O romance do 'e se...' | Cassionei Niches Petry | Digestivo Cultural

busca | avançada
67999 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Teatro Sérgio Cardoso recebe As Conchambranças de Quaderna de Ariano Suassuna
>>> “Meus bichos do sertão”, da artista mineira Maria Lira, em exposição na AM Galeria
>>> Maurício Limeira fará parte do DICIONÁRIO DO PROFUNDO, da Ao Vento Editorial
>>> Longa documental retrata música e territorialidade quilombola
>>> De Priscila Prade, Exposição Corpo em Quarentena abre dia 4/10
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
Últimos Posts
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
Blogueiros
Mais Recentes
>>> FLIPS
>>> Digestivo no Podcrer
>>> Casamento atrás da porta
>>> Aida, com Lorin Maazel e a Symphonica Toscanini
>>> 10º Búzios Jazz & Blues III
>>> A Lógica do Cisne Negro, de Nassim Nicholas Taleb
>>> Tubo de Ensaio
>>> Caso Richthofen: uma história de amor
>>> Lei do Sexagenário
>>> Desglobalização
Mais Recentes
>>> O negócio dos livros: Como grandes corporações decidem o que você lê de André Schiffrin pela Casa da Palavra (2006)
>>> Jesus Cristo Veio na Carne é de Deus de Centro Bíblico Verbo pela Paulus (2019)
>>> Inexistência da Doença de Masaharu Taniguchi pela Seicho-no-ei (2015)
>>> Jesus a Vida Completa de Juanribe Pagliarin pela Bless Press (2012)
>>> Poemas para Ler na Escola de João Cabral de Melo Neto pela Objetiva (2010)
>>> O Juiz do Turbante Dourado e a Senhora das Agulhas de Francisco Fernandes de Araújo pela Pontes (2007)
>>> Juntando as Peças Liderança na Prática de Maércio Rezende pela Saint Paul (2010)
>>> Kundu de Morris West pela RioGráfica (1986)
>>> O Livro da Saúde - Enciclopédia Médica Familiar de Benjamin F. Miller pela Seleções (1976)
>>> After the Fall de Arthur Miller pela Bantam Books (1967)
>>> João Sendo João de João Guilherme pela Planeta (2016)
>>> Juquinha, Eterno de Fabiano Candido pela Autografia (2018)
>>> Josué e a Vida Depois da Virgula de Delcio O. Meireles pela Imprensa da Fé
>>> A Jornada - Devocionário de Vários Colaboradores pela Ed. Z3 (2010)
>>> A Jornada - Sabedoria e Cuidado de Deus Capa de Ricardo Agreste da Silva pela Zz3 (2014)
>>> Percy Jackson - Ladrão de Raios de Rick Riordan pela Intrinseca (2008)
>>> The Adventures of Tom Sawyer de Mark Twain pela Oxford Bookworms (2008)
>>> O fim dos tempos de Thomas M Campion pela Arqueiro (2019)
>>> Tex Coleção 471 - Morte no Rio de G. L. Bonelli pela Mythos (2013)
>>> Tex 386 de Bonelli pela Mythos (2015)
>>> Tex o Pueblo Escondido de G. L. Bonelli - A. Galleppini pela Mythos (2015)
>>> Dragon Ball Nº 13 de Akira Toriyama pela Panini (2012)
>>> Aventura no Império do Sol de Silvia Cintra Franco pela Ática (1989)
>>> Um Rosto no Computador de Marcos Rey pela Ática (1994)
>>> Um inimigo em cada esquina de Raul Drewnick pela Ática (2001)
COLUNAS

Quarta-feira, 22/7/2015
O romance do 'e se...'
Cassionei Niches Petry

+ de 3300 Acessos

E se não tivéssemos saído de casa naquele dia fatídico? E se eu não tivesse parado para amarrar os tênis antes de passar por baixo da marquise que desabou? E se você tivesse ficado em casa naquele dia em que conheceu a namorada na boate? E se Tancredo Neves não tivesse morrido? E se não existisse literatura?

Se eu não conhecesse a obra anterior de Miguel Sanches Neto, talvez não tivesse lido seu recente romance. A narrativa poética e memorialística de Chove sobre a minha infância, os romances com tintas de história em O amor anarquista e A máquina de madeira e os contos das coletâneas Hóspede secreto e Então você quer ser escritor?, assim como as crônicas sobre livros em Herdando uma biblioteca, mostraram um autor experimentado e dono de um estilo próprio, alimentado por leituras e reflexões a partir da condição de crítico literário, atividade que abandonou para se dedicar à elaboração de A segunda pátria (Intrínseca, 320 páginas).

Se Getúlio Vargas se aliasse a Adolf Hitler e cedesse a posse dos Estados com forte colonização alemã ao regime nazista, o que aconteceria? Com essa premissa, o escritor paranaense cria uma realidade paralela (possível de ter acontecido, diga-se de passagem) e solta a imaginação. Esse painel histórico alternativo, porém, não nos é contado a partir da macro mas sim da micro história. O ângulo escolhido é o reflexo do horror nazista nas pessoas comuns.

E se a perseguição nazista acontecesse numa sociedade recém-saída da escravidão dos negros e praticamente sem a presença de judeus? Com a justificativa da pureza da raça ariana, os descendentes africanos seriam os primeiros a sofrerem. É o que acontece na cidade de Blumenau, em Santa Catarina, com Adolpho Ventura. Apadrinhado por um alemão para quem seus pais trabalharam, o jovem recebeu boa educação e oportunidade de se formar engenheiro. Aprendeu a falar alemão e aprecia a literatura da terra de Goethe. Trabalhando como engenheiro na prefeitura, tem agora sua casa própria e cria sozinho um filho cuja mãe, de descendência alemã, não podia criá-lo. Com as novas leis, no entanto, as pessoas começam a se afastar dele e logo o obrigam a deixar o emprego e a casa. Esse era um sentimento que aumentava a cada dia. Não queriam mais a sua presença no serviço. Nem na cidade. Ele cruzara uma fronteira. Por fim, é obrigado a trabalhar em uma fazenda como escravo. O horror está estabelecido.

E se o enredo fosse contado a partir de outro ponto de vista? Pois o foco narrativo muda na segunda parte do enredo e se cola na figura de Hertha, jovem branca, criada pelo tio alemão. Tendo como fachada a atividade de pianista, ela na verdade presta serviços sexuais. O seu maior "recital" acontece em Porto Alegre e tem como "ouvinte" uma grande figura da época. Simpatizante do nazismo num primeiro momento, chegando a fazer parte da juventude hitlerista, ela passa, assim como o tio, a questionar o regime. Por isso, também são perseguidos. E é o tio quem faz uma interessante reflexão sobre a igualdade e a mistura de raças, através de uma comparação com as florestas nativas e as plantadas:

Karl ergueu o arame da cerca para Hertha e também passou pela fresta. Andaram no meio dos eucaliptos eretos, plantados em linha reta, com espaçamento fixo. O chão estava sem mato. Era fresco ali, e tudo tinha um cheiro forte de produto químico, liberado pelas folhas e cascas das árvores.
- Para mim, as florestas deviam ser todas assim, iguais, regulares. Demorei a me acostumar com as florestas tropicais, com a fartura, o excesso, a confusão. A gente olhava uma árvore e via o galho florido da outra dentro de sua copa.
Após um breve silêncio, Karl disse:
- Promiscuidade.
- O quê? - Hertha achou que ele a acusava.
- Uma floresta promíscua, mas muito rica, muito viva. Eu queria uma floresta militar.


Se Miguel Sanches Neto freasse sua imaginação e não recriasse os fatos históricos, ou melhor, não os invertesse, e não se furtasse inclusive de mudar a forma da morte de um chefe político importantíssimo, chegando a antecipá-la na linha do tempo da História, teríamos um romance mediano, pois falha em alguns pontos. Não desenvolveu, por exemplo, algumas personagens, que aparecem muito rapidamente, apesar de assumirem papéis relevantes. Também obscureceu em demasia a identidade da mãe da criança de Adolpho de tal maneira que, quando revelada, se tornou inverossímil, pelo menos para este leitor que não encontrou o elo e não identificou as mudanças de discurso temporal da narrativa. Esse hermetismo destoou do resto do romance. Saímos, no entanto, extasiados pelo enredo, um dos mais originais da literatura brasileira.

E se esse livro virasse filme? Pois parece que vai, pois os direitos de filmagem já foram comprados. Confesso que espero ansioso para ver audácia de Sanches Neto na grande tela. É uma obra que ainda dará muito que falar.


Cassionei Niches Petry
Santa Cruz do Sul, 22/7/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Vandalizar e destituir uma imagem de estátua de Elisa Andrade Buzzo
02. Do outro lado, por Mary del Priore de Ricardo de Mattos
03. Por que Harry Potter é boa literatura de Fernanda Prates
04. Como você aprende? de Débora Carvalho
05. Desperte seu lado Henry Ford de Débora Carvalho


Mais Cassionei Niches Petry
Mais Acessadas de Cassionei Niches Petry em 2015
01. A coisa tá preta - 8/7/2015
02. Não olhe para trás (ou melhor, olhe sim) - 19/8/2015
03. Do inconveniente de ter escrito - 9/9/2015
04. O romance do 'e se...' - 22/7/2015
05. As sombras e os muros de José J. Veiga - 11/11/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Tecnologia Em Gestão e Marketing para Pequenas e Médias Empresas Vol 2
Pedro Hiane e Outros
Uniderp
(2007)



Laços de Amor e Ódio
Luiz Carlos Carneiro
Lake
(1993)



Carelli
Joao J Spinelli
Bei
(2010)



Engenharia Genetica o Setimo Dia da Criacao
Fátima Oliveira; Il; Marcio Perassallo
Moderna
(1996)



Net Ware 4 para Leigos
Ed Tittel Deni Connor Earl Follis
Berkeley
(1995)



A Lágrima do Robô Sinal Aberto
Carlos Eduardo Novaes
Ática
(2008)



Pediatria Volume 2 Crescimento e Desenvolvimento
Med Curso
Med Curso
(2012)



Floresta Encantada: Livro de Colorir e Caça ao Tesouro Antiestres
Johanna Basford
Gmtsextante
(2015)



Harrison Medicina Interna Volume Ii Com Cd
Fauci*braunwald*kasper*hauser*longo*jameson
Mcgraw Hill
(2008)



O Novo Mundo Digital: Você Ja esta Nele
Ricardo Neves
Relume Dumará
(2007)





busca | avançada
67999 visitas/dia
2,2 milhões/mês