Jackie O., editora | Eugenia Zerbini | Digestivo Cultural

busca | avançada
71136 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Oficina de Objetos de Cena nas redes do Sesc 24 de Maio
>>> Lançamento: livro “A Cultura nos Livros Didáticos”, de Lara Marin
>>> Exposição coletiva 'Encorpadas - Grandes, largos, políticos: corpos gordos'
>>> Clássicos da Literatura Unesp ganha mais cinco títulos
>>> Bertolt Brecht inspira ÉPICO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
>>> A Velhice
>>> Casa, poemas de Mário Alex Rosa
>>> Doutor Eugênio (1949-2020)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
>>> Clownstico de Antonio Ginco no YouTube
>>> A Ceia de Natal de Os Doidivanas
>>> Drag Queen Natasha Sahar interpreta Albertina
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Itinerário de leituras on-line
>>> Sobre caramujos e Omolu
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Comum como uma tela perfeita
>>> Revista Meio Digital
>>> Do jornalismo como performance
>>> A Nova Revista da Cultura
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> A Teoria Hipodérmica da Mídia
>>> Os prédios mais feios de SP
Mais Recentes
>>> A Igreja de Jesus - Juniores de John D. Barnett pela Cristã Evangélica (2005)
>>> Dicionário Oxford Escolar Para Estudantes Brasileiros de Inglês de Oxford University pela Oxford (2009)
>>> Breve história de sete assassinatos de Marlon James pela Intrínseca (2017)
>>> Carmen Portinho - Coleção Perfis do Rio de Ana Luiz Nobre pela Relume Dumará (1999)
>>> Relações Humanas Interpessoais nas Convivências Grupais e Comunitárias de Silvino José Fritzen pela Vozes (1987)
>>> Perdas Necessárias de Judith Viorst pela Melhoramentos (1988)
>>> Acima de Qualquer Suspeita - Presumed Innocent de Scott Turow pela Record (1987)
>>> Para Gostar de Ler 27 - Histórias Sobre Ética de La Fontaine Machado de Assis e Outros pela Ática (2003)
>>> Dia dos Mortos de Marcelo Ferroni pela Globo (2004)
>>> Kota de Richar Forsithe pela Nova Cultural (1989)
>>> O que é Arte? A polemica visão do Autor de Guerra e Paz de Tolstoi pela Ediouro (2002)
>>> As Cinco Estações do Corpo de João Curvo e Walter Ms. Tuche pela Rocco (2001)
>>> Valsa Negra de Patrícia Melo pela Companhia das Letras (2003)
>>> Um Fio de Esperança de Nancy Guthrie pela Mundo Cristão (2008)
>>> Oblomov de Ivan Alexandrovitch Gotcharov pela Germinal (2001)
>>> O Apanhador no campo de centeio de Jorio Dauster; Antonio Rocha; Alvaro Alencar pela Do Autor (2012)
>>> Auto-sentimento de Norberto R. Keppe pela Proton (1977)
>>> A Nova Dieta Revolucionária do Dr. Atkins de Roberto Atkins pela Círculo do Livro (1972)
>>> Fé e Liberdade - O Pensamento Eco. da Escolástica de Alejandro A. Chafuen pela Lvm (2019)
>>> Serenidade e Paz pela Oração de Rafael Llano Cifuentes pela Do Autor (2002)
>>> Trilogia de Cinquenta tons de cinza. Vol.1 , Vol. 2 e Vol. 3 de E L James; E L James; Maria Carmelita Padua Dias pela Intrinseca (2012)
>>> Quando Tudo Não é o Bastante de Harold S. Kushner pela Nobel (1999)
>>> Febre de Enxofre de Bruno Ribeiro pela Penalux (2016)
>>> Grandes e novas Invenções de Não informado pela Knorr
>>> No Início - Contos de Adriana Griner pela Biblioteca Pública do Paraná (2014)
>>> Parâmetros Curriculares Nacionais - Vol 6 de Não informado pela Arte (1997)
>>> O Alquimista de Paulo Coelho pela Rocco (1988)
>>> Namoro blindado: O Seu Relacionamento à Prova De Coração Parido EAN: 9788578607654 de Renato & Cristiane Cardoso pela Thomas Nelson (2016)
>>> Navegar é preciso de Anaína Amado; Ledonias Franco Garcia pela Atual Didáticos (1989)
>>> Conte-me seus sonhos de Sidney Sheldon pela Record (2000)
>>> Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis pela Globo/Klick (1997)
>>> O poder das afirmações positivas - Coleção Autoestima EAN: 9788575421680 de Louise Hay pela Sextante (2005)
>>> As Melhores Histórias de Princesas de Monica Rodrigues da Costa e Lidia Chaib Adaptação pela Publifolha (2000)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 24. Crônicas 3º Volume (1871 - 1878) de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 23. Crônicas 2º Volume (1864 - 1867) de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> A Viola Enluarada De Zequinha Piriri EAN: 9788526231771 de Rosana Rios pela Scipione (1997)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 22. Crônicas 1º Volume (1859 - 1863) de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 21. Contos Fluminenses II de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 20. Contos Fluminenses I de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 19. Teatro de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 18. Poesias de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 17. Relíquias Da Casa Velha 2º Volume de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 16. Relíquias Da Casa Velha 1º Volume de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 15. Páginas Recolhidas de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> O melhor de Hagar o horrível – vol. 3: 441 EAN: 9788525412195 de Dik Browne pela L&PM Pocket (2007)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 14. Várias Histórias de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Dicionário Ilustrado da Língua Portuguesa 7 volumes de Antenor Nascentes pela Bloch (1972)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 13. Histórias sem Datas de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 12. Papeis avulsos de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 11. Histórias Românticas de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
COLUNAS

Quinta-feira, 20/3/2014
Jackie O., editora
Eugenia Zerbini

+ de 5600 Acessos



Deus fez os escritores e, o Diabo, os editores. De um ano para cá, quem sabe por estar em busca de um editor para meu livro de contos, esse tem sido meu adágio predileto. Confesso que de minha autoria, inspirado, contudo, em outro sobre carne e cozinheiros: "Deus fez a carne e, o Diabo, os cozinheiros". Este me chegou por uma coluna assinada há décadas pela sábia Nina Horta. Esta se dirigia àqueles cujo fogo não respeita os tempos certos dos filés e assados.

Entretanto, nesse círculo mefistofélico - o dos editores - destacou-se uma mulher especialíssima, pouco conhecida pelo exercício dessa diabólica profissão. E sobre ela e seus dezenove anos de vida editorial é que discorre Greg Lawrence em Jackie editora - a vida literária de Jacqueline Kennedy Onassis (Record, 2014, 432 ps.). Em ângulo pouco enfocado por seus biógrafos, Jacqueline Lee "Jackie" Bouvier Kennedy Onassis (1929- 1994), reinventou-se aos 46 anos. Passou de viúva de dois dos homens mais poderosos do século XX - o mitológico ex-presidente Jack Kennedy e do multimilionário armador Aristóteles Onassis - à competente profissional.

O próprio autor teve três de seus livros editados por JOB (as iniciais adotadas por Jackie no início de sua vida corporativa na Vicking Press, insistindo no Bouvier de solteira). Para escrever o livro, amparou-se, além da própria experiência, em informações obtidas por intermédio de 125 entrevistas, de colaboradores de Jackie e de notáveis da indústria editorial. O resultado, além de palmilhar a trajetória profissional bem sucedida dessa notável mulher, é descrever o ambiente editorial norte-americano dos anos 1970 a 1990. Ou seja, antes da expansão dos processos de editoração eletrônica, da obsessão pelos ganhos do mercado, mas concomitante à formação dos grandes conglomerados.

Jacqueline nasceu, como os ingleses dizem, "com uma colher de prata na boca" (a silver spoon in her mouth), tendo recebido uma educação à altura. Como hobby, equitação. Como paixão, balé e a leitura. E, da mesma forma que acontece com a maioria dos entusiasmados leitores, um desejo oculto: "Sempre quis ser algum tipo de escritora... Como muita gente, sonhava em escrever o grande romance norte-americano", segredava ela nos tempos de faculdade, "naquela maldita Vassar" (curso superior exclusivamente feminino até 1969), até aparecer a oportunidade de cursar um ano em Paris, na Sorbonne. Terminou a carreira acadêmica com um diploma em literatura francesa na George Washington University, em Washington, em 1951.

No primeiro semestre de 1975, viúva pela segunda vez e milionária (o acordo fechado com Christina Onassis, única herdeira de Onassis, garantia-lhe 26 milhões de dólares), essa "feminista dentro do armário", nas palavras de Betty Fridman, notória defensora da causa das mulheres, Jackie deu início à busca de um lugar nas editoras novaiorquinas. Marcou um almoço com Jason Epstein (1928- ), ex-diretor editorial da Random House. Diante do inusitado pedido de emprego, Epstein explicou à Sra. Kennedy Onassis que havia uma liturgia a ser seguida para tornar-se editor da casa. Esses cargos eram reservados para os editores assistentes, treinados internamente. Para o cargo de editor assistente havia filas, dessa forma, admiti-la assim, de repente, seria um embaraço para todos.

Determinada, Jackie tentou a Vicking Press, então editora familiar dos Guinzburg, sob o comando de Tom, filho do fundador. Tom acomodou a situação propondo-lhe o cargo de editora consultiva. Não ficaria na linha de frente, sofrendo com a competição dos outros editores. Sua função seria a aquisição dos direitos dos livros e, ao passo que fosse familiarizando-se com as práticas editoriais, sua posição seria revista. No final do verão daquele ano, Jackie tinha conquistado seu primeiro emprego remunerado, desde 1953, quando trabalhara como repórter fotográfica do Washington Times-Herald.

Seu envolvimento com o trabalho surpreendeu a todos. Interessada, valia-se de seu carisma e pedia conselhos a todos, escutando atentamente os profissionais de todas as áreas da editora. Sendo um verdadeiro "Abra-te Sésamo" - não havia quem negasse a atender um chamado telefônico ou um convite de Jacqueline Kennedy Onassis -, logo nos primeiros dias de Vicking, essa aspirante a editora foi envolvida na preparação do livro Remember the ladies: Women in America 1750-1815. O projeto (atraído à Viking pela ilustre recém-contratada) tinha seu viés político, uma vez que não apenas seria publicado no quadro das comemorações do bicentenário da independência norte-americana, mas também no auge das discussões sobre os direitos civis e das mulheres. Incluiria imagens e textos tanto sobre a colonizadora branca como sobre índias locais e escravas negras. Essa concepção abrangente, nova na época, entusiasmou Jackie que se empenhou de corpo e alma no projeto. O livro, editorado em nove meses, foi publicado com sucesso, em 1976. Acompanhou uma exposição de mesmo nome, que viajou através dos Estados Unidos por dois anos. Esse foi o début triunfante de Jackie no ramo.

Para Jacqueline, ser editora era fazer livros que despertassem a curiosidade do público para assuntos, enredos e lugares nunca antes imaginados. Livros que de alguma forma transformassem o leitor. Todos os depoimentos, de chefes, colegas e subordinados, reconhecem-na como uma profissional incansável, de olhar acurado e bom gosto, fácil de conviver. Era uma mulher incrivelmente atraente e naturalmente chique. Por incrível que pareça, discreta: "Uma das coisas que me agradam no trabalho editorial é que o editor não é promovido - o objetivo é promover o livro e o autor", afirmou mais de uma vez. Boa ouvinte, durante suas viagens e eventos sociais costumava perguntar o que os outros estavam lendo e em que tipo de assunto se interessavam, esperando que da resposta surgisse ideia para novos projetos. Com o mesmo objetivo, pesquisava com frequência a Biblioteca Pública de Nova York, onde, mais de uma vez, encontrou material para seus livros. Preferia livros com textos longos e muitas ilustrações. Mas essa preferência não foi obstáculo para que editasse livros apenas textuais, como foi o caso, dos três livros que compõe a Trilogia do Cairo, do egípcio Naguib Mahfuz (1911-2006), prêmio Nobel em 1988. Sem mencionar o best-seller Dançando em meu túmulo (Rio Fundo, 1991), de Gelsey Kirkland (1952 - ), prima ballerina do New York City Ballet e do American Ballet Theatre. Por sinal, o livro, uma confissão de Kirkland de seus problemas alimentares (bulemia e anorexia), mesclados à sua dependência à anfetamina e outras drogas, foi escrito por insistência de Jackie. Paralelamente ao sucesso de vendas, foi uma das etapas do processo de resgate da dançarina, que retornou à vida artística.

Após dois anos de Vicking Press - não mais uma empresa familiar, já que adquirida pelo conglomerado britânico Pearson (leia-se Penguin) Longman Ltd -, Jackie apresentou sua demissão. O fato deveu-se à publicação pela Vicking do romance Vamos contar ao presidente (Record, 1977), do escritor de hits literários e político inglês, Jeffrey Archer (1940-), sobre o hipotético assassinato de Ted Kennedy, no cargo de presidente dos Estados Unidos. Em outubro de 1977, o New York Times anunciava zombeteiramente que Jackie O. estava desempregada. A ironia duraria pouco porque, no inicio do ano seguinte, foi anunciada sua contratação, como editora associada, pela Doubleday.

A mudança foi sua prova de fogo. A Viking contava com 200 empregados, um terço dos da Doubleday. Esta, ainda por cima, era conhecida como "clube de meninos", em que mulheres não tinham acesso à chefia. Na época, a Doubleday editava livros mais comerciais, em papel de qualidade inferior ao da Vicking. Por essas e outras, se duvidava se Jackie, com seus projetos sofisticados, iria sentir-se à vontade na nova casa. Engano. Em seu novo emprego, Jackie deu a idéia de uma autobiografia do cantor Michael Jackson, noticiada pela Doubleday, em janeiro de 1984. Para atraí-lo ao projeto, a editora valeu-se da promessa de que a própria Jackie escreveria a apresentação. Com trocas de ghost-writers pelo caminho, aos trancos e barrancos e completamente diferente do projeto inicial, Moonwalk foi publicado quatro anos depois. Apesar de tudo, superou as perspectivas de vendagem. O sucesso de Jackie ascendia, enquanto que a situação da Doubleday declinava. A editora foi adquirida pela alemã Bertelsmann.

A essa altura, entretanto, Jackie era uma profissional madura, dominando "o lado sombrio" da edição de livros tanto quanto qualquer outro da profissão. Em 1987, deu início a uma parceria com Bill Moyers(1934- ), seu conhecido dos tempos de primeira-dama, em Washington. O primeiro livro, publicado no ano seguinte, O poder do mito(Palas Athena), de Joseph Campbell (1904-1987), vendeu milhões de exemplares. Seu lançamento foi concomitante à apresentação, na TV, de uma série de entrevistas feitas por Moyers com o autor. Embora oficialmente a edição de O poder do mito seja assinada por uma erudita assessora de Moyers, ela reconheceu o papel definitivo de Jackie em sua publicação.

Quando Jackie faleceu, vítima de um câncer linfático, em 1994, ostentava o título de assistente sênior da Doubleday, em carreira construída por talento e esforço próprios. Sempre haverá as observações maldosas de seus críticos - como foi o caso de Truman Capote (1924-1984), com quem Jackie se desentendeu depois da publicação, em 1975, de conto "La Côte Basque, 1965" na revista Esquire (esse conto iria se tornar um dos capítulos do romance que Capote legou inacabado, Súplicas Atendidas, LPM, 2009) . Para o autor do clássico A sangue frio ela se assemelhava a uma boa atriz que durante a vida desempenhou o papel de Sra. Kennedy. Sua atuação profissional e a centena de depoimentos reunidos em Jackie Editora desmentem esse ponto de vista. Um livro que dá gosto de ler.


Eugenia Zerbini
São Paulo, 20/3/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Notas sobre a Escola de Dança de São Paulo - I de Elisa Andrade Buzzo
02. Memorial de Berlim de Marilia Mota Silva
03. As sombras e os muros de José J. Veiga de Cassionei Niches Petry
04. O pródigo e o consumo de Eugenia Zerbini
05. Cidade surreal de Elisa Andrade Buzzo


Mais Eugenia Zerbini
Mais Acessadas de Eugenia Zerbini em 2014
01. Bonecas russas, de Eliana Cardoso - 21/8/2014
02. Ossos, mulheres e lobos - 4/12/2014
03. O pródigo e o consumo - 11/9/2014
04. Jackie O., editora - 20/3/2014
05. Tons por detrás do rei de amarelo - 26/6/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ÉROS A GUERRA PELO TRONO
RALPH WILLIANS
NOVO SÉCULO
(2014)
R$ 10,00



QUEM MANDA EM MIM SOU EU
FANNY ABRAMOVICH
ATUAL
(1989)
R$ 10,00



POLÍTICA CIENTÍFICA - 2698
HEITOR G. DE SOUZA/ DARCY F. DE AMEIDA/ CARLOS ...
PERSPECTIVA
(1972)
R$ 10,00



MANUAL COMPACTO DE FÍSICA - TEORIA E PRÁTICA
ALESSANDRA BOSQUILLA E MÁRCIO PELEGRINI
RIDEEL
(2003)
R$ 10,00



LA CHATTE - 8572
COLETTE
LE LIVRE DE POCHE
(2004)
R$ 10,00



FENG SHUI PRÁTICO E RÁPIDO
HELEN SPALTER; ROSANE STREICHER
MADRAS
(1998)
R$ 10,00



O FILÓSOFO + O IMPERADOR - 9535
ANNABEL LYON
LEYA
(2010)
R$ 10,00



EROS E PSIQUE A ALMA APAIXONADA
CARLOS ALBERTO DE CARVALHO
AO LIVRO TÉCNICO
(2002)
R$ 10,00



PRANTO POR IGNACIO SÁNCHES MEJÍAS - EDIÇÃO BILINGUE (POESIA ESPANHOLA)
FEDERICO GARCÍA LORCA
FLUMEN
(2016)
R$ 10,00



A INFORMAÇÃO NO RÁDIO. OS GRUPOS DE PODER E DETERMINAÇÃO DOS CONTEÚDOS
GISELA SWWTLANA ORTRIWANO
SUMMUS EDITORIAL
(1985)
R$ 10,00





busca | avançada
71136 visitas/dia
2,4 milhões/mês