Os EEUU e o golpe de 64 | Humberto Pereira da Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Someone On Your Side
>>> No cotidiano de alguém
>>> A batalha perdida do pastor
>>> Um governo que nasceu morto
>>> Wikia Search
>>> A difícil arte de viver em sociedade
>>> Ações culturais
>>> A história do amor
>>> Além do Mais
>>> Derrotado
Mais Recentes
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 04 de Ufsc pela Cidade Futura (2004)
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 04 de Ufsc pela Cidade Futura (2004)
>>> A Trama da Privatização - a Reestruturação Neoliberal do Estado de Waldir J. Rampinelli pela Insular (2001)
>>> A Trama da Privatização - a Reestruturação Neoliberal do Estado de Waldir J. Rampinelli pela Insular (2001)
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 12 de Ufsc pela Cidade Futura (2008)
>>> O Bom Ladrão de Hannah Tinti pela Rocco (2011)
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 03 de Ufsc pela Cidade Futura (2003)
>>> Um Grapiúna Em Frankfurt de Cyro de Mattos pela Dobra (2019)
>>> Biblioteca Universitária da Ufsc: Memória Oral e Documental de Ieda Maria de Souza / Joseane Chagas e Outros pela Ufsc (2002)
>>> Grávida Com Estilo: um Manual Como Se Vestir - de Christiana Francini pela Alegro (2004)
>>> Arte Contemporânea Em Santa Catarina de João Evangelista de Andrade Fo - Organizador pela Museu de Arte de Santa Catarin (2001)
>>> O Peru Indutivista Temas de Filosofia de Marconi Oliveira da Silva pela Ufpe (2014)
>>> Terceiro Setor: um Estudo Comparado Entre Brasil e Eua de Simone de Castro Tavares Coelho pela Senac (2002)
>>> Celso Ramos - um Perfil Político de Carlos Alberto S. Lenzi pela Terceiro Milênio (1997)
>>> Celso Ramos - um Perfil Político de Carlos Alberto S. Lenzi pela Terceiro Milênio (1997)
>>> Celso Ramos - um Perfil Político de Carlos Alberto S. Lenzi pela Terceiro Milênio (1997)
>>> Dores Ocultas de Juliana Bueno pela Outras Linhas (2012)
>>> Silêncios de Paz e Guerra de Conrrado Balduccini pela Autor (2013)
>>> A Prática da Conversão Pastoral de Heije Faber e Ebel Van Der Schoot pela Sinodal (1973)
>>> Aprendendo a terapia cognitivo-comportamental - um guia ilustrado de Jesse H, Wright, Monica R. Basco, Michael E. Thase pela Artmed (2008)
>>> Crítica da Razão Existencial de João Arthur Fortunato pela Autor (1998)
>>> Liderança e Dinâmica de Grupo de George M. Beal e Outros pela Zahar (1972)
>>> Instituições do Processo Civil - Volumes I -ll - Ill de Francesco Carnelutti pela Classic Book (2000)
>>> Perícia Judicial para Fisioterapeutas de José Ronaldo Veronesi Junior pela Andreoli (2013)
>>> A Cruz e o Punhal de David Wilkerson/ John e Elizabeth Sherrill pela Betânia (1983)
>>> Só para Mulheres de Sonia Hirsch pela Correcotia (2000)
>>> Papai é Pop de Marcos Piangers pela Belas Letras (2015)
>>> Catecismo da Igreja Católica Edição Típica Vaticana de Edições Loyola Jesuítas pela Edições Loyola Jesuítas (2000)
>>> Catecismo da Igreja Católica Edição Revisada de Acordo Com o Texto... de Loyola pela Loyola (1999)
>>> Cem Anos de Solidão de Gabriel Gárcia Marquez pela : Record
>>> Biologia do Desenvolvimento de Scott F. Gilbert pela Sociedade Brasileira de Genéti (1994)
>>> Energia, Ambiente & Mídia - Qual é a Questão de Vânia Mattozo pela Ufsc (2005)
>>> Montando Estórias de Milton Neves pela Ibrasa (1996)
>>> Terra á Vista... e ao Longe de Maria Ignez Silveira Paulilo pela Daufsc (1998)
>>> Conhecendo Sua Coluna - Informações Científicas para o Leigo de Dr. Fernando Schmidt e Dr. Ernani Abreu (org.) pela Conceito (2004)
>>> Modernidade Com Ética de Cristovam Buarque pela Revan (1998)
>>> Metodologia do Ensino de Artes - Filosofia da Arte de Engelmann Ademir Antonio pela Ibpex (2010)
>>> Vocabulário do Charadista - Volume 1 de Sylvio Alves pela Livraria Acadêmica
>>> Dissolução do Casamento de Valdemar P. da Luz pela Conceito (2007)
>>> Filosofia da Arte de Engelmann Ademir Antonio pela Ibpex (2008)
>>> Guia Gladiadores 01 de Claudio Blanc (Editorial) pela On Line
>>> As Origens das Civilizações Arqueologia e História de Ruth Whitehouse John Wilkins pela Folio (2007)
>>> The Mobile Wave de Michael Saylor pela Vanguard Press (2012)
>>> Uma Breve História do Cristianismo de Geoffrey Blaine pela Fundamento (2012)
>>> O Livro dos Evangelhos de Emídio Silva Falcão Brasileiro pela Boa Nova (2006)
>>> Pablo Neruda Antologia General Edición Conmemorativa de Pablo Neruda pela Alfaguara (2010)
>>> A Luz da Vida de Dong Yu Lan pela Árvore da Vida (1999)
>>> VI Seminário de Estudos Mineiros A Revolução de 1930 de Bonifácio de Andrada e Outros pela Ufmg Proed (1987)
>>> O Texto na Sala de Aula de João Wanderley Geraldi e Outros pela Ática (2004)
>>> O Quilombismo de Abdias do Nascimento pela Vozes (1980)
COLUNAS

Quarta-feira, 22/5/2013
Os EEUU e o golpe de 64
Humberto Pereira da Silva

+ de 3100 Acessos



No decênio mais recente, o cinema documental brasileiro está passando por momento prolífico. A cada ano, novas e instigantes produções revelam, principalmente, aspectos de nossa história cultural e política. Num rápido golpe d´olhos nota-se um "boom" de documentários sobre movimentos como o Tropicalismo (Uma noite em 67, de Renato Terra e Ricardo Calil, e Tropicália, de Marcelo Machado), tanto quanto de instantes da cena política (Dossiê Jango, de Paulo Henrique Fontenelle, Marighella, de Isa Grinspum Ferraz, e Iara, de Flavio Frederico e Mariana Pamplona).

O foco sobre os anos 60, ou mesmo os 70, mereceria discussão pausada. Tanto mais porque com a repercussão de O Som ao Redor, de Kleber Mendonça, desponta a necessidade de se discutir o Brasil, o vazio cultural, as mudanças nas esferas sociais e o alheamento político dos anos recentes. Portanto, o sentido de investimento artístico e de comprometimento de uma obra de arte em confronto com o que se fez, e aconteceu, décadas atrás.

Nesse sentido, a extrema urgência de se ver e discutir O Dia Que Durou 21 anos, documentário dirigido por Flávio e Camilo Tavares. Pai e filho, Flávio, o pai, foi jornalista de destaque nos anos 60, no jornal A Ultima Hora. Militante de esquerda preso pela ditadura, Flávio tornou-se conhecido ao fazer parte do grupo trocado pelo embaixador americano Charles Elbrick, que havia sido sequestrado pela guerrilha, em 1969.

Camilo foi criado no exílio, no México, e, sintomático, agora com pouco mais de quarenta anos, junto com o pai, realiza um filme com o objetivo explícito de mostrar o momento pré-golpe de 64, assim como a efetiva participação dos EEUU para garantir a investida militar e a adesão de seguimentos da sociedade civil. Para tanto, eles contaram com a abertura de arquivos da CIA, cujos relatórios não deixam dúvida de que, por meio da operação Brother Sam, os EEUU interviriam no Brasil caso a resistência levasse o país a uma guerra civil. É a partir desse material de arquivo que se evidencia como os EEUU intervieram no processo político brasileiro, tanto nos preparativos que antecederam ao golpe, quanto na garantia de sustentação do regime nos anos seguintes.

Desde a época do golpe, houve as mais diversas insinuações e acusações explícitas de participação americana. Nisso, claro, o contexto da Guerra Fria, a bipolarização entre capitalismo e comunismo, os jogos de propaganda ideológica de ambos os lados. O Dia..., então, confirma as suspeitas, tanto quanto cala aqueles que acusavam a participação americana de mistificação. Vale lembrar, contudo, que justamente com a abertura dos arquivos da CIA historiadores acadêmicos têm se debruçado sobre o tema (Carlos Fico, da UFRJ, escreveu em 2008 O grande irmão: da operação Brother Sam aos anos de chumbo). O que O Dia... traz como novidade inequívoca para se chegar ao público externo às fronteiras da Universidade é o meio: o cinema documental.

O Dia..., de fato, acompanha de perto o livro de Carlos Fico, o qual, inclusive, participa do documentário com esclarecimentos sobre resultados de sua pesquisa nos arquivos da CIA. Mas a vantagem do filme é justamente a do cinema: pode chegar a espectadores que dificilmente se disporiam a passar pelas páginas de um livro acadêmico. Ou seja, não se pode perder de vista a força do cinema - para o bem e para o mal - destacada por teóricos como Theodor Adorno: servir-se com veículo de expressão na Indústria Cultural.

Para isso o filme conta com recursos que lhe são próprios. Em 77 minutos, O Dia... percorre os acontecimentos que prenunciam o golpe e as tensões pós-golpe que levam ao AI5, com os chamados "anos de chumbo". Como obra cinematográfica, O Dia... faz o que lhe cabe: exibir imagens, depoimentos e documentos por meio de uma narrativa que prende a atenção do espectador e evidencia o papel dos EEUU num momento capital de nossa história. O fluxo das imagens, ajustadas à banda sonora, persuade, toca a sensibilidade com propósito bem claro: exibir material com evidências que calam quem via os defensores da ingerência americana no golpe de 64 como propaladores de teorias conspiratórias.

Mas nunca é demais ressaltar que um filme, documental ou não, é uma obra de ficção; portanto, um artefato. Desde a Poética, de Aristóteles, uma das finalidades da arte é provocar a purificação, a catarse, enfim. Sendo assim, o espectador deve ser lembrado de que arte é mimese e não a própria realidade. O Dia... é um filme, montado (ou esculpido) de acordo com a visão de mundo de Flavio e de Camilo Tavares; impossível, pois, filtrar o parti pris ideológico colado em suas respectivas biografias. Eles respondem pela forma do filme; por conseguinte, todos os resíduos que pudessem comprometer suas intenções foram devidamente desbastados.

Com isso não se quer questionar as escolhas que fizeram - legítimas e bem sucedidas para o propósito de uma obra fílmica -, mas tão somente lembrar que arte não se confunde com ciência histórica. O Dia... é um filme a ser visto e, com ele, ser impulsionado a refletir sobre nossa condição, sobre o momento em que vivemos: nele um sopro de vento que busca um acerto de contas com o passado, e ao mesmo tempo aponta para as contradições do presente; um sopro que tem o cinema como veículo de expressão privilegiado.

O Dia Que Durou 21 anos se insere, assim, num conjunto de obras recentes que acentuam a necessidade de reflexão cultural, social e política. Os últimos anos têm sido invariavelmente caracterizados pelo excessivo individualismo, pela apatia e alienação política. A iniciativa de Flavio e Camilo Tavares deixa sinais de que há inquietações latentes, de que o cinema pode canalizar anseios, reativar debates e revelar facetas de um país com muito a ser desvelado.


Humberto Pereira da Silva
São Paulo, 22/5/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Notas confessionais de um angustiado (I) de Cassionei Niches Petry
02. Lynch, David de Vicente Escudero
03. Questão de gosto ou de educação? de Débora Carvalho
04. Os Blogs e o Espetáculo de Mariana Portela
05. USP: 75 anos de histórias várias de Elisa Andrade Buzzo


Mais Humberto Pereira da Silva
Mais Acessadas de Humberto Pereira da Silva em 2013
01. Olgária Matos - 1/2/2013
02. Mino Carta e a 'imbecilização do Brasil' - 6/3/2013
03. Toda poesia de Paulo Leminski - 8/5/2013
04. Mídia Ninja coloca o eixo em xeque - 21/8/2013
05. O Som ao Redor - 13/2/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DESCULPA SE TE CHAMO DE AMOR
FEDERICO MOCCIA
PLANETA
(2009)
R$ 13,00



HISTÓRIAS DE AMOR / E DO MEIO DO MUNDO PROSTITUTO (BOX 2 LIVROS)
RUBEM FONSECA
COMPANHIA DAS LETRAS
(1997)
R$ 20,00



UMA TRAMA REVOLUCIONÁRIA -DO TENENTISMO À REVOLUÇÃO DE 30
ANTONIO PAULO REZENDE
ATUAL
(1990)
R$ 5,10



A PSICOLOGIA E A PSIQUIATRIA DO DIA-A-DIA
EDMUNDO MAIA
ALMED
(1997)
R$ 10,00



ERROS DE LINGUAGEM FÁCEIS DE CORRIGIR
JERÔNIMO TEIXEIRA BORGES
DO AUTOR
(1953)
R$ 24,87



MARVEL 99 Nº 5 - MAIO / 99
MARVEL COMICS
ABRIL
(1999)
R$ 7,00



BARRANCA YACO - VIDA Y MUERTE DE JUAN FACUNDO QUIROGA
DANIEL MASTROBERARDINO
EDITORIAL SUDAMERICANA
(2002)
R$ 150,00



PAI PATRÃO - CAPA DURA
GAVINO LEDDA
CÍRCULO DO LIVRO
(1984)
R$ 11,00



HORIZONTE PERDIDO
JAMES HILTON
CIRCULO DO LIVRO
R$ 7,00



HISTORIE GEOGRAPHIE INITIATION ECONOMIQUE 6
J. M. LAMBIN
HACHETTE
(1994)
R$ 42,51





busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês