dois tipos de comportamento | Áurea Thomazi

busca | avançada
205 mil/dia
2,9 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Espetáculo inspirado na vida cotidiana do Bixiga volta ao cartaz comemorando 28 anos do Teatro do In
>>> Semana Gastronômica do Granja
>>> Mulheres em meio ao conflito:sobre inclusão, acolhimento e sororidade incondicional
>>> Arsenal da Esperança faz ensaios de teatro com moradores em situação de rua
>>> Vem pra Feira do Pimp Estoque: Economia Circular com catadoras, catadores e artistas!
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
>>> Minha história com o Starbucks Brasil
>>> O tipógrafo-artista Flávio Vignoli: entrevista
>>> Deixe-me ir, preciso andar, vou por aí a procurar
>>> Olimpíada de Matemática com a Catarina
>>> Mas sem só trapaças: sobre Sequências
>>> Insônia e lantanas na estreia de Rafael Martins
Colunistas
Últimos Posts
>>> Inteligência artificial e o fim da programação
>>> Temer fala... (2023)
>>> George Prochnik sobre Stefan Zweig (2014)
>>> Hoffmann e Khosla sobre inteligência artificial
>>> Tucker Carlson no All-In
>>> Keleti: de engenheiro a gestor
>>> LeCun, Bubeck, Harris e a inteligência artificial
>>> Joe Satriani tocando Van Halen (2023)
>>> Linger by IMY2
>>> How Soon Is Now by Johnny Marr (2021)
Últimos Posts
>>> Toda luz que não podemos ver: política e encenação
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Culpa não tem rima
>>> As duas faces de Janus
>>> Universos paralelos
>>> A caixa de Pandora do século XX
>>> Adão não pediu desculpas
>>> No meu tempo
>>> Caixa da Invisibilidade ou Pasme (depois do Enem)
>>> CHUVA
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Uma pirueta, duas piruetas, bravo, bravo!
>>> Ceremony, pelo Radiohead
>>> Defesa dos Rótulos
>>> A história de cada livro
>>> O poeta do pesadelo e do delírio
>>> Além do Mais em 2004
>>> Sites que mudaram o mundo
>>> Textos, contextos e pretextos
>>> Dicas da Semana
>>> 19 de Abril #digestivo10anos
Mais Recentes
>>> O Amor Tudo Vence - biblioteca literatura moderna 2 de James Gould Cozzens (tradução de Luís Carlos Branco) pela Ibrasa (1960)
>>> Casar Para Crescer de João Mohana pela Globo (1984)
>>> Casa e Jardim Edição do Ano 1968 de Editora Efecê pela Efecê (1968)
>>> Casa e Jardim Edição do Ano 1979 de Editora Efecê pela Efecê (1979)
>>> Casa e Jardim Edição do Ano 1975 de Editora Efecê pela Efecê (1975)
>>> Casa e Jardim Edição do Ano ano não declarado de Editora Efecê pela Efecê
>>> Casa e Jardim Edição do Ano 1978 de Editora Efecê pela Efecê (1978)
>>> Casa e Jardim Edição do Ano de Editora Efecê pela Efecê
>>> Casa e Jardim Edição do Ano N. º 1976 de Editora Efecê pela Efecê (1976)
>>> Casa e Jardim Edição do Ano N. º 1969 de Editora Efecê pela Efecê (1969)
>>> Casa e Jardim Edição do Ano N. º 073-1973 de Editora Efecê pela Efecê (1973)
>>> A Madeira Desde o Pau Brasil Até a Celulose de P. M. Bardi pela Sudameris (1982)
>>> A Escola das Facas 1ª edição. poesia 1975 - 1980 de João Cabral de Melo Neto pela José Olympio (1980)
>>> Pelejas de Amor: crônicas jovens, histórias e minipoemas de Homero Homem pela Orientação Culural (1978)
>>> Materialização do Amor de Humberto Vasconcelos pela F E Francisco Peixoto Lins (1994)
>>> A Reencarnaçao - Segundo a Bíblia e a Ciência de José Reis Chaves pela Martin Claret (1998)
>>> Liberte Seu Poder Extra de Pedro A. Grisa pela Edipappi (2001)
>>> Perda de Entes Queridos de Zilda Giuncetti Rosin pela Difusão Espirita (1979)
>>> Amar é Preciso - os caminhos para uma vida a dois de Maria Helena Matarazzo pela Record (2003)
>>> Os Grandes Processos da História XI: O Processo Dreyfus de Paul Richard pela Globo (1941)
>>> Depois do Suicídia de Cleunice Orlandi de Lima pela Dpl (1998)
>>> História das Cavernas ao Terceiro Milênio de Myriam Becho Mota e Patrícia Ramos Braick pela Moderna (2002)
>>> O Menino Valente de Hélio Fraga pela Impresa Oficial (1983)
>>> Professional C# e a Plataforma . Net 3. 5 Curso Completo de Andrew Troelsen pela Alta Books (2009)
>>> Gestão da Segurança da Informação de Marcos Sêmola pela Campus (2003)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 24/5/2007
Comentários
Leitores

dois tipos de comportamento
Oi, Ana: Mais uma vez, o seu texto ajudou a digerir algumas coisas. Bom saber que há gente assim, no comércio. E, infelizmente ainda existem também esses trogloditas que pensam que o mundo é só deles. Na verdade esses dois tipos de comportamento se repetem em várias esferas da vida social. Até mesmo nas Faculdades encontramos exemplares dessas duas "espécies". Ou seja, não é a qualificação que garante esse tipo de "civilidade". Como se diz: o buraco é mais embaixo...

[Sobre "Contato com o freguês"]

por Áurea Thomazi
24/5/2007 às
10h42 200.223.103.137
(+) Áurea Thomazi no Digestivo...
 
Ewaldo e Klaus Barbie
Adriana Carvalho, muito legal você ter citado o Ewaldo e a matéria sobre o Klaus Barbie que ele escreveu, salvo engano no Jornal da Tarde. A idade é uma merda - quando a gente tem quase 59 anos em junho - mas permitiu que eu acompanhasse diariamente as matérias sobre o carrasco nazista. Não perdi um capítulo. Simplesmente inesquecível. Beijos e até sempre. Aurélio Prieto, São Paulo Capital

[Sobre "Nunca mais do que a reportagem"]

por Aurélio Prieto
24/5/2007 às
10h14 201.42.197.180
(+) Aurélio Prieto no Digestivo...
 
você me ajudou
obrigado, é apenas o que tenho a dizer, pois, encontro-me sem palavras, com tamanha emoção que sinto neste momento. meu sentimento não é o mesmo, mas suas palavras são agora minhas palavras. acredito que você me ajudou com um simples texto, que não é simples, a tomar decisões. obrigado.

[Sobre "Receita para se esquecer um grande amor"]

por Yuri Doehler
24/5/2007 às
09h25 200.169.200.9
(+) Yuri Doehler no Digestivo...
 
Gisella e o Beco da Lua
Rafael, tive a grata surpresa de perceber que Gisella é a cantora que começou a cantar em um bar que tive em Belo Horizonte (Beco da Lua). Que bom que ela voltou a cantar, pois tem um talento incrível. E, bairrismos à parte, ainda bem que o disco carrega uma carga de qualidade, com influências do Clube da Esquina e outros grandes mineiros. Viva! A música que estou ouvindo: "Azul de Passagem" é linda, linda, mesmo! Vou comprar o CD! Será que ela se referiu ao "Beco da Lua", como início de carreira? Os músicos que a acompanham são todos feras. Parabéns pela escolha. Abraço. Dri

[Sobre "Vale ouvir"]

por Adriana
23/5/2007 às
13h03 201.58.96.126
(+) Adriana no Digestivo...
 
um roteiro é literatura
Para mim, Pilar, é incompreensível este apego dos escritores. Incompreensível e limitante, uma vez que, a cada nova avaliação, adaptação ou reelaboração de uma obra (por pior que sejam) os artistas lançam diferentes perspectivas sobre ela. Deus, e não será mais rico um trabalho artístico, seja qual for, quantas mais perspectivas suscitar? Há constante e enriquecedora interação entre as artes e, então, por que questionar se vale a pena ou não uma adaptação, ou o que é melhor o adaptado ou o adaptando? E, por último, é óbvio que um roteiro é literatura: mas, por que indagar? Onde acaba o cinema e começa a literatura? E vice-versa? Talvez, confesso, eu não esteja bem inteirado dessa discussão, que deve ter vários desdobramentos que desconheço. Abraço.

[Sobre "Literatura, cinema e adaptações"]

por mauro judice
23/5/2007 às
12h55 201.7.62.233
(+) mauro judice no Digestivo...
 
Adaptação não é literatura
Adaptação de livro para cinema não é literatura, seguramente. Nem pode ser. É outra linguagem mesmo. O filme pode parecer vagamente com o livro, mas é totalmente desconstruído, por mais fiel que queira ser. Por exemplo, "Benjamim"... O filme e o livro? Em que se tocam? No enredo, nas palavras, no modo como os artistas atuam? Não tem jeito. A impressão visual do cinema nos tira a criação que fazemos dos personagens ao lermos um livro. Mesmo que seja universal como "O Senhor dos Anéis" e populares, quando entramos em um cinema, com um filme adapatado de um livro, temos que destruir o que criamos como imagens subjetivas e únicas. É entrar de peito aberto, cabeça limpa e assistir à película como uma coisa nova. Podemos, depois comparar, e ver se de fato os personagens se parecem com os que criamos, Mas, normalmente, isso não acontece. E o filme pode nos trazer gratas surpresas ou amargas decepções. Depende do modo como entendemos o livro. O que importa é a qualidade: É bom ou ruim?

[Sobre "Literatura, cinema e adaptações"]

por Adriana
23/5/2007 às
12h52 201.58.96.126
(+) Adriana no Digestivo...
 
olga, o filme
eu adorei esse filme, baseado numa historia real muito comovente!

[Sobre "Olga e a história que não deve ser esquecida"]

por camila
23/5/2007 às
10h22 189.10.230.116
(+) camila no Digestivo...
 
Wook e Tarantino
Adorei sua análise e a comparação com os filmes do Tarantino. Aliás, acho que você definiu muito bem o estilo oriental: estética impecável e obscuridade. Ví o Old Boy e deu vontade de ver o resto. Amei!

[Sobre "A trilogia da vingança de Park Chan-Wook"]

por Taís Laporta
22/5/2007 às
15h30 200.171.49.169
(+) Taís Laporta no Digestivo...
 
Demasiado foco no autor
Acho que a discussão ainda não se esgotou. Gostaria de salientar um ponto. Há muito foco sobre o papel do autor, se vai ser reconhecido, se vai publicar no blog ou em papel, etc. Mas pouco se fala da dimensão literária dos próprios textos, o fato de se tratar de um processo muito mais amplo, histórico, civilizatório. Em suma, acho que o texto deve ser maior que o autor: o autor é somente cavalo das idéias. Provavelmente serei criticado por dizer isso, mas quem já escreveu uma dissertação ou tese de doutoramento passa a ter outra noção do trabalho de escrever. É preciso dialogar com autores do passado, pesquisar fontes, contrapor argumentos, visões de mundo, etc. É preciso gostar mais das IDÉIAS do que de si mesmo. Quem envereda por esse caminho se sente realizado, mesmo que não seja publicado, pois passa a dialogar com a filosofia, com a literatura universal e com as demais expressões artísticas. Com o tempo, essas coisas, que são maiores do que nós, conspiram a favor do sucesso.

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Renato Kinouchi
22/5/2007 às
14h08 201.74.116.14
(+) Renato Kinouchi no Digestivo...
 
quero ler
é impossível não querer ler o livro. paulo vieira

[Sobre "Sonata para pandemônio"]

por paulo vieira
22/5/2007 às
11h18 189.13.74.206
(+) paulo vieira no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Tempos sagrados ritos de passagem e festivais sazonais
William Bloom
Triom
(1997)



1932 Corações Partidos
Nelson Câmara
Lettera
(2012)



Harry e Seus Fãs
Melissa Anelli
Rocco
(2011)



Jesus o divino amigo
Irmão Virgílio
Petit
(2012)



Amor de Perdição - Serie Grandes Leituras
Camilo Castelo Branco
Ftd
(1999)



Alma Simples
Achilles Almeida
S. Paulo
(1917)



Livro Comportamento Sempre Às Vezes Nunca
Fábio Arruda
Arx
(2003)



Biology is Technology
Robert H. Carlson
Sem
(2010)



Teorias e Políticas de Gênero na Contemporaneidade
Marlene Tamanini
Ufpr
(2017)



Vieira da Silva
Dora Vallier
Editiosn Weber
(1971)





busca | avançada
205 mil/dia
2,9 milhões/mês