Colunas | Digestivo Cultural

busca | avançada
14917 visitas/dia
954 mil/mês
Mais Recentes
>>> João da Cruz encerra temporada na Casa das Rosas
>>> 36Linhas lança Graphic Films Collection
>>> Em novo dia e horário, Trilha de Letras presta tributo a Darcy Ribeiro
>>> Teatro do Incêndio é indicado ao Prêmio Governador do Estado
>>> Nathalia Timberg é homenageada no Recordar é TV desta terça (20)
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Digestivo e o texto do Francisco Escorsim
>>> Piada pronta
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba
>>> Claudio Willer e a poesia em transe
>>> Paul Ricoeur e a leitura
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 12. Rumo ao Planalto
>>> Dilúvio, de Gerald Thomas
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 11. A Quatro Braçadas
>>> Crônica de Aniversário
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 10. O Gerador de Luz
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
Últimos Posts
>>> Tatuagens eólicas
>>> Terra úmida
>>> Cidadão de 2ª Classe - Você se Reconhece Como Um?
>>> Espectros
>>> Bojador
>>> Inversões
>>> Estado alterado
>>> Templo
>>> Divagações
>>> Convicto
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Burguesinha, burguesinha, burguesinha, burguesinha
>>> Nuvem Negra*
>>> Contos fantásticos no labirinto de Borges
>>> Ilustres convidados
>>> Por que comemorar o dia das mães?
>>> Poeira, pra que te quero?
>>> Notas de um ignorante
>>> Teoria do Buraco de Rua
>>> Soluções geniais para a escola e a educação
>>> Orkut, ame-o ou deixe-o
Mais Recentes
>>> A Doutrina de Buda
>>> Dívida de Sangue
>>> Com Maria, a Mãe de Jesus
>>> Leitura Dinâmica e Memorização
>>> Introdução à Morfologia
>>> Paulo Francis Nu e Cru
>>> Morte na Alta Sociedade
>>> Cupom Zero
>>> A Arte Cavalheiresca do Arqueiro Zen
>>> Caçada Mortal
>>> O Santo e a Porca e O casamento Suspeitoso
>>> Sociologia do Direito (O Fenômeno Jurídico como Fato Social)
>>> Azeite e azeitonas
>>> O Prazer Dos Aperitivos
>>> Cozinha Das Caraibas
>>> Cozinha Mexicana Sabores sedutores de uma cozinha , picante e temperada
>>> Ovos Sem Casca
>>> Tentação Da Culinária Frutas
>>> O Melhor Da Cozinha Portuguesa
>>> Cozinha Das Caraíbas
>>> Cozinha Mexicana
>>> Deliciosas Receitas De Peixe
>>> Arroz e arrozes
>>> A Mesa Com Burle Marx
>>> Flores De Jardim
>>> Ikebana
>>> Para Sempre Sua (3º Livro da Trilogia Crossfire)
>>> Profundamente Sua (2º Livro Trilogia Crossfire)
>>> Toda Sua (1º Livro da Trilogia Crossfire)
>>> Truques de Mágica
>>> Mondrian
>>> Realismo
>>> Salmo 119- O Alfabeto de Ouro
>>> O melhor Da Música Clássica
>>> Pollock
>>> Felino Selvagem Psicopata e Homicida
>>> O mundo é Mágico
>>> La Démocratie et Les Partis Politiques
>>> Sopas Receitas Caseiras
>>> Soja Receitas De Chef
>>> Tofu Receitas Chef
>>> The New Portuguese Table
>>> Receitas Do Castelo
>>> Um Rei A Mesa
>>> A Cozinha Antilhana
>>> A Cozinha Marroquina
>>> Cozinha Indonésia
>>> Pratos Basicos De Arroz
>>> Literatura, Cinema e Televisão
>>> The Bedford Reader
COLUNAS

Terça-feira, 14/2/2017
Colunas
Colunistas

Oswald de Andrade e o homem cordial
>>> Oswald de Andrade passou a segunda metade dos anos 40 dedicado ao estudo. O desligamento do Partido Comunista Brasileiro, ocorrido em 1945, e o desapontamento com os rumos do mundo pós-guerra levaram-no a rever posicionamentos: segundo o filósofo Benedito Nunes, Oswald esperava o "ocaso dos imperialismos, das ditaduras e da moral burguesa" - o que, como se sabe, não aconteceu...
por Celso A. Uequed Pitol
Leia Mais

Nuvem Negra*
>>> Nuvem Negra é o título do segundo romance de Eliana Cardoso, mais conhecida por seus livros de economia, em que o rigor da análise e da reflexão se valem das artes e manifestações culturais para iluminar conceitos, tornando o texto um caleidoscópio de conexões originais e inspiradoras. Agora, de uns tempos para cá, Eliana resolveu abraçar a literatura. Escrever ficção, depois de uma vida dedicada à análise imparcial de números e fatos, é como reinventar-se.
por Marilia Mota Silva
Leia Mais

Em defesa da arte urbana nos muros
>>> Um dos assuntos mais comentados deste começo de ano é a investida do novo prefeito de São Paulo, João Doria, contra a arte nos muros da cidade. Doria está encarando qualquer dessas intervenções, seja grafitti, seja pichação, como um mal a ser extirpado. A única coisa boa que vejo em investidas claras assim é que elas indignam a sociedade e acabam por mobilizar uma reação contrária.
por Fabio Gomes
Leia Mais

Vocês, que não os verei mais
>>> Um dia você se lembrará de uma sensação, de um fato, talvez até de uma pessoa a eles relacionada. E assim, numa cadeia veloz de pensamentos, irá demorar alguns segundos para unir todas as pontas conhecidas de uma história. O local dos acontecimentos não fará mais importância, apenas a sensação que as lembranças evocam. E as paisagens exteriores, os cenários interiores, serão todos alçados gradativamente, como um livro que se abre...
por Elisa Andrade Buzzo
Leia Mais

Em nome dos filhos
>>> É difícil nomear algo. Pior ainda quando se trata de nomear uma pessoa. E complica ainda mais se for uma pessoa com quem você vai conviver a vida toda. Mais difícil do que dar nome aos bois é dar nome aos filhos. Já imaginou, seu rebento querido, no auge da rebeldia, se virar para você e soltar a clássica frase, "eu não pedi pra nascer", acrescida de um "muito menos ter essa m**** de nome"?
por Luís Fernando Amâncio
Leia Mais

O Que Podemos Desejar; ou: 'Hope'
>>> No dia 13 deste janeiro de 2017, foi noticiado o caso da menina de 11 anos estuprada por um homem de 20 anos e quatro adolescentes no Distrito Federal; o episódio se adiciona, sabe-se, a inúmeros outros, como o de meninas negras a partir dos 8 anos feitas escravas domésticas e sexuais em Goiás, denunciado em 2015. Inspirada ela própria em uma ocorrência real - o caso Nayoung, de 2008 - a narrativa de Hope (2013) fala de uma nódoa perene, disseminada, atual.
por Duanne Ribeiro
Leia Mais

Píramo e Tisbe
>>> A lenda de Píramo e Tisbe encontra-se no Livro IV das Metamorfoses, a grande obra em verso do poeta latino Publius Ovidius Naso (43 a.C./17 d.C.). O livro de ouro da mitologia, como ficou traduzido entre nós The age of fable, de Thomas Bulfinch, traz sua versão resumida e em prosa. Nada receie o leitor, nem se acomode: o texto original, se vertido por tradutor que tenha percebido o espírito de simplicidade dos antigos poetas, é de tranquila leitura.
por Ricardo de Mattos
Leia Mais

Meshugá, a loucura judaica, de Jacques Fux
>>> No final de "Meshugá: um romance sobre a loucura", de Jacques Fux, editado em 2016 pela editora José Olympio, encontramos as seguintes colocações: "Ele enlouqueceu junto com seus personagens[...] Busca alguma forma de redenção e de suplício através da escrita[...] Ele não foi salvo pelas suas palavras." O romance (não esperem um romance tradicional) tem relação direta com as três frases citadas acima.
por Jardel Dias Cavalcanti
Leia Mais

O Natal de Charles Dickens
>>> Os natais da infância de Charles Dickens não eram feitos de grandes comemorações. Filho de família de classe média baixa, conheceria a pobreza degradante das classes trabalhadoras aos doze anos, quando seus pais foram presos por dívidas. Foi então obrigado a trabalhar, e trabalhar duro, para poder sobreviver na Inglaterra dos começos da Revolução Industrial, quando leis trabalhistas, sindicatos, medidas de proteção social e outras coisas não eram sequer sonhadas pelos trabalhadores.
por Celso A. Uequed Pitol
Leia Mais

Sobre mais duas novelas de Lúcio Cardoso
>>> "Não se lê Lúcio impunemente", afirma André Seffrin no prefácio à edição conjunta das novelas Mãos vazias e O desconhecido. Lúcio Cardoso é um escritor da angústia, de personagens angustiados e de leitores que se angustiam. Saímos de seus livros nos sentindo condenados por vivermos felizes em mundo em que a miséria humana está sempre presente ou a nossa porta ou dentro mesmo dos nossos lares.
por Cassionei Niches Petry
Leia Mais

Gerald Thomas: uma autobiografia
>>> Estamos numa época narcísica, com as livrarias recheadas de biografias e autobiografias. Sintoma do caráter individualista burguês da nossa cultura selfítica? No entanto, não é de hoje que existem autobiografias, e nem sempre elas são apenas o reflexo de um narcisismo decadente. Para ficar em alguns casos célebres, temos Cellini, Goethe... e, atualmente, essa de Gerald Thomas. O que Thomas faz não é um relato de fait divers de sua vida.
por Jardel Dias Cavalcanti
Leia Mais

Neste Natal etc. e tal
>>> Neste Natal, não faça nada, mas não desfaça os sonhos de alguém; principalmente os de uma criança. Isto, que pode parecer pouco, já é muito. Ou seja, não interfira negativamente, não ponha em dúvida capacidades alheias. Incentive, olhe com olhos amorosos. É tocante a confiança que uma criança coloca em um adulto. Ela ainda não tem noção dos meandros todos, ainda que já sinta quando há algo errado, fora do lugar...
por Elisa Andrade Buzzo
Leia Mais

'Hysteria' Revisitada
>>> Primeiramente encenado em 2001, o espetáculo Hysteria, do Grupo XIX de Teatro, teve uma nova temporada neste 2016, em comemoração aos 15 anos da companhia. Montada em um casarão da Vila Maria Zélia, em São Paulo - primeira vila operária do Brasil, região tombada - a peça traz histórias de um asilo para mulheres diagnosticadas com histeria, na virada do século XIX ao XX. Hysteria é, sobretudo, uma obra em primeira pessoa.
por Duanne Ribeiro
Leia Mais

O tremor na poesia, Fábio Weintraub
>>> Quem é você... ainda? Parece ser a pergunta que a poesia de Treme ainda, novo livro de Fábio Weintraub, parece nos fazer. Talvez agora estejamos vendo o seu nascimento como um poeta completo. Não há mais volta para o escritor, que agora confronta a página branca com seus versos sem meios-tons, que despeja a verdade calcinante da poesia contra a sombra dourada do discurso. Daqui para frente o poeta tornou-se aquele que não teme a revelação da poesia.
por Jardel Dias Cavalcanti
Leia Mais

Lançamento de Viktor Frankl
>>> Há títulos que dão uma ideia errada do livro que nomeiam. Este é o caso de O sofrimento de uma vida sem sentido, do psiquiatra austríaco Viktor Frankl. O leitor desavisado tende a pensar que se trata de uma obra de auto-ajuda. Trata-se, é claro, de um engano. Quem conhece minimamente a obra de Frankl reconhecerá logo um dos temas mais caros a ele e o relacionará imediatamente ao seu livro mais conhecido.
por Celso A. Uequed Pitol
Leia Mais

Julio Daio Borges
Editor
mais colunas | topo


Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




FISICA III - ELETROMAGNETISMO
YOUNG & FREEDMAN
ADDISON WESLEY
(2003)
R$ 45,00



SISTEMA PRESIDIAL: REINSERÇÃO SOCIAL
ROMEU FALCONI
ÍCONE
(1998)
R$ 29,00



ORTOPEDIA MAXILOFACIAL-CLINICA E APARELHOS VOL 3
JOHN W. WITZIG / TERENCE J. SPAHL
SANTOS
(1999)
R$ 50,00



O DOM DE CURAR - UM PODER QUE NÃO É NOSSO, O DOM DAS LÍNGUAS - NOVO PENTECOSTES
GEORGE MARTIN, AGNES SANFORD, SCANLAN, SHLEMON, BRENNAN, JARAMILLO, FORREST, GAVRILIDES
LOYOLA
(1976)
R$ 14,90



TEOLOGIA MORAL: A BUSCA DOS FUNDAMENTOS E PRINCÍPIOS PARA UMA VIDA FELIZ
ANTÔNIO MOSER
VOZES
(2014)
R$ 38,00



DOUTRINA SOCIAL DA IGREJA E O VATICANO II
LUIZ GONZAGA SCUDELER
PAULUS
(2014)
R$ 17,00



20 POEMAS DE AMOR E UMA CANÇÃO DESESPERADA
PABLO NERUDA
JOSÉ OLYMPIO
(1978)
R$ 9,90



MAZE RUNNER - ORDEM DE EXTERMÍNIO
JAMES DASHNER
V&R - VERGARA & RIBA
(2013)
R$ 23,00



THETAHEALING AVANÇADO - UTILIZANDO O PODER DE TUDO O QUE É
VIANNA STIBAL
MADRAS
(2016)
R$ 41,90



REVISTA GRAÇA SHOW DA FÉ FRAUDE O CÓDIGO DA VINCI DESMASCARADO Nº 81
GRAÇA EDITORIAL
GRAÇA
R$ 3,00





busca | avançada
14917 visitas/dia
954 mil/mês