas nada é suficiente para desviar Eric Packer de seu corte de cabelo. Nem mesmo duas ameaças contra sua vida, detectadas pela escolta, fazem-no desistir.

A nostalgia é uma das maiores forças do universo, a origem das mitologias antigas, com seus deuses criadores e heróis imperfeitos, histórias representando um conjunto de valores importante para um povo em certo momento da história. Eric Packer vive desconectado da realidade, dentro do mundo abstrato de suas transações financeiras de sua limusine. Durante a viagem, encontra-se com várias pessoas dentro do carro: a esposa, sócios, funcionários, amigos e um médico. Nenhuma é capaz de conectá-lo à realidade do mundo exterior. Suas preocupações do dia são semânticas: por que um aeroporto é chamado dessa forma, qual o significado da assimetria de sua próstata (sim, ele passa pelo exame ainda dentro do carro, conversando com um dos visitantes). Procura preencher a indiferença se alimentando com algo suculento e através do sexo. Entretanto, pressente que seu futuro parece estar definido. Em certo momento, pergunta-se por que vê coisas que ainda não aconteceram, nas telas da limusine. Nem mesmo o ataque sofrido por um inimigo altera seu espírito. Seu último remédio são os laços com o passado, alcançar a barbearia que frequentou com o pai até os cinco anos de idade.

Eric Packer tem o destino contrário de Telêmaco na Odisseia. Enquanto este é forçado durante sua jornada a amadurecer, a se comportar como um homem adulto, Packer regressa aos instintos primitivos, em busca do retorno ao mundo concreto através da dor e da violência. Depois de derrotado pelo yuan, sai armado com um revólver em busca da ameaça que o perseguiu silenciosamente durante todo o dia. Antes de terminar o corte de cabelo, deixa a barbearia, invade o prédio onde está seu inimigo e descobre sua identidade: trata-se de um ex-funcionário da Packer Capital. O destino deste encontro parece tão inevitável como a derrota sofrida na bolsa. A perda do controle do cybercapital é a perda do controle do tempo. Eric Packer agora está à margem. Para a natureza voltar ao normal, o reajuste da aceleração do tempo mencionado no início do filme se inicia. As frações de segundos do protagonista estão se esgotando. Há um ajuste de contas entre o capitalismo e Eric Packer, prestes a acontecer.

A adaptação de Cronenberg tem o mérito de reproduzir com fidelidade os diálogos do romance, a maior demonstração do afastamento dos personagens de qualquer contato com a realidade. Detalhes como o interesse de Eric em comprar a Capela de Rothko e a arte da abertura do filme, uma reprodução do processo de criação de Jackson Pollock, reforçam o caráter abstrato do universo do cybercapital e servem para dar ao filme um fluxo experimental, algo parecido com uma viagem por um ambiente controlado por forças indiferentes à interferência humana. Esta dose de fatalismo faz com que a única forma de compreender tais acontecimentos seja seguir o conselho do médico a Eric Packer, sobre a natureza de uma mancha encontrada na sua pele: deixa se manifestar.


Vicente Escudero
Campinas, 20/12/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Tolos Vorazes de Vicente Escudero
02. O turista motorista de Adriana Baggio
03. White Blues Boys de Vicente Escudero
04. O petista relutante de Rafael Rodrigues
05. Arte e liberdade de Diogo Salles


Mais Vicente Escudero
Mais Acessadas de Vicente Escudero em 2012
01. A mitologia original de Prometheus - 2/8/2012
02. Ao Sul da Liberdade - 14/6/2012
03. Uma nova corrida espacial? - 17/5/2012
04. Deixa se manifestar - 20/12/2012
05. Tolos Vorazes - 19/4/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ATLAS DO CORPO HUMANO VOL. II 6232
DIVERSOS
ABRIL
(2008)
R$ 10,00



A CARÍCIA ESSENCIAL: UMA PSICOLOGIA DO AFETO
ROBERTO SHINYASHIKI
GENTE
(1992)
R$ 10,00



PARA TODOS OS GAROTOS QUE JÁ AMEI
JENNY HAN
INTRINSECA
(2015)
R$ 31,77



CLARISSA
ERICO VERISSIMO
GLOBO
(1997)
R$ 4,60



LANTERNA VERDE 48 - HAL JORDAN, VIDA APÓS A TROPA
EQUIPE DC
PANINI
(2016)
R$ 8,60



OS FATOS FICTICIOS POESIA
IZACYL GUIMARAES FERREIRA
LR
(1980)
R$ 6,00



1000 PERGUNTAS DE DIREITO ADMINISTRATIVO
REIS FRIEDE
FORENSE UNIVERSITÁRIA
(2005)
R$ 17,28



O PODER DOS ANIVERSÁRIOS- ESCORPIÃO
SAFFI CRAWFORD E GERALDINE SULLIVAN
PRETÍGIO
(2005)
R$ 25,90
+ frete grátis



DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO ENDÓGENO DE PEQUENOS ESTADOS INSULARES
ALBERTINO FRANCISCO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 524,00



HISTÓRIA DO DEPARTAMENTO DE VOLUNTÁRIOS
HOSPITAL ALBERT EINSTEIN
NARRATIVA UM
(2004)
R$ 14,00





busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês