Dependências | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
23968 visitas/dia
829 mil/mês
Mais Recentes
>>> TV Brasil exibe especial 'Sonho Meu' em homenagem a Dona Ivone Lara nesta sexta (20)
>>> Escritor Alexandre Hallais fecha parceria com a Soul Editora
>>> Juiz federal estreia na literatura com contos sobre heróis históricos
>>> Alessandro Ferrari Jacinto e Marisa Folgato lançam 'Alzheimer' na Livraria Martins Fontes
>>> Programa de Edição de Textos de Docentes da Unesp 2018
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Nobel, novo romance de Jacques Fux
>>> De Middangeard à Terra Média
>>> Dos sentidos secretos de cada coisa
>>> O pai da menina morta, romance de Tiago Ferro
>>> Joan Brossa, inéditos em tradução
>>> Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia
>>> 40 anos sem Carpeaux
>>> Minha plantinha de estimação
>>> Corot em exposição
>>> Existem vários modos de vencer
Colunistas
Últimos Posts
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
>>> Psiu Poético em BH esta semana
>>> Existem vários modos de vencer
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
Últimos Posts
>>> Cenas do bar - Wilsinho, o feio.
>>> Desenhos a lápis na poesia de Oleg Almeida
>>> Eloquência
>>> Cenas do bar - Vladimir, o solteiro.
>>> Deu na primeira página...
>>> Palavra vício
>>> Premissas para reflexão
>>> Sem troco
>>> Libertarias
>>> A mandioca e o canário da terra
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Mecanismos Internos: Ensaios sobre Literatura, de J.M. Coetzee
>>> A verdadeira resistência
>>> Dicas para a criação de personagens na ficção
>>> Joan Brossa, inéditos em tradução
>>> crônica - ou ensaio - à la hatoum
>>> E a lei cedeu diante dos costumes
>>> E a lei cedeu diante dos costumes
>>> Casa Arrumada
>>> Anti-Jô Soares
>>> Algo em común
Mais Recentes
>>> Criando filhos ( o modo de Deus )
>>> Uma sustentável revolução na floresta
>>> il Riso in Tasca
>>> Trilogia Deutsch Perfekt- cidades da Alemanha- Hamburg-Koln, Dusseldorf ( 28 Seiten Spezial Nordrhein-Westfalen
>>> Ele viu os Céus abertos
>>> Curso de Estradas
>>> Mecânica dos Solos e suas Aplicações
>>> Construções de Concreto - Vol. 4
>>> Construções de Concreto - Vol. 3
>>> Construções de Concreto - Vol. 1
>>> Construções de Concreto - Vol. 5
>>> El Engaño Populista
>>> Los Brujos de Chávez
>>> Venezuela Energética
>>> Bumerán Chavez
>>> Estado Delincuente
>>> Boves El Urogallo
>>> Cuco
>>> A Bolsa e a Vida - 1ª Edição
>>> Função ceo a descoberta do prazer
>>> Função ceo a descoberta do amor
>>> As cores do amor
>>> Pecaminoso
>>> Coleção Beltranianas - Comunicação e Problemas Luiz Beltrão Parte III
>>> Silicone XXI
>>> Casas Junto Al Mar
>>> Minha Experiência em Brasília
>>> Meu pé de laranja lima
>>> Desenho de Paisagem Urbana
>>> Canaa
>>> Curso de Propriedade Intelectual Para Designers
>>> O Brasil Não Existe!
>>> Apartamentos Urbanos
>>> Arquitetura e Design. Sergio Rodrigues
>>> A Hora Futurista que Passou e Outros Escritos
>>> Uma História da Pintura Moderna
>>> Olhar Sobre o Passado - Volume 1
>>> Quase Vegetariano
>>> Macário
>>> A Dieta de Sonoma
>>> Electra(s)
>>> Anos 70
>>> Édipo Rei de Sófocles
>>> Design e Comunicação Visual
>>> Cézanne: Miniguia de Arte
>>> O Último Godot
>>> Pós Modernismo: Repensando a Arquitetura
>>> Mario Botta
>>> Cinematógrafo: Um Olhar Sobre A História
>>> Desenho a Cores: Técnicas de Desenho de Projeto para Arquitetos 2ª Ed
COLUNAS

Quinta-feira, 22/11/2001
Dependências
Adriana Baggio

+ de 3100 Acessos
+ 2 Comentário(s)

Um dia ela ligou e falou que não queria mais. Tinha conseguido coisa melhor, sem as inconstâncias de um relacionamento onde não há compromisso. Ele ficou surpreso, depois preocupado e por fim conformado. Nem tentou fazê-la desistir de sua decisão, porque não poderia oferecer o que ela teria em outro lugar. Não tinha possibilidade de assumir um compromisso desse tipo com ela nem com ninguém. Nesse ponto ele era muito correto: não faria promessas que mais tarde não poderia cumprir.

Apesar de ter sido uma relação curta, sem vínculos muito fortes, ele estava satisfeito com a maneira como as coisas aconteciam. Ela não tinha nada de excepcional, mas fazia tudo do jeito que ele gostava, e acreditava que a recíproca era verdadeira. Eles se davam bem, não havia cobranças desnecessárias e cada um cumpria sua parte no relacionamento. Por ele, a relação era satisfatória. Porém, o rompimento recente mostrava que não era bem assim. Antes que se desse conta do rumo de seus pensamentos, já estava procurando nas próprias atitudes o motivo que teria levado a moça a ir embora. Estava ressentido, um pouco magoado, e com o ego meio fragilizado. Nessas circunstâncias, era perigoso cair em auto-piedade, se apropriando de uma situação desagradável para padecer por outros recalques. Disse a si mesmo que seria ridículo ficar deprimido pelo fim desta relação, mas na verdade dependia mais dela do que imaginava. A gente se acostuma com uma pessoa, com seu jeito, adapta nossos hábitos a ela, e depois ela vai embora, sem mais nem menos. Quer dizer, não foi bem assim, ela deu motivos muito plausíveis, concretos. Não daria para acusá-la de falta de consideração. Ou melhor, talvez ela tenha tido só um pouquinho de falta de consideração, porque poderia ter dito a ele pessoalmente, e não pelo telefone, às vésperas do encontro semanal.

Não era um bom momento para que isso tivesse acontecido. Não teria tempo de resolver as coisas práticas inerentes ao rompimento. No entanto, teria que dar um jeito. Já era tarde, ele estava especialmente cansado naquele dia, e a última coisa que desejava era um desgosto daqueles. Procurou relaxar e esquecer os problemas. Não iria adiantar nada mesmo se preocupar sem poder tomar nenhuma atitude.

No dia seguinte levantou melhor, e a dimensão da tragédia diminuiu com a luz do sol. É impressionante como as coisas parecem piores à noite. Passou o dia bem, mas volta e meia pensava nela, e no que faria sem ela. Passados os primeiros momentos de sensibilidade, agora o que contava era a prática. E se tinha uma coisa da qual ele se orgulhava em seu temperamento era a praticidade. Como não conseguiria ficar muito tempo sozinho, teria que resolver logo essa falta. Passou a mão no telefone e percorreu a agenda em busca de inspiração para uma nova candidata. Não demorou muito para encontrar uma possibilidade interessante. Ligou e conseguiu marcar. A partir deste momento, ficou mais tranqüilo e satisfeito.

Na data combinada, procurou se arrumar mais cedo para não atrasar. Não era bom fazê-la esperar, logo no primeiro dia. Também não queria deixar clara sua insegurança e dependência ao recebê-la apressadamente, com a angústia que caracteriza seus momentos de mudança. Deixou tudo em ordem, na medida do possível, é claro. Ficou pensando no que ela pensaria, se eles iriam se dar bem, ou se haveria algum atrito. Ficava ansioso com novas relações. Gostava mais quando não precisava falar muito sobre o que queria, mas isso só acontece quando já existe um certo tempo de convivência. Afastou os maus pensamentos. As referências eram boas, e a pessoa que indicou era de toda confiança. Perto da hora marcada, já tinha se arrumado e tomado o café da manhã. Quando a campainha tocou, atendeu a porta com um pouco de nervosismo e curiosidade. Lá estava ela, uma senhora baixinha, magrinha, com um rosto simpático. Cumprimentou Neves, sua nova faxineira, e andou com ela pela casa para mostrar suas dependências.


Adriana Baggio
Curitiba, 22/11/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Corot em exposição de Jardel Dias Cavalcanti
02. A literatura de Marcelo Mirisola não tem cura de Jardel Dias Cavalcanti
03. Submissão, oportuno, mas não perene de Guilherme Carvalhal
04. Nós, os afogados, de Carsten Jensen de Ricardo de Mattos
05. Viagem a 1968: Tropeços e Desventuras (2) de Marilia Mota Silva


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio em 2001
01. À luz de um casamento - 18/10/2001
02. Náufrago: nem tanto ao mar, nem tanto à terra - 25/3/2001
03. Marmitex - 1/11/2001
04. O Segredo do Vovô Coelhão - 15/11/2001
05. Aqui o sol nasce primeiro - 8/11/2001


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
23/11/2001
09h56min
é verdade adriana, uma nova empregada é sempre uma nova esperiência. vc foi muito feliz nas suas colocações. parabéns.
[Leia outros Comentários de rodolfo a. maia]
27/11/2001
13h23min
Obrigada pelo comentário, Rodolfo! As piadinhas em roda de mulheres dizem que, se for preciso optar entre uma boa empregada e um bom marido, prefira a primeira, que é muito mais difícil de achar!
[Leia outros Comentários de Adriana Baggio]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O ULTIMO POLICIAL
BEN. H WINTERS
RAACO
(2018)
R$ 25,00



CHAKRAS A HISTÓRIA REAL DE UMA INICIADA
HALU GAMASHI
EDIOURO
(2005)
R$ 25,00



THE AGE OF LOUIS XV
ALVAR GONZALES PALACIOS
PAUL HAMLYN
(1969)
R$ 9,89



ARTES PLÁSTICAS E LITERATURA - O NACIONAL E O POPULAR
CARLOS ZILIO / LÍGIA CHIAPPINI M. LEITE
BRASILIENSE
(1982)
R$ 8,00



A VERVE DE SETE POETAS E ESCRITORES DE CAMPOS DOS GOYTACAZES
JOSÉ VIANA GONÇALVES / OUTROS
DO AUTOR
(2006)
R$ 20,00



PATATIVA DO ASSARÉ - AQUI TEM COISA
PATATIVA DO ASSARÉ
HEDRA
(2004)
R$ 18,00



ART-SITES LONDON THE INDISPENSABLE GUIDE TO CONTEMPORARY ART ARCHIT...
SIDRA STICH
DO AUTOR
R$ 20,00



VIDA VIGOROSA
RYOTARO KAWATA
SEICHO NO IE
(2008)
R$ 15,00



HOMEM ARANHA Nº 1/2 - SONJA A GUERREIRA
MARVEL
PANINI COMICS
(2008)
R$ 9,90



MANUAL DE MANIPULACIÓN Y CONSTRUCCIÓN DE TÍTERES (TEATRO DE BONECOS)
JOSEFINA DÍAZ
EDITORIAL PUEBLO Y EDUCACIÓN
(1981)
R$ 8,00





busca | avançada
23968 visitas/dia
829 mil/mês