A utopia das paredes de vidro | Carla Ceres | Digestivo Cultural

busca | avançada
100 mil/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> OBA HORTIFRUTI INAUGURA 25ª LOJA EM SÃO PAULO
>>> Bienal On-line promove studio visit com artista argentina Inés Raiteri
>>> Castelo realiza piqueniques com contemplação do pôr do sol ao ar livre
>>> A bailarina Ana Paula Oliveira dança com pássaro em videoinstalação de Eder Santos
>>> Festival junino online celebra 143 da cidade de Joanópolis
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
Últimos Posts
>>> Fiel escudeiro
>>> Virtual: Conselheiro do Sertão estreia quinta, 24
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Habemus Blog
>>> 3 de Fevereiro #digestivo10anos
>>> Autores & Ideias no Sesc-PR II
>>> Um Furto
>>> Conceitos musicais: blues, fusion, jazz, soul, R&B
>>> Raduan Nassar
>>> Cacá Diegues e os jornalistas
>>> A Casa é de Daniela Escobar
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Ação Afirmativa, Injustiça Insuspeita
Mais Recentes
>>> As Panquecas de Mama Panya de Mary e Rich Chamberlin e julia cairns pela Sm (2010)
>>> Adeus ás Armas/A luz que se apagou/Teatro/Ensaios céticos de Varios Autores pela Delta (1907)
>>> Malala, a Menina que Queria ir Para a Escola de Adriana Carranca pela Companhia das Letrinhas (2019)
>>> O pensamento vivo de Oswald de Andrade de Cristina Fonseca (org.) pela Martin Claret (1987)
>>> Continente Sul Sur de Vários autores pela Instituto Estadual do Livro (1996)
>>> O Diário Escondido da Serafina de Cristina Porto e Ilustração Michele Iacocca pela Atica (2016)
>>> Traição - Um jesuita a serviçao do Brasil Holandes - Historia de Ronaldo Vainfas pela Cia das Letras (2008)
>>> Leituras obrigatórias 2013 de Vários autores pela Leitura XXI (2012)
>>> Caniços ao Vento de Grazia Deledda pela Delta (1964)
>>> Zac Power 02 - Águas Profundas de H. I. Larry pela Fundamento (2009)
>>> As Caravanas da Lua - Pela Rota do Incenso em busca da Rainha de Sabah -Historia de Fernanda de Camargo -Moro pela Record (2007)
>>> O Imoralista de André Gide pela Delta (1966)
>>> Chapeuzinho Amarelo de Chico Buarque e Ziraldo pela José Olympio (2011)
>>> o Livreiro- Como uma Familia que começou alugando livros - Biografias de Pedro herz pela Planeta (2017)
>>> O Urso Polar e Outras Novelas de Henrik Pontoppidan pela Delta (1963)
>>> Quem Tem Boca Vai ao Timor! de Beto Junqueyra pela Brasil (2010)
>>> Seis Novelas - 83 de W. Somerst Maugram pela Globo (1951)
>>> Leve-Me com Você: as Aventuras de um Livro Viajante de Paul Desalmand pela Octavio (2011)
>>> Uma Chance de Lutar - Uma mae de classe media se tornou uma das... Biografias de Elizabeth Warren pela Intrinseca (2016)
>>> Na Floresta do Bicho Preguica - Cosac & Naify de Anouck Boisrobert e Cassia Silveira e Louis Rigaud pela Cosac & Naify (2011)
>>> Estranherismo - Poesia de Zack Magiezi pela Bertand (2016)
>>> Pollyanna de Eleanor H. Porter pela Nacional (1969)
>>> Ximerix - Poesia de Zuca Sardan pela Cosac (2013)
>>> Sentimento do Mundo - Capa Dura - Poesia de Carlos Drummond de Andrade pela Circulo do Livro (1999)
>>> Muzimba Na Humildade Sem maldade - Poesia de Akins Kinte pela Do autor (2016)
COLUNAS

Quinta-feira, 3/4/2014
A utopia das paredes de vidro
Carla Ceres

+ de 3300 Acessos

Uma parcela dos defensores do vegetarianismo e dos direitos dos animais parece crer que bombardear seus seguidores nas redes sociais com imagens chocantes do sofrimento que causamos a outros seres é uma forma eficaz de modificar nossos hábitos alimentares e de consumo. De modo geral, aceitam a famosa frase de Paul McCartney: "Se matadouros tivessem paredes de vidro, todos seriam vegetarianos".

A ingênua frase de efeito aparece logo no início do documentário Paredes de vidro, estrelado por Paul. Sem dúvida, as imagens da crueldade por trás das paredes dos matadouros impressionarão muitas pessoas e até converterão boa parte delas ao vegetarianismo. No entanto, com esse vídeo acontece o mesmo que aconteceria se os matadouros tivessem de fato paredes de vidro: a maioria das pessoas preferiria não assistir, não olhar. Em contrapartida, os sádicos fariam fila para acompanhar cada detalhe e os curiosos menos sensíveis apostariam entre si para saber quantos minutos do "espetáculo" conseguiriam suportar sem passar mal.

Convém não nos enganarmos quanto aos bons sentimentos da humanidade. Se quisermos realmente mudar seu comportamento, precisamos conhecê-la e levar em conta todos os seus aspectos. Sim, alguns de nós são capazes de atos notáveis de generosidade. Mas esses atos só são notáveis por serem exceções ao egoísmo de sempre. De acordo com pesquisas na área de economia comportamental, gostamos de ter uma autoimagem positiva e até fazemos alguns sacrifícios para mantê-la sem, no entanto, abrir mão de nossos interesses.

Um exemplo bem a calhar é o caso do cantor Roberto Carlos que deixou cair sua máscara de defensor dos animais em troca de um cachê equivalente a uma quantidade assombrosa de bois mortos. O que aconteceu? Ele não quis nem saber quantas mortes foram necessárias para acumular os milhões que recebeu. Seu arrependimento agora, caso já tenha caído em si, deve estar ligado aos prejuízos que esse ataque de materialismo acarretou a sua imagem de pessoa sensível e espiritualizada.

A curiosidade mórbida que levaria espectadores às paredes de vidro dos matadouros não se transformaria necessariamente em compaixão. Poderia, isso sim, tornar-se um vício e uma fonte de embrutecimento emocional. Milhares de pessoas se deliciam acompanhando programas de jornalismo sensacionalista e procurando fotos de acidentes na internet. Quantos fãs dos Mamonas Assassinas se gabaram de ter visto seus corpos carbonizados sem se perturbar? Se ainda há quem considere a insensibilidade ao sofrimento humano uma virtude, imagine a indiferença quanto aos animais.

Claro que fotos de desastres sem sobreviventes deixam pouca margem para uma atitude compassiva. Talvez a multidão se sensibilize e entre em ação quando perceber que pode ajudar, certo? Esqueça! A multidão se reúne ao redor de acidentes, fica olhando, mas não se mexe para prestar auxílio. O comportamento é tão conhecido que tem até nome: apatia do espectador. Pena que, em outras situações, a paralisia desapareça e a multidão se reúna exigindo uma atitude. Quando isso acontece? Quando alguém está prestes a se atirar de um prédio e o povo unido começa a bradar "Pula! Pula!"

A humanidade não é flor que se cheire. Nunca foi. Pra começar, somos egoístas, comodistas, agressivos, hipócritas e vaidosos. Mas estamos melhorando. O âmbito de nossa responsabilidade moral tem se ampliado ao longo do tempo. Não consideramos normal um ser humano que se importe só consigo mesmo. Esperamos que se interesse, no mínimo, por sua família. Ensinamos às crianças suas responsabilidades para com a comunidade e o ambiente. Como sempre, essas mudanças surgem a partir de pequenos grupos de pessoas sensíveis dispostas a se mobilizar por uma causa.

Os defensores dos animais têm obtido vitórias significativas, mas alguns militantes erram ao transformar Twitter, Facebook, Instagram e blogs em shows de horrores. Perdem seguidores ou são ignorados por eles, geram antipatia pela causa e, pior ainda, acabam, sem querer, promovendo a dessensibilização das pessoas. Uma foto ou outra, em momentos específicos, pode ajudar muito. Uma torrente constante de fotos horrendas leva à conclusão de que o mundo é assim mesmo e não há nada a ser feito.

Há outros recursos à disposição para influenciar as pessoas quando a empatia falha. Apelos ao egoísmo inteligente, por exemplo, conseguem fazer milagres. Quem deseja contrair o mal da vaca louca? Quem quer ingerir os hormônios e os antibióticos que tornam o gado "saudável"? Cada pessoa responde a um tipo de estímulo. Combiná-los gera eficiência.

Nota do Editor
Carla Ceres mantém o blog Algo além dos Livros. Leia também "De onde vem a carne que você come?", de Wellington Machado.


Carla Ceres
Piracicaba, 3/4/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Super Campeões, trocas culturais de Brasil e Japão de Luís Fernando Amâncio
02. A poesia concreto-multimídia de Paulo Aquarone de Marcelo Spalding
03. Do desprezo e da admiração de Guga Schultze


Mais Carla Ceres
Mais Acessadas de Carla Ceres em 2014
01. HQs sombrias, anjos e demônios - 2/1/2014
02. Um menino à solta na Odisseia - 6/11/2014
03. Duas distopias à brasileira - 7/8/2014
04. Adolescentes e a publicação prematura - 4/9/2014
05. Vaidade, inveja e violência - 8/5/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Confissões de uma Ex
Lynda Curnyn
Harlequin
(2006)



O Futuro do Comércio Internacional: as Teses de Maidenhead
C. Fred Bergsten (coordenador)
Fgv (rj)
(1979)



Occhi Di Cane Azzurro
Gabriel García Márquez
Newton Compton
(1978)



Assassinato Em Veneza
A. J. Lapate
Conex
(2010)



Solventes Industriales - Selección, Formulación y Aplicación
Paulo Garbelotto
Rhodia
(2008)



Teorias de Comércio Internacional
Bernard Guillochon
Campus
(1979)



Hermenêutica Jurídica
Luiz Augusto Flórido
Liber Juris (rj)
(1993)



Minidicionário Rideel Língua Portuguesa
Editora Rideel
Rideel
(2009)



Apprenticed in Crime: Young Offenders, the Law, and Crime in Cana
Kevin Marron
Seal Books
(1993)



O Furta-sonhos e Outras Histórias
Elias José
Atual
(1989)





busca | avançada
100 mil/dia
2,7 milhões/mês