Aqui o sol nasce primeiro | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
70622 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> TEATRO & PODCAST_'Acervo e Memória', do Célia Helena, relembra entrevista com Nydia Licia_
>>> Projeto Cultural Samba do Caxinha cria arrecadação virtual para gravação de seu primeiro EP
>>> Designer e arquiteto brasileiro, Giovanni Vannucchi participa da VIIBienal Ibero-americana de Design
>>> Risorama anuncia retorno aos palcos com grandes nomes do humor nacional em São Paulo
>>> Inspirado nas Living Dolls, espetáculo de Dan Nakagawa tem Helena Ignez como atriz convidada
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Pouca gente sabe
>>> O chilique do cabeleireiro diante da modelo
>>> Paradiso por Metheny
>>> A nova propaganda anda ruim
>>> A Erva do Diabo, de Carlos Castaneda
>>> Manual para o leitor de transporte público
>>> Ganha-pão
>>> Comunicação: conselhos para (jovens) pesquisadores
>>> Guia Crowdfunding de Livros
Mais Recentes
>>> National Geographic Brasil Nº 224 de Diversos Autores pela National Geographic (2018)
>>> Esaú e Jacó / Memorial de Aires de Machado de Assis pela Nova Cultural (2003)
>>> National Geographic Brasil Nº 225 de Diversos Autores pela National Geographic (2018)
>>> Montaigne - Os Pensadores de Michel de Montaigne pela Nova Cultural (2004)
>>> National Geographic Brasil Nº 218 de Diversos Autores pela National Geographic (2018)
>>> Sociologia do sobrenatural de Luigi Sturzo pela Aster, Casa do castelo (1960)
>>> Do direito natural á sociologia de Jacques Leclercq pela Duas cidades
>>> Ciência x Espiritualidade de Chopra e mlodinow pela Sextante (2018)
>>> Ciência x Espiritualidade de Chopra e mlodinow pela Sextante (2018)
>>> Desvendando os Segredos da Linguagem Corporal de Allan Pease & Barbara Pease pela Sextante (2004)
>>> O Gerente Minuto de Kenneth Blanchard & Spencer Johnson pela Record (1981)
>>> Contabilidade Geral: Teoria e mais de 1.000 questões de Ed Luiz Ferrari pela Impetus (2013)
>>> Aulas de Direito Constitucional para Concursos de Vicente Paulo; Marcelo Alexandrino; Frederico Dias pela Método (2012)
>>> Finanças Públicas: Teoria e Prática no Brasil de Fabio Giambiagi; Ana Cláudia Além pela Elsevier (2011)
>>> Genética: Texto e Atlas de Eberhard Passarge pela Artmed (2004)
>>> Gestão por Processos: Uma Abordagem da Moderna Administração de José Osvaldo de Sordi pela Saraiva (2008)
>>> Gestão de Contratos: Melhores Práticas Voltadas aos Contratos Empresariais de Walter Freitas pela Atlas (2009)
>>> Desafios eclesiais e missionários da cooperação de Israel Batista (org) pela Sinodal (2007)
>>> Marketing de A a Z de Philip Kotler pela Campus (2003)
>>> Contos de Fadas e Suas Versões Originais - Sem Censura de Marina Avila (org.) pela Wish (2016)
>>> Cuidando de quem cuida de Roseli M. kuhnrich de Oliveira pela Sinodal (2007)
>>> Marketing 4.0 - do tradicional ao digital de Philip Kotler pela Sextante (2017)
>>> Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley pela Globo (2001)
>>> Crer: informações sobre fé de Helmut Thilicke (cord). pela Sinodal /EST (2007)
>>> Com Açúcar, Com Afeto: Fiz Seu Poema Predileto de Danci Ramos pela Edigal (2009)
>>> Missão e evangelização na América Latina e Caribe de Nilton Giese (org) pela Sinodal (2012)
>>> Estratégia de Richard Luecke pela Record (2009)
>>> A Homeopatia e Você de Ernst Grimm pela Plus Saber (2001)
>>> Onde está Deus? de Jon Sobrino pela Sinodal (2020)
>>> Desafios da Educação Municipal de Donaldo Bello de Souza; Lia Ciomar Macedo de Faria pela DP&A (2003)
>>> Gerenciando mudança e transição de Mike Beer ( Org. ) pela Record (2003)
>>> Eu Sou Eternamente Livre: Ensinamentos dos Mestres Ascensionados de Luiz Carlos Silveira Dias Júnior pela Divina Presença (2008)
>>> O Que Acontece em Londres - Trilogia Bevelstoke Volume 2 de Julia Quinn pela Arqueiro (2020)
>>> A autoridade da bíblia de Gottfried Brakemeier pela Sinodal, CEBI (2014)
>>> Conectando: Ciência, Saúde e Espiritualidade Volume 1 de Carlos Eduardo Accioly Durgante pela Francisco Spinelli (2012)
>>> Tentação de Diethich Bonhoeffer pela Sinodal (2007)
>>> Hagakure de Yamamoto Tsunetomo pela Hunter Books (2014)
>>> Principio de igualdade de Wilson Engelmann pela Sinodal (2008)
>>> A Vida Como Ela É Para Cada Um de Nós: Em Busca do Eu-caleidoscópio de Denise Aerts; Christiane Ganzo pela Age (2008)
>>> Orientações para a vida de Hans Jochen Boecker pela Sinodal (2004)
>>> Martim Lutero de Ricardo Willy Rieth pela Sinodal (2007)
>>> Da Revolução Francesa até Nossos Dias: Um Olhar Histórico de Samara Feitosa pela Intersaberes (2016)
>>> Tomando Decisões de Richard Luecke pela Record (2009)
>>> A diplomacia na construção do brasil: 1750 - 2016 de Rubens Ricupero pela Versal Editores (2017)
>>> Separação: Angústia e Raiva - Apego e Perda Volume 2 de John Bowlby pela Martins Fontes (1998)
>>> Ferramentas para Empreendedores de Richard Luecke pela Record (2007)
>>> As Vinhas da Ira de John Steinbeck pela Bestbolso (2008)
>>> Contratando e Mantendo as Melhores Pessoas de Peter Cappelli pela Record (2003)
>>> Processo penal - 8 Coleção Sinopes de Leonardo Barreto Moreira Alves pela Juspodivm (2014)
>>> Mentes inquietas de Ana Beatriz B. Silva pela Gente (2003)
COLUNAS

Quinta-feira, 8/11/2001
Aqui o sol nasce primeiro
Adriana Baggio

+ de 6500 Acessos
+ 6 Comentário(s)

O mar nunca esteve tão lindo como nesses últimos dias. Está de uma cor verde azulada pra lá de convidativa. Na hora do almoço a maré baixa, e mostra uma grande faixa de areia, branca e limpa, já que há poucos banhistas. Tenho a sorte de morar em frente a essa paisagem, e na hora do almoço dá vontade de atravessar a rua, correr pela areia e cair na água. E no começo da noite, quando a lua está cheia, ilumina toda a praia e forma um reflexo dourado no mar. Todas essas vezes que admiro a beleza desta cidade, me pergunto porque João Pessoa é tão desprezada pelo turismo.

Mas não sou apenas eu a questionar. A imprensa, os empresários, o governo, todos debatem e se debatem em busca de uma explicação e de uma saída para o problema. Segundo um artigo em um jornal diário desta semana, a Paraíba perde em turismo até para o Piauí. Que me desculpem os moradores deste estado pela preposição utilizada. Apenas reproduzo o que diz o artigo. A comparação negativa com o Piauí se deve ao fato de que sua capital não fica no litoral, ao contrário de todas as outras do Nordeste, e o litoral também não tem o mesmo apelo que o de outros estados.

Antes de tentar responder a questão da nossa baixa estima turística, gostaria de argumentar sobre o potencial que a Paraíba apresenta. Temos mais de 130 km de litoral formado por baías, enseadas, praias bravas, praias mansas, praias com falésias, praias com recifes, bancos de areia, pedras, enfim, todos os elementos que agregam beleza e interesse a uma praia. Temos até uma praia de nudismo, que por sinal recebe visitantes que ficam por lá mesmo e nem chegam à capital. No interior, a Paraíba guarda antigos engenhos de açúcar e marcas mais históricas ainda, como as pegadas de dinossauro e pinturas rupestres. Sem falar no turismo sertanejo, no qual o próprio clima e aspecto geográfico são atrações para pessoas que moram em locais de vegetação verde a abundante. Existem ainda regiões para a prática de esportes radicais, outro apelo para turismo temático. Ou seja, a Paraíba está repleta de atrações naturais.

João Pessoa tem um charme, a meu ver, que é conservar alguns aspectos de uma cidade calma, tranqüila. Ao contrário de outras capitais nordestinas, como Maceió, por exemplo, a orla pessoense ainda conserva ares de praia mesmo. Existe uma lei de zoneamento que proíbe a construção de grandes edifícios na orla. Assim, a beira da praia conta com casas das décadas de 50, 60 e 70 junto com novas residências, prédios baixos, hotéis e pousadas, bares e restaurantes. Tem cara de cidade para morar, e não para visitar. Por mais que isso pareça desencorajador turisticamente, acredito que na realidade é um diferencial. As pessoas que viajam querem conhecer novos lugares justamente pela diferença em relação a seus locais de origem. Quando se começa a ter uma pasteurização na paisagem, perde-se também a identidade.

Tantos aspectos positivos às vezes perdem seu destaque em contraste com a falta de estrutura e serviços que a cidade apresenta. Já adianto que sempre há exceções, mas no geral, os estabelecimentos pecam no serviço. Garçons, vendedores, balconistas, todos precisam de mais treinamento e melhores condições de trabalho. Se nos restaurantes "da cidade" já existem problemas, naqueles que ficam à beira mar a coisa é pior ainda. Na verdade são grandes bares, com barracas na areia, que servem a cerveja quente, o coco gelado quente, e a comida fria. O som é muito alto, é difícil conseguir a atenção do garçom e os banheiros... bem, isso nem se fala. Mas parece que pouca gente se importa, porque esses lugares vivem cheios. Mas pergunto: vivem cheios de turistas? Acho que não. Um turista mal atendido talvez nem tenha a oportunidade de voltar para o bar, pela brevidade de sua visita, mas com certeza vai desencorajar seus amigos que por acaso estejam pensando em visitar João Pessoa. É essa falta de visão no futuro que acho uma das principais causas do problema turístico daqui. Parece que os empresários e comerciantes vivem para o hoje, mas esquecem de construir a boa imagem de seu estabelecimento e de sua cidade.

Um outro problema apontado é a falta de grandes hotéis e resorts, em comparação com Bahia e Pernambuco, que investem firme neste segmento. Talvez a Paraíba não deva tentar seguir por essa linha. Penso que seria muito mais efetivo assumir a identidade de uma cidade calma, tranqüila e hospitaleira. O turismo estadual deve seguir pelo mesmo caminho. Um dos preceitos básicos do marketing é que, se for difícil concorrer em determinada categoria, inaugure outra e seja pioneiro! Preceitos esses que o pessoal do marketing da PBTUR, órgão estadual de turismo, deveria conhecer e aplicar. Mas aí entra outro problema, de raízes mais profundas e efeitos devastadores: cargos como o de Diretor do Marketing da PBTUR, por exemplo, são usados como moeda de troca por favores políticos. E a Paraíba sente até hoje o maltrato causado pela má administração política do estado.

Em contrapartida, quem trata bem seu produto turístico é a cidade de Campina Grande, segunda maior do estado, e rival da capital tanto em relação à população quanto politicamente (o atual prefeito de Campina Grande, Cássio Cunha Lima, filho do senador "pistoleiro" Ronaldo Cunha Lima, é arquiinimigo do governador do estado, José Maranhão). Campina Grande está descobrindo seu nicho e é responsável por grandes eventos de alcance nacional, sem tentar concorrer com outros destinos mais fortes e famosos, mas "inaugurando" ou potencializando suas próprias categorias no mercado turístico. Para que tentar brigar com Recife ou Salvador durante o Carnaval? Nesta época, Campina Grande promove o Encontro da Nova Consciência, um evento ecumênico, que reúne gente de todas as religiões e de várias partes do Brasil do exterior. A cidade fica lotada, os hotéis ficam lotados... O carnaval de Campina – a Micarande – é fora de época, e também lota a cidade. No meio do ano a cidade tem o São João (o maior do mundo, dizem eles) e um Festival de Inverno, também com ótimos resultados turísticos.

A iniciativa de Campina deveria servir de exemplo para a organização turística da Paraíba toda. A começar pelo marketing. Enquanto Campina batizou sua festa junina de "O Maior são João do Mundo", um slogan que está gravado na cabeça de muita gente (como todos os bons slogans), a Paraíba teve 38 campanhas de incentivo ao turismo durante 41 anos de atuação da PBTUR. Como é que alguém vai gravar uma "marca" que muda quase todo ano?

Com base nessa reflexão toda que está aí, me convenço que, além dos problemas políticos e financeiros, falta identidade para a Paraíba deslanchar como destino turístico. Não existem profissionais qualificados trabalhando nisso. Para encerrar este texto e para dar um exemplo da incompetência que eu propago: na lista telefônica (de responsabilidade da incompetentíssima Telemar), o número divulgado para informações turísticas, tanto em João Pessoa quanto em Campina Grande, é o mesmo. Mas o pior é que esse número é de um restaurante de comida árabe, delicioso, por sinal. Por infelicidade, o restaurante fechou. Não sei de quem eu tenho mais pena: do novo dono do telefone ou do coitado do turista que liga para pedir informações.


Adriana Baggio
Curitiba, 8/11/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Os bigodes do senhor autor de Renato Alessandro dos Santos
02. Como eu escrevo de Luís Fernando Amâncio
03. O Digestivo e o texto do Francisco Escorsim de Julio Daio Borges
04. Seis meses em 1945 de Celso A. Uequed Pitol
05. Fazendo a coisa certa de Fabio Gomes


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio em 2001
01. À luz de um casamento - 18/10/2001
02. O Segredo do Vovô Coelhão - 15/11/2001
03. Náufrago: nem tanto ao mar, nem tanto à terra - 25/3/2001
04. Marmitex - 1/11/2001
05. Aqui o sol nasce primeiro - 8/11/2001


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
8/11/2001
13h26min
Adriana, Fui a João Pessoa, por acaso, a trabalho e me apaixonei pela cidade. Volto, como turista, sempre que posso. A lua, refletida no mar, na Ponta do Seixas, é uma das imagens mais impressionantes que trago na memória. É uma pena, realmente, que a cidade não aproveite este potencial. Abraços, Ana
[Leia outros Comentários de Ana Veras]
9/11/2001
10h09min
Adriana, sou da família Baggio também, como sei que são poucos no Brasil, gostaria de manter contato para saber nosso grau de parentesco. Obrigada
[Leia outros Comentários de Daniela]
9/11/2001
13h10min
Ana, fico feliz em saber que você gostou daqui! "Adotei" a cidade, valorizando seus pontos positivos. E o luar aqui realmente é muito lindo, muito romântico. Volte sempre prá cá!
[Leia outros Comentários de Adriana Baggio]
9/11/2001
13h12min
Oi Daniela Sou curitibana, meu pai é da Lapa, uma cidade a 70 km de Curitiba. Não sei muito sobre a origem da família aqui no Brasil, mas tenho o maior interesse em descobrir. Você é de onde?
[Leia outros Comentários de Adriana Baggio]
3/3/2002
20h34min
Adriana, o q aconteceu foi falta de investimentos ao longo dos anos por parte dos administradores locais. A cidade não tinha uma iluminação decente. Veja, por exemplo, a rua que passa em frente à estação rodoviária, totalmente esquecida pela Saelpa! Não permitiam a construção de equipamentos à beira mar; Não abriam novas vias de acesso às praias do sul ou do norte; os órgãos de turismo locais não divulgavam o lugar; os hotéis da cidade não faziam parceria com as grandes agências de turismo (elas divulgariam a cidade nas grandes revistas e jornais do País); some-se a isto o q você citou acima: mais uma vez, a FALTA DE INVESTIMENTOS em treinamento daqueles q atendem diretamente ao turista. Felizmente, nos últimos anos, a cidade parece ter recebido investimentos significativos em sua infraestrutura turística, o que, a médio prazo, permitirá q ela se transforme num destino bem procurado. Morei em JP de 84 a 92 e sempre leio os jornais locais via internet. A cidade é, de fato, apaixonante!!
[Leia outros Comentários de Francisco Costa (SP)]
4/3/2002
11h35min
Francisco A cidade é realmente apaixonante. E é até por isso que dá tanta pena de ver o turismo mal trabalhado por aqui. Mas acho que você tem razão: os investimentos estão acontecendo, mesmo que lentamente. Mas o que ainda falta é um trabalho profissional na área de turismo. Os cargos nos órgãos responsáveis por essa parte ainda são ocupados por pessoas não preparadas. Espero que mude!
[Leia outros Comentários de Adriana]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




NEGÓCIOS EM INTERATIVIDADE
PAULO PUTERMAN
DO AUTOR
(1997)
R$ 5,00



COMO SE TORNAR UM LÍDER SERVIDOR
JAMES C. HUNTER
SEXTANTE
(2006)
R$ 29,90



ESTATUTO DA TERRA (COLEÇÃO SARAIVA DE LEGISLAÇÃO) - 15º EDIÇÃO
ANTONIO LUIZ DE TOLEDO PINTO
SARAIVA
(2000)
R$ 20,00



MEIO AMBIENTE E SISTEMA TRIBUTÁRIO - NOVAS PERSPECTIVAS
CLÁUDIA CAMPOS DE ARAÚJO E OUTROS
SENAC
(2003)
R$ 6,90



AS FORÇAS OCULTAS
JIM GARRISON
RECORD
(1976)
R$ 6,90



MAR DE DENTRO
LÍLIAN GATTAZ
LIMIAR
(2007)
R$ 18,00



AFTER VOLUME 4: DEPOIS DA ESPERANÇA
ANNA TODD
PARALELA
(2015)
R$ 25,00



MÉDICA E MULHER
FRANK G SLAUGHTER
RECORD
(1974)
R$ 9,00



SE O MEU CANTO TE ALCANÇAR ( LIVRO + CD )
CARMELI LIDIA
CARMELI LIDIA
(2010)
R$ 14,00



DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO ILUSTRADO VEJA LAROUSSE VOL. 1
EDITORA ABRIL
ABRIL
(2006)
R$ 5,00





busca | avançada
70622 visitas/dia
2,0 milhões/mês