Julie & Eu | Marta Barcellos | Digestivo Cultural

busca | avançada
37543 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Sexta-feira, 30/10/2009
Julie & Eu
Marta Barcellos

+ de 2600 Acessos

Julie Powell era uma jovem promissora, mas sua carreira de escritora não havia decolado. Às vésperas de completar 30 anos, sua vida resume-se a um emprego detestável em uma repartição pública e um marido bonzinho, cujo trabalho obriga o casal a mudar-se para uma quitinete distante e barulhenta. Suas amigas de colégio, bem-sucedidas, e sua mãe tripudiam diante de seu inesperado fracasso. Nem tão inesperado: Julie parecia não ter grandes ambições na vida e nunca terminava o que começava, desperdiçando o seu talento.

Em meio à crise, Julie tem uma ideia: fazer um blog. Tudo a ver com o ano de 2002, quando a novidade despontava nos Estados Unidos. É aí que ela começa a fazer tudo certo, porque:

1) Escolhe fazer um blog temático (culinária);

2) O seu envolvimento com o tema é sincero; ela adora cozinhar e é fascinada pela autora do livro das receitas que pretende testar;

3) O blog envolve um grande desafio (fazer as 524 receitas do livro em 365 dias), permitindo que dificuldades e vitórias possam ser acompanhadas pelos leitores;

4) O desafio a obriga a postar diariamente;

5) Julie de fato é uma boa escritora.

Este não é o enredo de Julie & Julia, com estreia prevista para 27 de novembro nos cinemas brasileiros. Mas a história do blog está lá, dentro do filme dirigido por Nora Ephron que teve sessões lotadas no Festival de Cinema do Rio e na Mostra Internacional de São Paulo. O blog de Julie é a linha condutora de uma das duas trajetórias, baseadas em fatos reais, que correm paralelas no filme, onde quem brilha mesmo é a Julia do título, interpretada de forma arrebatadora por Meryl Streep. Para o expectador brasileiro, é importante saber que Julia Child foi uma celebridade na TV americana, onde tinha programas de culinária: o filme não chega lá e trata a informação como conhecida.

Mas voltando à Julie Powell, as peripécias da personagem interpretada por Amy Adams vão interessar especialmente aos blogueiros "não profissionais". A identificação acontece em diversas fases de sua aventura ao computador: o pouco caso dos amigos em relação ao blog, o questionamento (mas por que mesmo estou fazendo isso?), a euforia diante do primeiro comentário, a frustração em descobrir que o primeiro comentário é da mãe, o incômodo de pessoas próximas em ter sua privacidade exposta ("não ponha esta briga no blog!"), o entusiasmo diante da repercussão entre desconhecidos, o estranhamento de escrever com intimidade para desconhecidos, o reconhecimento público por um trabalho feito com dedicação e paixão.

A questão do reconhecimento repete um script bastante familiar para quem perambula pela blogosfera: o talento só é realmente validado, pela sociedade, quando o blogueiro tem o seu trabalho "descoberto" por uma "mídia de verdade". Em Julie&Julia, o exemplo é extremo: o reconhecimento vem de forma estrondosa depois de uma matéria no New York Times. Ou seja, a velha máxima de Henfil, da era pré-internet, de que algo só existe depois que "deu no New York Times" continuaria valendo.

A história de Julie ainda se repete por aí e inspira muita gente a entrar na blogosfera ― para sair dela tão logo a carreira tenha extrapolado os seus limites. Impossível não lembrar de escritores revelados em sites literários que precisaram do aval de uma grande editora para serem aceitos por seus pares. Muitos nem gostam de falar hoje dessas origens: costumam odiar o rótulo de "blogueiro" (muito amador?) associado à sua imagem.

Existem muitos motivos para blogar, e eu mesma já escrevi sobre isso, talvez para me convencer sobre o assunto em momentos de cansaço. Mas, depois de dois anos e meio, percebi que muitos dos que iniciaram um blog jurando diletantismo e despretensão no fundo acalentavam pelo menos um de dois sonhos: ser descoberto (como Julie foi) ou ganhar (algum) dinheiro.

A propalada morte dos blogs talvez tenha relação com o fim destes sonhos inconfessáveis. Quem era movido exclusivamente por eles acabou desistindo da empreitada. De minha parte, reconheço: sim, cheguei a sonhar com a tal monetização (o palavrão usado na Web para ganhar dinheiro com ela), mas logo percebi que isso não viria assim de lambuja. Eu precisaria transformar um projeto pessoal (escrever) em um comercial e empaquei numa das primeiras "regras", a de escolher um tema para o blog. Além do mais, minhas limitações com tecnologia praticamente eliminavam as minhas chances.

Em relação à aspiração de fama, o sonho é mais flexível. Se alguns esperam parar no NYT ou nos planos de uma grande editora, outros, como eu, ficam felizes por ser lidos ― e elogiados ― por alguém que considere admirável. O processo de "ser descoberto" também pode ser apenas interno, de autoconhecimento, como uma terapia. É aí que me encaixo novamente, chegada que sou ao assunto, como não negam meus muitos anos de psicanálise.

Por essas e outras, não tenho planos de abandonar tão cedo o hábito de blogar. A minha assiduidade hoje é menor, admito, mas isso é uma espécie de evolução para mim, pois um de meus objetivos profissionais é sair do ritmo de jornal diário, que era quase um vício. De resto, as possibilidades de um blog são tantas (e distintas das redes sociais), tão conectadas com os anseios humanos, que não acredito em absoluto em sua morte. O modismo passou? Já é retratado até em filme de época? Melhor assim. Que fiquem apenas os blogueiros para quem o sonho não acabou.

Nota do Editor
Marta Barcellos mantém o blog Espuminha de leite.


Marta Barcellos
Rio de Janeiro, 30/10/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Pra que mentir? Vadico, Noel e o samba de Renato Alessandro dos Santos
02. A falta que Tom Wolfe fará de Rafael Lima
03. Corot em exposição de Jardel Dias Cavalcanti
04. 40 anos sem Carpeaux de Celso A. Uequed Pitol
05. A vida dos pardais e outros esquisitos pássaros de Elisa Andrade Buzzo


Mais Marta Barcellos
Mais Acessadas de Marta Barcellos em 2009
01. Gostar de homem - 25/9/2009
02. Simplesmente feliz - 24/4/2009
03. Escrever pode ser uma aventura - 3/7/2009
04. Palavras que explodem no chão - 19/6/2009
05. Fim dos jornais, não do jornalismo - 3/4/2009


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




NUNCA VIU NÃO?
MARCIA LEITE
ATUAL
(1993)
R$ 8,00



A HUMANOECONOMIA
EUGEN LOEBL
JOSÉ OLYMPIO
(1978)
R$ 4,00



ELEMENTOS DO DIREITO - PROCESSO PENAL
ÂNGELA CRISTINA CANGIANO MACHADO E OUTROS
SICILIANO JURÍDICO
(2003)
R$ 10,00



MATRIMÔNIO E DIVÓRCIO NA IGREJA CATÓLICA
BERNARDINO LEERS
VOZES
(1978)
R$ 8,00



A MORTE EM VENEZA- TÔNIO KROEGER
THOMAS MANN
ABRIL
(1971)
R$ 9,00



EVERY MAN FOR HIMSELF HIMSELF
BERYL BAINBRIDGE
GERALD DUCKWORTH & CO LTD
(1996)
R$ 6,25



CHILDRENS STORIES FROM DIKENS
MARY ANGELA DICKENS
DERRYDALE
(1993)
R$ 12,50



CORRENTES DO DESTINO - 1ª ED.
CÉLIA XAVIER DE CAMARGO / MARIA CECÍLIA ALVES
PETIT
(2009)
R$ 17,00



DESERDAÇÃO E INDIGNIDADE NO DIREITO SUCESSÓRIO BRASILEIRO
SALOMÃO DE ARAÚJO CATEB
DEL REY
(2004)
R$ 39,00



AUTO ESPORTE NOVO COROLLA Nº569
VARIOS AUTORES
GLOBO
(2012)
R$ 7,99





busca | avançada
37543 visitas/dia
1,2 milhão/mês