Abdominal terceirizado - a fronteira | Marta Barcellos | Digestivo Cultural

busca | avançada
66255 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Dentre Nós Cia de Dança estreia “Sagrado Seja o Caos”
>>> Teatro: Sesc Santo André traz O Ovo de Ouro, espetáculo com Duda Mamberti no elenco
>>> PianOrquestra fecha a temporada musical 2021 da Casa Museu Eva Klabin com o espetáculo online “Colet
>>> Primeira temporada da série feminina “Never Mind” já está completa no Youtube da Ursula Monteiro
>>> Peça em homenagem à Maria Clara Machado estreia em teatro de Cidade Dutra, na periferia de São Paulo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
Últimos Posts
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
>>> O tempo é imbatível
>>> Consciência
>>> A cor da tarja é de livre escolha
>>> Desigualdades
>>> Novembro está no fim...
>>> Indizível
>>> Programador - Trabalho Remoto que Paga Bem
>>> Oficinas Culturais no Fly Maria, em Campinas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Sem música, a existência seria um erro
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Disciplinas isoladas
>>> Meus encontros e desencontros com Daniel Piza
>>> Pai e Filho
>>> Solaris, o romance do pesadelo da ciência
>>> E o Doria virou político...
>>> A ABSTRATA MARGEM
>>> Salvem os jornais de Portugal
>>> Irmãos Amâncio
Mais Recentes
>>> Tex Nº 63 de G. L. Bonelli pela Vecchi (1981)
>>> Rei Branco e Rainha Vermelha de Daniel Johnson pela Record (2013)
>>> Manual de Defesa da Concorrência de José Matias Pereira pela Atlas (2014)
>>> Além da Fumaça e dos Espelhos (lacrado) de Burton Richter pela Ltc (2012)
>>> Direito na Atualidade – Volume III (lacrado) de André Vicente Freitas, Fernanda Paula Diniz pela Lumen Juris (2016)
>>> Emil and the Detectives de Erich Kastner pela Red Fox (1995)
>>> Ewigkeit Will Meine Liebe de Taylor Caldwell pela Heyne (1973)
>>> Perdas & Ganhos de Lya Luft pela Record (2004)
>>> Náufragos da Esperança de Paulo Roberto de Moraes Rego Figueiredo pela Grafisa (2017)
>>> Mitos da Gestão de Stefan Stern, Cary Cooper pela Autêntica Business (2018)
>>> Tex Nº 81 de G. L. Bonelli pela Vecchi (1982)
>>> Pedidos Implícitos (lacrado) de Rafael Calmon pela Foco (2020)
>>> Camélias de luz de Cirinéia Iolanda Maffei pela Boa Nova (2011)
>>> Um Sol Cravado no Céu da Boca e Esboço pra uma Quase Paisagem de Drika Nery pela Patuá (2014)
>>> A Memória de Todos Nós (lacrado) de Eric Nepomuceno pela Record (2015)
>>> Wasabi de Alan Pauls pela Iluminuras (1996)
>>> Guerra Secreta de Mark Mazzetti pela Best Seller (2016)
>>> O Quinto Risco (lacrado) de Michael Lewis pela Intrinseca (2019)
>>> Os Pensadores Abril Cultural de Friederich Nietzsche pela Abril Cultural (1978)
>>> Lindos casos de bezerra de menezes de Ramiro Gama pela Lake (1995)
>>> Epifanias (lacrado) de James Joyce pela Iluminuras (2012)
>>> Outras do Analista de Bagé de Luis Fernando Veríssimo pela L&pm Editores, Rs (1982)
>>> Circulação Global de Precedentes - Vol 1 (lacrado) de Ruitemberg Nunes Pereira pela Lumen Juris (2010)
>>> The Wise Up Series Book 5 de Sergio Barreto pela Wise Up
>>> Tex Nº 88 de G. L. Bonelli pela Vecchi (1978)
COLUNAS

Sexta-feira, 13/5/2016
Abdominal terceirizado - a fronteira
Marta Barcellos

+ de 2600 Acessos

Elias é um senhorzinho espontâneo. Sorridente, confiante, diz o que lhe passa pela cabeça. Uma vez sentou-se ao meu lado e puxou conversa sobre a matéria de capa da revista Veja. Se eu tinha visto a última do PT. Não, eu não tinha lido; não, eu não costumava acreditar na Veja, informei-o. Ele não chegou a ficar contrariado, acho até que gostou. Teria esfregado as mãos, se elas não estivessem agarradas ao apoio da bicicleta ergométrica.

- Você é daquelas que acreditam que as pessoas nascem boas? Pois saiba que é a competição que move a humanidade. É cada um por si.

Faltavam uns cinco minutos para chegar ao fim do meu treino, mas considerei encurtá-lo. Aliás, como ele havia feito com aquele diálogo: aparentemente, pulara várias falas que teriam sido necessárias, para poder chegar logo ao “desafio filosófico”, que considerava o cerne da questão.

Não me lembro de como saí da situação, mas o fato é que Elias continua a conversar comigo – ou com qualquer outro na academia que lhe der um mínimo de trela. Mesmo depois do impeachment, seu assunto preferido é fazer piadas sobre o PT. Deste nível:

- Sabe qual é a última do PT? Eles agora querem igualar os QIs (quociente de inteligência) de todo mundo. Se uma pessoa tiver QI zero e outra QI cem, as duas vão passar a ter QI 50.

Mas eu não estaria aqui dando tanto espaço para este senhorzinho, se não fosse por um desses “diálogos-piada” em especial, que ouvi entre ele e Carol.

Primeiro, apresentemos Carol. Ela é, sobretudo, forte. Forte mesmo, não se trata de um eufemismo para gorda. Na verdade, tem um corpão, provavelmente por causa da pouca idade e dos pesos que levanta com braços, pernas e glúteos quando não está em seu turno na academia. Dos professores, é a única que não fica de conversa fiada com os alunos mais interessados em “fazer social” do quem em malhar. Os cabelos naturalmente lisos, compridos e castanhos estão sempre soltos, escorridos sobre a camiseta preta que a identifica, nas costas, em letras brancas, como “Profissional Ed.Física”.

Pois foi justamente quando estava ao lado de Carol, que Elias teve uma de suas ideias “engraçadas”. Como se estivesse cansado dos exercícios, e como é um sujeito que se acostumou a ser espontâneo, e como a sua espontaneidade é sempre muito bem recebida pelos amigos, Elias disse:

- Tive uma ideia. A gente poderia passar a terceirizar os exercícios físicos. Não seria ótimo? Eu terceirizo meus abdominais, você os faz para mim, e eu fico com os efeitos todos!

- Seria ótimo, se funcionasse – se limitou a responder Carol, com a seriedade de sempre.

Elias, claro, é um entusiasta de terceirização (isso posso afirmar, supondo que o assunto estaria naquele diálogo “pulado”, em benefício da produtividade, entre a matéria da Veja e teoria hobbesiana). O seu raciocínio é no mínimo curioso: para se evitar um esforço, hoje em dia é possível terceirizar quase tudo. Contrata-se, paga-se, distribui-se renda e trabalho – a partir desse contrato, é necessário ao contratante (QI cem?) apenas comandar as pessoas subordinadas (QI zero?). Os contratados cuidam da firma, as babás cuidam das crianças pequenas, os professores das crianças grandes, os passeadores dos cachorros, os médicos da saúde etc.

Mas aí entra o problema dos corpos. É possível “terceirizá-lo” apenas parcialmente - ao esteticista, ao massagista, ao cabeleireiro, ao fisioterapeuta, ao personal trainer. O Profissional Ed.Física pode acordar o dorminhoco em casa, arrastá-lo para correrem juntos no calçadão e ouvir sua conversa chata sobre o PT fingindo interesse. Mas quando o Profissional Ed.Física fizer quinhentos abdominais, com suor e determinação, a barriga tanquinho será só dele, não de Elias.

Elias gostaria de pagar para ter a juventude, a determinação e quem sabe os glúteos de Carol. Mas precisa se contentar que ela ria de suas piadas. Nem isso tem conseguido, coitado.



Marta Barcellos
Rio de Janeiro, 13/5/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Paixões e baratas de Elisa Andrade Buzzo
02. O Precioso Livro da Miriam de Marilia Mota Silva
03. Desejo estéril de Vicente Escudero
04. Livros que aproximam de Ivan Bilheiro
05. Dez pessoas para se seguir de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Marta Barcellos
Mais Acessadas de Marta Barcellos em 2016
01. A selfie e a obsolescência do humano - 7/10/2016
02. Wanda Louca Liberal - 10/6/2016
03. A melhor Flip - 1/7/2016
04. Na hora do batismo - 12/8/2016
05. Literatura engajada - 8/4/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Os canhões de Navarone
Alistair MacLean
Círculo do Livro
(1973)



Loving What Is
Stephen Mitchell Byron Katie
Random House
(2003)



Ser Anjos Testemunhas
Ser Anjos Testemunhas
Ícone
(1996)



Nostradamus e o Milênio
John Hogue
Nova Fronteira
(1988)



Um Crime Entre Cavalheiros
John Le Carré
Record
(1995)



O Cavalo de Pau-esta Noite Vou Matar Lincoln-a Idade de Amar
James Hilton e Outros
Seleções do Readers Digest
(1958)



A Televisão Levada a Sério
Arlindo Machado
Senac
(2003)



A Busca da Síntese - 5ª Edição
Trigueirinho
Pensamento
(2011)



Estrutura e Formação de Palavras: Teoria e Prática
Maria Apparecida S. de Camargo Ferreira
Atual
(1988)



Na Gira dos Exu
N. A. Molina
Espiritualista





busca | avançada
66255 visitas/dia
1,9 milhão/mês