Também faço minhas listas | Angélica

busca | avançada
56914 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> EcoPonte apresenta exposição Conexões a partir de 16 de julho em Niterói
>>> Centro em Concerto - Palestras
>>> Crônicas do Não Tempo – lançamento de livro sobre jovem que vê o passado ao tocar nos objetos
>>> 10º FRAPA divulga primeiras atrações
>>> Concerto cênico Realejo de vida e morte, de Jocy de Oliveira, estreia no teatro do Sesc Pompeia
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> PANFLETO AMAZÔNICO
>>> Coruja de papel
>>> Sou feliz, sou Samuel
>>> Andarilhos
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> O Apocalipse segundo Seu Tião
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Literatura Falada (ou: Ora, direis, ouvir poetas)
>>> Machado de Assis: assassinado ou esquecido?
>>> O problema do escritor
>>> Cadáveres
>>> A teoria do caos
>>> Ainda o mesmo assunto...
>>> Contradições da 30ª Mostra
>>> Chinese Democracy: grande disco
>>> 50 Anos de Preguiça e Insubmissão
>>> Dos Passos: duplamente grande
Mais Recentes
>>> Justiceiro Bem-vindo de Volta, Frank Parte 2 - Coleção Oficial de Grap de Garth Ennis; Steve Dillom pela Salvat (2015)
>>> Fernando Pessoa Poemas para Crianças de Fernando Pessoa pela Martins Fontes (2007)
>>> O Homem Tecnológico - Mito e Realidade de Victor C. Ferkiss pela Zahar (1972)
>>> Shinshoku Kiss - Nº 02 de Kazuko Higashiyama pela New Pop (2004)
>>> O Retrato de Dorian Gray de Oscar Wilde pela Via Leitura (2018)
>>> Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis pela Atica (2008)
>>> Programas de Trabalho e Renda uma Nova Forma de Análise de Paulo Lourenço Domingues Junior pela Olho D Agua (2010)
>>> O Último Jornalista - Imagens de Cinema de Stella Senra pela Estação Liberdade (1997)
>>> Descanse Em Paz de Joyce Carol Oates pela Leya (2010)
>>> A Imagem-tempo de Gilles Deleuze pela Brasiliense (2013)
>>> Bling Ring - a Gangue de Hollywood de Nancy Jo Sales pela Intrínseca (2013)
>>> O Diário de Anne Frank de Otto H. Frank; Mirjam Pressler pela Record (2004)
>>> Eletrônica Digital de Wilson M. Shibata pela Érica (1989)
>>> Aprendendo a Conviver Com Quem Se Ama de Neale Donald Walsch pela Sextante (2006)
>>> Como não aprender inglês de Michael A. Jacobs pela Do Autor (1999)
>>> O Que é Toxicomania - Coleção Primeiros Passos de Jandira Masur pela Brasiliense (1987)
>>> Velhos e Novos Males da Saude no Brasil de Carlos Augusto Monteiro pela Hucitec (2015)
>>> Depois Que Você Morreu de Márcia Leite pela Moderna
>>> A Mulher V - Moderna, à Moda Antiga de Cristiane Cardoso pela Unipro (2011)
>>> Entre Amigas de Evelyn Holst; Sabine Reichel pela Essencia (2009)
>>> Violencias Nas Escolas - Perspectivas Historicas e Politicas de Ana Maria Eyng (org.) pela Unijui (2011)
>>> Listening Extra: A Resource Book of Multi-Level Skills Activities de Miles Craven pela Cambridge University Press (2004)
>>> Kare Kano - as Razões Dele, os Motivos Dela - Nº 08 de Masami Tsuda pela Panini / Planet Mangá (2007)
>>> Clara Nunes - Guerreira da Utopia de Vagner Fernandes pela Ediouro (2007)
>>> Introdução aos Estudos Linguisticos de Francisco da Silva Borba pela Nacional (1967)
COMENTÁRIOS

Sábado, 1/1/2011
Comentários
Leitores


Também faço minhas listas
Gostei do texto! Legal, também faço minhas listas de filmes vistos, mas as minhas são escritas no computador. Fiquei impressionada com seus números de filmes que viu, pois esse ano anotei 101 filmes (apesar de não ter anotado todos) assistidos até o dia 31 de dezembro - e olha que pensava que estava assistindo filmes demais! Especialmente agora nas férias! Muito bom!

[Sobre "Meu cinema em 2010 ― 1/2"]

por Angélica
1/1/2011 às
19h21 189.107.106.135
(+) Angélica no Digestivo...
 
Avaliemos a presidenta
Nossa! Ouvi comentários bem menos conservadores e preconceituosos dos "comentaristas imparciais" da Globo do que por aqui... Débora, sei que é difícil, nos tempos atuais do politicamente correto (muito chato às vezes), nos referirmos sem preconceito sobre qualquer profisssional, mas aqui em casa tenho uma "empregada doméstica" super respeitada, carteira assinada que soube alimentar uma relação profissional e pessoal de mão dupla. Nunca me referi a ela como secretária. No mais achei seu texto pertinente, que se avalie a presidenta e não o seu sexo.

[Sobre "Mulher no comando do país! E agora?"]

por Márcia Braga
1/1/2011 às
12h55 189.71.78.45
(+) Márcia Braga no Digestivo...
 
Os caminhos das reflexões
Há uma confusa mistura de racional com comportamental nesta reflexão, sobretudo quando tenta apartar valores e convicções cobrando um posicionamento que espera do público em geral um mínimo de atenção para com a cena política. Existe um ciclo de contato, domínio e uso pleno para toda novidade tecnológica, e tal ordenação é mensurável em qualquer recorte em que seja possível atestar a fluência do público com tais elementos. Cabe conjecturar quais caminhos levaram a estas reflexões.

[Sobre "Obama ou Olama?"]

por Dudu Oliveira
30/12/2010 às
14h17 187.126.221.23
(+) Dudu Oliveira no Digestivo...
 
O clube do livro
Ótimo texto. Enquanto os estudantes não forem bons leitores, não escreverão bem, não terão repertório diversificado, consequentemente não produzirão conhecimento, não contribuirão plenamente como cidadãos. A leitura deve estar no centro do currículo escolar, como via de crescimento científico, cultural e cidadão. Há um ótimo livro da professora Luzia de Maria que se chama "O clube do livro - Ser leitor, que diferença faz" em que ela discute justamente a importância da formação de leitores na escola - não com livros canônicos que são "enfiados goela abaixo" dos alunos, sem nenhum prazer e sem nenhum sentido, mas com títulos que os instiguem, façam pensar e procurar por mais... Promover a leitura um desafio que nós, professores, temos que enfrentar ano a ano.

[Sobre "O que mata o prazer de ler?"]

por Letícia de Freitas S
30/12/2010 à
01h48 187.21.238.2
(+) Letícia de Freitas S no Digestivo...
 
Vou ler o livro!
Adorei o texto e vou querer ler este livro urgente...

[Sobre "Freedom, de Jonathan Franzen"]

por Ana Vasconcelos
http://www.saldaterraluzdomundo.net
29/12/2010 às
12h15 201.82.178.145
(+) Ana Vasconcelos no Digestivo...
 
Ninguém se salva
O que se observa é que, passada uma certa época, sempre tem alguém para valorizar o que foi feito então e criticar o que é feito atualmente. Ora, se formos rigorosos, medíocres não são apenas Xuxa, Ivete Sangalo, Luan Santana e quejandos: bem pouca coisa gravada pela Gal e pela Bethânia escapa, p. ex, e do Gilberto Gil creio que não escapa nada. O rock brasileiro sempre foi péssimo, mas hoje já tem gente falando bem daquelas bandinhas merdas dos anos 80. Daqui a 30 anos, alguém, pra dizer que os artistas de então são ruins, dirão que Xuxa e Ivete Sangalo foram brilhantes. Sabe o que penso? Falta firmeza de opinião. Quem tem coragem de dizer abertamente que João Gilberto é um pé no saco? Que a Clara Nunes era uma droga?

[Sobre "As letras de música de hoje"]

por Gil Cleber
http://www.gilcleber.com.br
29/12/2010 às
11h44 189.25.87.225
(+) Gil Cleber no Digestivo...
 
O grau de compaixão
Não seria justamente este o ponto que nos separa deles? O grau de sentimento de compaixão? Podemos reduzir tudo o que falaram em praticamente isto: a distinção de sentimentos leva à distinção de apreensão ao mesmo fato. Assim, Jesus veio apresentar a Nietzsche o sentido da piedade ou veio ensiná-lo a senti-la? A potencializá-la? Aceitamos que um homem simples não entenda o sentido - o sentido! - de peça literária de Proust ou Marivaux, por não ter maturidade emocional para alcançar as sutilezas sensíveis nos textos, embora o sujeito saiba ler com perfeição. Aceitamos a graduação para baixo de nós. Todavia, não, para cima. Insensatez pura. Não só é provável que existam pessoas em maior desenvolvimento emocional que nós, como é inerente que assim se proceda. Existir o menos, implica em existir o mais.

[Sobre "A Auto-desajuda de Nietzsche"]

por mauro judice
http://www.gizeditorial.com.br/maurojudice
28/12/2010 às
14h32 201.93.70.32
(+) mauro judice no Digestivo...
 
Homens sem sentimentos
Contudo, para falar, mensurar, supor, abranger este sentimento, é preciso senti-lo. E para saber em que amplitude dele mencionaram os homens grandes, é preciso senti-lo grande. Jesus ou Buda não podiam falar de piedade de um modo pequeno. Como também do amor. Nietzsche teria sentido grande qualquer destes sentimentos? A grandeza intelectual do filósofo não o assegura. Pululam pela História inteligências luminosas, miseráveis de sentimentos. Perversas, até. Aqui, clamo a um ponto a mim caro no que tomo por Filosofia. A apreensão intelectual se desenvolve com o refinamento emocional. Ponto que ainda me parece parcamente explorado pelo pensamento humano. Não nos constrange e, mesmo, revoltam as inúmeras descrições gratuitas de homens trucidados na "Ilíada", escrita por Homero? Homero, o maior vate da História? A inteligência pura? Por este prisma, não seria um posicionamento honesto relativizarmos nossas convicções sobre o Cristo ou o Buda, por não sentirmos o que eles sentiram?

[Sobre "A Auto-desajuda de Nietzsche"]

por mauro judice
http://www.gizeditorial.com.br/maurojudice
28/12/2010 às
14h30 201.93.70.32
(+) mauro judice no Digestivo...
 
Nietzsche estava certo
"A piedade é um sentimento apenas para os décadents" (Nietzsche). Em incontáveis demãos de piedade e grandeza, a cristandade pintou sua covardia. Nietzsche estava certo. Mas degradar a piedade em impostura, até que ela se torne mais que um gesto amplo e vazio, já seria ir demasiado longe. A verdade sempre foi reivindicada para justificar toda mentira e nem por isso deixou de existir. A piedade é sentimento característico de indivíduos sensíveis, porque sobretudo enxergam a fraqueza que está atrás de toda a ofensa. Seria possível que Nietzsche não tivesse compreendido isto? Custa crer, pois, se confirmada tal insensibilidade do filósofo, toda a verdade nietzschiana assentar-se-ia numa mentira escandalosa: os homens travestem sua covardia em compaixão (ou humildade), o que reclama a negação deste sentimento, para aquele que deseja mudar, transmutar-se, fortalecer-se, deixando para trás toda a pusilanimidade. O que precisa mudar não é a compaixão, mas a impostura de compaixão.

[Sobre "A Auto-desajuda de Nietzsche"]

por mauro judice
http://www.gizeditorial.com.br/maurojudice
28/12/2010 às
14h26 201.93.70.32
(+) mauro judice no Digestivo...
 
Música brasileira em silêncio
Musicalmente o Brasil estabelece o silêncio quando trata-se de música que combinem harmonia, letras e ritmo. Que explore a cultura de um povo, que estabeleça a arte do cantar e encantar com a trasformação científica e tecnológica. Havia uma música brasileira que tinha um refrão "a música, alta sensibilidade espirituosidade..." É... foi um tempo que passou.

[Sobre "As letras de música de hoje"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
28/12/2010 às
12h10 189.79.220.206
(+) Manoel Messias Perei no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Diario De Helene Berr Um relato da ocupação nazista de Paris - Biografia
Bernardo Azjenberg
Objetiva



Ruah
Padre Marcelo Rossi
Principium
(2015)



Amor de Perdição
Camilo Castelo Branco
Klick - Estadão
(1997)



Pratice Your English: All English Edition Part II
Audrey L. Wright
Ao Livro Técnico
(1962)



Osteoporose Mais de 100 Respostas para Suas Perguntas
Luis Augusto Tavares Russo e Outros
Record
(2002)



Síntese Mágicka
Zelinda Orlandi
Iglu



As Profecias de Nostradamus
Erika Cheetham
Nova Fronteira
(1977)



Morrer de Prazer
Ruy Castro
Foz
(2013)
+ frete grátis



A Estrela Que Nunca Vai Se Apagar
John Green; Esther Earl; Varios Tradutores
Intrinseca
(2014)



Como Funciona Enciclopédia de Ciência e Técnica 2
Victor Civita
Abril
(1974)





busca | avançada
56914 visitas/dia
1,8 milhão/mês