Filme normal? Exagerado? Ao Quadrado. | Blog de Enderson Oliveira

busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Dá-lhe, Villa!
>>> forças infernais
>>> 20 de Abril #digestivo10anos
>>> Pensando sozinho
>>> Minha casa, minha cama, minha mesa
>>> Aranhas e missangas na Moçambique de Mia Couto
>>> Novos Melhores Blogs
>>> Reflexões para um mundo em crise
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> A volta de Steve Jobs à Apple
Mais Recentes
>>> Plantas de Cobertura do Solo Caracteristicas e Manejo Em Pequenas . de Claudino Monegal pela Autor (1991)
>>> Os Honorários Advocatícios na Justiça do Trabalho - de Carlos Roberto Ramos pela : Conceito (2013)
>>> 1985 - o Autor de Laranha Mecânica Contesta o 1984 de Orwell e Mostra de Anthony Burgess pela Lpm (1980)
>>> Ciencias Criminais - Articulacoes Criticas Em Torno dos 20 Anos da Con de Ana C. B. de Pinho pela Lumenjuris (2009)
>>> Manual de Anestesia Em Pequenos Animais - de Paddleford pela Roca (2001)
>>> Las Investigaciones de Alvirah y Willy de Mary Higgins Clark pela Plaza & Janes (1998)
>>> Manual de Direito Constitucional - Volume Único de Marcelo Novelino pela Metodo (2014)
>>> Surfing and Health: Expert, Medial and Advice de Joel Steinman pela Meyer (2019)
>>> Competition in Global Industries de Michael E. Porter pela : Harvard Business School (1986)
>>> 22/11/63 - Novela de Stephen King pela Plaza Janés (2012)
>>> Guia Autorizado Adobe Photoshop 7. 0 - Com Cd - Livro de Treinamento de O mesmo pela Makron Books (2003)
>>> Instrumentos Musicales Precortesianos de Samuel Marti pela Inah (1968)
>>> Lo Mejor de La Siesta Inolvidable de Jorge Halperín pela Aguilar (2005)
>>> Novo Comentário Bíblico Contemporâneo - Lucas de Graig A. Evans pela Vida (1996)
>>> Etiquette For Outlaws de Rob Cohen pela Harper Entertainment (2001)
>>> Caixa de Pássaros de Josh Malerman pela Intrinseca (2015)
>>> Retratos e Fotogramas: Isabelle Huppert de Sesc SP pela Sesc (2009)
>>> As minas de Salomão de Eça de Queiroz pela Livraria Lello
>>> Sim Não de Jussara Braga pela do Brasil (1987)
>>> Alves & C.a de Eça de Queiroz pela Livraria Lello (1928)
>>> Fogo no Céu! de Mary França - Eliardo França pela Ática (1991)
>>> Contos de Eça de Queiroz pela Livraria Lello (1934)
>>> An Amazing Story de Telma Guimarães Castro Andrade pela Atual (1996)
>>> O crime do Padre Amaro de Eça de Queiroz pela Livraria Lello (1935)
>>> Codorna - Criação - Instalação - Manejo de Irineu Fabichak pela Nobel (1987)
>>> Guerras Secretas -Super-Heróis Marvel de Alex Irvine pela Novo Século (2016)
>>> Cartas de Inglaterra de Eça de Queiroz pela Livraria Lello
>>> Cem Anos de Iberê de Luiz Camillo Osorio pela Cosac Naify (2014)
>>> Dia de Aninha de Ciça Alves Pinto pela Global (1996)
>>> Lasar Segall Un Expresionista Brasileño de Ivo Mesquita, Jorge Schwartz e outros pela Takano (2002)
>>> The White Mountains de John Christopher pela Longman (1974)
>>> Laje de Santos, Laje dos Sonhos de Guilherme Kodja Tebecherani, Ana Paula Pinto e outros pela Globo (2009)
>>> Ulster Story de Michael Villeneuve pela Longman (1977)
>>> Marco Giannotti de Nelson Brissac Peixoto pela Cosac Naify (2007)
>>> Morri para Viver de Andressa Urach pela Planeta (2015)
>>> Esio Trot de Roald Dahl pela Puffin Books (2001)
>>> Laura Belém de Laura Belém e outros pela Cosac Naify (2013)
>>> Brave New World de Aldous Huxley pela Longman (1978)
>>> Favela, um Bairro de Cristiane Rose Duarte e Outros (org.) pela Pro (1996)
>>> 1/3 da Vida de Wanderley Oliveira e Ermance Dufaux pela Dufaux (2016)
>>> Quê ?! de Tião Carneiro pela Autor
>>> Conheça a Verdade de Bruce Milne pela Abu (1987)
>>> Para uma Nova Era, Poesia & Prosa de Remisson Aniceto pela Patuá (2019)
>>> Mentes perigosas de Ana Beatriz Barbosa Silva pela Fontanar (2008)
>>> Meu menino vadio de Luiz Fernando Vianna pela Intrínsica (2017)
>>> Correndo com tesouras de Augusten Burroughs pela Ediouro (2002)
>>> Supernova - A Estrela dos Mortos de Renan Carvalho pela Novo Conceito (2015)
>>> Supernova - O Encantador de Flechas de Renan Carvalho pela Novo Conceito (2015)
>>> Segregação e Gentrificação: Os conjuntos habitacionais em Natal de Sara Raquel Fernandes Queiroz de Medeiros pela Edufrn (2018)
>>> Repensar as Familias de Fiona Williams pela Principia (2004)
BLOGS >>> Posts

Quarta-feira, 2/3/2016
Filme normal? Exagerado? Ao Quadrado.
Enderson Oliveira

+ de 700 Acessos



Uma mulher tenta fugir da insônia caminhando em um supermercado. Um homem busca uma aventura sexual. Assim começa Ao quadrado. Imagem: Divulgação.


É madrugada. Um casal discute após uma festa. Uma passante caminha ouvindo música com fones de ouvido, aparentemente alheia a tudo. Um jovem busca uma aventura sexual. Nada coeso. Tudo coerente. Os quatro personagens caminham, se cruzam, se chocam e dialogam entre produtos, prateleiras e corredores de um supermercado. Este é o enredo e base do curta paraense Ao Quadrado, com roteiro de Tiago Júlio Martins e direção de Paulo Roque, um dos destaques da edição de 2014 do Festival de Audiovisual de Belém.
Ao Quadrado pode ser considerado um drama urbano e contemporâneo, talvez pouco surpreendente em uma cidade em que quase tudo está ligado de algum modo à tríade poder-sexo-dinheiro. Talvez. Com trechos de humor e uma linguagem que para alguns é agressiva, enquanto para outros é apenas real ou mesmo familiar, a ficção (?) chamou a atenção desde sua estreia e, passados dois anos, é um bom exemplo de que é possível inovar, seja na produção audiovisual ou ainda no modo de contar histórias, em especial na capital paraense.


Maníaco? Direto? O personagem de Victor Braun é o que inicia as surpresas no curta.

O início apresenta planos-sequência com os personagens caminhando no supermercado. Somente após cerca de dois minutos os diálogos começam, e logo com um "Posso falar uma coisa contigo?", pergunta do personagem sem nome, interpretado por Victor Braun, à outra personagem, também não identificada, interpretada por Demi Araújo. A pergunta é também uma espécie de convite ao espectador para o início não só dos diálogos, como da trama e do modo de percepção das relações que são estabelecidas constantemente não somente no filme, como na cidade.
O curta possui apenas quatro atores. Não há personagens “coadjuvantes”; no máximo, uns outros três são referidos. Além dos dois citados, há ainda Lucas de Castro, o namorado de “saco cheio” da relação com a namorada mimada e clichê, interpretada por Hanna Kethllen. A preferência por apenas este número de personagens é curiosa e interessante: ao invés de apostar em uma trama complexa e repleta de personagens secundários, todos tem destaque “semelhante”, ainda que uma das duplas pareça ser o principal – se formos tentar “estratificar” o filme.


A personagem de Hanna Kethllen consegue apresentar bem uma namorada carente e mimada, em que busca nas aparências esconder as angústias e infelicidades.

A ideia inicial não previa os quatro personagens atuando no espaço, mas sim dois. A escolha pela mudança ocorreu ainda na etapa de produção. Em entrevista realizada no início de 2015, os membros do Coletivo Super 8 , que fizeram o filme, afirmaram que “Quando definimos elenco para o curta, percebemos que tínhamos dois casais de atores bons que renderiam no filme. O Paulo Roque (diretor) sugeriu que houvesse mais personagens para dar mais dinâmica na edição, principalmente na hora dos cortes. O Tiago percebeu que o filme realmente ficaria monótono com apenas um casal e expandiu o roteiro. Ele colocou um segundo casal, vivendo algo mais "convencional", para criar um contraponto ao que a Demi e o Victor estavam protagonizando. A proposta foi apresentada para o resto do grupo e decidimos coletivamente que filmaríamos a nova versão", disseram os membros do coletivo. Ótimo para o espectador, que tem como combustível ainda a discussão entre o casal interpretado por Lucas e Hanna.
Linguagem, rápida, precisa, história simples, mas que pode surpreender, ainda que os pontos de virada que o filme possui sejam previsíveis, o curta ganha fôlego com Victor Braun, o maníaco (?) que, com sinceridade e romantismo (sim, a alegoria do filme possui isto, de forma bastante irônica) “caça” no supermercado alguém para o sexo encontra a personagem de Demi, tornando-a em um primeiro momento seu principal alvo. Com sensualidade singular, a personagem da jovem é certamente um dos destaques no filme, também por possibilitar e manter o ponto de virada na história, ao aceitar o convite para o sexo casual com o desconhecido. Ali mesmo, no supermercado.


"Vítima" ou culpado? O personagem de Lucas de Castro carrega os incômodos da necessidade das aparências em Belém.

O vídeo foi feito em 2014 e o roteiro original do Ao Quadrado era diferente do que foi filmado. "Na primeira versão, havia apenas um casal e o final era menos impactante. A história foi baseada em uma experiência real que o roteirista teve, curiosamente no mesmo supermercado do curta. Ele não chegou a abordar ninguém para falar pornofonia no ouvido, mas fez uma doidice comparável a de um psicopata. Caçou a menina no Facebook e enviou uma carta maluca, mas comportada, para a garota. Inclusive, a personagem da Demi Araújo diz uns trechos desta mensagem ironizando o Victor Braun”, destacaram.
Feito em Belém, o curta carrega o "sotaque" - não somente na linguagem e modo de se expressar - paraense, o que é normal, mas foge de diversos estereótipos. O que mais importa na obra são as relações dos sujeitos e não alguma paisagem ou fisionomia verde, idílica, encantada ou encantadora. Sustos, surpresas, sexo e sensações são os “4 Ss” que compõem o curta.
Ainda de acordo com a entrevista com o Super 8, o roteirista não pensou em nenhum filme específico quando estava escrevendo a história do curta. As referências são mais gerais, como Richard Linklater, Pedro Almodóvar, Quentin Tarantino, entre outros.


O "discreto charme" da personagem de Demi Araújo e seu "pragmatismo" são fundamentais para a condução da narrativa.

“Talvez tenha um pouco da safadeza do Nelson Rodrigues no roteiro. Não era a nossa intenção fazer uma comédia e acreditamos que o público só acha o filme engraçado por isso, porque foi algo natural. No final, acreditamos que ficou parecido uma versão estendida de um episódio do ‘Porta dos Fundos’ ou uma esquete de Monty Python, para citar algo mais absurdo”, explicam.
Movidos por sexo, desejo, angústia, os quatro personagens são sujeitos contemporâneos, com linguagem direta e hábito decididos, em que a tríade que marcou a modernidade (família, religião e trabalho) não faz tanto sentido na hora de buscar algo. Não necessitam respostas, o filme deixa as reflexões para cada um, seja no que for. E isto é muito bom.


Mesmo espaço, muitas buscas e diversas angústias: tudo Ao Quadrado.

Quase ao fim da narrativa, a personagem de Demi tira a calcinha e dá ao seu "fã" (perseguidor?) em tom de desafio e descrença com o personagem que a interpelara. Indo além e se utilizando de uma analogia talvez arriscada e imprecisa, talvez este seja o caminho para o cinema paraense: ter mais coragem e investir no que parece não tão certo, confiar em si próprio. Fugir de parâmetros. Arriscar.
Em uma cidade que vive de aparências, na sua maioria banais e/ou frugais, desde seu principal cartão postal até uma série de hábitos, os personagens se desvelam sem pudor, mostram suas fraquezas, angústias e expectativas. Sonham, pensam e agem e tudo isto é destacado no filme. Em um único espaço, mas revisto, talvez exagerado, potencializado. Ao quadrado.

O filme
Ao Quadrado (2014, 11min47seg) possui roteiro de Tiago Julio Martins e direção de Paulo Roque. A produção é de Mariana Malato, Dina Nery e Jussia Carvalho; áudio de Orlando Sergio de Campos e fotografia de Moyses Cavalcante e Paulo Roque. O elenco é formado por Demi Araújo, Hanna Kethllen, Lucas de Castro e Victor Braun.
Assista:



Por Enderson Oliveira


Postado por Enderson Oliveira
Em 2/3/2016 às 09h01



Mais Blog de Enderson Oliveira
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




INSPETOR, MATE ESTA
JOYCE PORTER
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1966)
R$ 4,37



SE LIGA NESSA - VOCÊ E O TRABALHO
BRUNO PORTO/ MARIANA AMARAL E BILLY BACON
SENAC
(2007)
R$ 10,00



IMPACTO TRIBUTÁRIO DO NOVO CÓDIGO CIVIL
EDUARDO DE CARVALHO BORGES
QUARTIER LATIN
(2004)
R$ 14,00



BRASIL TERRA VERDEAL!
MARTINS FONTES
N/D
R$ 30,00



ENSINAMENTOS SOBRE O AMOR
THICH NHAT HANH

R$ 50,00



A DIETA DA SUPERENERGIA DO DR. ATKINS
ROBERTA C . ATKINS / SHIRLEY LINDE
CIRCULO DO LIVRO
R$ 10,00



OS AMANTES DE ESTOCOLMO
ROBERTO AMPUERO
PLANETA
(2007)
R$ 11,90



O CONTO BRASILEIRO CONTEMPORÂNEO
ALFREDO BOSI
CULTRIX
(1968)
R$ 15,00



AVENTURAS DO ESCOTEIRO BILA
ODETTE DE BARROS MOTT
ATUAL
(1993)
R$ 4,00



PARA SEMPRE
KIM E KRICKITT CARPENTER
NOVO CONCEITO
(2012)
R$ 17,00





busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês