Kindle, iPad ou Android? | Vicente Escudero | Digestivo Cultural

busca | avançada
70622 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conversas no MAB com Sergio Vidal e Ana Paula Lopes
>>> Escola francesa de Design, Artes e Comunicação Visual inaugura campus em São Paulo
>>> TEATRO & PODCAST_'Acervo e Memória', do Célia Helena, relembra entrevista com Nydia Licia_
>>> Projeto Cultural Samba do Caxinha cria arrecadação virtual para gravação de seu primeiro EP
>>> Designer e arquiteto brasileiro, Giovanni Vannucchi participa da VIIBienal Ibero-americana de Design
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> Aquele apoio
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Pouca gente sabe
>>> O chilique do cabeleireiro diante da modelo
>>> Paradiso por Metheny
>>> A nova propaganda anda ruim
>>> A Erva do Diabo, de Carlos Castaneda
>>> Manual para o leitor de transporte público
>>> Ganha-pão
Mais Recentes
>>> Passagens: Estudos sobre a filosofia de Kant de Ricardo Terra pela Ufrj (2003)
>>> Vathek de William Beckford pela L&PM Pocket (2007)
>>> Natureza e ilustração: Sobre o materialismo de Diderot de Maria das Graças de Souza pela Unesp (2002)
>>> Hume et la fin de la philosophie de Yves Michaud pela Quadrige / PUF (1999)
>>> Hume: Une Philosophie Des Contradictions de Jean-Pierre Cléro pela Vrin (1998)
>>> Hume's Philosophy of Religion de J. C. A Gaskin pela MacMillan (1988)
>>> Machado de Assis: equívocos da crítica de Alfredo Jacques pela Iel (1974)
>>> Diálogos com Leuco de Cesare Pavese pela Cosac & Naify (2012)
>>> Subjetividade, Espaço E Tempo Em David Hume de Monica Loyola Stival pela Humanitas / FAPESP (2015)
>>> Biologia 1(ensino médio) biologia das células de Amabis Martho pela Moderna plus (2010)
>>> História conexões de Alexandre Alves, Letícia Fagundes pela Moderna plus (2013)
>>> Geografia conexões de Lygia Terra, Regina Araújo e Raul Borges pela Moderna plus (2012)
>>> Atividade em Feltro Foguete dos Cálculos de Claudia Maria Bertuqui Ribeiro pela Feltro (2020)
>>> Contribuição para a História da Revolução Constitucionalista de 1932 de Euclydes Figueiredo pela Livraria Martins (1954)
>>> Por São Paulo e pelo Brasil de João Neves pela Sem (1933)
>>> A Revolução Constitucionalista de Herculano C. e Silva pela Civilização Brasileira (1932)
>>> Química 1 (ensino médio) de Tito Canto pela Moderna plus (2010)
>>> Prefiero Espanol (ensino médio) 1 de Gretel Eres Fernandez pela Moderna (2010)
>>> A Columna Romão Gomes de Herbert V. Levy pela Saraiva & Cia (1933)
>>> Literatura (ensino médio) 1 de Maria Luiza M. Abaurre e Marcela Pontara pela Moderna plus (2010)
>>> Um Desconhecido de Danielle Steel pela Record (1999)
>>> Capacete de Aço de Affonso de Carvalho pela Civilização Brasileira (1933)
>>> Palmo a Palmo (a Lucta no Sector Sul) de Cap. Alves Bastos pela Sociedade Impressora Paulista (1932)
>>> Preces Atendidas de Danielle Steel pela Record (2009)
>>> Matemática (ensino médio) 1 de Manoel Paiva pela Moderna plus (2013)
>>> Agora Nós! de Paulo Duarte pela Sem (1927)
>>> Um Mundo que Mudou de Danielle Steel pela Record (1996)
>>> Revolucione sua qualidade de vida de Augusto Cury pela Sextante (2002)
>>> O poder de cura da linhaça de Conceição Trucom pela Alaúde (2015)
>>> 1934 de Alberto Moravia pela Riográfica (1986)
>>> 000 Contra Moscou Viagem ao País do Medo de Ibrahim Sued pela Bloch (1965)
>>> 1 de Janeiro de 1993 o Que Vai Mudar na Europa de Peter Sutherland pela Ed 70 (1993)
>>> 10 Anos de Aventuras na História - as Reportagens Fundamentais de Da Editora pela Abril (2013)
>>> 10 Décadas: a História do Santos Futebol Clube de Celso Jatene pela Companhia Ed Nacional (2012)
>>> 10. 000 Anos de Descobertas de Bruno Kaiser pela Melhoramentos
>>> 100 Crônicas Escolhidas Rubem Braga de Rubem Braga pela José Olympio (1958)
>>> 100 Dicas de Marketing Sexual para Homens de Roberto Bo Goldkorn pela Best Seller (2006)
>>> 100 Dicas Infalíveis para Emagrecer e Se Manter Em Forma de Fred A. Stutman M D pela Sextante (2010)
>>> 100 Dicas Infalíveis para Emagrecer e Se Manter Em Forma de Fred A. Stutman pela Sextante (2010)
>>> 100 Escovadas Antes de Ir para a Cama de Melissa Panarello pela Objetiva (2004)
>>> 100 Magias para Guardar Segredos de As Bruxinhas Witch pela Edelbra (2002)
>>> 1000 Perguntas Falências e Concordatas de Waldir Vitral pela Rio (1983)
>>> 1001 Dicas & Conselhos Úteis para Usar Melhor Seu Computador de Readers Digest pela Seleções Readers Digest (2002)
>>> 1001 E-mails Sherazade Conta Histórias Eróticas a um Marujo Solitário de Cynthia Dornelles pela Record (2003)
>>> 1001 Espetáculos da Natureza de Readers Digest pela Readers Digest (2003)
>>> 1001 Perguntas e Respostas Sobre Ciência de Joachim Czichos e Outros pela Readers Digest (2008)
>>> 11 de Setembro de 2001 uma Terrível Farsa de Thierry Meyssan pela Usina do Livro (2003)
>>> 11000 Noites de Eduardo Amorim Garcia pela Massao Ohno M Lydia Pires (1983)
>>> 12 Razões para Amá-la de Jamie S. Rich e Joelle Jones pela Devir (2007)
>>> 14 Degraus de Emi Bulhões de Carvalho da Fonseca pela O Cruzeiro (1971)
COLUNAS

Quinta-feira, 14/4/2011
Kindle, iPad ou Android?
Vicente Escudero

+ de 8200 Acessos
+ 2 Comentário(s)

O leitor já deve estar acompanhando há tempos todas as mudanças que vêm ocorrendo no cruzamento entre o mundo dos tablets com o dos livros.

Com alguns acidentes aqui e ali, já é possível dizer que a experiência de leitura num dispositivo eletrônico é igual ou até melhor que a leitura do livro em papel. Isso sem contar a competição dos tablets com outros tipos de edições como revistas, jornais e quadrinhos.

Não conheço ninguém que possua um tablet e tenha comprado um livro impresso em vez de sua edição digital, se disponível. E essa facilidade da leitura vicia e pesa mais no bolso, mas não traz prejuízo.

Embora estas considerações devam ser levadas em conta apenas para o mercado de livros e tablets fora do Brasil, já que o mercado nacional destes aparelhos e das edições digitais ainda é incipiente, é irreversível a tendência de migração do conteúdo impresso para o digital.

É público e notório que as vendas de edições digitais já ultrapassaram e deixaram para trás as edições físicas de livros e o número de visitantes nos jornais on-line faz desaparecer o público da versão impressa, ainda que mais lucrativa para os publishers. A Amazon já venceu. Agora só resta saber até quando os concorrentes vão competir estrategicamente para permanecerem derrotados.

Aos leitores que pensam em migrar para edições digitais, há três opções viáveis, desconsiderando os smartphones: Kindle, iPad e tablets com sistema Android.

Fui usuário do primeiro durante um ano e meio e não tenho reclamações sobre o aparelho. Neste período, devo ter lido mais ou menos trinta e cinco edições digitais, excluídos blogs e leituras relacionadas ao meu trabalho.

Em meados de fevereiro, migrei para o iPad. A situação só melhorou. Também já experimentei um Galaxy Tab com Android e achei o sistema bastante eficiente. Mas qual é o melhor?

O iPad. E muito. Comparados aos outros dois sistemas, o tablet da Apple oferece uma experiência muita mais rica e criativa, permitindo que o usuário passe de um aplicativo para o outro sem atrapalhar a leitura. E, convenhamos, se você vai gastar muito com um tablet, ele deve fazer mais coisas do que simular e armazenar livros, certo?

O sistema operacional do iPad, o atual iOS 4.3, é muito rápido, mesmo instalado na primeira versão do aparelho. E quando digo rápido, refiro-me ao suficiente para se comparar aos aplicativos funcionando no Windows 7 em um computador com processador Core i5. Existem diferenças mínimas de tempo para carregamento de páginas no navegador e de alguns aplicativos. Entretanto, depois de algum tempo usando o aparelho, o único problema preocupante que notei foi o teclado touchscreen ocupando uma parte substancial do espaço da tela enquanto digitava um texto longo.

Você não vai perceber os milissegundos de diferença que os sites de tecnologia tanto noticiam por aí na batalha entre navegadores da Web, nem vai querer jogá-lo pela janela quando ele der pau porque o iPad aguenta firme longas sessões de trabalho sem surpreender com qualquer bug.

Ressalto que estas comparações entre o funcionamento dos sistemas operacionais se referem apenas aos softwaress utilizados no dia a dia pelo usuário comum, como editores de texto, planilhas, editores de imagem e áudio.

Se você está procurando um aparelho para substituir seu videogame e o que você procura deve estar no nível de um Playstation 3, sinto lhe dizer que os jogos do iPad funcionam, na maioria dos casos, como meros passatempos. Nada de viagens gráficas como Uncharted e Gran Turismo. Neste caso, apenas a opção de jogos on-line entre vários competidores é equivalente à experiência do console.

Mas se você procura um tablet que pode substituir seu notebook para tarefas do dia a dia como e-mail, Twitter, edição de textos, planilhas, assistir vídeos até em HD e navegação na Web, o iPad entra no jogo.

Apesar de algumas limitações para impressão de arquivos (quem tem impressora bluetooth ou sempre está conectado em rede?) e a bagunça planejada que ainda é o iTunes (é fácil comprar algo por impulso, difícil trocar arquivos com o iPad), ele cumpre por mais de 10 horas seguidas, sem descarregar a bateria, qualquer uma das tarefas ou, acredite, algumas delas ao mesmo tempo. Isso é muita coisa para um aparelho com a espessura de uma revista e que pesa pouco mais de meio quilo.

Não existe muita área para inovação no seguimento de livros digitais. Mesmo com a diferença do suporte, livros são textos, e textos podem se adaptar a aparelhos mais simples, como o Kindle, sem dificuldades.

Eu fui um crítico do iPad logo no lançamento, imaginava que sua grande quantidade de funções dispersaria a leitura do usuário que buscasse apenas migrar do papel para o meio digital.

Hoje reconheço que estava errado. O iPad é muito bem-acabado e a experiência de utilização é extremamente suave e personalizável. As edições digitais da iBooks são mais refinadas que as do Kindle, o dicionário é mais rápido e as anotações deixam pequenos post-its ao lado do texto marcado.

Noves fora que as trocas de página simulam um livro de papel. Além destas vantagens para o leitor, alguns aplicativos podem funcionar no background, os vídeos são reproduzidos perfeitamente, sem lag, não importando o tamanho e a internet, mesmo sem Flash, é uma experiência completa.

Os concorrentes sofrem para acompanhar a qualidade do iPad. Apesar do Kindle atender às expectativas do leitor, hoje não faz mais sentido adquirir um reader exclusivamente para leitura e que ainda possui um visor preto e branco. Já os tablets que carregam o sistema Android são peças excelentes de hardware sem softwares à altura.

Sua loja de apps ainda possui apenas um pouco mais de 50 aplicativos à venda. Imagine como seria sua vida se o seu computador estivesse limitado a apenas estes softwares.

E ainda existe o problema da fragmentação do sistema operacional, atualizado "sabe-se lá quando" pela operadora ou pelo próprio Google, de acordo com o tablet adquirido e o país onde o usuário se encontra. É horrível depender da boa vontade de terceiros e ver outras pessoas com um aparelho similar, só que rodando o software atualizado. No bolso do consumidor isso pesa como dinheiro perdido na rua.

A tecnologia dos tablets ainda é nova, tem um campo muito grande para avançar e limitações muito menores do que as existentes nos aparelhos celulares. Mesmo assim, o iPad já pode ser considerado o tablet que definiu o próprio conceito do hardware. É só dar uma olhada nos aparelhos criados pela Samsung e Motorola para perceber de onde vieram suas idéias de design e acabamento.

Se você também é um leitor assíduo que lê livros em inglês e tem dúvidas sobre qual aparelho comprar, não pense duas vezes: vá de iPad. Assim, você lê mais, melhor e gasta menos. E ainda leva um pequeno notebook de brinde...


Vicente Escudero
Campinas, 14/4/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. E por falar em aposentadoria de Fabio Gomes
02. A feira ao longe de Elisa Andrade Buzzo
03. Barba ensopada de sangue: a ilusão é humana de Isabella Ypiranga Monteiro
04. Senhorita K de Carina Destempero
05. 90125: o renascimento do Yes de Diogo Salles


Mais Vicente Escudero
Mais Acessadas de Vicente Escudero em 2011
01. Kindle, iPad ou Android? - 14/4/2011
02. O incompreensível mercado dos e-books - 3/3/2011
03. O ponto final da escrita cursiva - 15/9/2011
04. Lynch, David - 8/12/2011
05. Diário da Guerra do Corpo - 9/6/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
1/4/2011
00h08min
Porque é tão difícil aceitar que uma pessoa pode querer apenas um simples e-reader? Gosto do Kindle não só pelo que ele faz mas pelo que ele não faz. Me gera menos distração nas minhas leituras. Não descarto um dia ter um Ipad mas não será para leitura.
[Leia outros Comentários de Fernando]
4/4/2011
13h32min
iPad, de fato, dá de dez nos concorrentes, pelo menos por enquanto! Com o meu viajei recentemente, minha mulher o carregou na bolsa de mão,... sem problemas e volumes, e pude acessar meus e-mails até no meio da rua,... sem grandes transtornos. - Já o Kindle é muito bom,... o melhor;... publiquei um livro em papel, editora normal, e vendi poucos exemplares,... o mesmo que quase todos os escritores brasileiros vendem, salvo algumas exceções. - Publiquei o mesmo, e outros cinco, no Kindle e já vendi, no mundo todo, cinco vezes mais do que os 'normais'...
[Leia outros Comentários de I. Boris Vinha]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MEU SER E PENSAR
AFONSO RODRIGUES S J
LOYOLA
(1981)
R$ 5,00



SABER AMAR: GERENCIANDO OS SENTIMENTOS COM INTELIGÊNCIA
LUIZ ALBERTO PY
ROCCO
(2006)
R$ 5,17



GERENCIANDO VENDEDORES PIT BULLS - PROGRAMA DE TREINAMENTO DA FORÇA
LUIS PAULO LUPPA
GESTAO COMPETITIVA
(2005)
R$ 10,00



PORTUGUÊS LINGUAGENS - 7
WILLIAM CEREJA & THEREZA COCHAR
ATUAL
(2014)
R$ 15,00



PRESERVAR O CORPO DURANTE A GRAVIDEZ, 2A EDIÇÃO
MAXIME BENABOU
COMPENDIUM
(1989)
R$ 11,16



INICIANDO OS CONCEITOS DA QUALIDADE TOTAL - SÉRIE QUALIDADE BRASI
EQUIPE GRIFO
PIONEIRA-GRIFO
(1994)
R$ 8,80



VÍNCULOS
LÚCIA PIMENTEL GÓES
ATUAL
(1987)
R$ 5,00



A VIDA DO BEBÊ
DR. RINALDO DE LAMARE
BLOCH
R$ 45,90



ODES
JOSÉ CARLOS SERUFO E MARCO AURÉLIO BAGGIO
SOGRAFE
(2010)
R$ 5,00



ONTEM À NOITE ERA SEXTA-FEIRA
ROBERTO DRUMMOND
SICILIANO
(1991)
R$ 8,00





busca | avançada
70622 visitas/dia
2,0 milhões/mês