A Conquista de Nenhuma | Marilia Mota Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
44089 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 6/2/2013
A Conquista de Nenhuma
Marilia Mota Silva

+ de 2700 Acessos

Da última vez em que respondi ao recenseamento no Brasil, a entrevistadora marcou "católica" quando eu disse "nenhuma" à pergunta sobre religião. Chamei-lhe atenção para o engano. Ela argumentou:

"Você não é de família católica, não foi batizada?"

"Sim, fui."

"Então você é católica, todo mundo é católico!"

Insisti: "Põe o xis no quadradinho de 'nenhuma', é só isso que você tem que fazer!"

Afinal a conquista de nenhuma tinha me custado anos de questionamento, uma jornada que marcou de angústia minha adolescência, a rejeição da família, o exílio dentro de casa. Não era para ser tomada com leveza.

Lembrei-me disso quando li artigo no New York Times falando sobre o significativo aumento dos que se declaram sem religião nos EUA. De 16% em 2008 para 20% em 2012.

O assunto tem estado na mídia. Os evangélicos reclamam da diminuição do número de devotos, da dificuldade em atrair adultos jovens, da perda de influência e de poder político. Falam em colapso, desintegração de sua igreja nos EUA.* Em 2004, diz o pastorJohn S. Dickerson, os evangélicos deram a vitória ao Presidente Bush. De lá pra cá a situação mudou drasticamente. "Nós evangélicos precisamos aceitar que nossas crenças estão em conflito com a cultura vigente. Não podemos mudar doutrinas antigas para nos adaptar aos dias de hoje. Mas podemos e devemos adaptar a maneira com que sustentamos nossa fé - com graça e humildade em vez de arrogância e hostilidade".

É um começo.

Alguns pastores defendem que é preciso procurar caminhos de doutrinação que assustem menos as pessoas. Uma religião mais voltada para a generosidade, a bondade e menos para a punição, o terror, as ameaças do inferno. É largo o caminho que leva à eterna danação e muitos vão entrar por ele (Mateus 7:13, Sermão da Montanha) já não produz o efeito de antes.

Parece que placas tectônicas da mente se deslocam afinal um pouquinho para se acomodar às mudanças dos últimos tempos. Ainda hoje o catolicismo considera a mulher como ser de segunda classe, religiões praticam a intolerância, a segregação, criam cismas enquanto falam de amor e solidariedade.

Se a doutrinação religiosa se orientasse para os aspectos positivos e sadios de nossas emoções e não tanto para o pecado, o castigo, o medo, os índices de paz e bem-estar geral subiriam muitos pontos e acabariam por se refletir no estado deplorável do mundo que temos hoje.

É comum a crença de que o comportamento ético é atributo exclusivo de pessoas afiliadas a alguma religião; só elas seriam capazes de bondade, compaixão, empatia, uma vez que sem temor de Deus, sem medo do inferno, sem as promessas de vida após a morte cairíamos na selvageria, no vale-tudo. Nada justifica essa crença.

Há uns anos, estava no CCBB, no Rio, assistindo ao Saramago, que vinha lançar um novo livro, quando, ao fim da palestra, uma senhora pediu a palavra, criticou Saramago por seu ceticismo e perguntou no tom indignado de quem conhece todas as verdades: "Como o homem sem Deus pode ser bom?" A pergunta cintilou como um golpe fatal, irrespondível. A plateia em silêncio. Saramago respondeu: "Como o homem com Deus pode ser mau?!". Quantas guerras, quantos crimes tem sido cometidos em nome de convicções religiosas. Não há como fugir dessa verdade.

Quando me defini por religião nenhuma, meus pais, mestras, padre confessor julgaram que, passada a rebeldia dos quinze anos, voltaria ao rebanho e ao bom senso. Não aconteceu; minha decisão tinha sido pensada exaustivamente; reconstruí minha cidadela interior, como diria Saint-Exupéry, um dos raros autores a que tinha acesso na época, sem dar lugar a dogmas, morbidez, medo, intolerância. Tenho vivido em paz e contente desde então.

A tranquila aceitação da vida, a aceitação de nossos limites, do que não nos foi dado saber, nos torna livres. Livres da pretensão, da onipotência, do orgulho, da ilusão, do medo. A vida aqui e agora se torna uma celebração. Sei que não sabendo (de onde viemos, para onde vamos) sinto-me em união com todos os outros seres do mundo; somos todos irmãos, passageiros do mesmo barco, compartilhamos o susto, a ignorância, o deslumbramento, a mesma história fantástica.

Não tenho pressa de morrer, adoro a vida, mas não tenho medo. O sono é bem-vindo depois de um longo dia bem vivido. Quando dormimos, não tememos nada, não sabemos de nada - apenas descansamos do dia. Sinto saudades mas não me angustio quando as pessoas queridas vão embora, a seu tempo. Faz parte da vida, do ciclo; nada é permanente. E tudo o que tiver que ser compartilhado com elas, tudo o que puder ser feito, é bom que seja enquanto estamos vivos. Essa consciência do tempo dá mais emoção, paixão à vida.

Livre e contente desse jeito, há memórias de minha infância católica que conservo e de que gosto muito. A arquitetura das igrejas, as torres e os sinos, as abóbodas em arcos e ogivas que se multiplicam nas alturas, o desejo de infinito! As pinturas, as luzes nos vitrais, os cálices de ouro; os paramentos bordados, as rendas, o incenso; e a música, o som das ladainhas, do órgão e dos corais; o canto gregoriano!

O arrebatamento a que me levavam esses rituais! A ternura!

Sem religião, agnósticos, mesmo os tranquilamente ateus, há algo em nós que espreita o céu, que reza, que anseia pelo que nos transcende, pela beleza. Há algo de religioso em nós, e esse mistério é mais um que nos contempla. Assim é, e assim seja.


Marilia Mota Silva
Moura, Pt, 6/2/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Essas moças de mil bocas de Elisa Andrade Buzzo
02. Imprimam - e repensem - suas fotografias de Ana Elisa Ribeiro
03. O tremor na poesia, Fábio Weintraub de Jardel Dias Cavalcanti
04. Como Steve Jobs se tornou Steve Jobs de Julio Daio Borges
05. Virando as Latas: o atleta brasileiro e o esporte de Heloisa Pait


Mais Marilia Mota Silva
Mais Acessadas de Marilia Mota Silva em 2013
01. Amor (in)Condicional - 5/6/2013
02. Quatro autores e um sentimento do mundo - 10/4/2013
03. O Precioso Livro da Miriam - 20/2/2013
04. De olho em você - 1/5/2013
05. O Nome Dele - 7/8/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MIRIAM MEHLER - SENSIBILIDADE E PAIXÃO
VILMAR LEDESMA
IMPRENSA OFICIAL
(2005)
R$ 6,90



GRÉCIA UM OLHAR AMOROSO
JACQUES LACARRIÈRE
EDIOURO
(2003)
R$ 30,00



O EDUCADOR: VIDA E MORTE
CARLOS R. BRANDÃO E OUTROS ORGANIZADORES
GRAAL
(1984)
R$ 12,00



DESPERTAR PARA O OUTRO, O
COSTA, CLARICE MOURA
SUMMUS EDITORIAL
R$ 34,68



COMA
ROBIN COOK
CIRCULO DO LIVRO
R$ 4,00



MENTES QUE LIDERAM
HOWARD GARDNER
ARTES MEDICAS
(1996)
R$ 75,00



SESAME STREET - UNPAVED
DAVID BORGENICHT
HYPERION
(1998)
R$ 65,00
+ frete grátis



MANUALE DI PSICOANATOMIA
SEM AUTOR
EDIZIONI ICARO
R$ 6,28



TEORIA DE SISTEMAS OPTICOS
B. N. BEGUNOV. - N. P. ZAKAZNOV
MIR MOSCOU
(1976)
R$ 70,00



HELENA
MACHADO DE ASSIS
SEDEGRA
R$ 18,00





busca | avançada
44089 visitas/dia
1,2 milhão/mês