A inveja é a arma dos incompetentes - Artigo | Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas

busca | avançada
46196 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOGS >>> Posts

Segunda-feira, 1/2/2016
A inveja é a arma dos incompetentes - Artigo
Antonio Feitosa dos Santos

+ de 600 Acessos



Acredito que a inveja é a chave que abre todas as portas para o inferno. As pessoas invejosas são ardilosas para o mal e incompetentes para buscarem o que desejam através de seus próprios méritos. Preferem, pois, chafurdar o esforço do outro e desse, subtrair o seu desejo mais escuso.

Pessoas assim, encontramos em diversos lugares: Na família, nas agremiações sociais e religiosas, no trabalho e em todos os cantos imagináveis, onde povoe o ser humano.

Não será surpresa se alguém que conviva ou conviveu com você, uma vida inteira, se utilize dessa vil característica humana, para abocanhar frutos do teu esforço, do teu trabalho, muitas vezes ardilosamente, por via da maior virtude humana, a caridade do outro.

Já vi e ouvi casos de familiares ou não, que levam a vida puxando os outros para trás. São sempre do contra e trabalham em desfavor do grupo familiar ou de um outro. Tenho pena dessa gente, sem saber estão puxando o braseiro da justiça divina para sob os seus pés.

Conheci um senhor de nome Manuel, que não suportava ver alguém passar necessidades, dava alimento a quem tinha fome, socorria os desesperados e cedia um teto a quem não tinha onde morar.

Próximo a sua propriedade, morava uma família em um pequeno pedaço de chão. Não havia espaço para plantar víveres que alimentassem aquela numerosa família. O senhor Manuel cedeu um espaço de terra agricultável, para o senhor João, plantar e colher alimentos para os seus filhos, sem nenhum pagamento por isto.

No terreno cedido, havia uma variedade de árvores frutíferas, tais como laranjeira, jaqueira, pitombeira, jenipapeiro, cajueiro, bananeira e urucum. Eles podiam usufruir das fruteiras para consumo próprio, mas não podiam comercializar, era o trato, porém um componente da família começou a subtrair desses bens para a comercialização ilícita.

O tempo passou, os filhos do favorecido cresceram e o senhor João veio a falecer. Alguns dos filhos viajaram para São Paulo, outros ficaram trabalhando para suprir as necessidades primárias da família.

O senhor Manuel observou que já não era tão necessário o plantio em suas terras e pediu para que eles colhessem o que haviam plantado e não plantassem mais, porque precisaria da área para assentar os próprios filhos que estavam casando.

Na família do senhor João entre os que ficaram, havia um de nome José. Este sorrateiramente, instruído por pessoas que usufruíam das terras do seu Manuel, entrou na justiça do trabalho, reivindicando posse de toda a propriedade, alegando que havia trabalhado 21 anos sem nada receber.

Pelo desgosto dessa injustiça a esposa do senhor Manuel faleceu, e logo em seguida o seu Manuel também se foi.

Toda a propriedade desse senhor, foi retirada dos seus verdadeiros donos, os herdeiros. Por ação e tramoia dos invejosos e interesseiros, foi subtraída de quem de direito e entregue a quem nunca fez nada naquele solo, a não ser destilar a inveja e o desejo de ser dono daquilo que nunca se esforçou e trabalhou para conseguir e construir.

A justiça no nordeste brasileiro, não costuma confirmar os fatos ditados pelas partes de uma causa. Por assim ser, os não raros casos de injustiças ocorridos nos campos, provocado por aqueles que dizem fazer justiça neste Brasil, por vezes de ninguém.

Age tão somente assim a inveja, antagônica a caridade. Ao senhor Manuel e sua consorte as honras e glória da caridade. Ao individuo que o lesou, e aos seus coparticipantes, as chaves da inveja e desonra, que servirão para lhes abrir as portas do inferno.

Com esta história aprendi: até para fazer caridade precisamos saber a quem, quando e por quanto tempo...

Encerrando este artigo, nada ilustra melhor a atitude do senhor Manuel do que parte da leitura da primeira carta de São Paulo aos Coríntios: “Se eu falasse todas as línguas, as dos homens e as dos anjos, mas não tivesse caridade, eu seria como um bronze que soa ou um címbalo que retine”.

“Se eu gastasse todos os meus bens, para sustento dos pobres, se entregasse meu corpo às chamas, mas não tivesse caridade, isso de nada me serviria”.

“A caridade é paciente, é benigna; não é invejosa, não é vaidosa, não se ensoberbece; não faz nada de inconveniente, não é interesseira, não se encoleriza, não guarda rancor; não se alegra com a iniquidade, mas se regozija com a verdade. ”

A justiça divina é incorruptível, tarda, mas vem. Estejam com Deus, senhor Manuel e Senhora Maria.


Postado por Antonio Feitosa dos Santos
Em 1/2/2016 às 17h14


Mais Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




IV - V SEMANAS DE ESTUDOS GEOLÓGICOS: COLETÂNEA DE TRABALHOS
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
IMPRENSA UNIVERSITÁRIA
(1980)
R$ 19,28



AMAR, VERBO INTRANSTITIVO
MÁRIO DE ANDRADE
ITATIAIA
(1989)
R$ 9,00



ELEMENTS DE LINGUISTIQUE FRANÇAISE: SYNTAXE
JEAN DUBOIS E FRANÇOISE DUBOIS CHARLIER
LAROUSSE
(1970)
R$ 22,28



BALANCING ACTS
MARTIN GOTTFRIED
LITTLE BROWN USA
(1999)
R$ 27,50



SUPER INTERESSANTE ED. ESPECIAL PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL 90 ANOS - 9248
ROBERTO CIVITA
ABRIL
(1987)
R$ 28,00



SHIJING - CANCIONEIRO CHINÊS, VISTO NUMA PERSPECTIVA OCIDENTAL
ZHANG WEIMIN
COLIBRI
(2000)
R$ 41,77



TEXTO DE PSICOLOGIA O PROCESSO GRUPAL
ENRIQUE PICHON-RIVIERE
MARTINSFONTES
(2012)
R$ 45,00



O DIREITO DE EMPRESA NO NOVO CÓDIGO CIVIL
FREDERICO VIANA RODRIGUES
FORENSE
(2004)
R$ 79,82



AUTO DA BARCA DO INFERNO
GIL VICENTE
MODERNA
(2015)
R$ 25,87



SUSTENIDO
SÔNIA CINTRA
IN
(2011)
R$ 12,00





busca | avançada
46196 visitas/dia
1,8 milhão/mês