Doutor Horroris Causa | Fabio Ulanin

busca | avançada
56138 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Centro em Concerto - Palestras
>>> Crônicas do Não Tempo – lançamento de livro sobre jovem que vê o passado ao tocar nos objetos
>>> 10º FRAPA divulga primeiras atrações
>>> Concerto cênico Realejo de vida e morte, de Jocy de Oliveira, estreia no teatro do Sesc Pompeia
>>> Seminário Trajetórias do Ambientalismo Brasileiro, parceria entre Sesc e Unifesp, no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> O Apocalipse segundo Seu Tião
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
>>> Para não dizer que eu não disse
>>> Espírito criança
>>> Poeta é aquele que cala
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Amores & Arte de Amar, de Ovídio
>>> VOCÊS
>>> As sombras e os muros de José J. Veiga
>>> Entrevista com o poeta Júlio Castañon Guimarães
>>> 30 de Junho #digestivo10anos
>>> Quem Resenha as Resenhas de Som?
>>> Um Lobo nada bobo
>>> MUQUIFU
>>> De re coquinaria
>>> Mas, afinal, qual o futuro da TV?
Mais Recentes
>>> Fim de Fernanda Torres pela Companhia das Letras (2013)
>>> A Cabeça de Steve Jobs de Leander Kahney pela Agir (2008)
>>> As Pupilas do Senhor Reitor de Júlio Diniz pela Três (1984)
>>> Fabulário Geral do Delírio Cotidiano de Charles Bukowski pela L&pm Pocket (2020)
>>> Afetos Secretos - o Vocabulário - Com Dvd de Graça Pizá pela Imprensa Oficial (2010)
>>> Level 4: the Mirror Cracked From Side to Side de Agatha Christie pela Pearson Education Limited (2011)
>>> Bases Clínicas Em Odontogeriatria de Maria Cecília; Augusto Roque pela Santos (2000)
>>> O Menino dos Olhos Azuis de Antonio Augusto pela Ateniense
>>> Eucaristia, Mistério da Fé de Diácono Aury Azélio Brunetti pela Juarez de Oliveira (2001)
>>> Franscisco o Papa do Fim do Mundo de Gianni Valente pela Jardim dos Livros (2013)
>>> Conecte Espanhol, Volume Unico - Integrado de Lorena Menón; Enrique Melone pela Atual Didáticos (2014)
>>> Fisica - Contexto e aplicação de Antonio Maximo; Beatriz Alvarenga pela Scipione
>>> História das religiões de Elisabetta Bovo - edit. pela Folio (2008)
>>> Elementos do Direito: Direito Penal de Gustavo Octaviano Diniz Junqueira pela Premier (2007)
>>> Amor de Perdição de Camilo C. Branco pela Três (1984)
>>> Educação para o Desenvolvimento - Publicação Sôbre Educação Infantil de Nagib Elchmere outros pela Comunicação Visual
>>> Enfermagem na Saúde da Criança e do Adolescente I - Plt 175 - Lacrado de Vicky R. Bowden / Cindy Smith Greenberg pela Gen / Guanabara Koogan (2009)
>>> Os 11 Maiores Técnicos do Futebol Brasileiro de Maurício Noriega pela Contexto (2009)
>>> Negociação - Fortalecendo o Progresso - 7ª Edição de Eugenio do Carvalhal pela Vision (2012)
>>> Die Tränen des Teufels. de Jeffery Deaver pela Goldmann (2001)
>>> Técnicas de Diagnóstico de Fitopatógenos de Marcelo Eiras; Silvia R Galleti pela Devir Livraria (2012)
>>> Fundamentos de Cálculo Numérico de Adalberto Ayjara; Dornelles Fillho pela Bookman (2016)
>>> O Homem Que Matou Getúlio Vargas de Jô Soares pela Companhia das Letras (1998)
>>> Veronika Decide Morrer de Paulo Coelho pela Objetiva (1998)
>>> Domingos Olímpio de Luzia Homem pela Três (1984)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 5/11/2002
Comentários
Leitores


Doutor Horroris Causa
E mais! e mais! Nosso "presidente eleito", como nos satura a mídia, Lulla, recebeu, há pouquíssimo tempo, o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal da Bahia! E já está na Lista da de Pernambuco! É, realmente, um "pobrema prá nós resorvê"...

[Sobre "Lula: sem condições nenhuma*"]

por Fabio Ulanin
5/11/2002 às
09h58 200.207.125.196
(+) Fabio Ulanin no Digestivo...
 
Ironia barata
Incrível o grau do ridículo de sua resposta... Não sou patrulheira e não estou revoltadíssima como lhe parece. Apenas criei a convicção - e expressei - de que esse site é formado por uma maioria - se não unanimidade - de falsos intelectuais. Não acho você nem seu reacionarismo "monstruoso", acho sua postura de intelectualzinho apenas ridícula. Não me daria ao trabalho de achar "monstruoso"... Seu e-mail não me surpreende. Para egos inflados como o seu, a melhor saída é a ironia barata. É de se esperar...

[Sobre "Lula Já É Um Coitado"]

por Vanessa Rosa
5/11/2002 às
10h01 200.173.123.6
(+) Vanessa Rosa no Digestivo...
 
Mais algumas...
Caro Alexandre: Interminável a lista: o comportamento politicamente correto, em qualquer nível. A frase, mais do que repetida nessa "ressaca pós-eleitoral" (essa é mais uma frase para a lista!), "a festa da democracia". Sujeitos barbudos e de calcanhar sujo carregando bandeiras vermelhas na Paulista gritando "fora fmi" e cantando Vandré (aliás todo o Vandré). Madames que levam poodles passear no shopping center. O shopping center.

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Fabio Ulanin
5/11/2002 às
09h41 200.207.125.196
(+) Fabio Ulanin no Digestivo...
 
livre e imprevisível
"Todo intelectual deve ser livre e imprevisível." (Paulo Francis)

[Sobre "Lula: sem condições nenhuma*"]

por Julio
5/11/2002 às
09h24 200.183.97.226
(+) Julio no Digestivo...
 
Tem muita razão
Não te culpo. Aliás também vou parar de ler este site até que parem de publicar meus textos. Meu reacionarismo é monstruoso! Revoltante! Revoltante! Na próxima coluna eu até defendo a volta da escravidão! Isso é coisa com que se brinque, meu Deus, meu Deus?

[Sobre "Lula Já É Um Coitado"]

por Alexandre Soares
4/11/2002 às
18h58 200.207.125.11
(+) Alexandre Soares no Digestivo...
 
Coitado de você...
Como já afirmei em outro comentário nesse site, não sou patrulheira nem lulista de carteirinha, portanto minha opinião não se refere ao que vcs pensam sobre o Lula. O que me surpreende sobretudo - e de que já desconfiava muito antes das eleições... - é como vcs, colunistas do Digestivo Cultural, são pretensiosos e falsos intelectuais. Ou melhor, intelectuaizinhos. Confundem uma boa escrita e um par de idéias e gurus (como Olavo de Carvalho, ai, ai...) com o suficiente para serem grandes pensadores e críticos. Ai, essa vossa vida de intelectuais... Essa falta total de senso crítico fazendo... crítica! Incrível! Os verdadeiros críticos devem estar de cabelo em pé com esse site... Coitados de vocês... E até nunca mais, porque vou procurar coisa melhor na net e fora dela para ler...

[Sobre "Lula Já É Um Coitado"]

por Vanessa Rosa
4/11/2002 às
17h36 200.173.123.6
(+) Vanessa Rosa no Digestivo...
 
Da crítica rasteira
Eduardo, Eu concordo que Buenos Aires é uma das mais belas cidades do mundo e, talvez ao contrário de grande parte dos brasileiros, gosto muito do povo argentino e de seu país. Mas ante as premissas e afirmações gerais mais que aleatórias e anacrônicas que recheam todo o seu texto, fiquei espantada com esse artigo. Não acho incomôda a hipótese de a Argentina ser melhor do que o Brasil, mas acho incômodo e bastante triste ler um texto como esse num site que se pretende crítico e profundo, na medida possível do meio internet. Lamentável. A propósito, apesar de eu sempre acessar o site e apreciar muitos textos aqui pubicados, há tantos outros - como o seu - de um reacionarismo e de um superficialismo assustadores para serem de autoria de pessoas tão jovens que querem fazer um trabalho supostamente inteligente e de substância. Vanessa

[Sobre "Uma verdade incômoda"]

por Vanessa Rosa
4/11/2002 às
16h58 200.173.123.6
(+) Vanessa Rosa no Digestivo...
 
pior que tudo isso
Para mim, pior que tudo isso é a língua inglesa usada de maneira exagerada, principalmente por "micreiros" e economistas.

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Nara
4/11/2002 às
12h07 200.219.132.20
(+) Nara no Digestivo...
 
Linha versus cor
Quero agradecer a oportuidade, que o Jardel me dá, de acrescentar mais algumas questões essenciais:A dificuldade em conceber uma linha e uma cor usadas como mesmo elemento provém da tradicional dicotomia entre o linear (desenho)e o pictórico(cor abudante não contida pelo desenho) estabelecido por Heinrich Wolflin, em Principles of Art History (1915). venezianos e florentinos são considerados em rígidos termos de história da arte como representantes dessas polaridades em fins do século XV. Do mesmo modo, os adeptos de Poussin versus os de Rubens, no século XVII; a ruptura entre clássicos e românticos simbolizada por Ingres e Delacroix, como bem enfatizou o Jardel, acima. Alberto Beuttenmüller.

[Sobre "Matisse e Picasso, lado a lado"]

por AlbertoBeuttenmüller
4/11/2002 às
11h40 200.158.28.226
(+) AlbertoBeuttenmüller no Digestivo...
 
Quanta vulgaridade
"Válido" no sentido de razoável ou correta, como em "acho válido esse seu comentário". "Pegar" no sentido de considerar ou pensar. "Vamos pegar o exemplo do livro". "Encaminhamento" em vez de programa. "O encaminhamento do seminário de hoje vai ser o seguinte..." O uso de termos que enfraquecem a veemência com que se defende uma idéia, por medo de parecer arrogante, ou de não soar relativista como todo mundo. Por exemplo: sempre dizer que "acha" alguma coisa, mesmo quando se tem certeza. "Li tudo o que encontrei sobre o assunto, e eu acho que Fulano estava mesmo certo." Ou chamar uma idéia de "proposta". "A discussão estava num impasse, quando vieram Fulano e sua proposta." O uso do adjetivo "revolucionário" como um elogio. Ou para qualificar coisas que, afinal, não são tão "revolucionárias" assim. "Filme revolucionário". "Descoberta revolucionária". E, claro, "proposta revolucionária", que é especialmente aplicado a artistas. "Potencial" no sentido de capacidade. Geralmente precedido do imperativo "acredite". "Acredite no seu potencial". "Vocês precisam acreditar no potencial do nosso Brasil". "Estratosférico" para designar qualquer coisa grande ou alta. "Juros estratosféricos". "Poderes estratosféricos". Ao leitor José Maria da Silveira: "mulher" no sentido de "cônjuge do sexo feminino" é perfeitamente recomendável. O termo é abundantemente usado no Código Civil brasileiro de 1916, redigido por Clóvis Beviláqua e Rui Barbosa, numa época em que as leis ainda eram modelos de expressão portuguesa. "Esposa", rigorosamente, é a noiva e não a mulher.

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Felipe Ortiz
4/11/2002 à
00h14 200.184.182.2
(+) Felipe Ortiz no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Propaganda de a a Z
Rafael Sampaio
Elsevier
(2003)



Entrelaçando olhares por uma educação planetária
Renato Pontes Costa & Valéria M.Vianna (orgs.)
Caetés
(2014)



X- Men Extra Marvel 82
Marvel
Panini Comics
(2008)



Expedição Tumucumaque a Redescoberta da Amazônia
Zig Koch
Citibank



A Vida Sexual da Mulher Feia
Claudia Tajes
Agir
(2005)



Castelo Forte 2012
Desconhecido
Concordia
(2012)



Game of Thrones - a Feast For Crows - Confira!
Fundação Prometheus Libertus
Bantam Books
(2011)



Procura Se um Fantasma
Jorge Fernando dos Santos
Atual
(2009)



Menino Maluquinho - Livro de Bolso
Ziraldo
Melhoramentos
(2007)



Princípios de Marketing
Philip Kotler
Prentice Hall do Brasil
(1995)





busca | avançada
56138 visitas/dia
1,8 milhão/mês