Comentários do IP 200.218.186.190 | Digestivo Cultural

busca | avançada
82559 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Sugestão de pauta - Lançamento 'Presenças' de Millo Ribeiro
>>> Projeto 8x Hilda reúne obra teatral de Hilda Hilst em ciclo de leituras online
>>> Afrofuturismo: Lideranças de de Angola, Cabo Verde e Moçambique debatem ecossistemas de inovação
>>> Ibraíma Dafonte Tavares desvenda preparação e revisão de texto
>>> O legado de Roberto Burle Marx é tema de encontro online
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> Kate Dias vive Campesina em “Elise
>>> Editora Sinna lança “Ninha, a Bolachinha”
>>> “Elise”: Lara Oliver representa Bernardina
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> 1984, de George Orwell, com Fromm, Pimlott e Pynchon
>>> Hora de parar... ou de voltar!
>>> Do Comércio Com Os Livros
>>> Em Londres, à caça do mito elementar
>>> A poética anárquica de Paulo Leminski
>>> Sem nada para ler
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> 17 de Abril #digestivo10anos
Mais Recentes
>>> Apostila manual de peças e serviços Faet de Parcelias pela Parcelias (2006)
>>> Apostila Parâmetros Curriculares Nacionais. História - Geografia. de Ministério da Educação pela Mec (1997)
>>> Soul Mates: Honoring the Mysteries of Love and Relationship de Thomas Moore pela Harper Collins (1998)
>>> Apostila "A mais nova maneira de trabalhar em casa" de Vários pela Herba (2006)
>>> Apostila Sebrae "As relações Humanas no trabalho" de Sarah Araújo da Silva pela Sebrae (2001)
>>> Ciências Para Nosso Tempo 9° Ano de Washington Carvalho - João Alves - Laércio Caetano. pela Positivo (2011)
>>> Puer Aeternus: a Luta do Adulto Contra o Paraíso da Infância de Marie-Louise von Franz pela Paulinas (1992)
>>> A Era da Manipulação de Wilson Bryan Key pela Scritta (1993)
>>> Revista a Bíblia no Brasil n°257 ano 69 de Vários pela Sbb (2018)
>>> Relações humanas na família e no trabalho de Pierre Weil pela Vozes (1992)
>>> Alter Ego+ A1 - Cahier d'activités de Annie Berthet, Emmanuelle Daill, Catherine Hugot e Monique Waendedries pela Hachette (2015)
>>> Educar para um outro mundo possível de Moacir Gadotti pela Publisher (2007)
>>> Contabilidade 3D - questões comentadas FCC + teoria sintetizada de Sérgio Adriano pela Método (2012)
>>> Planejar gêneros acadêmicos de Anna Rachel Machado (coordenadora) pela Parábola (2009)
>>> Resumo de Anna Rachel Machado (coordenadora) pela Parábola (2010)
>>> Mobile A1 - Méthode de Français, com DVD de Alice Reboul, Anne-Charlotte Boulinguez e Géraldine Fouquet pela Didier (2013)
>>> Mobile A2 - Méthode de Français, com DVD de Laurence Alemanni e Caherine Girodet pela Didier (2012)
>>> A árvore do conhecimento de Humberto R. Maturana, Francisco J Varela pela Palas Athena (2001)
>>> Crer depois de Freud de Carlos Domínguez Morano pela Loyola (2003)
>>> O poder latente da alma de Watchaman nee pela Publicações pão diario (2019)
>>> A dispensacao do mistério de T. austin-Spacks pela Phileo (2015)
>>> Ainda existe Esperança. Solução para os problemas da vida. de Enrique Chaij pela Casa Publicadora Brasileira (2010)
>>> Reimaginando a igreja de Frank viola pela Palavra (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 22, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 20, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 19, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 18, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Da eternidade até aqui de Frank viola pela Palavra (2011)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 17, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 16, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 15, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 12, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 11, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Negritude sem etnicidade de Livio Sansone pela Edufba (2007)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 10, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 09, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 02, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Entre Campos: Nações, Culturas E O Fascínio Da Raça de Paul Gilroy pela Annablume (2007)
>>> Além da Ciência de Jhon Polkinghorne pela Edusc (2001)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 01, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Biologia e Conhecimento de Jean Piaget pela Vozes (1996)
>>> Mito do Eterno Retorno de Mircea Eliade pela Mercuryo (1992)
>>> Anjos Necessários de Robert Alter pela Imago (1992)
>>> A Mensagem Do Sermão Do Monte de John R. W. Stott pela Abu (1989)
>>> História da Teologia de Bengt Hagglund pela Concórdia Ed. ltda (1986)
>>> Evangelização Dinâmica de Luisa J. Walker pela Vida (1987)
>>> História de Moçambique: formação e popsição 1954-1918 Vol. I de René Pelissier pela Estampa (1987)
>>> O Segredo Azul - Coleção Baleia Bacana de Pedro Bloch pela Ediouro
>>> Ideal Espírita de Francisco Cândido Xavier - Autores Diversos pela Cec (1973)
>>> Fala Sério, Mãe! de Thalita Rebouças pela Rocco (2012)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Sexta-feira, 21/12/2007
Comentários
200.218.186.190


Você está falando da Clarinha?
Eu também comi...

[Sobre "Debate literário"]

por Albarus Andreos
http://www.charranspa.blogspot.com
21/12/2007 às
14h45 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Movimentos positivos
Confesso que estou ainda assimilando o que li neste post, LEM. Algumas destas informações são absolutamente novas para mim e contrárias a uma estratégia de lançamento do meu próprio livro. Minha visão era a do mercado errado, como é a do mercado sobre si próprio, se você estiver certo. Será que o que você diz se confirmará, agora que abri os olhos para as possibilidades que você lança? Espero que sim, pois isso significará melhoras; significa que, no Brasil, darão mais atenção ao tipo de literatura que faço. Contudo, isso passa por toda uma cadeia de produção em que eu sou só o escritor. Será que eles abrirão os olhos também? Minha pergunta se sustenta pelo fato de que, embora um entre dez tenha os olhos abertos, se os outros nove continuarem alienados em sua obscuridade, ainda prevalecerá a apatia e o único a conhecer a luz será obliterado pelos outros nove, ficando tudo na mesma. Porque a verdade errada pode ser lucrativa para a maioria, pode ser confortável, pode ser mais segura.

[Sobre "Quinze anos conversando com os leitores"]

por Albarus Andreos
http://www.albarusandreos.blogspot.com
10/10/2007 às
15h56 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Tele-sexo de graça!
Tenho um colega que saiu com uma muito boa: assim que percebeu se tratar de uma ligação de um telemarketing, ele disse para a moça, com uma voz bem sacana, que está ocupado no momento, mas pede para ela dar o telefone da casa dela que, mais tarde, quando ela estiver relaxada e mais à vontade, ele ligará de volta, quando então poderão “conversar mais”... (eu fiz isso e funciona!). As atendentes, por óbvia proibição (monitorada) de se relacionarem com clientes pelo telefone (ou por real e legítimo pudor, vai saber...), se indignam e dizem que aquilo ali é o trabalho delas, que ele não precisa agir "daquela forma" (como um cafajeste, porco e safado. Não são explícitas assim, mas é o que estão querendo dizer) etc. Então o cara simplesmente diz: "Ah! Tá legal então... Quer dizer que você também não gosta que um estranho te ligue em casa, de papo-furado, na hora em que você está relaxando, após um dia de trabalho?". Geralmente não há resposta. Fim de papo!

[Sobre "Telemarketing, o anti-marketing dos idiotas"]

por Albarus Andreos
http://www.charranspa.blogspot.com
24/9/2007 às
09h20 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Set-point do Guga!
Creio que a maioria das obras que tenho comprado ultimamente não vem de recomendações, mas de percepções...Percebo que já está na hora de comprá-las, explicando melhor. Vou mais longe: percebo que está na hora de comprá-las, mas isso não significa que já está na minha hora de lê-las. Tenho então, "armazenados" em minha estante, nada menos que uns quarenta livros a espera de "sua" hora. Pode levar anos, mas é muito interessante perceber como, chegando o momento certo, a hora da obra e a minha se encontram, então desfruto de uma leitura que nunca antes haveria de ter sido tão fundamental. É uma espécie de dejavu onde, na verdade, nunca sonhei com o que veio a ocorrer, mas compreendo que o que vejo é algo que já antevia. É assim com Carroll da mesma forma que ainda não o é com Marx. E do jeito que esse bonde vai, será logo (ou não). Duro é explicar para minha mulher porque estou comprando mais livros se há tantos outros esperando sua vez. Não sei como explicar...

[Sobre "O Leão e o Unicórnio II"]

por Albarus Andreos
http://www.albarusandreos.blogspot.com
19/9/2007 às
08h31 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Por que revistas em papel?
Olá, Ana Elisa, olha só... O nosso grande amigo Julio gosta do assunto "por que o autor publicar em papel se dá pra fazer isso em blog". Gostaria de extender mais a polêmica aproveitando o gancho desta sua notícia sobre o lançamento do terceiro volume da revista Ato. Como autor iniciante, já externei minhas razões, em diversos posts, sobre o porquê de um autor lançar, sim, em papel. Acontece que seria interessante saber o porquê de revistas em papel também. Por que lançar uma revista literária (ou do que for) em papel e não ficar só em blog? Por que o Estadão não vira só um blog e deixa de ser jornal? Respostas, por favor, para mim e para o Julio...

[Sobre "Revista Ato"]

por Albarus Andreos
http://www.albarusandreos.blogspot.com
30/8/2007 às
09h53 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
É o autor quem sofre
Concordo com o autor, mas acrescento que escrever ficção é conflituoso de qualquer forma. Acabar a obra nos dá a sensação de perda comentada, mas não acabar também dá. Os personagens gritam por um fim. O autor passa a ser assombrado pelos fantasmas de seus filhotes gritando por repouso.

[Sobre "Fim de um romance"]

por Albarus Andreos
http://www.albarusandreos.blogspot.com
23/8/2007 às
11h12 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Mais gaúchos que brasileiros?!
Borges adorava os gauchos (sem acento mesmo) e os saudava em contos repletos de valentia e desafios; as brigas de facão e a imagem solitária do rústico em seu cavalo em pampas verdejantes. Mas dizia que ele não era tão representativo do argentino, pois era mais do norte (o uruguaio e o gaúcho brasileiro). Legal o amor à terra natal. Fazem-no com muito palavreado e bravatas. Típico mesmo! Ainda bem que existe o mineiro para apartar as brigas que o gaúcho tão insistentemente gosta de arranjar. Se José Bonifácio apoiou a independência sabidamente para proteger as próprias terras e seus fartos benefícios de classe, o mesmo se pode dizer de Bento Gonçalves, o conclamado libertador exaltado pelo riograndense, mas que, junto com seus compadritos estancieiros, só queria mesmo parar de pagar impostos a união e mandar no Rio Grande do Sul sem que ninguém interferisse. E o povo acha isso o máximo! Convém ressaltar que nem todo mundo acha o mesmo que Borges, mesmo porque não somos argentinos.

[Sobre "Breve reflexão cultural sobre gaúchos e lagostas"]

por Albarus Andreos
http://www.charranspa.blogspot.com
21/8/2007 às
10h07 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
O Multiverso de Adriana
Como é que é?! No seu “conjunto de tudo que existe não há pessoas clonadas (no meu corretor automático do Windows não existia a palavra 'clonadas', pode?! Inseri.) e nem marcianos-vendedores”. Mas que universo mais sem graça, Adriana! Multiverso é uma palavra que aprendi pequeno, nos gibis de super-heróis. Num destes multiversos, o “Observador”, que observa “todos eles” diz que a aranha radiativa não picou Peter Parker mas... bem... deixa pra lá. Nunca imaginei que estariam na Wikipedia. Isso só mostra que a Wikipedia é bem wiki, mesmo... Meu irmão diz que os vários universos podem ser transpostos através de grandes superfícies líquidas. É por isso que discos-voadores vêm em alta velocidade e se chocam contra lagos e mares. Quando vão averiguar não há destroços ou o tal disco lá no fundo. Simplesmente desapareceu! Há lá uma tal propriedade meta-física neles que os transporta de volta para o “outro lado”... Agora, essa das calotas polares é bem legal, heim! Você já leu Borges?

[Sobre "Meta-universo"]

por Albarus Andreos
http://www.charranspa.blogspot.com
17/8/2007 às
09h35 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Literatura de boteco, oba!
Acho sim. Acho que diminuir o preço dos livros levaria a maior consumo, não porque cada pessoa compraria mais livros (e, sinceramente, numa mesa de bar, o mais lógico seria que cada um dissesse o que disseram, Ana. E pode ter certeza que não refletiu o real sentimento delas), mas porque mais pessoas teriam acesso. Quem não compra nenhum, de repente compraria um... dois. A capa teria que ser bonita, como as dos DVDs, que alugam sem conhecer os nomes dos atores ou diretor. E deveria haver figuras nos livros. De figuras de página inteira, no nível primário, até figuras menores rareando de capítulo em capítulo, no final do terceiro colegial. Em todos os anos os professores de português deveriam exigir a leitura de livros e os clássicos (a maioria) deveriam ficar só para o final, pois no início os livros deveriam ser Júlio Verne, Ali Babá e Lobato. Depois poderiam vir Luis Fernando Veríssimo e no final, no terceiro colegial, Machado e Eça de Queirós. É a opinião de quem sofreu com isso!

[Sobre "Leitor bebum começou com um gole"]

por Albarus Andreos
http://www.charranspa.blogspot.com
17/8/2007 às
08h37 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
as pessoas que mais visito
Parabéns Julio e Ale. Por coincidência (ou não) as duas pessoas que mais visito na internet, através de seus blogs. Vejo o Ale como um exemplo, não que isso me faça largar de ser preguiçoso e mandar ver no meu blog, mas ainda vale o tal exemplo. Abraços!

[Sobre "Papo com Alessandro Martins"]

por Albarus Andreos
http://www.charranspa.blogspot.com
14/8/2007 às
16h58 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Como Conrad contaria
Belo texto Guga. Ao Lê-lo me lembrei um pouco do livro Juventude, de Joseph Conrad. Conrad foi marinheiro de verdade e conta neste livro uma aventura naval. O clima é sombrio e pessimista. Nada de extravagâncias, já que tratava da realidade que ele conhecia e amava, embora ficcional. Contudo, a história não nos conta de seus sonhos e aspirações, mas de como conseguiu sobreviver a eles e, depois de muitos anos, olhar para trás e sentir alívio.

[Sobre "Retrato 3X4 de um velho jornalismo"]

por Albarus Andreos
http://www.charranspa.blogspot.com
14/8/2007 às
16h33 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Olivia antes e depois
Sabe, eu entrei uma vez no blog da Olivia (sem acento como ela prefere!), e estava muito paradão... Entrei outras vezes, e quase nada mudava. Mandei um e-mail perguntando qualquer coisa, ela respondeu muito sucintamente, mandei outro, nada de resposta... Agora leio esta entrevista e a Olivia, metafísica, não gostando disso e daquilo, reclama da vida. As coisas não foram para onde ela gostaria que tivessem ido, o mundo não deu as voltas que ela gostaria que tivesse dado, talvez fosse melhor do jeito que era mas do jeito que está talvez fique na mesma (?) ... O blog (voltei lá agora, de novo) está recheado, bombando. Muito melhor do que aquele que decidi excluir de minha lista de favoritos. Há alvissareiras notícias que livros novos estão no forno. Isso é muito positivo! É a parte que importa, Olivia. Acho que Olivia deveria deixar o bonde andar.

[Sobre "Bate-papo com Olivia Maia"]

por Albarus Andreos
http://www.albarusandreos.blogspot.com
2/8/2007 às
15h27 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Faltam-lhes crianças por perto
Senhores. Vão às escolas... Quando preconizam a morte da literatura, há sem dúvida o germe da velhice lhes impregnando os ossos. Velhice, sim! Não falo do respeitoso olor da experiência, falo de inadequação! Quando recomendo que vão às escolas, não lhes impreco qualquer ofensa. Aconselho-os a ver que os jovens, sim, lêem! Muito mais escolas agora há, que possuem bibliotecas aqui no nosso país. Sabiam que existem até bibliotecários (em muitas) contratados para tocar a livrarada? Escolas públicas com bibliotecários? SIM! Podem não ter dentistas, mas bibliotecários e livros, têm (falo de São Paulo. Perdoem a generalização). No final de semana passado, vi minha sobrinha de doze com um livro gigantesco que havia ganho de véspera. O último Harry Potter (em inglês). Enorme! Conto nos dedos de uma mão o número de livros desse tamanho que eu mesmo já tenha lido (todos em português!). Se ela (e todos os da lista de Veja) agora lê um livro de fantasia desse tamanho, é natural ser otimista.

[Sobre "A literatura de ficção morreu?"]

por Albarus Andreos
http://www.albarusandreos.blogspot.com
31/7/2007 às
11h55 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Gravar é legal!
Eu leio em voz alta e, muitas vezes, gravo o que leio. É mais fácil do que marcar a página e mais objetivo, já que não se precisa ficar procurando pelos papeizinhos (que podem se perder) o que se quer, algum tempo depois, porque se marcou tal página. Faço isso para passagens boas ou detalhes interessantes que quero lembrar depois. Com um gravadorzinho do lado é possível se escutar um dia o que se leu e aí começa um outro exercício, o de ler bem, com entonação e emoção. Fica bem legal... Recomendo.

[Sobre "Ler em voz alta"]

por Albarus Andreos
http://www.charranspa.blogspot.com
6/7/2007 às
12h43 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
A procura pelo original...
Guga, meu amigo. Vamos botar um pouco de pessoalidade nisso. Vou falar de como vejo meu livro com relação a ser ou não uma "cópia" de outras histórias. Em primeiro lugar: não. Não é uma cópia, mas é inevitável que seja inspirado por outra obra. A vida nos inspira, uma música, uma tarde chuvosa, ou um outro livro mesmo. Como me convencer de que não sou um mero plagiador de Tolkien? Oras... porque Tolkien também não foi original! Estão lá Beowulf, A Odisséia, mitologia nórdica, mitos celtas, folclore escocês e dinamarquês, chapeuzinho vermelho etc. E Shakespeare, como você disse... Não! Não é totalmente original também! Romeu e Julieta é tão "igual" ao mito de Príamo e Tisbe (mitologia grega) que até assusta! Estão lá o casal apaixonado separado por uma rusga familiar, estão lá as mensagens entregues por uma terceira pessoa que lhes permite o romance, estão lá o suicídio desastrado e o outro, por conseguinte. Esta procura pelo original é uma maldição que um escritor deve saber inútil.

[Sobre "A Pirâmide B"]

por Albarus Andreos
http://www.charranspa.blogspot.com
28/6/2007 às
12h03 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Santa Maria Adelaide
D. Maria Adelaide de Sam José e Sousa
Do Autor
R$ 5,00



Loue Alexander - Simple Past Regular Verbs - Tales of Days Gone By 101
Israel Jelin - Rogério Soud
Ftd
(1996)
R$ 6,90



Direito Internacional Público ( Curso Elementar)
J F Rezek
Saraiva
(2002)
R$ 35,10



O Enigma da Casa de Vidro
Ganymédes José
Atual
(1993)
R$ 19,90



The Last of the Arctic
William Kurelek
Mcgraw Hill Ryerson
(1976)
R$ 9,90



Os Elementos Transurânicos Sintetizados pelo Homem
Glenn T. Seaborg
Edgard Blucher
(1969)
R$ 16,00



Historia Romana - Los Orígenes, Las Conquistas, El Imperio
A. Malet
Hachette
(1942)
R$ 10,00



Adoro Problemas
Michael Moore
Lua de Papel
(2011)
R$ 7,50



Noções Essenciais de Direito
Nelson Palaia
Saraiva
(2005)
R$ 20,00



Nas Brumas do Além
Lar Espírita Infantil Allan Kardec
Lar Espírita Infantil Allan K
(1995)
R$ 5,00





busca | avançada
82559 visitas/dia
2,4 milhões/mês