Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas

busca | avançada
31589 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Leandro Sapucahy comanda Reveillon 2019 no Jockey Club/RJ
>>> Carioquíssima realiza edição de Natal na Fábrica Bhering (RJ)
>>> Vocalista da banda Big Mountain, Quino apresenta-se no Sesc Belenzinho dia 15 de dezembro
>>> Sesc Belenzinho apresenta show que celebra Declaração Universal do Direitos Humanos
>>> Mosteiro de São Bento: 50 anos da morte de Thomas Merton
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As palmeiras da Politécnica
>>> Como eu escrevo
>>> Goeldi, o Brasil sombrio
>>> Do canto ao silêncio das sereias
>>> Vespeiro silencioso: "Mayombe", de Pepetela
>>> A barata na cozinha
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O Voto de Meu Pai
>>> Inferno em digestão
>>> Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos
Colunistas
Últimos Posts
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
Últimos Posts
>>> A verdade? É isso, meme!
>>> Ser pai, sendo filho - poema
>>> A massa não entende
>>> ARCHITECTURA
>>> Os Efeitos Colaterais do Ano no Mundo
>>> A Claustrofobia em Edgar Allan Poe - Parte I
>>> Casa de couro V
>>> Heróis improváveis telefonam...
>>> Um lance de escadas
>>> No tinir dos metais
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Desafiando o Talento, de Geoff Colvin
>>> O anti-Twitter
>>> Free, o livro, em português
>>> Tropikaos
>>> Because in the musicals nothing dreadful ever happens
>>> Feliz Ano Novo
>>> Por uma arquitetura de verdade
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
>>> Existem vários modos de vencer
>>> O óbvio final de Belíssima
Mais Recentes
>>> Reinações de Narizinho de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1956)
>>> Don Fernando de Fernand Fournier-Aubry pela Robert Laffont (1972)
>>> Allie Finkle´s Rules for Girls- Moving day de Meg Cabot pela Scholastic (2009)
>>> Vie et Mort a Shanghai de nien Cheng pela Albin Michel (1987)
>>> Português- Leitura,produção, gramática ( 7 ano ) de Leila Laur Sarmento pela Moderna (2009)
>>> Um grito de Alerta de Osmar Santos pela Eu Você (1981)
>>> Vencendo a Crise - Com o bom senso empresarial pode superá-la de Thomas J Peters e Robert H Waterman pela Hárbra (1986)
>>> Educação - Criatividade e Lazer de Annita Schterg Gorodicht e Léa Porto de Abreu pela Sec de Educação e Cultura RJ (1980)
>>> O Diário de Bridget Jones de Helen Fielding pela Record (2001)
>>> L'Institut de Volupté - Roman de Fernand Kolney pela Georges-Anquetil (1926)
>>> Oeuvres de Beranger - Tomo 1 e 2 de Pierre-Jean de Beranger pela Perrotin (1857)
>>> Everymans Thesaurus of English Words and Phrases de Peter Roget e D C Browning pela J M Dent e Sons (1955)
>>> Lombre du Passé de Jeanne de Coulomb pela Gaitier e languereau (1921)
>>> La femme Dune Nuit de Alfred Machard pela Flamarion (1929)
>>> L'Amant de Lady Chatterley de D H Lawrence pela Gallimard (1932)
>>> Tom Jones de Henry Fielding pela Abril (1983)
>>> A chave de Rebecca de Ken Foller pela Círculo do Livro
>>> Histoires et Contes de la Grand Mère de Louise SW Belloc pela Garnier freres
>>> A Terceirização e o Direito do Trabalho de Sergio Pinto Martins pela Atlas (2010)
>>> Atuação do Ministério Público do Trabalho Como Árbitro de José Janguiê Bezerra Diniz pela Ltr (2005)
>>> Curso de Falência e Recuperação de Empresa de Amador Paes de Almeida pela Saraiva (2008)
>>> Exercícios de Metodologia da Pesquisa de Edivaldo M. Boaventura pela Quarteto (2017)
>>> Introdução à Teoria do Emprego de Joan Robinson pela Forense Universitária (1990)
>>> A Bruxinha Domitila e o Robô Super-tudo de Edson Gabriel Garcia pela Vozes (1985)
>>> O Hóspede Suspeito de Friedrich Scheck pela Ática (2000)
>>> O Castelo de Âmbar de Mino Carta pela Record (2000)
>>> Quando o Sofrimento Bater à Sua Porta de Padre Fábio de Melo pela Planeta (2016)
>>> Desconhecido de Machado de Assis pela Civilização Brasileira (1955)
>>> Psicopedagogia Clínica de Maria Lúcia L. Weiss pela Dp&a (2004)
>>> Porta do infinito de Carlos Castaneda pela Record (1974)
>>> O quinto compromisso, um guia prático para o autodomínio de Don Miguel Ruiz / Don José Ruiz pela Best Seller (2010)
>>> Manifesto do partido comunista de Karl Marx, Engels pela Expressão Popular (2008)
>>> Sapatos - Cronica de uma Sedução - 1900-2008 de Perla Nahun, Fernando de Barros Constanza Pascolato pela Francal (2008)
>>> A região metropolitana de Campinas: urbanização, economia, finanças e meio ambiente Vol 1 e 2 de Wilson Cano, Carlos A. Brandão pela Unicamp (2002)
>>> Informe: Análisis, adapatación y sistematización de estándares para la planificación del manejo en Iniciativas de Conservación Privada y áreas marinas costaneras protegidas de múltiples usos de Ministerio del medio ambiente, GEF, PNUD, Wildlife pela Ministerio del medio ambiente Chile (2015)
>>> Una década de luchas y propuestas Derecho Educación. La palabra de los movimientos sociales de Foro por el Derecho a la Educación Chile pela Foro por el Derecho a la Educación Chile (2015)
>>> Princípios de Direitos Autorais - Livro I - 1898/1998 de Eduardo Pimenta pela Lumen Juris (2004)
>>> Tráfico de Anjos de Luiz Puntel pela Ática (1992)
>>> Sexo se Aprende na Escola de Marta Suplicy e Antonio Carlos Egypto e outros pela Olho Dágua (2000)
>>> Disney Art Attack - Art Festa nº 1 de Disney Coleção Crie-Brinque pela Cia de Livros (2006)
>>> Tratado da Propriedade Intelectual - Tomo II - Patentes de Denis Borges Barbosa pela Lumen Juris/Direito (2014)
>>> Em Busca da Paz, Como Rezar o Rosário por Meio dos Salmos de Joan Chittister pela Paulinas (2014)
>>> Vida de Santa Teresa de Jesus de Escrita por Ela Própria pela Loyola (1984)
>>> Isla e o Final Feliz de Stephanie Perkins pela Intrínseca (2015)
>>> João Cândido, o Almirante Negro de Alcy Cheuiche pela L&PM (2010)
>>> Bela Distração de Jamie Mcguire pela Verus (2014)
>>> A Promessa do Tigre de Colleen Houck pela Arqueiro (2014)
>>> It: a coisa de Stephen King pela Suma de Letras (2014)
>>> O Amor nos Tempos do Cólera de Gabriel García Márquez pela Record (2016)
>>> Das Ciências na Filosofia: Da Filosofia nas Ciências de Jacques Monod, Louis Althusser, Jean Piaget et alli pela Rés (1975)
BLOGS

Quarta-feira, 5/12/2018
Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
Antonio Feitosa dos Santos

 
Ser pai, sendo filho - poema

Todos nós envelhecemos,
Pais, filho e filha envelhecem,
Enquanto os filhos voam,
Os país rezam uma prece,
Um dia, rezem eles aos seus,
Como pai, rezo aos meus,
Porquanto o corpo obedece.

Que sabem os filhos dos pais?
Muito pouco creio eu,
Os pais sabem dos filhos,
Tudo o que aconteceu,
Dos choros às travessuras,
Dos aconchegos e ternuras,
Neles, isso tudo se perdeu.

É bom que os filhos saibam,
Que seus pais foram criança,
Embora em tempo passado,
Ficou preso à lembrança,
Como eles, também voaram,
Foram dinâmicos e cansaram,
Mas carregam a esperança.

Quando o filho, se faz filho atuante,
Preserva bem os seus pais,
Quando eles vão embora,
Partem para nunca mais,
Só resta aos filhos a saudade,
De quem pela eternidade,
Serão os seus ancestrais.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
5/12/2018 às 18h20

 
A mim importa, e a você?

A quem importa meu soluçar,
Se as lágrimas são minhas.
A quem importa a minha escuridão,
Para quem estar sob a luz.
Que importa a chuva e o frio,
Para quem estar sob um teto,
No aconchego do seu leito.
Não basta o sorriso no rosto,
Para apagar a dor do outro.
A esse, importa mais que sorrir,
Importa o ato de viver bem.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/11/2018 às 18h54

 
Considerações finais: a arte de fazer política

Não estou aqui para ensinar política a ninguém, mas contribuindo com quem queira e deseje entender os meandros dessa ciência.

A verdadeira cultura política, nos mostra dois parâmetros ideais, para quem quer enveredar por esse caminho.

O primeiro deles é o sistema perde-ganha. Assim como na vida pessoal precisamos aprender a ganhar e a perder.

Na política quando se perde, saber reconhecer a derrota é primordial na reconciliação dos polos, momentaneamente, divergentes em ideias. A isso chamo ajuste do princípio básico da gestão de pessoas em Administração.

Quando um indivíduo é eleito, ele governa para todos e não apenas para aqueles que o fizeram eleito. Este, pode até não me representar, mas democraticamente devo me sentir inserido na decisão tomada pela maioria absoluta. Isso é ser democrata e zelar pela democracia.

O segundo sistema é o modelo ganha-ganha. Este constitui o modo ditatorial, corrosivo das boas práticas democráticas. É o poder pelo próprio poder, a inflamação do discurso, pela desconstrução do oponente, mesmo depois de eleito.

Superar as divergências em prol do bem-estar coletivo, e do fortalecimento democrático faz-se necessário, para uma política construtiva e desenvolvimentista. Para os eleitores, nada é mais velho do que a eleição de ontem.

Não se aprende política, quando não se é maleável, permitindo enraizar-se por víeis radicais e totalitários.

A política só é saudável, para quem sabe jogar o jogo. Aprender a politicagem destrutiva, prolongar a divergência de um pleito, não é, e nunca será a arte de fazer política.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/11/2018 às 02h10

 
Pensamentos à política

Enquanto os políticos procuram tirar proveitos da política, seus eleitores perdem as amizades e a compostura.

Enquanto os sábios espreitam a razão na política, os bobos digladiam-se por ela sem o proveito de nada.

Candidatos, queremos propostas, não agressões verbais e fantasiosas.

As redes sociais mostram o nível da politicagem brasileira. Diga não as baixarias.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
14/10/2018 às 13h06

 
Nós, eu e você

Hoje somos apenas nós, eu e você,
Completando os ditames da vida.
Eu e você partilhando o mesmo respirar,
A sabedoria da existência bem vivida.

No ontem e no hoje, o outro contemplar,
O passado dinâmico e um futuro brando,
No plano, seguimos no constante caminhar,
Na subida, por nós, todos vão passando.

O tempo segue incólume seu trajeto,
Nós, eu e você, menos ilesos, o seguimos,
Perseguindo o completar do nosso ciclo,
Das nossas vestes naturais, nos despimos.

Hoje, eu e você nos damos as mãos,
Amanhã, quando apenas você ou eu restar,
Um pensamento me corrói corpo e alma,
Deitar a mão no vazio, a outra não achar.

O que de ti, ou de mim posso imaginar,
É a profunda dor da ausência involuntária,
A penumbra de um esplendor de outrora,
Uma expressão poética, patética, imaginária.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
10/10/2018 às 18h32

 
Um povo de garra e coragem

Nesse dia 7 de outubro de 2018, vivenciamos um dia extraordinário da nossa democracia. Aos poucos a população vai despertando do sono em berço esplêndido, arregaçando as mangas e pondo ordem na casa, no Brasil dos brasileiros e não de personagens folclóricos da politicagem nacional.

A partir dos anos de 1980, os políticos de algumas agremiações políticas, iniciaram um processo de apartheid da população brasileira, rotulando parte do povo brasileiro por “Eles” e a outra parte por “Nós”. Um verdadeiro crime de desagregação social para com o nosso povo.

Sem se dar conta os brasileiros foram massificados por politicagem e convencimento de estarem trilhando o caminho do progresso e desenvolvimento em todas as áreas, no comercio, serviços e na indústria. Não se aperceberam do movimento destrutivo das bases democráticas e econômicas da nação brasileira por esses grupos.

Instituíram sob maneira, a corrupção generalizada nas nossas instituições públicas, para acarinhar dinheiro de propinas, para suprir as necessidade financeiras de seu ambicioso projeto de poder sobre o Estado brasileiro, quiçá de países das Américas do Sul e Central.

A população menos favorecida socialmente, surfou nessa onda, atraída por migalhas sociais, distribuídas por esses governos, que pouco fizeram pela estabilidade de bem estar social, com empregos, saúde e segurança nessas regiões mais carente, como o nordeste brasileiro.

Durante todo esse tempo, a prepotência, arrogância e o egoísmo, foram companheiros desses políticos, que usam muito da politicagem e bem menos da política.

A população brasileira carece de junção, parceria, para realocar o Brasil no seu verdadeiro caminho. Uma nação só se torna grandiosa, quando todos caminham juntos. A união de todos gera uma força, muito superior a força do individualismo.

Chega de Apartheid. Basta de radicalização. Chega de “Eles” e “Nós”. A população brasileira é única, o Brasil é um só. Se nos mantivermos coesos, unidos, o nosso pais será uma grande nação e por consequência seremos um grande povo.

Infelizmente ainda presenciamos brigas e discussões entre familiares, amigos, irmãos de pátrias, por políticos que nem sabem que eles existem. E esses, mesmo que soubessem não estariam nem ai, para eles e para ninguém.

É isso o que nós desejamos para os nossos filhos? É isso o que queremos para os nosso netos? Para a geração futura do pais? Não meus irmãos e amigos. Nós somos muito mais do que isso. Somos uma nação aguerrida, um povo que vai à luta e que nunca viveu, não vive e nem viverá deitado eternamente em berço esplendido a espera de migalhas desses destrutivos da nossa pátria Brasil.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
8/10/2018 às 12h45

 
Questionando-se

Eu pensava em mudar o mundo,
Enquanto mudava o meu modo de enxergá-lo,
Conclui, nem sempre quem vê enxerga.
Acreditei ter encontrado amigos,
Mas conheci tão somente pessoas como eu,
Para se encontrar amigos, precisamos nos doar.
Achei que havia me tornado sábio,
Descobri porém, não haver caminhado o bastante,
Para ser sábio, devemos ser humildes de coração.
Enfim descobri que me tornara generoso,
Mas logo aprendi que um sorriso, não nos dá generosidade.
É preciso sorrir sempre e doar-se por inteiro ao outro.
É difícil aprender a ser, sem se deixar levar pela soberba.
Concebi a presença do amor em mim,
Mas que amor? Se nunca busquei entender o que era amar.
Quando eu descobrir limpidamente o fato,
Por certo enxergarei e alcançarei o infinito,
O saber do sábio, o amor do justo. É certo que os amarei.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
3/10/2018 às 10h47

 
Ao Santo de Assis

Após 792 anos, também eu, estive lá,
Pelas terras de Assis, vês por outra a orar,
Querendo seguir os passos.
Do Santo homem, mui pequeno e franzino,
Foi João, e Francisco desde mui pequenino,
A Cristo dispôs seus braços.

Na capela de são Damião, um crucifixo aponta
O caminho a seguir, em sua mente desponta,
Para o evangelho viver.
Seguir o caminho transcrito da Santa Escritura,
Viver na Santa pobreza, com graça e ternura,
E as normas obedecer.

Santa Maria dos Anjos o lugar de aconchego,
Capela da porciúncula, tinha seu corpo apego,
Embora o seu espírito rejeite.
Foi Francisco um filho, por Cristo inspirado,
Harmonioso, na paz e no amor, santificado
De Deus recebeu o aceite.

Nessa pequena Capela, sua alma se liberta,
O seu amor é constante, sua presença é certa,
Expande-se nela o bem querer.
No silencio dessa casa Senti em paz minha alma,
No canto das aves, na brisa que sopra e acalma,
Suplico-te mais fé para crer.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/10/2018 às 13h11

 
Sinta orgulho em ser brasileiro, valorize-se

Onde foram parar os valores éticos e morais do povo brasileiro? Onde está o senso crítico sempre tão aguçado da nossa gente? Porque parte da população perdeu a lucidez, ao enxergar o obvio?

Nenhum governo se dispões a doar algo ao povo, se não houver uma contrapartida a seu favor.

O poder só emana do povo, até o momento em que os governantes são eleitos. Depois cada um por si e um Deus por todos.

Se durante os últimos 24 anos, não nos deram saúde, educação, segurança, moradia, bem estar social, qualidade de vida social e econômica, não será agora que revolucionarão essas reivindicações das classes menos favorecidas e miseráveis.

Gostaria imensamente de ver o povo brasileiro feliz, sem que necessário fosse, para isso, dar-lhe tão somente pão e circo.

Nós brasileiros não precisamos disso, somos por demais inteligentes e capazes de empreender a nosso favor. Não precisamos receber migalhas desses abutres, que pouco ligam para mim e para você, mas tão somente para a casta política, a corja dos mesmos, Ali Babá e os seus ladrões.

Não precisamos passar por isso outra vez, aprendamos a ser dignos de nós mesmos. Valorize a sua autoestima, valorizando o seu voto.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
29/9/2018 às 17h53

 
BRASIL, UM CORPO SEM ALMA E ACÉFALO

É com angustia e desolação profunda que escrevo este artigo. A destruição do Museu Nacional do Rio de Janeiro. Um acervo de valor inestimável, para o Brasil e para o mundo.

O Museu Nacional, além de preservar a História, a Cultura Nacional, era um centro de excelência acadêmica, para brasileiros interessados, diga-se de passagem poucos, em conhecer as vertentes naturais, da cultura, da política nacional e da ciência universal.

Há muitos anos este tesouro brasileiro estava esquecido e abandonado por todos. Do ponto de vista nacional, os governos Federal, Estadual e Municipal, ‘desconheciam’ os problemas pelos quais passava. Acredite quem quiser.

O descaso, a incompetência e o despreparo dessa gente política, que se intitulam gestores é com certeza a causa do abandono e destruição da alma da nação brasileira. A Cultura, a Arte, a Escrita e a História parecem alérgica a esses crápulas.

Hoje, dia três de setembro, semana da pátria, ouve-se desses mesmos loucos pelo poder, frases como: Vamos reconstruir o prédio do Museu Nacional, Governo Municipal do Rio de Janeiro, como se o prédio fosse o próprio acervo destruído e irrecuperável. Não mediremos esforços para recuperar o Museu Nacional, ministro da cultura; perda ‘incalculável’, diz o presidente da república do Brasil.

Esses, são homens que nem sabem porque estão em seus cargos. O governo do Rio de Janeiro, Municipal e Estadual, chegam a beirarem a mediocridade se comparados a outros governos.

Parte da população brasileira, incluindo parte de uma juventude despreparada e desconhecedora da Cultura, da Arte e da História nacional, ficam discutindo e venerando políticos desonestos, corruptos e incultos, quanto as suas condenações por tribunais competentes. Esses sanguessugas do nosso patrimônio e das nossas riquezas, devem ser exemplarmente punidos, para servir de exemple aos jovens de hoje, geração adulta do amanhã.

A destruição do Museu Nacional, passa por tudo isso, para chegar onde chegou; a lugar nenhum. Hoje, tão somente um monte de cinzas. Um acervo de milhares de anos de História e 200 duzentos anos de existência, de conhecimentos e aprendizagem. Uma catástrofe, que acaba de nos deixar mais pobres e envergonhados perante o mundo, dadas as condições em que se encontra, político, social e economicamente o nosso Brasil.

Preciso dizer a essas pessoas incompetentes: se não falastes ontem, hoje, “porque não te calas?”.

Rio 3/09/2018

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
3/9/2018 às 13h52

Mais Posts >>>

Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TEMAS BRASILEIROS--A MARGEM DA HISTORIA
EUCLIDES DA CUNHA
MARTINS FONTES
R$ 22,00



VIAGEM PELAS PROVINCIAS DO RIO DE JANEIRO E MINAS GERAIS
AUGUSTE DE SAINT HILARE
ITATIAIA
(2018)
R$ 30,00



ÉTICA E DIREITO
CHAÏM PERELMAN
MARTINS FONTES
(2003)
R$ 50,00
+ frete grátis



A VINGANÇA ESTÁ NA MODA - CAPA DO FILME
ROSALIE HAM
HARPER COLLINS BRASIL
(2016)
R$ 21,51



CORPO HUMANO, O
CAROLINE BIGHAM
GIRASSOL
(2007)
R$ 24,00



COM A PONTA DOS DEDOS E OS OLHOS DO CORAÇÃO
LEILA RENTROIA JANNONE
BRASIL
(2009)
R$ 12,00



MACROECONOMICS
CHARLES I JONES
W.W.NORTON
(2014)
R$ 90,00



20TH CENTURY LITERARY CRITICISM: A READER
DAVID LODGE
LONGMAN
(1998)
R$ 50,00



TRANSPLANTE
FRANK G. SLAUGHTER
CIRCULO DO LIVRO
R$ 6,00



O PONTO DE PARTIDA DA FELICIDADE
RYUHO OKAWA
CULTRIX
(2006)
R$ 14,90




>>> A Lanterna Mágica
>>> Abrindo a Lata por Helena Seger
>>> Blog belohorizontina
>>> Blog da Mirian
>>> Blog da Monipin
>>> Blog de Aden Leonardo Camargos
>>> Blog de Alex Caldas
>>> Blog de Ana Lucia Vasconcelos
>>> Blog de Anchieta Rocha
>>> Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ
>>> Blog de Angélica Amâncio
>>> Blog de Antonio Carlos de A. Bueno
>>> Blog de Arislane Straioto
>>> Blog de CaKo Machini
>>> Blog de Camila Oliveira Santos
>>> Blog de Carla Lopes
>>> Blog de Carlos Armando Benedusi Luca
>>> Blog de Cassionei Niches Petry
>>> Blog de Cind Mendes Canuto da Silva
>>> Blog de Cláudia Aparecida Franco de Oliveira
>>> Blog de Claudio Spiguel
>>> Blog de Dinah dos Santos Monteiro
>>> Blog de Eduardo Pereira
>>> Blog de Ely Lopes Fernandes
>>> Blog de Enderson Oliveira
>>> Blog de Expedito Aníbal de Castro
>>> Blog de Fabiano Leal
>>> Blog de Fernanda Barbosa
>>> Blog de Geraldo Generoso
>>> Blog de Gilberto Antunes Godoi
>>> Blog de Haelmo Coelho de Almeida
>>> Blog de Hector Angelo - Arte Virtual
>>> Blog de Humberto Alitto
>>> Blog de Isaac Rincaweski
>>> Blog de João Luiz Peçanha Couto
>>> Blog de JOÃO MONTEIRO NETO
>>> Blog de João Werner
>>> Blog de Joaquim Pontes Brito
>>> Blog de José Carlos Camargo
>>> Blog de José Carlos Moutinho
>>> Blog de Kamilla Correa Barcelos
>>> Blog de Lourival Holanda
>>> Blog de Lúcia Maria Ribeiro Alves
>>> Blog de Luís Fernando Amâncio
>>> Blog de Marcio Acselrad
>>> Blog de Marco Garcia
>>> Blog de Maria da Graça Almeida
>>> Blog de Nathalie Bernardo da Câmara
>>> Blog de onivaldo carlos de paiva
>>> Blog de Paulo de Tarso Cheida Sans
>>> Blog de Raimundo Santos de Castro
>>> Blog de Renato Alessandro dos Santos
>>> Blog de Rita de Cássia Oliveira
>>> Blog de Rodolfo Felipe Neder
>>> Blog de Sonia Regina Rocha Rodrigues
>>> Blog de Sophia Parente
>>> Blog de suzana lucia andres caram
>>> Blog de TAIS KERCHE
>>> Blog de Thereza Simoes
>>> Blog de Valdeck Almeida de Jesus
>>> Blog de Vera Carvalho Assumpção
>>> Blog de vera schettino
>>> Blog de Vinícius Ferreira de Oliveira
>>> Blog de Vininha F. Carvalho
>>> Blog de Wilson Giglio
>>> Blog do Carvalhal
>>> Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
>>> Blog Ophicina de Arte & Prosa
>>> Cinema Independente na Estrada
>>> Consultório Poético
>>> Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida
>>> Cultura Transversal em Tempo de Mutação, blog de Edvaldo Pereira Lima
>>> Escrita & Escritos
>>> Eugênio Christi Celebrante de Casamentos
>>> Ezequiel Sena, BLOG
>>> Flávio Sanso
>>> Fotografia e afins por Everton Onofre
>>> Impressões Digitais
>>> Me avise quando for a hora...
>>> Metáforas do Zé
>>> O Blog do Pait
>>> O Equilibrista
>>> Relivaldo Pinho
>>> Ricardo Gessner
>>> Sobre as Artes, por Mauro Henrique
>>> Voz de Leigo

busca | avançada
31589 visitas/dia
1,1 milhão/mês