Audiovisual vai além. Audiovisual vem para Belém. | Blog de Enderson Oliveira

busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A Promessa da Política, de Hannah Arendt
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Luciano do Valle (1947-2014)
>>> Por que as velhas redações se tornaram insustentáveis on-line
>>> Ação Social
>>> Dá-lhe, Villa!
>>> forças infernais
>>> 20 de Abril #digestivo10anos
>>> Pensando sozinho
>>> Minha casa, minha cama, minha mesa
Mais Recentes
>>> Sade em Sodoma de Flávio Braga pela BestSeller (2008)
>>> Curso de Filosofia em Seis Horas e Quinze Minutos de Witold Gombrowicz pela José Olympio (2011)
>>> O pequeno Principe de Antoine de Saint Exupery pela Agir (2009)
>>> Zoloé e Suas Duas Amantes de Marquês de Sade pela Record (1968)
>>> Expressões Diante do Trono de Ministério de Louvor Diante do Trono pela Diante do Trono (2003)
>>> A separação dos amantes - uma fenomenologia da morte de Igor Caruso pela Cortez (1989)
>>> Os Titãs / A Saga da Família Kent (Volume V) de John Jakes pela Record/ RJ.
>>> A Universidade em Ritmo de Barbárie de José Arthur Giannotti pela Brasiliense (1986)
>>> A Mulher Só de Harold Robbins/ (Tradução) Nelson Rodrigues pela Record/ RJ.
>>> Dependência e desenvolvimento na América Latina - ensaio de interpretação sociológica de Fernando Henrique Cardoso e Enzo Faletto pela Zahar (1970)
>>> Tubarão de Peter Benchley pela Nova Cultural (1987)
>>> O Titã de Fred Mustard Stewart pela Record
>>> O Beijo da Mulher Aranha de Manuel Puig pela Codecri/ RJ. (1981)
>>> A Traição de Rita Hayworth/ Capa Dura de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1993)
>>> Boquitas Pintadas/ Capa Dura de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1988)
>>> Kit De Estudo Para Concursos: Só concursos (3 CDs + Folheto) + Guia do Concurseiro + Redação para Concursos de Equipe Mundial Editorial pela DCL - difusão cultural do livro (2016)
>>> Numa Terra Estranha de James Baldwin pela Rio Gráfica (1986)
>>> 1934 de Alberto Moravia pela Rio Gráfica (1986)
>>> Mil Platôs Vol. 1 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2011)
>>> A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak pela Intrínseca/RJ. (2007)
>>> Mil Platôs Vol. 2 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2011)
>>> Mil Platôs Vol. 3 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2012)
>>> Ajin - Demi-Human #01 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Ajin - Demi-Human #02 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Ajin - Demi-Human #03 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Incendio de Troia (capa dura couro) de Marion ZimmerBradley pela Circulo do Livro/ SP. (1994)
>>> Ajin - Demi-Human #04 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #05 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #06 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #07 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #08 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #09 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Nova Cultural (1987)
>>> Ajin - Demi-Human #10 de Gamon Sakurai pela Panini (2018)
>>> Ajin - Demi-Human #11 de Gamon Sakurai pela Panini (2018)
>>> Estratégia da Decepção de Paul Virilio pela Estação Liberdade (2000)
>>> Ajin - Demi-Human #12 de Gamon Sakurai pela Panini (2019)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1989)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Codecri (1981)
>>> Fort of Apocalypse #10 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Codecri (1981)
>>> Fort of Apocalypse #09 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #08 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Festa Sob as Bombas - Os Anos Ingleses de Elias Canetti pela Estação Liberdade (2009)
>>> Fort of Apocalypse #07 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #06 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #05 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #04 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Antologia da Poesia Parnasiana Brasileira de João Ribeiro Francisca Júlia/ Alberto Oliveira... pela Cia. Ed. Nacional/ Lazuli (2008)
>>> Antologia Poética de Ernesto Cardenal pela Salamandra (1979)
BLOGS >>> Posts

Domingo, 16/8/2015
Audiovisual vai além. Audiovisual vem para Belém.
Enderson Oliveira

+ de 1400 Acessos



Cinema Olympia receberá novamente o FAB. Foto: Everton Pereira.

Com quantos desafios se faz um festival? Inúmeros. Para isso, no entanto, a receita é "simples" e une trabalho, esforço, dedicação e trabalho conjunto. Além disso, é claro, planejamento estratégico, uma boa equipe e parceiros e apoiadores que viabilizem, inclusive financeiramente, tal realização.
É atento a isso que o Festival de Audiovisual de Belém caminha para sua terceira edição. Sua origem, no entanto, é de 2012, quando o CLIC (sigla charmosa e precisa de Culturas, Linguagens e Interfaces Contemporâneos), evento e organização criada por mim e que atua na produção e divulgação de eventos acadêmicos e culturais, realizou o "CLIC em Cena", visando observar e discutir diversas nuances da produção audiovisual contemporânea.

Após três dias de evento, (s)urgiu a necessidade de se pensar em um evento mais amplo, um festival que observasse não somente o cinema, mas a produção audiovisual como um todo, tendo como sede Belém do Pará. Pouco mais de um ano depois, tinha início o Festival de Audiovisual de Belém - FAB 2013 , que já em sua primeira edição recebeu obras de todas as regiões do país e dois curtas metragens com co-produção internacional. Além disso, foram recebidos também um considerável número de videoclipes e, claro, boas produções locais, que ajudam a fortalecer o importante momento do audiovisual paraense.


Grande público lotou o Cine Olympia nas duas edições do FAB até hoje. Foto: Everton Pereira.

Como afirmo desde 2013 e creio que não deixarei de destacar, o FAB nada mais é que um caminho, uma estrada, uma rota. Como todo bom caminho, é misterioso e sem ponto de chegada definido. Nesse trajeto, obras são e serão lançadas, novos produtores conseguem ter sua primeira grande possibilidade de exibição, pessoas vêm a Belém por confiar em nossa iniciativa. Experiências são trocadas, contatos estabelecidos, temas apresentados, alternativas instigadas.
Observando isto, que pode parecer grandioso ou importante, como afirmei em discurso na edição de 2014 e retomo novamente, talvez caiba uma "oração": como a do "Pai nosso", talvez devamos pedir para que não nos deixem cair na tentação da falta de organização, do oportunismo, da egolatria que envergonha, empobrece e não ajuda em coisa alguma não somente a produção artística, mas a gestão daqui. Terminada esta oração, que mais parece vez ou outra uma expiação, devemos seguir. Ou já seguimos.

Em outra analogia, é possível observar o FAB como um filho: merece atenção diária e, uma vez concebido, é difícil cogitar seu fim prematuro. O Festival ainda engatinha, sabemos, mas já começa a olhar com mais segurança para o futuro.
Seguimos e nos aproximamos do FAB 2015, sempre mantendo o evento amplo, diversificado e atento à importância da "marca" Amazônia. Assim, o evento objetiva se constituir em uma grande plataforma para a apresentação de novos talentos e, além disso, busca colaborar para inserir de vez Belém na geografia nacional da produção audiovisual contemporânea, levando em conta a diversidade de possibilidades de criação e demonstrando isso na capital paraense, o que está sintetizado no slogan do evento: Audiovisual vai além. Audiovisual vem pra Belém.

Mudanças necessárias
Sem patrocínio, este ano, o festival apresenta apenas mostras não competitivas, organizadas em sete categorias. São elas: "Curta Metragem"; "Videoclipe"; "Propaganda Publicitária Audiovisual"; "Videoarte"; "Vídeo-minuto", "Vídeos de bolso" e "Crítica de Audiovisual Brasileiro".

A identidade visual do FAB 2015 é de Camila Rodrigues.

Apesar de não ser competitivo, o FAB pretende seguir incentivando o crescimento audiovisual não apenas em Belém, mas em todo o Brasil. O objetivo parece estar sendo alcançado: para nossa surpresa, em especial minha, faltando cerca de um mês para o fim das inscrições já possuímos 70 curtas recebidos (ano passado foram 43), 6 videoclipes (ano passado foram 11), 4 videoartes (ano passado foram 6), entre outros vídeos que nos animam e encorajam.

As inscrições para o FAB seguem até 11 de setembro. Não haverá prorrogação, então quem desejar se inscrever deve se organizar o quanto antes. A terceira edição do Festival de Audiovisual de Belém (FAB), que será realizado entre os dias 29 de outubro e 01 de novembro, no Cinema Olympia, o mais antigo em funcionamento no país.


Serviço

Festival de Audiovisual de Belém - FAB 2015

Inscrições gratuitas clicando aqui
Data do festival: De 29 de outubro a 1º de novembro.

Onde: Cinema Olympia, em Belém.

Entrada franca

Mais informações na página www.facebook.com/fab.belem ou pelo email falecomfab@gmail.com


Por Enderson Oliveira


Postado por Enderson Oliveira
Em 16/8/2015 às 18h25



Mais Blog de Enderson Oliveira
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ESPAÑOL LENGUA VIVA 4 LIBRO DEL ALUMNO
SANTILLANA
SANTILLANA ESPAÑOL
(2013)
R$ 23,95



DICIONÁRIO PRÁTICO DE LITERATURA BRASILEIRA
ASSIS BRASIL
EDIÇÕES DE OURO
(1979)
R$ 20,00



PAGOS A DOBRAR
JAMES M. CAIN
LIVROS HORIZONTE
(1985)
R$ 17,70



GUIA PRÁTICO DO PORTUGUÊS CORRETO
CLÁUDIO MORENO
L&PM POCKET
(2006)
R$ 9,90



O ENIGMA DAS LETRAS VERDES
STELLA CARR
MODERNA
(2000)
R$ 4,90



A CAUSA DA SUPRESSÃO
L. RON HUBBARD
BRIDGE
(2005)
R$ 16,00



DEUS - UM DELÍRIO
RICHARD DAWKINS
CIA DAS LETRAS
(2007)
R$ 47,70



ALQUIMISTAS E QUÍMICOS -O PASSADO, O PRESENTE E O FUTURO
JOSÉ ATÍLIO VANIN
MODERNA
(1994)
R$ 4,30



ZEICHNEN IM KONSTRUKTIVEN INGENIEURBAU
RICHARD GOLDAU
BAUVERLAG
(1978)
R$ 250,00



DIREITO ELETRONICO
RENATO OPICE BLUM
EDIPRO
(2001)
R$ 33,76





busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês