Kindle, iPad ou Android? | Vicente Escudero | Digestivo Cultural

busca | avançada
62566 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
>>> Hugo França integra a mostra norte-americana “At The Noyes House”
>>> Sesc 24 de Maio apresenta programação de mágica para toda família
>>> Videoaulas On Demand abordam as relações do Homem com a natureza e a imagem
>>> Irene Ravache & Alma Despejada na programação online do Instituto Usiminas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
>>> Filmes de guerra, de outro jeito
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Nem morta!
>>> Nem morta!
>>> YouTube, lá vou eu
>>> O bom, o ruim (e o crítico no meio)
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> No III Seminário da Cásper
>>> Não gaste o seu latim
>>> Gilberto Gil: Cultura Viva (2)
>>> A convergência das mídias
>>> 4 de Setembro #digestivo10anos
Mais Recentes
>>> Profecias de Pietro Ubaldi pela Fundapu (1982)
>>> A Grande Síntese de Pietro Ubaldi pela Fundapu (1988)
>>> A Solução Está na Fé de Norman Vincent Peale & Smiley Blanton pela Record (1950)
>>> A Nova Arte de Viver de Norman Vincent Peale pela Cultrix (1981)
>>> Mensagens Para a Vida Diária de Norman Vincent Peale pela Cultrix
>>> É Fácil Viver Bem de Norman Vincent Peale pela Cultrix
>>> O Poder do Entusiasmo de Norman Vincent Peale pela Cultrix (1977)
>>> O Poder do Pensamento Positivo de Norman Vincent Peale pela Cultrix (1999)
>>> Vicente de Carvalho Nossos Classicos de Fausto Cunha Editor pela Agir (1977)
>>> Pílulas Para Viver Melhor de Fernando Luchese pela L&PM Pocket (2008)
>>> Desembarcando A Hipertensão de Fernando Luchese pela L&PM Pocket (2005)
>>> Desembarcando O Diabetes de Fernando Luchese pela L&PM Pocket (2002)
>>> Confissões & Conversões - 25 Regras para o Tempo de Mudar de Fernando Luchese pela L&PM (2007)
>>> Cervicobraquialgia: Espondilose e Hérnia Cervical. Diagnóstico e Tratamento. de Caio Villela Nunes pela Epuc. (1994)
>>> Te cuida! Guia para uma vida saudável. de Dr. Cláudio Domênico pela Casa da Palavra (2012)
>>> Antiguidades Modernas. Crônicas do cotidiano escolar. de Celso Antunes pela ArtMed (2003)
>>> Direito Civil. Parte Geral. Série Prova e Concursos. de Christianne Garcez pela Campus (2008)
>>> O Novo Mercado de Trabalho. Guia para iniciantes e sobreviventes. de Marco A. Oliveira pela Senac - RJ (2000)
>>> Um Grande Garoto. de Nick Hornby pela Rocco (2000)
>>> Breve Romance de Sonho. de Arthur Scgnitzler pela Globo (2003)
>>> História do Cerco de Lisboa. de José Saramago pela Globo (2003)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritismo. de Allan Kardec pela BesouroLux (2016)
>>> Morgoths Ring the History of Middle-earth Volume 10 de J. R. R. Tolkien; Christopher Tolkien pela Harper Collins (2002)
>>> Lugares dos Mortos na Cidade dos Vivos de Cláudia Rodrigues pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro (1997)
>>> The War of the Ring the History Ofthe Lord of the Rings Part 3 de J. R. R. Tolkien; Christopher Tolkien pela Harper Tolkien (2002)
>>> The Treason of Isengard the History of the Lord of the Rings Part 2 de J. R. R. Tolkien; Christopher Tolkien pela Harper Collins (2002)
>>> The Return of the Shadow 6 the History of the Lord of the Rings Part 1 de J. R. R. Tolkien; Christopher Tolkien pela Harper Collins (2002)
>>> A Idéia Republicana no Brasil Através dos Documentos de Reynaldo Carneiro Pessoa (Org.) pela Alfa-Omega (1973)
>>> The Shaping of Middle-earth the History of Middle-earth Volume 4 de J. R. R. Tolkien; Christopher Tolkien pela Harper Collins (2002)
>>> The Lays of Beleriand the History of Middle-earth Volume 3 de J. R. R. Tolkien pela Harper Collins (2002)
>>> The Book of Lost Tales II (the History of Middle-earth, Book 2) de J. R. R. Tolkien pela Harper Tolkien (2002)
>>> The Book of Lost Tales (the History of Middle-earth, Book 1) de J. R. R. Tolkien pela Harper Collins (2002)
>>> Tempo de Transcendência – O Ser Humano Como um Projeto Infinito de Leonardo Boff pela Sextante (2000)
>>> Jesus Cristo Libertador de Leonardo Boff pela Vozes (1972)
>>> O Livro de Ouro da Felicidade. Um guia prático aos estágios de meditação. de Sua Santidade, o Dalai Lama. pela Agir (2003)
>>> Viver Sem Tensão de Joseph Murphy pela Record (1959)
>>> Segredos do Iching – Os Mistérios da Sabedoria Oriental de Joseph Murphy pela Record (1970)
>>> A Magia do Poder Extra-Sensorial de Joseph Murphy pela Record (1994)
>>> Direito Constitucional 19ª ed. de Alexandre de Moraes pela Atlas (2006)
>>> A Paz Interior de Joseph Murphy pela Record (1979)
>>> 1001 Maneiras de Enriquecer (Coleção O Poder do Subconsciente) de Joseph Murphy pela Record (1966)
>>> O Poder Do Subconsciente de Joseph Murphy pela Record (1963)
>>> Mesa & Harmonia de Editores pela Companhia União dos Refinadores (1992)
>>> Festas & Férias de Editores pela Companhia União dos Refinadores (1989)
>>> Gibi Magali N°96 O Sumiço dos panetones de Mauricio de Sousa Editora pela Panni Comics (2014)
>>> Gibi Almanaque da Magali N°22 de Mauricio de Sousa Editora pela Panni Comics (2010)
>>> Gibi Magali N°34 A estrela cadente! de Mauricio de Sousa Editora pela Panni Comics (2009)
>>> Gibi Magali. N°55. Lady Magaga. de Mauricio de Sousa Editora pela Panni Comics (2011)
>>> Lições Positivas de Lauro Trevisan pela Da Mente (1993)
>>> Gibi Cebolinha N°30 de Mauricio de Sousa Editora pela Panni Comics (2009)
COLUNAS

Quinta-feira, 14/4/2011
Kindle, iPad ou Android?
Vicente Escudero

+ de 8100 Acessos
+ 2 Comentário(s)

O leitor já deve estar acompanhando há tempos todas as mudanças que vêm ocorrendo no cruzamento entre o mundo dos tablets com o dos livros.

Com alguns acidentes aqui e ali, já é possível dizer que a experiência de leitura num dispositivo eletrônico é igual ou até melhor que a leitura do livro em papel. Isso sem contar a competição dos tablets com outros tipos de edições como revistas, jornais e quadrinhos.

Não conheço ninguém que possua um tablet e tenha comprado um livro impresso em vez de sua edição digital, se disponível. E essa facilidade da leitura vicia e pesa mais no bolso, mas não traz prejuízo.

Embora estas considerações devam ser levadas em conta apenas para o mercado de livros e tablets fora do Brasil, já que o mercado nacional destes aparelhos e das edições digitais ainda é incipiente, é irreversível a tendência de migração do conteúdo impresso para o digital.

É público e notório que as vendas de edições digitais já ultrapassaram e deixaram para trás as edições físicas de livros e o número de visitantes nos jornais on-line faz desaparecer o público da versão impressa, ainda que mais lucrativa para os publishers. A Amazon já venceu. Agora só resta saber até quando os concorrentes vão competir estrategicamente para permanecerem derrotados.

Aos leitores que pensam em migrar para edições digitais, há três opções viáveis, desconsiderando os smartphones: Kindle, iPad e tablets com sistema Android.

Fui usuário do primeiro durante um ano e meio e não tenho reclamações sobre o aparelho. Neste período, devo ter lido mais ou menos trinta e cinco edições digitais, excluídos blogs e leituras relacionadas ao meu trabalho.

Em meados de fevereiro, migrei para o iPad. A situação só melhorou. Também já experimentei um Galaxy Tab com Android e achei o sistema bastante eficiente. Mas qual é o melhor?

O iPad. E muito. Comparados aos outros dois sistemas, o tablet da Apple oferece uma experiência muita mais rica e criativa, permitindo que o usuário passe de um aplicativo para o outro sem atrapalhar a leitura. E, convenhamos, se você vai gastar muito com um tablet, ele deve fazer mais coisas do que simular e armazenar livros, certo?

O sistema operacional do iPad, o atual iOS 4.3, é muito rápido, mesmo instalado na primeira versão do aparelho. E quando digo rápido, refiro-me ao suficiente para se comparar aos aplicativos funcionando no Windows 7 em um computador com processador Core i5. Existem diferenças mínimas de tempo para carregamento de páginas no navegador e de alguns aplicativos. Entretanto, depois de algum tempo usando o aparelho, o único problema preocupante que notei foi o teclado touchscreen ocupando uma parte substancial do espaço da tela enquanto digitava um texto longo.

Você não vai perceber os milissegundos de diferença que os sites de tecnologia tanto noticiam por aí na batalha entre navegadores da Web, nem vai querer jogá-lo pela janela quando ele der pau porque o iPad aguenta firme longas sessões de trabalho sem surpreender com qualquer bug.

Ressalto que estas comparações entre o funcionamento dos sistemas operacionais se referem apenas aos softwaress utilizados no dia a dia pelo usuário comum, como editores de texto, planilhas, editores de imagem e áudio.

Se você está procurando um aparelho para substituir seu videogame e o que você procura deve estar no nível de um Playstation 3, sinto lhe dizer que os jogos do iPad funcionam, na maioria dos casos, como meros passatempos. Nada de viagens gráficas como Uncharted e Gran Turismo. Neste caso, apenas a opção de jogos on-line entre vários competidores é equivalente à experiência do console.

Mas se você procura um tablet que pode substituir seu notebook para tarefas do dia a dia como e-mail, Twitter, edição de textos, planilhas, assistir vídeos até em HD e navegação na Web, o iPad entra no jogo.

Apesar de algumas limitações para impressão de arquivos (quem tem impressora bluetooth ou sempre está conectado em rede?) e a bagunça planejada que ainda é o iTunes (é fácil comprar algo por impulso, difícil trocar arquivos com o iPad), ele cumpre por mais de 10 horas seguidas, sem descarregar a bateria, qualquer uma das tarefas ou, acredite, algumas delas ao mesmo tempo. Isso é muita coisa para um aparelho com a espessura de uma revista e que pesa pouco mais de meio quilo.

Não existe muita área para inovação no seguimento de livros digitais. Mesmo com a diferença do suporte, livros são textos, e textos podem se adaptar a aparelhos mais simples, como o Kindle, sem dificuldades.

Eu fui um crítico do iPad logo no lançamento, imaginava que sua grande quantidade de funções dispersaria a leitura do usuário que buscasse apenas migrar do papel para o meio digital.

Hoje reconheço que estava errado. O iPad é muito bem-acabado e a experiência de utilização é extremamente suave e personalizável. As edições digitais da iBooks são mais refinadas que as do Kindle, o dicionário é mais rápido e as anotações deixam pequenos post-its ao lado do texto marcado.

Noves fora que as trocas de página simulam um livro de papel. Além destas vantagens para o leitor, alguns aplicativos podem funcionar no background, os vídeos são reproduzidos perfeitamente, sem lag, não importando o tamanho e a internet, mesmo sem Flash, é uma experiência completa.

Os concorrentes sofrem para acompanhar a qualidade do iPad. Apesar do Kindle atender às expectativas do leitor, hoje não faz mais sentido adquirir um reader exclusivamente para leitura e que ainda possui um visor preto e branco. Já os tablets que carregam o sistema Android são peças excelentes de hardware sem softwares à altura.

Sua loja de apps ainda possui apenas um pouco mais de 50 aplicativos à venda. Imagine como seria sua vida se o seu computador estivesse limitado a apenas estes softwares.

E ainda existe o problema da fragmentação do sistema operacional, atualizado "sabe-se lá quando" pela operadora ou pelo próprio Google, de acordo com o tablet adquirido e o país onde o usuário se encontra. É horrível depender da boa vontade de terceiros e ver outras pessoas com um aparelho similar, só que rodando o software atualizado. No bolso do consumidor isso pesa como dinheiro perdido na rua.

A tecnologia dos tablets ainda é nova, tem um campo muito grande para avançar e limitações muito menores do que as existentes nos aparelhos celulares. Mesmo assim, o iPad já pode ser considerado o tablet que definiu o próprio conceito do hardware. É só dar uma olhada nos aparelhos criados pela Samsung e Motorola para perceber de onde vieram suas idéias de design e acabamento.

Se você também é um leitor assíduo que lê livros em inglês e tem dúvidas sobre qual aparelho comprar, não pense duas vezes: vá de iPad. Assim, você lê mais, melhor e gasta menos. E ainda leva um pequeno notebook de brinde...


Vicente Escudero
Campinas, 14/4/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O estilo de Freddie Hubbard de Relivaldo de Oliveira
02. Carros? Caraca! de Fabrício Carpinejar
03. Mulheres, homens e outros insetos de Ana Elisa Ribeiro
04. Se um dia, uma culta viajante... de Ana Elisa Ribeiro
05. Lugar Nenhum de Gian Danton


Mais Vicente Escudero
Mais Acessadas de Vicente Escudero em 2011
01. Kindle, iPad ou Android? - 14/4/2011
02. O incompreensível mercado dos e-books - 3/3/2011
03. O ponto final da escrita cursiva - 15/9/2011
04. Lynch, David - 8/12/2011
05. Diário da Guerra do Corpo - 9/6/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
1/4/2011
00h08min
Porque é tão difícil aceitar que uma pessoa pode querer apenas um simples e-reader? Gosto do Kindle não só pelo que ele faz mas pelo que ele não faz. Me gera menos distração nas minhas leituras. Não descarto um dia ter um Ipad mas não será para leitura.
[Leia outros Comentários de Fernando]
4/4/2011
13h32min
iPad, de fato, dá de dez nos concorrentes, pelo menos por enquanto! Com o meu viajei recentemente, minha mulher o carregou na bolsa de mão,... sem problemas e volumes, e pude acessar meus e-mails até no meio da rua,... sem grandes transtornos. - Já o Kindle é muito bom,... o melhor;... publiquei um livro em papel, editora normal, e vendi poucos exemplares,... o mesmo que quase todos os escritores brasileiros vendem, salvo algumas exceções. - Publiquei o mesmo, e outros cinco, no Kindle e já vendi, no mundo todo, cinco vezes mais do que os 'normais'...
[Leia outros Comentários de I. Boris Vinha]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A INSPETORA E O QUARTO SECRETO
SANTOS DE OLIVEIRA
EDIOURO
(1975)
R$ 75,00



BÍBLIA SAGRADA - TRADUÇÃO DA CNBB
FOLHA
FOLHA
(2010)
R$ 9,90



HOW TO READ BRIDGES: A CRASH COURSE IN ENGINEERING AND ARCHITECTURE
EDWARD DENISON
RIZZOLI INTERNATIONAL PUBLICATIONS
(2012)
R$ 79,00



O MISTÉRIO DO AZUL TURQUESA
ALBERTO BEUTTENMULLER
ATUAL
(1992)
R$ 7,00



APRENDA A USAR O COMPUTADOR E A INTERNET ATRAVÉS DE IMAGENS
RUTH MARAN
READERS DIGEST
(1999)
R$ 5,00



A FREIRA NO SUBTERRANEO
CAMILLO CASTELLO BRANCO
CHARDRON
R$ 10,00



TRANSFORMANDO ADVERSIDADES EM BÊNÇÃOS
SILAS MALAFAIA
CENTRAL GOSPEL
(2010)
R$ 8,00



A GRANDE PIRÂMIDE REVELA SEU SEGREDO
ROSELIS VON SASS
ORDEM DO GRAAL NA TERRA
(1972)
R$ 8,00



GESTÃO DE VIDA E DOS NEGOCIOS
RICARDO FERRARI
DO AUTOR
(2006)
R$ 9,00



INVASÃO DA CATEDRAL LITERATURA E ENSINO EM DEBATE
LIGIA CHIAPPINI M. LEITE
MERCADO ABERTO
(1988)
R$ 27,00





busca | avançada
62566 visitas/dia
2,2 milhões/mês