Quem é o abutre | Marta Barcellos | Digestivo Cultural

busca | avançada
46024 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A deliciosa estética gay de Pierre et Gilles
>>> A deliciosa estética gay de Pierre et Gilles
>>> São Francisco Xavier II
>>> Rugas e rusgas
>>> Orra, Meu
>>> Uma outra moda
>>> Ler ao acaso
>>> Um ano de reflexões na Big Apple
>>> Steve Jobs apresentando o iPad
>>> De quantos modos um menino queima?
Mais Recentes
>>> Constituição do Estado de Minas Gerais: Estatuto dos Servidores Públic de José do Carmo Veiga de Oliveira: Organizad pela Del Rey/ Belo Horizonte (2003)
>>> Compêndio das Etapas do Processo Eleitoral: ... de J. Nepomuceno Silva: Organizador pela Del Rey/ Belo Horizonte (2010)
>>> (Re) Pensando a Pesquisa Jurídica de Miracy Barbosa de Souza Gustin (...) pela Del Rey/ Belo Horizonte (2006)
>>> A C Repórter - Tempo de Arraes e Vietnã do Norte de Antonio Callado pela Agir (2005)
>>> Mahoma, Profeta y Hombre de Estado de W.M.Watt pela Labor (1967)
>>> Em Risco de Stella Rimington pela Record/ RJ. (2010)
>>> O Círculo dos Eleitos de Vialdi Moreira/ Autogrfado pela Imprensa Oficial/ Belo Hte. (1987)
>>> A Amante de Brecht de Jacques- Pierre Amette pela Record/ RJ. (2005)
>>> Coleção para gostar de ler de Varios pela Atica (1985)
>>> Grande Enciclopédia de Modelismo - Cor e Pintura de Walquir Baptista de Moura - Produção pela Século Futuro
>>> Meu pequeno fim de Fabrício Marques pela Segrac (2002)
>>> Grande Enciclopédia de Modelismo - Materiais e Ferramentas de Walquir Baptista de Moura - Produção pela Século Futuro
>>> Livro Dicionário Enciclopédico Veja Larousse - Volume 1 de Eurípedes Alcântara , Diretor Editorial pela Abril (2006)
>>> O diário de Larissa de Larissa Manoela pela Harper Collins (2016)
>>> Corpo de delito de Patricia Cornwell pela Paralela (2000)
>>> O fio do bisturi de Tess Gerritsen pela Harper Collins (2016)
>>> A garota dinamarquesa de Davdid Ebershoff pela Fabrica 231 (2000)
>>> Uma auto biografia de Rita Lee pela Globo livros (2016)
>>> Songbook Caetano Veloso Volume 2 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> A Sentinela de Lya Luft pela Record (2005)
>>> O teorema Katherine de John Green pela Intriseca (2013)
>>> Louco por viver de Roberto Shiyashiki pela Gente (2015)
>>> A ilha dos dissidentes de Barbara Morais pela Gutemberg (2013)
>>> Sentido e intertextualidade de Emanuel Cardoso Silva pela Unimarco (1997)
>>> Mistérios do Coração de Roberto Shinyashiki pela Gente (1990)
>>> Interrelacionamento das Ciências da Linguagem de Monica Rector Toledo Silva pela Edições Gernasa (1974)
>>> Sociologia e Desenvolvimento de Costa Pinto pela Civilização Brasileira (1963)
>>> O Coronel Chabert e Um Caso Tenebroso de Honoré de Balzac pela Otto Pierre Editores (1978)
>>> O golpe de 68 no Peru: Do caudilhismo ao nacionalismo? de Major Victor Villanueva pela Civilização Brasileira (1969)
>>> Recordações da casa dos mortos de Fiodor Dostoiévski pela Nova Alexandria (2006)
>>> Elric de Melniboné: a traição ao imperador de Michael Moorcock pela Generale (2015)
>>> O Príncipe de Nicolau Maquiavel pela Vozes de Bolso (2018)
>>> Deuses Americanos de Neil Gaiman pela Conrad (2002)
>>> Deus é inocente – a imprensa, não de Carlos Dorneles pela Globo (2003)
>>> Memórias do subsolo de Fiodor Dostoiévski pela 34 (2000)
>>> Songbook - Tom Jobim, Volume 3 de Almir Chediak pela Lumiar (1990)
>>> Comunicação e contra-hegemonia de Eduardo Granja Coutinho (org.) pela EdUFRJ (2008)
>>> Caetano Veloso Songbook V. 1 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> Origami a Milenar Arte das Dobraduras de Carlos Genova pela Escrituras (2004)
>>> O vampiro Lestat de Anne Rice pela Rocco (1999)
>>> Nova enciclopédia ilustrada Folha volume 2 de Folha de São Paulo pela Publifolha (1996)
>>> Esperança para a família de Willie e Elaine Oliver pela Cpb (2018)
>>> Leituras do presente de Valdir Prigol pela Argos (2007)
>>> Insight de Daniel C. Luz pela Dvs (2001)
>>> Política e relações internacionais de Marcus Faro de Castro pela UnB (2005)
>>> Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowling pela Rocco (2000)
>>> Infinite Jest de David Foster Wallace pela Back Bay Books (1996)
>>> Nine Dragons de Michael Connelly pela Hieronymus (2009)
>>> The Innocent de Taylor Stevens pela Crown Publishers (2011)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
COLUNAS

Sexta-feira, 6/2/2015
Quem é o abutre
Marta Barcellos

+ de 2600 Acessos

Durante muito tempo, em conversas onde eu não era conhecida como jornalista, lancei mão de uma espécie de piada particular: quando o assunto descambava para reclamar da "imprensa sensacionalista", eu rapidamente engrossava o coro: "Jornalista? Ô, raça. Mataram a Lady Diana." Alguém sempre achava que aí eu estava exagerando.

Não que eu defenda a tal imprensa carniceira. Longe disso. Na verdade, sempre acreditei que o papel do jornalista profissional deve ser exercido com responsabilidade, e pensando na sociedade, não na audiência fácil. No entanto, me irritava com a hipocrisia de não se reconhecer o interesse que existe pelo sensacionalismo (muitas vezes, naquela própria roda), como se ele fosse apenas fabricado por jornalistas inescrupulosos.

Dezoito anos depois da morte da Lady Di, o assunto continua em pauta, e voltou a ser explorado em dois filmes que disputam prêmios do Oscar de 2015, cerimônia que será transmitida no próximo 22 de fevereiro. Tanto em O abutre, de Dan Gilroy, como em Garota exemplar, de David Fincher, as tramas violentas só se desenvolvem graças à existência de câmeras e jornalistas ávidos por transformar notícias em entretenimento popular.

Os filmes não ignoram que já se foi o tempo em que se podia culpar apenas a imprensa formal pela baixa qualidade do noticiário ou da audiência - o tempo antes da internet e dos gadgets, quando não seria possível a qualquer um, como hoje, viralizar qualquer baixaria captada por um celular. Em Garota exemplar, por exemplo, não falta a perua sem noção que quer tirar selfie sorridente tendo como pano de fundo a tragédia. Em O abutre, qualquer um consegue vender sua filmagem chocante para a emissora de TV decadente. Ou seja, a massa de mídias, ao invés da mídia de massas, não aumentou o senso de responsabilidade nesta intermediação - muito pelo contrário.

Mesmo assim, nos dois filmes, a tradicional imagem de jornalistas "abutres" e sem escrúpulos, invasivos e munidos de câmeras implacáveis, é explorada à exaustão. Porém, o desenrolar das histórias acaba revelando uma complexidade maior por trás do fenômeno, no qual ninguém parece ser inocente.

A primeira dica de que sequer se trata de fenômeno novo está em um improvável casal de vilões escondido por trás da intrincada trama de suspense de Garota exemplar. São os pais de Emy - de semblante imperturbável e marketing afiado - quem há décadas exploram a imagem da filha (Rosamund Pike, candidata a melhor atriz). Desde antes da TV ou da internet sensacionalista, eles já escreviam livros infantis sobre a personagem "Emy exemplar", garotinha loira, talentosa e perfeita que substituía com ganhos a filha real - que logo aprendeu a ser feliz apenas parecendo feliz. Isso tudo antes dos selfies, dos reality shows ou do Facebook. Nada mais natural, portanto, que ela tentasse aplicar a fórmula ao seu casamento: "Fomos felizes fingindo ser outras pessoas: o casal mais feliz que conhecíamos", diz Amy, sobre a relação com o marido vivido por Ben Affleck.

Do outro lado, como fãs atentos ao desempenho da Emy perfeita, sempre estiveram os ávidos leitores, que compravam livros e enriqueciam sua família, gratos por lhes proporcionar tal "entretenimento do real". Com o desenrolar da trama, porém, este mesmo público inocente mostrará seu viés carniceiro, e dará audiência às especulações sensacionalistas em torno do desaparecimento da personagem - personagem que é percebida como "do público" e por isso acaba radicalmente retribuindo a essa expectativa.

A reflexão sobre quem de fato é o abutre - o jornalista, o público ou o mesmo o personagem que vibra com sua imagem transformada em carniça frente às câmeras - continua no filme estrelado por Jake Gyllenhaal, injustamente não indicado na categoria de melhor ator.

Assim como Emy encarna de forma radical a "personagem-espetáculo", o Louis Bloom de O abutre assume o papel extremo de "mestre-do-espetáculo", com a desconcertante cumplicidade de toda a sociedade a sua volta. E com o endosso de um discurso econômico, tecnológico e corporativo, que tudo justifica.

Como um impessoal empreendedor, Bloom sequer aparenta ser o abutre do título, tamanha sua frieza diante da dor alheia. Afinal, a carniça não é para consumo próprio: será servida aos outros.



Marta Barcellos
Rio de Janeiro, 6/2/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. 'Noé' e 'Êxodo': Bíblia, Especismo e Terrorismo de Duanne Ribeiro
02. Memorial do deserto e das ruínas de Elisa Andrade Buzzo
03. Cognição Estética contra o Logos (Parte I) de Jardel Dias Cavalcanti
04. Seamus Heaney, poeta de reconciliação de Celso A. Uequed Pitol
05. A São Paulo em dias de greve geral de Elisa Andrade Buzzo


Mais Marta Barcellos
Mais Acessadas de Marta Barcellos em 2015
01. Contra a breguice no Facebook - 5/6/2015
02. Uma entrevista literária - 11/12/2015
03. Dando conta de Minas - 7/8/2015
04. Quem é o abutre - 6/2/2015
05. O gueto dos ricos - 20/3/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




COLOCAÇÃO DE PARQUETS E SOALHOS
JUAN DE CUSA
PLÁTANO
(1997)
R$ 43,70



QUÍMICA ORGÂNICA VOL. 1
T. W. GRAHAM SOLOMONS CRAIG BARTON FRYHLE
LTC GRUPO GEN
(2012)
R$ 247,50



O RETORNO DA FILOSOFIA PERENE
JOHN HOLMAN
PENSAMENTO
(2011)
R$ 13,90



DEUS E O DIABO NO DIA DO GOLPE - UMA RAPSÓDIA SOCIALISTA
CARLOS E. DE SENNA FIGUEIREDO
ANTARES (RJ)
(1984)
R$ 26,82



A FORMAÇÃO DAS NAÇÕES LATINO-AMERICANAS - DISCUTINDO HISTÓRIA
MARIA LÍGIA PRADO
ATUAL
(1985)
R$ 8,00



O ENSINO DE ESPANHOL NA TRÍPLICE FRONTEIRA
ADRIANA FARIA DE ESCALADA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 167,00



A FEIJOADA COMPLETA
MATTHEW SHIRTS
REALEJO
(2016)
R$ 35,00



A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO ESCOLAR 2
MARIA JOSÉ RODRIGO
ÁTICA
(1998)
R$ 18,00



MAIS PLATÃO, MENOS PROZAC
LOU MARINOFF
RECORD
(2002)
R$ 15,00



EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E A DIMENSÃO POLÍTICA DA EDUCAÇÃO
TATIANI MARIA GARCIA DE ALMEIDA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 251,00





busca | avançada
46024 visitas/dia
1,1 milhão/mês