Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas

busca | avançada
54198 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conto HAYEK, de Maurício Limeira, é selecionado em coletânea da Editora Persona
>>> Os Três Mosqueteiros - Um por Todos e Todos por Um
>>> Sesc 24 de Maio recebe o projeto Parlavratório - Conversas sobre escrita na arte
>>> Cia Caravana Tapioca faz 10 anos e comemora com programação gratuita
>>> Eugênio Lima dirige Cia O GRITO em novas intervenções urbanas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
Últimos Posts
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
>>> Mimético
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Sultão & Bonifácio, parte I
>>> Fui pra Cuba
>>> Sobre o preço dos livros 1/2
>>> No altar do vento
>>> Hamlet... e considerações sobre mercado editorial
>>> Novos Melhores Blogs
>>> The Romantic Poets, by Kevin Mundy
>>> Mais pressão na caldeira
>>> Manual para revisores novatos
>>> É suave a noite
Mais Recentes
>>> Os amores difíceis de Italo Calvino pela Companhia das Letras (1992)
>>> Os amores difíceis de Italo Calvino pela Companhia das Letras (1992)
>>> Os amores difíceis de Italo Calvino pela Companhia das Letras (1992)
>>> Muito prazer fale português do Brasil de Glaucia Roberta Rocha Fernandes pela Disal (2021)
>>> O beijo e outras histórias de Antón Tchekhov pela Círculo do Livro
>>> Sob o Sol-Jaguar de Italo Calvino pela Companhia das Letras (1995)
>>> O que Einstein disse a seu cozinheiro - vol. 2: Mais ciência na cozinha de Robert L. Wolke pela Zahar (2003)
>>> O que Einstein disse a seu cozinheiro - vol. 1: A ciência na cozinha de Robert L. Wolke pela Zahar (2003)
>>> O Poder do Silêncio de Eckhart Tolle pela Sextante (2016)
>>> O Poder do Agora de Eckhart Tolle pela Sextante (2002)
>>> O Toque de Midas de Colleen McCullough pela Bertrand Brasil (2007)
>>> O Comite da Morte de Noah Gordon pela Rocco (1996)
>>> La Bodega de Noah Gordon pela Rocco (2008)
>>> Xama a historia de um medico no seculo XIX de Noah Gordon pela Rocco (1993)
>>> O Rabino de Noah Gordon pela Rocco (1994)
>>> O Rabino de Noah Gordon pela Rp (2021)
>>> O Fisico - A epopeia de um medico medieval de Noah Gordon pela Rocco (1993)
>>> O Silencio dos Inocentes ( capa dura) de Thomas Harris pela Altaya Record (1989)
>>> Hannibal de Thomas Harris pela Record (1999)
>>> O Jardim de Ossos de Tess Gerritsen pela Record (2009)
>>> O Clube Mefisto de Tess Gerritsen pela Record (2016)
>>> Gestão Empresarial de Taylor aos Nossos Dias de Ademir Antonio Ferreira e Outros pela Pioneira (2000)
>>> O Dominador de Tess Gerritsen pela Record (2016)
>>> Pão Diário 15 de Vários Autores pela Rtm (2012)
>>> Cadernos da Pós-Graduação Cinema e Fotografia de Instituto de Artes Unicamp pela UniCamp (2006)
BLOGS

Sábado, 4/9/2021
Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
Antonio Feitosa dos Santos

 
Inação

A esperança sem a ação, não é esperança é desalento.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
4/9/2021 às 06h46

 
Unindo retalhos

Grato a você que me seguiu no tempo,
Ao meu lado acompanhou meus caminhos,
Escutei tua voz e escutastes a minha,
Obrigado pelas palavras que me dirigistes,
Sozinhos nunca estivemos nesse caminhar,
A minha e a tua voz era o sopro infinito,
Do divino Ser, o Deus bendito,
Um ao outro, caminhantes no falar.

Obrigado pela tua mão ao me levantar,
Ao velar meu sono e ao me acordar,
Obrigado por tudo, no amor e no aconchego,
Todos: da cidade, do brejo ao sertão,
Nas noites escuras ou sob a luz do luar,
Na chuva, no campo, em casa e na roça,
Com a união, não há indivíduo que possa,
Esse indestrutível elo quebrar.

Bendigo sempre de coração aberto,
Sou feliz por um dia ter você por perto,
Amigo, amiga, pais, esposa e irmãos,
Todos estiveram e estão comigo no tempo,
No alento, prazer e também saudade,
Reconheçamos, isso gera emoção,
Sem rancor e sem ódio no coração,
Meu eterno carinho de paz e felicidade.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/9/2021 à 00h30

 
Gente sem direção

Sem foco e sem direção,
Põem-se as fileiras humanas,
Por entre rixas e arrogos,
Que insensatez insana!
O homem destruindo o homem,
As próprias forças consomem,
Na tarefa, mais que desumana.

A vida segue sem rumo e sem luz,
Faltam-lhes: o teto e o trabalho,
Roncam seus estômagos com fome,
Corpos desnudo, sem agasalhos,
Cabisbaixos e andrajosos,
Humanos, outrora corajosos,
Hoje, farrapos de espantalhos.

Calçadas transformadas em leitos,
Humanos, somos todos irmãos,
Belas veste, ternos e gravatas,
Dai-me moço um pedaço de pão,
Riqueza, poder e politica,
Nesses versos a minha crítica,
Àqueles que traem a nação.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/9/2021 à 00h23

 
Além do ontem

Aquele céu de estrelas brilhantes,
Hoje é tão somente lembranças,
Longe vai no tempo esse instante,
Um tempo vivido entre crianças,
De folguedos, sorrisos e esperança,
Enquanto da vida se é amante.

Hoje, procuro o meu céu estrelado,
Onde foste, que já não o vejo?
Por esta janela eu busco em repouso,
Aquele tiritar, já não me é gracejo,
Mais à frente, creia, eu antevejo,
Encantar-me num brilho radioso.

Esse brilho não está na esperança,
Ele é ofuscante, inebriante, real,
É a vontade que a criança carrega,
O desenfrear da busca primordial,
Para o jovem só há início, nunca final,
Assim me fiz, a vontade não nega.

Esse firmamento tão lindo ao dia,
Na cidade onde a vida se esconde,
O meu céu perdeu a luz e o brilho,
Ninguém me explica como e porque,
Impuseram a mim e também a você,
O tempo: intransponível empecilho.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/9/2021 à 00h21

 
Indistinto

O amor é um sentimento,
Que dar qualidade à vida,
Renova a esperança,
Nos faz pessoa querida,
Nos leva a enxergar o escuro,
Nos faz destemido e seguro,
Disponível para luta aguerrida.

Amor, filosofia de vida,
Viver bem è saber trilhar,
A terra, o verde e a floresta,
Defender e zelar pela vida,
Tarefa realizada, cumprida,
Façamos, pois, o bom caminhar.

Vive-se o amor em tudo na vida,
Do singelo ao mais arrojado,
Criaturas geradas na natureza,
Gostar é um ato apropriado,
Paixão é um querer com desdém,
Amar a tudo e a todos faz bem,
Busquemos amar e ser amado.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/9/2021 à 00h16

 
Mais fácil? Talvez

A vida é movida pelos sentimentos.
Quão bom seria se apenas de amor e paixão.
A leveza do espírito por certo mudaria,
A ganância humana e sua podridão,
Pendesse por sobre sua fragilidade,
Gerada abrupta pela emoção.
Tenhamos uma estrutura dinâmica,
Um espírito contrito de amor e paz,
A esperança? Não Perderemos jamais,
Partilhemos do amor, paixão e generosidade.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/9/2021 à 00h14

 
Riacho da cacimba

A tarde em algum dia eu viajo,
Nas asas do meu pensamento,
Vou a cacimba do riacho,
Encontro o passado e atento.
Revejo a pedra que nela me sentava,
A sombra dessa frondosa mangueira,
A branca árvore do jenipapeiro,
Mais distante enxergo a pitombeira.

Alguém passa e me sorri,
Conversa fora é bem-vinda,
Alguns sobem até a bodega,
Ouros, buscam água na cacimba.
Me parecem tão reais,
Que chego a falar sozinho,
Retorno a minha lucidez,
Ainda na metade do caminho.

Um tempo, ainda na memória,
Um passado que reflete à vida,
Que enriquece o meu presente,
Uma juventude bem vivida.
Ao sonhar, pulsa forte o coração,
Pelas trilhas nas quais andei,
São lembranças inesquecíveis,
Que saudades de vocês...

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/9/2021 à 00h12

 
Fléchibéqui

Fui criado ao lado de uma lagoa,
Um rio a frente da minha casa,
Outro lado serpenteava um riacho,
As cachoeiras roncavam rio-abaixo,
Porquanto sobre as águas bati asa.
De casa pro rio, do rio pra casa.

Canários e sabiás gorjeavam,
Pela manhã e bem à tardinha,
Calavam quando o gavião passava,
Os colibris atrás o afugentava,
O pato abria as plumas e grasnava,
Eu, da casa pro rio e do rio pra casa.

Livre, como livre são os pássaros,
Fléchibéqui, do tempo que não passou,
Tempo de criança e de adolescência,
Gerou saudade que o meu peito guardou.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
8/8/2021 à 00h21

 
O cheiro da terra

Gosto de viver no mato,
Sonho isso todo dia,
A cidade me sufoca,
Nela não sinto alegria,
Do verde eu sinto falta,
Isso, meu corpo maltrata,
A brisa, não me acaricia.

O campo libera harmonia,
Sopra a brisa bem gelada,
Folhas secas sobre o chão,
Não me lembra a calçada,
Perfumes das flores vivas,
Arbustos e árvores nativas,
Na copa o canto da passarada.

Nas terras da invernada,
Nas manhãs de brisa fria,
Cantarolando uma canção,
Minha alma se inebria,
Bate forte saudoso coração,
Minha pele viva se arrepia,
Saudade do meu amado rincão.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/8/2021 à 00h06

 
Vivendo o meu viver

Tudo na vida é beleza,
Do nascer ao morrer,
Quem caminha com leveza,
Faz por onde merecer,
É feliz todos os dias,
Não se envolve em agonia,
Vai vivendo o seu viver.

Isso é fácil de fazer,
A vida é uma canção,
Se não tem o que fazer,
Escute seu coração,
Ore se tiver vontade,
Se puder faça bondade,
Viva a vida em comunhão.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/8/2021 à 00h05

Mais Posts >>>

Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Guia dos Mil Presentes
Betty Chateaubriand
Códex
(2003)



Vade Mecum Edição Especial 2014
Thomson Reuters/rt
Thomson Reuters/rt
(2014)



Elas Escrevem Contos, Crônicas e Poemas
Hanna Liis-baxter
Andross
(2010)



A Moreninha - Serie Bom Livro
Joaquim Manuel de Macedo
Atica
(1993)



É Dando Que Se Recebe
Carlos Eduardo Novaes
Ática
(1994)



Organizações de Aprendizagem Educação Continuada e a Empresa do Futur
Humberto Mariotti
Atlas
(1999)



Ser Protagonista Química 2ºano Ensino Medio
Julio Cesar Foschini Lisboa
Sm Didático
(2014)



Redimidos - da Miséria, da Enfermidade e da Morte
Kenneth E. Hagin
Graça Editorial
(2004)



El Acero En La Construccion
Jose Pinos Calvet
Reverte
(1969)



Grammar Practice 1 a Complete Grammar Workout For Teen Students
Herbert Puchta
Helbling
(2012)




>>> A Lanterna Mágica
>>> BLOG DO EZEQUIEL SENA
>>> Githo Martim
>>> Abrindo a Lata por Helena Seger
>>> Blog belohorizontina
>>> Blog da Mirian
>>> Blog da Monipin
>>> Blog de Aden Leonardo Camargos
>>> Blog de Alex Caldas
>>> Blog de Ana Lucia Vasconcelos
>>> Blog de Anchieta Rocha
>>> Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ
>>> Blog de Angélica Amâncio
>>> Blog de Antonio Carlos de A. Bueno
>>> Blog de Arislane Straioto
>>> Blog de CaKo Machini
>>> Blog de Camila Oliveira Santos
>>> Blog de Carla Lopes
>>> Blog de Carlos Armando Benedusi Luca
>>> Blog de Cassionei Niches Petry
>>> Blog de Cind Mendes Canuto da Silva
>>> Blog de Cláudia Aparecida Franco de Oliveira
>>> Blog de Claudio Spiguel
>>> Blog de Dinah dos Santos Monteiro
>>> Blog de Eduardo Pereira
>>> Blog de Ely Lopes Fernandes
>>> Blog de Enderson Oliveira
>>> Blog de Expedito Aníbal de Castro
>>> Blog de Fabiano Leal
>>> Blog de Fernanda Barbosa
>>> Blog de Geraldo Generoso
>>> Blog de Gilberto Antunes Godoi
>>> Blog de Hector Angelo - Arte Virtual
>>> Blog de Humberto Alitto
>>> Blog de João Luiz Peçanha Couto
>>> Blog de JOÃO MONTEIRO NETO
>>> Blog de João Werner
>>> Blog de Joaquim Pontes Brito
>>> Blog de José Carlos Camargo
>>> Blog de José Carlos Moutinho
>>> Blog de Kamilla Correa Barcelos
>>> Blog de Lúcia Maria Ribeiro Alves
>>> Blog de Luís Fernando Amâncio
>>> Blog de Marcio Acselrad
>>> Blog de Marco Garcia
>>> Blog de Maria da Graça Almeida
>>> Blog de Nathalie Bernardo da Câmara
>>> Blog de onivaldo carlos de paiva
>>> Blog de Paulo de Tarso Cheida Sans
>>> Blog de Raimundo Santos de Castro
>>> Blog de Renato Alessandro dos Santos
>>> Blog de Rita de Cássia Oliveira
>>> Blog de Rodolfo Felipe Neder
>>> Blog de Sonia Regina Rocha Rodrigues
>>> Blog de Sophia Parente
>>> Blog de suzana lucia andres caram
>>> Blog de TAIS KERCHE
>>> Blog de Thereza Simoes
>>> Blog de Valdeck Almeida de Jesus
>>> Blog de Vera Carvalho Assumpção
>>> Blog de vera schettino
>>> Blog de Vinícius Ferreira de Oliveira
>>> Blog de Vininha F. Carvalho
>>> Blog de Wilson Giglio
>>> Blog do Carvalhal
>>> Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
>>> Blog Ophicina de Arte & Prosa
>>> Cinema Independente na Estrada
>>> Consultório Poético
>>> Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida
>>> Cultura Transversal em Tempo de Mutação, blog de Edvaldo Pereira Lima
>>> Escrita & Escritos
>>> Eugênio Christi Celebrante de Casamentos
>>> Flávio Sanso
>>> Fotografia e afins por Everton Onofre
>>> Impressões Digitais
>>> Me avise quando for a hora...
>>> Metáforas do Zé
>>> O Blog do Pait
>>> O Equilibrista
>>> Relivaldo Pinho
>>> Ricardo Gessner
>>> Sobre as Artes, por Mauro Henrique
>>> Voz de Leigo

busca | avançada
54198 visitas/dia
2,2 milhões/mês