A Escolha de Alice | Marilia Mota Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
38549 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Pensando sozinho
>>> Minha casa, minha cama, minha mesa
>>> Aranhas e missangas na Moçambique de Mia Couto
>>> Novos Melhores Blogs
>>> Reflexões para um mundo em crise
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> A volta de Steve Jobs à Apple
>>> Muitos amores ao mesmo tempo
>>> O Brasil não é a Seleção Brasileira
>>> Para tudo existe uma palavra
Mais Recentes
>>> As Formas e a Vida: Estética e Ética no Jovem Lukács (1910-1918) de Carlos Eduardo Jordão Machado pela Unesp (2004)
>>> As Formas e a Vida: Estética e Ética no Jovem Lukács (1910-1918) de Carlos Eduardo Jordão Machado pela Unesp (2004)
>>> Supernatural - O Guia De Caca De Bobby Singer de David Reed pela Gryphus (2012)
>>> Os Heróis do Olimpo, Vol. 02 - O Filho de Netuno de Rick Riordan pela Intrínseca (2012)
>>> Os Heróis do Olimpo, Vol. 01 - O Herói Perdido de Rick Riordan pela Intrínseca (2014)
>>> O Diário de um Mago de Paulo Coelho pela Sextante (2012)
>>> Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban de J.K. Rowling pela Rocco (2019)
>>> C++: Como Programar (Com CD-ROM) de H. M. Deitel pela Bookman (2001)
>>> Contos de Imaginação e Mistério de Edgar Allan Poe pela Tordesilhas (2012)
>>> Golem e o Gênio - Uma Fábula Eterna de Helene Wecker pela Darkside Books (2015)
>>> O Físico - Edição Capa dura (Novo - Embalado) de Noah Gordon pela Rocco (2018)
>>> Por Que Calar Nossos Amores? - Poesia Homoerótica Latina de Raimundo Carvalho pela Autêntica (2017)
>>> O universo numa casca de noz de Stephen Hawking pela Intrínseca (2016)
>>> Supernatural - O Livro Dos Monstros, Espíritos, Demônios e Ghouls de Alex Irvine pela Gryphus (2011)
>>> O Espiritismo - a Sciencia Condemna de Dr. Jacob Huddleston Slater pela Autor
>>> Tratado de La Naturaleza Humana - V. 3 e último de David Hume pela Calpe (1923)
>>> Assassins Creed, Vol. 4 - Revelações de Oliver Bowden pela Galera Record (2013)
>>> A Revelação de Baháullah - Vols. 1 e 2 - Bagdá 1853 - 1863 de Adib Taherzadeh pela Bahai do Brasil (2002)
>>> Assassins Creed, Vol. 02 - Irmandade de Oliver Bowden pela Galera Record (2012)
>>> Em Busca da Satisfação dos Interesses da Vítima Penal de Alline Pedra Jorge pela Lumenjuris (2005)
>>> Acontece por Acaso de Pedro Luis Schlindwein pela Autores Paranaenses (2019)
>>> The Dictionary of Dreams and Their Meanings de Richard Craze pela Hermes House (2005)
>>> As Chaves do Reino, Vol. 04 - O Furioso Quinta-Feira de Garth Nix pela Fundamento (2010)
>>> As Chaves do Reino, Vol. 03 - Quarta-feira Submersa de Garth Nix pela Fundamento (2009)
>>> As Chaves do Reino, Vol. 2 - O Horrível Terça-Feira de Garth Nix pela Fundamento (2009)
>>> As Chaves do Reino, Vol. 01 - Sr. Segunda-Feira de Garth Nix pela Fundamento (2008)
>>> Hipnose - Descubra o poder da sua mente de Pyong Lee pela Outro Planeta (2018)
>>> A Chave para Rondo de Emily Rodda pela Fundamento (2010)
>>> As Crônicas das Irmãs Bruxas, Vol. 01 - Enfeitiçadas de Jessica Spotswood pela Arqueiro (2014)
>>> Trilogia Fronteiras do Universo, Vol. 01 - A Bússola de Ouro de Philip Pullman pela Objetiva (1995)
>>> Trilogia Fronteiras do Universo, Vol. 02 - A Faca Sutil de Philip Pullman pela Objetiva (1997)
>>> Assassins Creed, Vol. 05 - Renegado de Oliver Bowden pela Galera Record (2012)
>>> Os Heróis do Olimpo, Vol. 05 - O Sangue do Olimpo de Rick Riordan pela Intrínseca (2014)
>>> Sonho Febril de George R. R. Martin pela Leya (2019)
>>> Juízo Final: Odisseia dos Deuses de Horst Schadeck pela Chiado (2018)
>>> The Mystery of the Missing Antimatter de Helen R. Quinn pela Princeton University Press (2007)
>>> São José da Terra Firme de Gilberto Gerlach e Osni Machado pela Cultura Turismo São José (2004)
>>> Geometry - the Easy Way de Lawrence S. Leff pela Barrons (1997)
>>> A Solução Anabólica para Fisiculturistas de Dr. Mauro Di Pasquale pela Phorte (2006)
>>> Fallen, Vol. 3.5 - Apaixonados, Histórias de amor de Fallen de Lauren Kate pela Galera Record (2012)
>>> The Black Atlantic de Paul Gilroy pela Verso (1993)
>>> Fallen, Vol 03 - Paixão de Lauren Kate pela Galera Record (2016)
>>> Nos Céus de Paris - O romance da Vida de Santos Dumont de Alcy Cheuiche pela LPM Pocket (2001)
>>> Perda de uma Chance e Responsabilidade Civil dos Profissionais de Lisiane Lazzari Pietroski pela Conceito (2013)
>>> Acampamento Shadow Falls, Vol. 1 - Nascida à Meia-Noite de C.C. Hunter pela Jangada (2011)
>>> Comentários à Lei 11. 419/06 e as Práticas Processuais por Meio de Alexandre Atheniense pela Juruá (2010)
>>> Fallen, Vol. 04 - Êxtase de Lauren Kate pela Galera Record (2012)
>>> Administrando para Obter Resultados de Peter Drucker pela Thomson Pioneira (1998)
>>> Fallen, Vol. 01 de Lauren Kate pela Galera Record (2010)
>>> Clínica e Política: Subjetividade e Violão dos Direitos Humanos de Cristina Rauter / Eduardo Passos pela : Ifb Te Corá (2002)
COLUNAS

Quarta-feira, 6/11/2013
A Escolha de Alice
Marilia Mota Silva

+ de 3200 Acessos

Alice Munro é a décima-terceira mulher a receber o Nobel de Literatura, desde que o prêmio foi criado há mais de um século. A assimetria dessa representação, 13 mulheres contra 93 homens, não é novidade. Desejável ou não, é o padrão a que estamos habituados.

Novidade é uma contista ter sido premiada. Até este ano, a Academia Sueca havia contemplado apenas romancistas e poetas.

Nos países de lingua inglesa, conto sempre foi visto como um gênero de segunda classe ou forma de fazer dinheiro rápido, com a publicação em revistas, até que o escritor estivesse pronto para se dedicar ao trabalho sério: poesia ou romance. A própria Alice Munro, quando lhe perguntaram sobre seu foco em histórias curtas, disse: "Por anos e anos, pensei que estava apenas praticando, até ter tempo de escrever um romance. Depois descobri que conto era tudo que eu podia fazer. Acho que é por isso que tento por tanto em minhas histórias, como uma compensação."

Tentou e conseguiu. "Suas histórias tem mais profundidade, sabedoria e verdade do que se encontra em toda a obra da maioria dos romancistas", dizia o painel dos juizes do The Man Booker International Prize, que lhe concedeu o prêmio de ficção, em 2009.

Além de elevar o conto a um status nobre, Alice demonstrou que não existe periferia nem assunto menor para quem escreve. Suas histórias se passam no interior do Canadá, em fazendas pobres ou em cidades pequenas; falam de pessoas comuns, mulheres principalmente, marginalizadas, presas nas armadilhas da vida. "Não existe isso de grandes e pequenos temas", ela disse uma vez. "Os maiores problemas estão ligados diretamente ao mal que existe em torno da mesa de jantar, na maneira como nos conduzimos uns com os outros."

Descobri Alice Munro, faz poucos anos, e encantei-me com a forma como ela tece a narrativa. O rumo é sempre imprevisível, e a cada volta que dá, aprendemos alguma coisa, um canto novo se ilumina. Sua linguagem acessível, coloquial, de certo modo dissimula sua precisão e refinamento.

Em suas palavras: "A complexidade das coisas - as coisas dentro das coisas - parece não ter fim. Quero dizer que nada é fácil, nada é simples". Essas infindáveis dimensões de que somos feitos, que seu extraordinário poder de observação nos revela, é um dos aspectos mais cativantes de sua obra.

Talvez por isso seus personagens, mesmo os secundários, continuem conosco, muito depois de terminada a leitura. O sujeito de meia idade, por exemplo, ele com a namorada mais jovem, em visita à ex-mulher. No fim da narrativa, nós os conhecemos bem, sabemos o que se passa em seus corações, talvez melhor do que eles mesmos! Alice ajuda o leitor a se sentir inteligente, ampliando sua capacidade de perceber, sem julgar, a alma humana. Musgo, (Lichen) é o título desse conto, perfeito para a história. Mas nem sempre é assim, nem sempre a escritora segue as normas. Às vezes, o título não dá nenhuma pista sobre o tema. Outras, a narrativa demora a engrenar, parece caminhar a esmo, e o leitor não tem ideia de sua direção ou tema, até o finalzinho. E o final, mesmo quando não encerra a narrativa de forma convencional, sempre nos deixa algo em que pensar.

Em Dança das Sombras Felizes (Dance of the Happy Shades), acompanhamos o recital que a velha professora de piano e sua irmã oferecem, todos os anos, para apresentação dos alunos.

A festa é uma tradição a que as mães se submetem em silencioso desespero: crianças sem talento, o repertório, sempre o mesmo, a sala pequena e quente, os presentinhos patéticos que as pobres velhas fazem questão de oferecer a cada aluno, os sanduíches ressecados na mesa da sala ao lado, onde moscas passeiam livremente! Podemos entender essas mães, estamos com elas no calor opressivo da sala, compreendemos sua troca de olhares agoniados, seus comentários condescendentes, sentimos o coração constrangido de pena das velhas solteironas, e contamos os minutos para ir embora. Mas no final, com poucas palavras, nossa percepção se altera e nossa piedade, nosso sentimento de superioridade se mostram descabidos. Em atônito silêncio, compreendemos que as duas irmãs habitam um outro plano, um mundo a que não pertencemos e que apenas vislumbramos, por um momento. Um toque mágico, feito com gente comum e histórias do cotidiano.

Em Dimension, Doree pega três ônibus para visitar o marido na prisão. Ele está preso, ficamos sabendo, porque matou os três filhos do casal quando ela passou a noite na casa dos vizinhos, para fugir de sua violência. "É sua culpa, foi você que provocou isso", ele diz, quando ela encontra os corpos das crianças. O que se passa com ela, por que vai visitá-lo, ela se pergunta, incapaz de não ir.

Alice não foge da tragédia, não procura soluções fáceis, nem apela para o fantástico ou o transcendental. Ela investiga a alma humana com coragem e integridade.

Em Meninos e Meninas a personagem principal enfrenta o dilema de crescer. A história se passa em uma fazenda de criação de raposa. A menina se considera a ajudante natural do pai, sendo mais apta para as tarefas de que seu irmão menor. Ela conhece o assunto, descreve com prazer os detalhes do processo de tirar o couro da raposa, fala do cheiro que impregna tudo nessa época, cheiro que acha reconfortante, como o das laranjas e dos pinheiros. Ela gosta do trabalho duro, gosta de se sentir forte e capaz. Mas quando adolescência se aproxima, sua família começa a questionar sua maneira de ser; ela contraria as expectativas da sociedade. A certa altura, como num rito de passagem, seu irmão passa a ser o ajudante do pai, e ela é afastada. Ela fica indignada mas, ao mesmo tempo, a despeito de si mesma, tenta entender e se adaptar a seu misterioso papel de mulher; olha-se no espelho imaginando se vai ser bonita. No fim, quando é descartada com as palavras: "Ela é apenas uma menina", ela já não protesta. "Quem sabe é verdade", diz.

Espero ter dado uma ideia de como Alice Munro escreve, de seus temas, de sua voz que cria um clima de intimidade e calma; e de sua linguagem cheia de vida, nuance e faces luminosas.

Numa entrevista à revista The New Yorker no ano passado, ela disse: "Fui criada para acreditar que a pior coisa que você pode fazer é chamar a atenção para si mesmo ou pensar que você é esperto, inteligente... a regra valia mais para as pessoas da roça, como nós, nem tanto para os da cidade." Talvez isso tenha influído na sobriedade de seus textos. No respeito ao leitor e aos personagens.

A escolha de Alice Munro para o Nobel de Literatura de 2013, além de merecida, indica uma acurada sintonia da Academia Sueca com os nossos tempos, quando atores e cenários, tradicionalmente periféricos, começam a reclamar seu lugar no primeiro plano, enriquecendo o texto e recriando as possibilidades da peça.

Nota do Editor:
Leia também sobre Alice Munro, no Digestivo, os textos "2013: mulheres escritores e suas artes", de Eugenia Zerbini, e "Família", de Elisa Andrade Buzzo.


Marilia Mota Silva
Washington, 6/11/2013


Mais Marilia Mota Silva
Mais Acessadas de Marilia Mota Silva em 2013
01. Amor (in)Condicional - 5/6/2013
02. Quatro autores e um sentimento do mundo - 10/4/2013
03. O Precioso Livro da Miriam - 20/2/2013
04. De olho em você - 1/5/2013
05. O Nome Dele - 7/8/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A EVOLUÇÃO DEMOGRÁFICA PORTUGUESA
JORGE CARVALHO ARROTEIA
INSTITUTO CULTURA
(1984)
R$ 14,88



1, 2, 3 ERA UMA VEZ - LIVRO 2
ADRIANA DORNAS - MARIA HELENA CARVALHO
EFEITO GRAFICO
(2012)
R$ 89,90



A CIDADE DOS CIDADÃOS
ROBERTO GUIDUCCI
BRASILIENSE
(1980)
R$ 10,00



E DO MEIO DO MUNDO PROSTITUTO - SO AMORES GUARDEI AO MEU CHARUTO
RUBEM FONSECA
COMPANHIA DAS LETRAS
(1997)
R$ 25,00



ESTRATÉGIAS MOTIVACIONAIS
GRETEL ERES E MARÍLIA V. CALLEGARI
CIA NACIONAL
(2010)
R$ 9,00



O HOMEM DA HORA
PETER BLAUER
BERTRAND BRASIL
(2000)
R$ 15,00



AGENDA PARIS 1996
SAFT NIFE
NIFE
(1996)
R$ 28,28



PARA UMA CRÍTICA DE ECONOMIA POLÍTICA
PAUL SWEEZY
GLOBAL
(1979)
R$ 20,00



CURIOSIDADES VERBAIS: ESTUDOS APLICÁVEIS À LÍNGUA NACIONAL
JOÃO RIBEIRO (3ª EDIÇÃO)
ACADEMIA BRASILEIRA LETRAS
(2008)
R$ 28,28



COMENTÁRIOS À LEI DAS SOCIEDADES ANÔNIMAS - VOLS 1, 2 E 3
WILSON DE SOUZA CAMPOS BATALHA (CAPA DURA)
FORENSE
(1977)
R$ 50,28





busca | avançada
38549 visitas/dia
1,3 milhão/mês