Bons Textos | Ana Flavia

busca | avançada
48754 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Atom Pink Floyd faz show dia 1º e público usa óculos 3D no Teatro Alfa
>>> Musical Guerra de Papel reestreia dia 9 no Complexo Funarte
>>> Daniela Galanti autografa livro em São Paulo
>>> Death Note - O Musical reestreia no Teatro Miguel Falabella
>>> De Kombi na Praça - Pateo do Collegio
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Toilet Paper, Papel Sanitário
>>> Direitos e Deveres, a torto e a direita
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Caro Francis, documentário de Nelson Hoineff
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Quando a incapacidade é valorizada
>>> Do amanhecer ao adormecer: leitura, ato de amor
>>> Entrevista com Franklin Costa
>>> Curriculum vitae
>>> Nirvana pra todos os gostos
>>> Caí na besteira de ler Nietzsche
>>> Dentes usados, dentes guardados
>>> Procissão
Mais Recentes
>>> Os 500 de Matthew Quirk pela Paralela (2013)
>>> Um safado em Dublin de J. P. Donleavy pela L&PM pocket (2011)
>>> Homens e Mulheres: Crises e Conquistas de Carmem Barroseo e Outros pela Melhoramentos (1987)
>>> Falsa impressão de Jeffrey Archer pela Bertrand Brasil (2007)
>>> O Início da Virada - As Grandes Guerras Mundiais Nº 14 de Vários Autores pela Folha de S. Paulo (2014)
>>> Newton e Leibniz (i) os Pensadores de Newton e Leibniz (i) pela Abril Cultural (1979)
>>> L'endroit et L'envers: Essais de Littérature et de Sociologie de Antonio Candido pela Éditions Métailié (1995)
>>> O dono do amanhã de Wilson Frungilo Jr. pela Ide (2013)
>>> A Contraofensiva Aliada - As Grandes Guerras Mundiais Nº 15 de Vários Autores pela Folha de S. Paulo (2014)
>>> A Culpa e das Estrelas de John Green pela Intrinseca (2012)
>>> Livro - Four - A Divergent Collection de Veronica Roth pela Katherine Tegen
>>> Revolução russa: uma breve de S. A. Smith pela L&PM pocket Encyclopaedia (2017)
>>> Manifesto do nada na terra do nunca de Lobão pela Nova Fronteira (2013)
>>> Wittgenstein the Later Philosophy de Henry Le Roy Finch pela Humanities Press (1977)
>>> Da Estepe Russa ao Pacífico - As Grandes Guerras Mundiais Nº 16 de Vários Autores pela Folha de S. Paulo (2014)
>>> Caracterología de Hubert Rohracher pela Editorial Científico-Médica (1968)
>>> O Rosto Moderno da Pobreza Global de Carmen Soriano Puig pela Vozes (1995)
>>> Quem matou Vargas de Carlos Heitor Cony pela Bloch (1974)
>>> Segunda Chance de Danielle Steel pela Record (2008)
>>> A divina comédia de Dante Alighieri pela L&PM pocket (2017)
>>> Pedagogia do Cuidado: Um modelo de educação social de Celso Antunes; Dagmar Garroux pela Vozes (2008)
>>> Livro - The Age of Diminished Expectations de Paul Krugman pela Cambridge Massachusetts (1997)
>>> Minha Vida, uma Farsa de Peter Carey pela Record (2005)
>>> Post-mortem de Patricia D. Cornwell pela Paralela (2012)
>>> Professora Sim; Tia Nao de Paulo Freire pela Paz e Terra (2016)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 5/11/2007
Comentários
Leitores


Bons Textos
o livro me surpreendeu, a resenha do fabio, idem, pois me mostrou aspectos do livro que nao tinha analisado. bons textos esse livro me trouxe.

[Sobre "Desonra, por J.M. Coetzee"]

por Ana Flavia
http://www.bicho-papao.zip.net
5/11/2007 à
00h52 201.93.251.136
(+) Ana Flavia no Digestivo...
 
Se todos fossem iguais a você
Concordo com todos os elogios e comentários anteriores. Fiquei impressionada e emocionada com a coragem desta grande brasileira.

[Sobre "Aracy Guimaraes Rosa"]

por Rosa Taragano
4/11/2007 às
20h38 189.25.83.11
(+) Rosa Taragano no Digestivo...
 
Trocaram eles
Eu acho que mataram o Michael negro e colocaram este branco em seu lugar!!!

[Sobre "Quem somos nós para julgar Michael Jackson?"]

por fabricio de almeida
http://www.fabricio.cooom
4/11/2007 às
14h07 201.10.171.230
(+) fabricio de almeida no Digestivo...
 
Nelson apaixona
Também adoro esse livro, de um jeito esquisito, que não sei definir. Nelson é um "pulha" na maior parte das crônicas, pra usar uma expressão dele, mas é um amor, desperta encanto apesar de tudo de ruim que destila. Só mesmo ele pra ter coragem de escrever, numa das histórias que você cita, que sentia inveja do pão com ovo que escorria gema pela boca do colega. Um idiota jamais diria isso. Nelson é principalmente inteligente em seu "óbvio ululante" e a inteligência fascina. Apaixonante! Mas paixão não é muito racional, talvez por isso seja difícil falar sobre o livro, que expõe as confissões e invenções bastante humanas desse grande, corajoso escritor, retratista da vida como ela é...

[Sobre "O óbvio ululante, de Nelson Rodrigues"]

por Cristina Sampaio
http://www.minhasvozes.blogspot.com
3/11/2007 às
15h49 189.70.205.24
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
Bate-papo dos bons
Gostei da frase: "O leitor sai da coluna com pelo menos uma informação que não tinha e uma idéia para pensar, nem que seja para discordar". Percebo que "o discordar" ainda é um grande problema entre as pessoas, em qualquer área ou classe social, é visto como ataque ou um aviso de que o texto não está muito claro ou como se o leitor não possuísse capacidade para compreender o que o autor quis transmitir; isso pode ser um erro, pois quem lê tem o direito de pensar diferente, ter opinião própria, sem estar atacando ninguém, apenas mostrando algo que percebeu, que não foi "dito" mas pode ser associado ao que compreendeu. Em geral as pessoas querem um retorno do leitor confirmando suas idéias, mesmo que não acrescente nada. E o sentido de escrever é também tornar as pessoas independentes, com coragem de discordar, argumentar em defesa do que pensam, o que não significa ter que convencer outros. Também gostei muito dos conselhos, sugestões variadas e bem lúcidas. Bom demais esse bate-papo!

[Sobre "Bate-papo com Daniel Piza"]

por Cristina Sampaio
http://http:www.minhasvozes.blogspot.com
3/11/2007 às
15h12 189.70.205.24
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
Me encontrei em cada frase
Deliciosamente eu. Me encontrei em cada frase, em cada poema. Mesmo com toda vontade de chorar, a liberdade em meus pensamentos ainda me elevam ao êxtase. Simplesmente fantástico.

[Sobre "Receita para se esquecer um grande amor"]

por Morena
http://deliciamorena.blogspot.com/
3/11/2007 às
12h34 201.9.146.49
(+) Morena no Digestivo...
 
Cuba precisa de democracia
bom texto, Marcelo. acho que ninguém discorda que Cuba precisa de democracia. agora, pra que serve, por exemplo, o tal do bloqueio econômico (além de angariar votos dos cubanos da Flórida para os candidatos que o defendem?)? essa medida é uma besteira, como atestam as votações na ONU. na última, apenas EUA, Israel, Palau e uma ilha dessas votaram pelo bloqueio. nem a França de Sarkosy, nem a Arábia Saudita aliada do W. votaram a favor. ridículo.

[Sobre "Em tempos de China, falemos de Cuba"]

por Daniel
http://www.danielslopes.com
3/11/2007 à
01h25 189.12.166.75
(+) Daniel no Digestivo...
 
Campo de Marte
Vi Geraldo Vandré freqüentar o Campo de Marte por mais de 15 anos. Eu até pensei que aquele homem, que aparecia por ali muitas vezes, era um funcionário aposentado do aeroporto. Um dia alguém, que ouviu dizer que ele era famoso, me disse que ele era o Geraldo Vandré. Eu não acreditei. Perguntei-lhe: "Você é o Geraldo Vandré?" (acho que ele não aguenta mais essa mesma pergunta feita pelos que o vêem pela primeira vez) e ele respondeu-me: Sou Geraldo Pedrosa de Araújo Dias, advogado. Depois devo devo ter continuado sendo óbvio perguntando para ele se tinha sido torturado ou coisa assim (ele não foi), só lembro que ele se desinteressou e não me respondeu. Ele não se submete a esse tipo de conversa. Pelas vezes que ele apareceu em meu serviço, tive a impressão que ele não conversa propriamente com as pessoas, mas que reage, com satisfação ou indignação àquilo que as pessoas falam...

[Sobre "Geraldo Vandré, 70 anos"]

por Carlos R. Trannin
2/11/2007 às
19h21 200.178.17.2
(+) Carlos R. Trannin no Digestivo...
 
Abordagem diferente
Olá, José. "Morte" é um dos meus poemas favoritos. Eu havia lido o texto da Gordimer apenas na tradução da EntreLivros, que cortou o trechinho em que ela cita o Yeats. Mas mesmo assim, nós dois abordamos coisas bem diferentes nos textos. Ela fala sobre sobre a relação entre sexo e velhice, e eu sobre como o homem cria a idéia da morte e se afoga nela. E o Yeats ocupa uma posição até ínfima na crítica da Nadine, enquanto na minha a tese do texto está centrada nele. O texto dela, aliás, está muito bom. Abraços!

[Sobre "A morte do homem comum"]

por Jonas
2/11/2007 à
01h37 201.43.151.74
(+) Jonas no Digestivo...
 
Mais uma realidade brasileira
Redondo, é isso mesmo. E não duvido que a situação seja a mesma em qualquer lugar do país. Se nem as necessidades básicas de ensino são cumpridas, é fácil de entender porque carecemos tanto de pesquisa - um dos papéis fundamentais da universidade. E só para somar: se a situação já é angustiante ao entrar num curso e cursá-lo, torna-se pior ainda quando o estudante, depois de formado, não encontra alento na área que escolheu e descobre que ganha três vezes mais só com a comissão de venda de carros... Assim como na universidade, onde a lógica do dinheiro é que manda, tem gente que não pensa duas vezes em migrar de ramo. É complicado mesmo. O que fica de bom são os contatos, a amizade e as lembranças. Profissionalmente, se tivesse usado aquela grana para investir num negócio próprio, talvez desse muito mais satisfação e retorno do que todas as frustrações em busca de encargos burocráticos, em empresas míopes, mal-estruturadas, que nivelam por baixo, sem contar o piso de peão... Abraço

[Sobre "Ensino Inferior"]

por Rogério Kreidlow
http://rogerkrw.blogsome.com
1/11/2007 às
21h36 201.2.247.44
(+) Rogério Kreidlow no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Eleições na Estrada
Eduardo Scolese e Hudson Corrêa
PubliFolha
(2009)



Um Livro para Bart / 1ª Ed - Confira !!!
Judith Koppens
Saber e Ler
(2017)



Pronunciamentos do Papa no Brasil
Cnbb
Loyola
(1980)



Desastres do Amor
Dalton Trevisan
Record
(1987)



Perigo Para Um Inglês
Sarah Maclean
Gutenberg
(2018)



A noite da memória
Péricles Eugênio da Silva Ramos
Art
(1988)



Religião e Sociedade 4
José Murilo de Carvalho
Civilização Brasileira
(1979)



O Beijo das Sombras - Livro 1 - Academia De Vampiros - Literatura
Richelle Mead
Nova Fronteira
(2009)



Do Outro Lado do Muro
Alexandre Frota
Caras
(2002)



Ideias de Lacan
Oscar Cesarotto (org)
Iluminuras
(2011)





busca | avançada
48754 visitas/dia
2,0 milhão/mês