Só o tempo me ensinou | Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas

busca | avançada
37685 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOGS >>> Posts

Terça-feira, 9/6/2015
Só o tempo me ensinou
Antonio Feitosa dos Santos

+ de 400 Acessos


Nós nascemos predispostos ao envelhecimento; quando da concepção, esse processo já é ativado. Na proporção entre o homem e o tempo, quanto menos idosos somos, mais atarantados procuramos ficar e à medida que os anos passam, mais conscienciosos nos tornamos.

Quase tudo que fazemos, quando somos mais jovens, fazemos por uma necessidade demandada. Uma demanda imposta por uma sociedade do entorno exigente, por um clã familiar sedento por êxitos dos componentes do grupo, pela trupe de amizades, pela suposta segurança proporcionada a quem dela participe.

Essa maratona prossegue por toda a fase do amadurecimento pessoal.

Quando atingimos a maturidade, cujo tempo varia de indivíduo para indivíduo, percebemos que deixamos de ser menos jovem, quando nos adequamos em primeiro lugar às nossas necessidades humanas, então concluímos que deveríamos portar essa preocupação desde o início de nossas vidas. Mas vá falar isso hoje para os iniciantes da vida e do envelhecimento!

Quando eu tomei consciência disso, a primeira coisa que fiz foi adequar os afazeres, para que esses realmente me propiciassem o prazer, a qualidade de vida que me favorecesse e, ao mesmo tempo, me possibilitassem os recursos financeiros condizentes com as minhas necessidades.

Manter a mente ativa é a primeira regra do negócio. Não desperdiçar o tempo com banalidade e cultura inútil é o mandamento maior.

Hoje, um terço do meu tempo diário é gasto com minhas obrigações profissionais, de administrador e de professor nos serviços públicos do Município e do Estado do Rio de Janeiro.

Os outros dois terços estão distribuídos entre a família e as coisas que me trazem prazer e realização pessoal.

A família é a base, o sustentáculo de tudo, o equilíbrio da balança, o porto seguro onde nos acostamos, para fugir das tormentas que sacodem as velas da nau nas águas do oceano vida.

Ler e escrever são realizações inexplicáveis. Como explicar uma viagem por recônditos da mente, da vida e do tempo? Será preciso ler e escrever para se ter a noção dessa dimensão, do prazer e da realização que sentimos.

Viajar, conhecer o mundo, novas culturas, povos diferentes, faz-me vibrar quando marcamos viagens. A sensação pela qual passamos até o dia marcado não tem preço e é indescritível.

Ir à cozinha e preparar uma boa refeição, sem correria e sem alvoroço, é um prazer do qual não abro mão. Traz-me uma paz e uma satisfação interior inexplicável. Manusear os alimentos, temperá-los ao meu gosto e atingir o paladar dos outros é uma atitude de amor à culinária, e isso eu consegui ao longo do tempo.

Ouvir uma boa música é parte da minha receita de renovação. Os timbres dos instrumentos, a harmonia das notas musicais ativam os meus neurônios e dão sobrevida às minhas células vitais.

Contemplar a natureza nos seus mínimos detalhes está para mim como a pele está para o revestimento do corpo. Nós somos a natureza e nela estamos inseridos ao mesmo tempo. Não tirar prazer dessa obra maior é como ter olhos e não enxergar, ter boca e não falar, ter pernas, pés e força, mas não caminhar; é não amar a si mesmo nem aos outros.

Gosto de reservar um tempo para observar a capacidade e a complexidade do ser humano, seja para o seu lado bom, seja o seu lado perverso. O homem é capaz de promover qualquer tipo de ato, imaginável ou não.

O ser humano é dotado de uma complexidade tão extrema, que eu não ousaria pensar na inexistência de Deus. Só um ser superior, supremo seria capaz de criar um ente tão enigmático.

Se alguém me perguntar: Você não perde tempo em sua vida? Sim, claro, quando sento em frente à televisão, para assistir aos poucos programas a que ainda me permito assistir. A maioria deles trata de banalidades e de culturas inúteis.

Atingir a idade, menos jovem, permite-nos a restrição automática a tudo o que não é aproveitável. Não censuro quem o faz, mas hoje compreendo que para tudo há um limite e isso eu levo muito a sério.

Rio,29/01/2012.
Feitosa dos Santos


Postado por Antonio Feitosa dos Santos
Em 9/6/2015 às 19h13


Mais Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




HISTÓRIAS APAIXONADAS
PEDRO BANDEIRA
ÁTICA
(2006)
R$ 24,00



NAS PELE DA CEBOLA
GUNTER GRASS
RECORD
(2007)
R$ 15,00



PAULO E A LUTA PELA LIBERDADE - COLEÇÃO BÍBLIA E CULTURA POPULAR
ANA FLORA ANDERSON E GILBERTO DA SILVA GORGULHO
CEPE
R$ 13,00



LES BERBERES (HISTOIRE ET INSTITUTIONS)
G. H. BOUSQUET
PUF (PARIS)
(1957)
R$ 18,28



MUNDO SEM FRONTEIRAS
KENICHI OHMAE
MAKRON BOOKS
(1974)
R$ 5,50



IMPERIALISMO, FASE SUPERIOR DO CAPITALISMO
LÊNIN
GLOBO LIVROS
(1987)
R$ 50,00



TIENDAS: TOP SHOPS 2
EDUARD BROTO
CHINCHILLA MINGUET
(2007)
R$ 92,70
+ frete grátis



PARA GOSTAR DE LER VOL 15 A CADEIRA DO DENTISTA
CARLOS EDUARDO NOVAES
ATICA
(1995)
R$ 6,00



LOUVEMOS O SENHOR EDIÇÃO 91
NÃO INFORMADO
LOYOLA
R$ 6,00



REUMATISMO: A CAMINHO DA CURA
EVELIN GOLDENBERG
SEGMENTO FARMA
(2011)
R$ 34,69
+ frete grátis





busca | avançada
37685 visitas/dia
1,3 milhão/mês