Digestivo nº 261 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
55507 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
DIGESTIVOS

Sexta-feira, 13/1/2006
Digestivo nº 261
Julio Daio Borges

+ de 3200 Acessos
+ 1 Comentário(s)




Internet >>> Internet em 2005
A internet foi a grande vedete, em termos culturais, em 2005. Pra começar que completou 10 anos de existência, digamos, comercial – e foi ovacionada em verso & prosa, em todo lugar (inclusive no mundo off-line). Do macro pro micro, o Google teve sua história finalmente contada por John Battelle (ex-Wired). A BBC – que é certamente um exemplo a ser seguido, em termos de presença da “grande mídia” na Web – teve sua Beethoven Experience (uma semana do Mestre de Bonn que abalou a história dos downloads). Neste decênio, lembrou-se também, claro, do boom das Indústrias Criativas – em que o Brasil tem seu lugar (com ou sem a França). Por falar em Cultura Livre (livro pela editora Francis), o Blue Bus completou igualmente seus 10 anos (ainda que atrelado ao mainstream); a Taste inaugurou seu canal de leituras, o Nankin; e o Paralelos saiu em livro (nas letras, para completar, Cíntia Moscovich abriu seu site e blog). Os blogs, aliás, – melhores ou piores – não passaram por grandes revoluções. A grande revolução, desde 2004, nessa seara, têm sido os podcasts. No Brasil – vale repetir (e acrescentar) – Discofonia, Nightripper, É Batata, 5 a 1 e Antes, Durante e Depois. Em Portugal (com muitas saudades do Brasil): o GavezDois. Literalmente, vozes individuais; mas também: revistas eletrônicas. E revistas em papel, como a W3. A tão falada Web 2.0 – um termo cunhado pelo editor da O’Reilly – pôs as assas pra fora graças a ferramentas de (meta)conteúdo chamadas de “agregadores”, alimentadas por feeds (RSS?). (Entenda aqui seu próximo itinerário de leituras...) Ainda teve a consagração do Gmail, do Flickr e do Del.icio.us. Na internet, 2006 – assim como o futuro – já começou. [Comente esta Nota]
>>> Mais Internet
 



Artes >>> Artes em 2005
O cinema não fez muito bonito em 2005. Praticamente entregue aos blockbusters, que não atraem mais ninguém, e com o DVD acossado pela pirataria, a sétima arte foi definhando e clamando urgentemente por uma redefinição (pela qual, por exemplo, passa agora a música – pós-grandes gravadoras). Arrasando quarteirão: Spielberg em Guerra dos Mundos; Scorsese com seu Aviador; e Breno Silveira, no Brasil, com 2 Filhos de Francisco. Diretores no fio da navalha: Woody Allen com Melinda e Melinda; Clint Eastwood com Menina de Ouro; Andrucha Waddington com Casa de Areia. Zebras memoráveis: Closer (que virou referência para “a nova moral”) e Meu tio matou um cara (com Deborah Secco e Lázaro Ramos, dominando a cena – ou as cenas – o ano todo). No teatro, as ambições andam mais comedidas e, por isso, os palcos nos pareceram muito mais interessantes em 2005. Por ordem inversa de pretensão (e de público): Os Sete Afluentes do Rio Ota (onisciente, onipresente e onipotente Maria Luisa Mendonça); Adivinhe quem vem para rezar (Paulo-sempre-Autran); Sonho de um homem ridículo (Celso “pré-pós-tudo-bossa-band” Frateschi); Prego na testa (aterrorizado e aterrorizante Possolo); Bixiga, uma Bela Vista (o Ágora e o milagre das multiplicação dos pães). As artes, mesmo, tiveram, pelo menos, dois grandes momentos em matéria de exposição: Henry Moore (o Rodin do Século XX, segundo LEM) e Chico Buarque: o tempo e o artista, em São Paulo, no Sesc Pinheiros. Artistas – que podemos considerar plásticos – lançaram álbuns pela editora Conrad (que está revolucionando os quadrinhos no Brasil): entre tantos, Osamu Tezuka, Marcatti e Allan Sieber. Afora isso, Daniela Castilho foi convidada para a Bienal de Florença; a Kaboom! trouxe mais textos do que imagens; e até o Casseta&Planeta mereceu um especial. 2005 brindou, como pôde, os cinco (seis? Jung???) sentidos; que venha 2006. [Comente esta Nota]
>>> Mais Artes
 



Além do Mais >>> Além do Mais em 2005
2005 viu crescerem e proliferarem as iniciativas culturais de centros não formalmente ligados à academia. Em Campinas – flertando com a Unicamp – a programação exaustiva (e incomparável) do CPFL, de Augusto Rodrigues. Em São Paulo – flertando com a USP? – a Casa do Saber, no Itaim e em Higienópolis. Pela última (que não nega nem afirma o apelido de “Daslusp”), passaram, entre outros, em 2005: Colm Tóibín, João Adolfo Hansen, Antonio Medina Rodrigues, Luiz Felipe Pondé, Sérgio Rizzo e Tereza Aline Pereira de Queiroz... No meio termo entre um centro cultural e gastronômico, o Chakras expôs Ivald Granato e Antonio Peticov; lançou, ainda, um CD duplo e fez cantar Patricia Marx (revoltada com o revival dos Anos 80). A gastronomia, em si, teve bons momentos no ano: a altíssima, com o La Tambuille (que, a propósito, nunca sai entre os dez mais da Vejinha) e com o Emiliano (ainda indeciso, gastronomicamente falando, por conta de seu hotel); e a alta, com o Emporium Plaza (na linha inovadora da enogastronomia) e o Deloonix (inspirado, mas apenas inspirado, no raw food). No reino das novidades: a interessante invenção do Ateliê do Café (acredite se quiser, uma ramificação do criativo Grupo DPaschoal). Saindo da alquimia (mágica) e voltando, mais uma vez, para o mundo das idéias, mais especificamente as científicas, Richard Dawkins ajudou Nietzsche a matar Deus neste início de século, com O Capelão do Diabo (a reunião, quase que dominante, de suas contendas com os padres). A Igreja ainda esbravejou, por anos, contra a Lei da Biossegurança, mas foi derrotada no Congresso por obra e graça do Movitae. George Steiner merecia, então, fechar o ano com um apelo aos Mestres. Que eles – os verdadeiros – nos iluminem em 2006. [Comente esta Nota]
>>> Mais Além do Mais
 

 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
13/1/2006
10h21min
Não foi só no eixo Rio-São Paulo que as artes ficaram meio tristes. Por aqui, em Santa Catarina, as coisas também não caminharam como as pessoas ligadas nas artes queriam... O Brasil inteiro ficou ligado no Mensalão que não deu e não vai dar em nada. Enquanto a vida segue, esperemos que 2006 seja melhor para a literatura, cinema, teatro, poesia...
[Leia outros Comentários de MauraSoares]

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ODISSÉIA
HOMERO
OTTO PIERRE EDITORES
(1980)
R$ 9,99



O POÇO DO VISCONDE
MONTEIRO LOBATO
BRASILIENSE
R$ 12,00



CONEXÕES COM A HISTÓRIA VOL, 2 - DA COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA AO SÉCULO XIX
ALEXANDRE ALVES
MODERNA
(2010)
R$ 7,80



URUPÊS
MONTEIRO LOBATO
BRASILIENSE
(1955)
R$ 12,00



ESTADO ATUAL DA TERAPÊUTICA DA LEPRA
LAURO DE SOUZA LIMA
MINIESTERIO EDUCAÇÃO E SAUDE
(1953)
R$ 288,17



EYES OPEN 4 - WORKBOOK
VICKI ANDERSON
CAMBRIDGE
(2015)
R$ 90,00



ESTUDAR - VERBO INTRANSITIVO?
PAULO AFONSO CARUSO RONCA
EDESPLAN
(1996)
R$ 7,90



CHOQUE DE TROPICALISMO - CINEMA E TV
NEWTON CANNITO
NVERSOS
(2013)
R$ 19,00



PENSÃO RISO DA NOITE
JOSÉ CONDÉ
PRODUÇÃO CONJUNTA
(1973)
R$ 10,00



DIÁRIO DE UMA MAE VERDADEIRA
DANIELA BARROS
BB
(2012)
R$ 5,00





busca | avançada
55507 visitas/dia
1,4 milhão/mês