Preconceitos | Daniel Bushatsky | Digestivo Cultural

busca | avançada
46447 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Novo livro de Vera Saad resgata política brasileira dos anos 90 para destrinchar traumas familiares
>>> Festival de Cinema da Fronteira e Sur Frontera WIP LAB abrem inscrições
>>> O Pequeno Príncipe in Concert
>>> Estreia da Orquestra Jovem Musicarium ocorre nesta quarta, dia 21, com apresentação gratuita
>>> Banda Yahoo se apresenta na Blue Note SP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
>>> Minha história com o Starbucks Brasil
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
>>> Philip Glass tocando Opening (2024)
>>> Vision Pro, da Apple, no All-In (2024)
>>> Joel Spolsky, o fundador do Stack Overflow (2023)
>>> Pedro Cerize, o antigestor (2024)
>>> Andrej Karpathy, ex-Tesla, atual OpenAI (2022)
>>> Inteligência artificial em Davos (2024)
>>> Bill Gates entrevista Sam Altman, da OpenAI (2024)
>>> O maior programador do mundo? John Carmack (2022)
>>> Quando o AlphaGo venceu a humanidade (2020)
Últimos Posts
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
>>> Um verdadeiro romântico nunca se cala
>>> Democracia acima de tudo
>>> Podemos pegar no bufê
>>> Desobituário
>>> E no comércio da vida...
>>> HORA MARCADA
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A Loja de Tudo - Jeff Bezos e a Era da Amazon, de Brad Stone
>>> De perto, ninguém é normal
>>> 14 de Outubro #digestivo10anos
>>> Scott Henderson, guitarrista fora-de-série
>>> O primeiro parágrafo
>>> O prazer da literatura em perigo
>>> Aulas de filosofia on-line
>>> Mezzo realidade, mezzo ficção
>>> Telemarketing, o anti-marketing dos idiotas
>>> Esquema Dilma opta por Russomano
Mais Recentes
>>> O Poder Do Subconsciente de Dr Joseph Murphy pela Best Seller (2015)
>>> A Viagem de Uma Alma de Peter Richelieu; Nair Lacerda pela Pensamento (2011)
>>> Conversando Sobre Mediunidade: Retratos de Alvorada Nova de Cairbar Schutel; Abel Glaser pela O Clarim (1993)
>>> O Homem em Busca de Deus de Torre de Vigia pela Watch Tower (2015)
>>> Eu Posso e Sou Capaz de Rosalino X. de Souza pela Da Autore
>>> As Provas do Nosso Amor a Deus de Márcio Valadão pela Batista da Lagoinha
>>> Conheça o Deus Verdadeiro de J. E. Lourenço; S. Vilarindo Lima pela Ibcb (1987)
>>> Orixás, Caboclos e Guias: Deuses ou Demônios Evangélico de Edir Macedo pela Unipro (2019)
>>> Palamanda: Quando as Deusas se Vingam de Omar Carvalho pela Comunicação (1983)
>>> Sofrimento e Paz para uma Libertação Pessoal de Inácio Larranaga; José Carlos Corrêa Pedroso (trad.) pela Vozes (1988)
>>> Demian de Herman Hesse; Ivo Barroso (trad.) pela Record
>>> O Poder Oculto de Pe. Reginaldo Manzotti pela Petra (2019)
>>> Os Pilares da Terra: Volume 2 de Ken Follett; Paulo Azevedo (trad.) pela Rocco (1992)
>>> A Missa Parte por Parte de Luiz Cechinato pela Vozes (1993)
>>> Missionário de Amor, Luz e Redenção de Frei Rogério Neuhaus pela Da Autore (1997)
>>> Amor e Mudança de Júlio Cesar Faria Machado pela Fênix (1996)
>>> Terra à Vista: Descobrimento ou Invasão? de Benedito Prezia; Osvaldo Sequetin (ilustr.) pela Moderna (1992)
>>> A Filha do Feiticeiro: Uma Lenda Viking de Chris Conover; Sergio Flaksman (trad.) pela Ática (1996)
>>> Sexo para Adolescentes de Marta Suplicy; Paulo Freire (pref.) pela Ftd
>>> Las Botas de Siete Leguas de Christian Perrault pela Edic
>>> Venecia Guía Fotográfica de Loretta Santini pela Fotorapidacolor Terni (1973)
>>> Guia de Cadastramento de Famílias Indígenas de Cidadania pela Mds Senarc (2010)
>>> Flausino Vale: 1894/1954 de Jerzy Milewski pela Europa (1985)
>>> Ócio: Poesia e Provocações: Capa Dura de Mauro Felippe; Rael Dionisio pela Urussanga (2016)
>>> Caças a Jato: Aviões Supersônicos de Alfredo Guilherme Galliano; José Américo Motta Pessanha pela Abril Cultural (1975)
COLUNAS

Segunda-feira, 14/3/2011
Preconceitos
Daniel Bushatsky
+ de 3900 Acessos
+ 1 Comentário(s)


LIANA TIMM© (http://timm.art.br/)

Naquele dia acordou receosa. Fazia dias que seu marido e filhos (dois, belos e crescidos) vinham insistindo que ela fosse a uma espécie de clube.

O lugar era tão bom, que eles, estranhamente, não queriam se matricular também. Segundo eles, tinham muitos afazeres. Os filhos a levariam, claro, na primeira vez. Os papéis haviam se invertido desde que eles casaram: faziam tudo o que podiam para ela não se sentir sozinha e desamparada, ainda mais depois da pseudo depressão que inventara para chamar atenção, nas palavras do doutor.

O marido ainda trabalhava e, portanto, não podia dar atenção. A razão da vida dela, o que pautava seus dias, havia terminado com aqueles casamentos (in)esperados e precipitados, na sua opinião, e no mesmo ano, ainda por cima...

Arrumou-se. Pegou seu maiô, óculos de natação, roupa de ginástica, mas não se esqueceu de, antes, se maquiar. Não sabia como seria a concorrência! Somente iria para "malhar"? Seus filhos garantiram que não! O local era ótimo para arranjar novos amigos. Ela só sabia o significado da palavra do dicionário. Sua última grande amizade acabou após o casamento e mudança para a cidade grande.

O primogênito chamou. O mais novo complementou dizendo que estavam atrasados. Sempre estavam atrasados para acontecimentos importantes. Entraram no carro. Ela fez cara de choro e disse que não ia. Eles insistiram e garantiram que ficariam com ela durante a primeira aula. Era mentira, mas tudo bem. Valia o esforço deles.

O trânsito cooperou e chegaram em minutos. Dava, até, para ir andando. Quem sabe em um dia ensolarado, pensou ela. O prédio não era bonito. Faltava-lhe charme: cores e um estilo mais ousado talvez ajudassem. Tinha um aspecto comercial, nada que se parecesse com um clube. Onde estavam as árvores? E as crianças?

Subiu a rampa e foi orientada pelo porteiro, espontaneamente simpático, a procurar uma salinha à esquerda para matrícula. A primeira surpresa: não só não havia fila, como os atendentes quiseram saber exatamente o que ela procurava. A resposta, óbvia para ela, saiu com aspereza: "Fazer um esporte. Nadar três vezes por semana".

O atendente assimilou a aspereza e internalizou a aparente raiva da mulher: muitas chegavam assim. Explicou-lhe os planos que permitiam a natação, os grupos para aulas e a possibilidade de raia livre, ou seja, nadar sem aula. Depois, ofereceu-se para mostrar as instalações.

O prédio tinha vários andares: quadra poliesportiva, piscina aquecida, vestiário masculino e feminino, sauna e, também, um espaço para as moças venderem seus artesanatos. Ela, quando jovem, foi exímia costureira, quem sabe não faria um de seus famosos (para a família) pijamas.

Existiam, também, vários cartazes espalhados.

Metade deles descrevia passeios (caminhadas no campo, bicicleta e Disney) ou encontros (jantar beneficente, jogos de cartas e bazar), para grupos das mais diversas idades, focando, é verdade, nos mais idosos. Tudo tinha desconto para associados.

Os outros falavam da missão dos funcionários. Nada de lucro para os acionistas. O objetivo era fortalecer pessoas, famílias e comunidades.

Se a beleza do lugar fisicamente poderia ser questionada, ela começou a entender a missão logo no término da primeira aula de natação. O professor chamou os alunos para a reza da semana. De Cristo, só a esperança.

Acabado aquele primeiro dia, sozinha e esperando o filho primogênito já bem atrasado, se pegou pensando onde estavam os moços e os cristãos que a placa prometia. Não era um monopólio, então? Todos podiam ir. A bem da verdade nem questionaram a sua religião quando se matriculou e, por óbvio, "moço" ela não era.

Pensou novamente na missão daquele clube. Nada modesta, porém as iniciativas dos funcionários mostravam que não estavam de brincadeira quando a ordem era acolher e respeitar as diferenças. Lá estava o fortalecimento.

Já no carro rendeu-se. Chorou com saudades daquele lugar harmonioso que tanto resistiu a ir, em especial pelo nome que sugeria que só moços tivessem tal direito. Quantas desculpas não tinha inventado?

No dia seguinte já estava pronta para o lazer, não mais esporte, decidida e ansiosa para descobrir como funcionava a renovação do plano. A funcionária estranhou e perguntou: "já?". E explicou que, após a renovação, o plano ficava mais barato.

Ela nunca tinha visto isto. E pensou questionando. Não tinha taxas, serviços ou qualquer outra coisa para aumentar o valor indiretamente.

A funcionária adivinhando, falou: "Não, fica mais barato mesmo!".

E a mulher pensou: isto é que é fidelização, espere até minha vizinha saber!


Daniel Bushatsky
São Paulo, 14/3/2011

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Paris branca de neve de Renato Alessandro dos Santos
02. Dos sentidos secretos de cada coisa de Ana Elisa Ribeiro
03. Monticelli e a pintura Provençal no Oitocentos de Humberto Pereira da Silva
04. Meus melhores discos de 2008 de Rafael Rodrigues
05. Blog precisa ser jornalismo? de Rafael Fernandes


Mais Daniel Bushatsky
Mais Acessadas de Daniel Bushatsky em 2011
01. Plágio - 4/4/2011
02. Felicidade - 14/2/2011
03. Souza Dantas, Almoço e Chocolate - 4/7/2011
04. O que queremos do Natal? - 21/11/2011
05. Preconceitos - 14/3/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
26/3/2011
18h09min
Simplesmente lindo.
[Leia outros Comentários de Marcos Ordonha]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Arte de projetar em arquitetura
Ernst Neufert
Gustavo Gili



Charlotte Street
Danny Wallace
Novo Conceito
(2012)



Método de Guitarra
Fernando Azevedo
Bruno Quaino
(2007)



Férias em Crome
Aldous Huxley
Livros do Brasil Lisboa



Comunicação no Plural Estudos de Comunicação no Brasil e na Itália
Maria Immacolata Vassallo de Lopes
Educ
(2000)



A Dieta Do Abdômen
David Zinczenko
Sextante



Livro Literatura Estrangeira Istambul Memória e Cidade
Orhan Pamuk
Companhia das Letras
(2007)



Maschere Nude
Luigi Pirandello
A. Mondadori
(1938)



Sexo - O Prazer Sem Limites - Livro de Bolso
Graham Masterton
Ediouro
(1999)



Ética Empresarial
Robert Henry Srour
Campus
(2003)





busca | avançada
46447 visitas/dia
1,8 milhão/mês