A grande luta das pessoas comuns | Guilherme Carvalhal | Digestivo Cultural

busca | avançada
31131 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Na CDHU, o coração das trevas
>>> Acordei que sonhava
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> Um Furto
>>> Nasi in blues no Bourbon
>>> De vinhos e oficinas literárias
>>> Michael Jackson: a lenda viva
>>> Gente que corre
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quinta-feira, 19/11/2015
A grande luta das pessoas comuns
Guilherme Carvalhal

+ de 1800 Acessos



Como é de amplo conhecimento, Minha Luta foi o livro escrito por Hitler durante seu período de cárcere, obra que repercutiria seu ideal nazista e seria um passo propagandístico em sua ascensão ao poder. Seu ideário execrável faz com que o termo ganhasse um olhar pejorativo, sempre associado ao que o líder da Alemanha pregou.

Essa é a estranheza inicial da obra Minha Luta, publicada pelo autor norueguês Karl Ove Knausgård em diversas partes. O título é obviamente provocador e foi desincentivado pelo editor, mas o escritor bateu o pé. Pelo menos, se Hitler queria colocar sua luta como um feito heroico de salvação de um povo, Knausgård se volta para uma atmosfera ao estilo romantista, em que esse grande feito não está na mãos de um herói, mas justamente nas pessoas comuns.

A primeira obra que compõe essa série é A Morte do Pai. Nesse livro, temos o próprio autor narrando sobre a difícil relação familiar provocada pelo pai alcoólatra. E quando me refiro a próprio autor, é ele mesmo, pois o livro é de fato uma narrativa autobiográfica bastante crua, com direito a brigas familiares e problemas judiciários por causa de fatos relatados.

O texto é o atual Knausgård relembrando sua adolescência agora sob o ar da maturidade, contando seus planos, feitos e frustrações tão típicos dessa idade, isso tudo cercado pela figura paterna. Assim sendo, é uma obra de idas e vindas pelo tempo, baseado pela memória apesar de algumas linearidades e não por fatos soltos. São as primeiras relações com as garotas na escola, as fugas para beber escondido e a tentativa de levar sua banda de rock adiante que vão formando esse período de sua vida.

Se pensarmos no cotidiano vulgar como tema da literatura, precisamos pensar um pouco na inserção desse dia a dia na literatura. Na linhagem história, a literatura sempre foi campo do heroico, dos grandes feitos envolvendo figuras mitológicas acima dos meros mortais, que enfrentavam gigantes, dragões, hidras e demais criaturas. Até mesmo as grandes tragédias envolviam nobres e criaturas superiores, como o drama de Medeia ou os textos de Shakespeare envolvendo a classe alta feudal.

Cervantes com Dom Quixote foi uma quebra nesse modelo. Ao invés de Lancelot ou Hércules, aqui temos um mero louco perambulando atrás de aventuras que sua mente insana criava. O espaço do heroico foi ocupado por uma pessoa comum, sem nada que a tornasse superior exceto suas próprias alucinações. O movimento romantista também foi um dos principais na introdução desse personagem cotidiano nas narrativas, como nas obras de Victor Hugo. Outros escritores como Zola e Dickens também desenvolveram seus personagens no popular.

O século XX foi pleno dessa ótica popular na literatura. Sem a figura do nobre a assolar, o conteúdo dos livros cada vez mais encontrou nas figuras do cotidiano sua matéria-prima, como Joyce em Ulisses ao criar a grande aventura da vida comum. Porém, se durante o século XX sobraram experimentações linguísticas, a literatura do século XXI está menos focada em inovações e mais preocupada com as histórias e com os relatos, além de um grande foco no cotidiano, algo presente no trabalho de autores como Frazen e de Ian McEwan.

O trabalho de Knausgård pode ser situado nesse meio, de uma literatura contemporânea, focada basicamente nas experiências comuns do dia a dia e altamente introspectiva. Aliás, o que mais chama a atenção é o nível de introspecção. O detalhamento de pequenos fatos é excessivo, envolvendo o leitor completamente com sua própria vida. Sua literatura é plenamente voltada à vida privada, arrastando o leitor para dentro dos quartos ou o acompanhando em caminhadas na neve durante o Natal.

Quando o autor decidiu pelo nome Minha Luta, ele quis remeter a uma luta pessoal. Não uma luta heroica, nem a tentativa de derrubar governos ou de impor uma ideologia suprema. A luta à qual Knausgård se refere é aquela que cada um enfrenta a cada novo dia, em um valor pessoal para cada um. A grande característica dele foi de conseguir leva a sua luta particular para os outros, apresentando os significados que cada evento tiveram em sua vida para os outros. Ele não apenas conta fatos; ele compartilha o significado de cada momento com o leitor, em uma explicação detalhada do que os seus relatos significaram. E esse é o grande valor de sua obra, por conseguir produzir um cenário realista e até corriqueiro, mas carregado de significados especiais que apenas cada indivíduo pode produzir.


Guilherme Carvalhal
Itaperuna, 19/11/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O espelho quebrado da aurora, poemas de Tito Leite de Jardel Dias Cavalcanti
02. Os Doze Trabalhos de Mónika. 11. A Quatro Braçadas de Heloisa Pait
03. Os Doze Trabalhos de Mónika. Prólogo. Sem Alarde de Heloisa Pait
04. Nós que aqui estamos pela ópera esperamos de Renato Alessandro dos Santos
05. Os Doze Trabalhos de Mónika. 3. Um Jogo de Poker de Heloisa Pait


Mais Guilherme Carvalhal
Mais Acessadas de Guilherme Carvalhal em 2015
01. Influências da década de 1980 - 30/7/2015
02. A trilogia Qatsi - 15/10/2015
03. Meio Sol Amarelo - 3/9/2015
04. A grande luta das pessoas comuns - 19/11/2015
05. O cinema de Weerasethakul - 2/7/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




30 SEGUNDOS DE TELEVISAO VALEM MAIS DO QUE 2 MESES DE BIENAL DE SP
JACOB KLINTOWITZ
SUMMUS
R$ 6,00



SEU HORÓSCOPO PESSOAL PARA 2016
JOSEPH POLANSKY
BEST SELLER
(2015)
R$ 14,00



CURSOS DIDÁTICOS DE ENFERMAGEM
ANDRÉA PORTO
YENDIS
(2007)
R$ 37,00



COLEÇÕES EM DIÁLOGO - MUSEU MARIANO PROCÓPIO E PINACOTECA DE SÃO
MARIALIZ DE CASTRO VIEIRA CHRISTO E OUTROS
PINACOTECA DO ESTADO
(2014)
R$ 45,82



A REPÚBLICA VELHA E A REVOLUÇÃO DE 30
CLAUDIO BERTOLLI FILHO
ATICA
(1999)
R$ 12,00



MARKETING DE INCENTIVO. UMA VISÃO LEGAL
ELIDIE P. BIFANO
MANOLE
(2008)
R$ 10,00



DUNE HOUSE ATREIDES
BRIAN HERBERT - KEVIN J. ANDERSON
BANTAM
(1999)
R$ 20,00



HIDDEN (HOUSE OF NIGHT NOVEL)
P. C. CAST E KRISTIN CAST
ST. MARTINS GRIFFIN
(2013)
R$ 20,00



PORTUGUÊS PARA O CURSO BÁSICO TERCEIRO E QUARTO ANOS
JOSÉ CRETELLA JÚNIOR
COMPANHIA NACIONAL
(1948)
R$ 30,00



OS RUBIS
J. M. FORMAN
CLUBE DO LIVRO
(1964)
R$ 11,00





busca | avançada
31131 visitas/dia
1,3 milhão/mês