Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas

busca | avançada
28258 visitas/dia
890 mil/mês
Mais Recentes
>>> Palavraria Conversa e Versa
>>> Supercombo no Templo Music: Tour “Adeus, Aurora'
>>> Barracão Cultural estreia montagem de rua a partir de livro de Eva Furnari
>>> Marina Peralta lança novo EP, 'Leve'
>>> Dan Stulbach faz ensaio aberto de Morte Acidental de um Anarquista para alunos da Escola Wolf Maya
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
>>> O espelho quebrado da aurora, poemas de Tito Leite
>>> Carta ao(à) escritor(a) em sua primeira edição
>>> Paris branca de neve
>>> A cidade e o que se espera dela
>>> De pé no chão (1978): sambando com Beth Carvalho
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Como medir a pretensão de um livro
>>> Nenhum Mistério, poemas de Paulo Henriques Britto
>>> Nos braços de Tião e de Helena
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 3
>>> Juntos e Shallow Now
>>> Dicionário de Imprecisões
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
Últimos Posts
>>> Efervescências
>>> Justoresoluto
>>> Em segundo plano
>>> A ver navios
>>> As esquinas dos amores
>>> Pelagem de flor I: VERMELHO
>>> Idade Mídia
>>> Quando a alma é visível
>>> A MECÂNICA CELESTE
>>> Diagnóstico falho
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O assassinato de Herzog na arte
>>> Animismo
>>> Para tudo existe uma palavra
>>> Lendo Virgílio, ou: tentando ler os clássicos
>>> Entrevista com André Fonseca
>>> Google: utopia ou distopia?
>>> Como medir a pretensão de um livro
>>> A Casa do Saber no Rio de Janeiro
>>> Marcel Proust e o tempo reencontrado
>>> Pedro Paulo de Sena Madureira
Mais Recentes
>>> Luna Clara & Apolo Onze de Adriana Falcão pela Salamandra (2002)
>>> A Casa Soturna de Charles Dickens pela Nova Fronteira (1986)
>>> Robinson Crusoé - Português/Inglês - Ilustrado de Daniel Defoe pela Ciranda (2017)
>>> Terrores da Noite - Quando a Noite Cai, os Morcegos Atacam de Martin Cruz Smith pela Record (1977)
>>> Códigos Eternos de Legrand pela Soler (2004)
>>> O Livro das Cortesães de Susan Griffin pela Susan Griffin (2003)
>>> O Mundo e Suas Maravilhas -A Aventura do Homem no Espaço e no Tempo de R. Argentiere pela Anchieta (1945)
>>> Escaldado em água fria de John Straley pela Globo (2002)
>>> O Oitavo Mandamento de Lawrence Sanders pela Nova Cultural (1989)
>>> Ninguém Quer Um Coração de J. M. simmel pela Círculo do Livro (1987)
>>> Leituras Indispensáveis de Aziz Ab'Sáber pela Ateliê (2008)
>>> O Enforcado de Maigtret Simenon pela Nova Fronteira (1983)
>>> De Profundis de Oscar Wilde pela Editorial Tor/ Buenos Aires (1942)
>>> El Ruiseñor y La Rosa de Oscar Wilde pela Edit. Renovacción/ B. Aires (1944)
>>> Perlas Negras - Mistica - las Voces (Pesias) de Amado Nervo pela Editorial Tor/ Buenos Aires
>>> L Tragedia de un Hombre Fuerte de Manuel Galvez pela Editorial Tor/ Buenos Aires
>>> Acampou no meio de nós para orar os mistérios da infancia de Jesus de Alvaro Barreiro,Sj pela Loyola (1995)
>>> Um Longo Lamento de Amanda Stern pela Rocco (2005)
>>> Galvez, Imperador do Acre (Sem uso) de Márcio de Souza pela Record/ RJ. (2001)
>>> Galvez, Imperador do Acre de Márcio de Souza pela Marco Zero (1985)
>>> Galvez, Imperador do Acre de Márcio de Souza pela Civilização Brasileira (1978)
>>> A Maior dádiva e o mais precioso tesouro de Edgar F.Hallock & Swllengrebel,Ph.D. pela Juerp (2000)
>>> Galvez, Imperador do Acre de Márcio de Souza pela Brasília (1978)
>>> Galvez, Imperador do Acre de Márcio de Souza pela Brasília (1978)
>>> Quebra Canela A engenharia Brasileira na Campanha da Itália de General Raul da Cruz Lima Junior pela Biblioteca do Exército (1982)
>>> A arte da dedução de Sherlock Holmes 2 de Vários pela Coquetel (2013)
>>> Striding Folly de Dorothy L. Sayers pela Hodder & Stoughton (1973)
>>> Camanha da Birmânia Campanhas 18 de Michael Calvert pela Renes (1978)
>>> O Vencedor de Frei Beto pela Atica (2002)
>>> Please Pass The Guilt de Rex Stout pela Fontana (1973)
>>> O Livro dos Manuais de Paulo Coelho pela Brmalls (2008)
>>> A Grande Sintese de Pietro Ubaldi pela Lake (1979)
>>> O Processo Maurizius de Jakob Wassermann pela Victor Civita (1982)
>>> Candy (o sexo nos Estados Unidos, depois dêste livro, nunca será o mesmo - Revista Life) de Terry Southern- Mason Hoffrenberg (tradução de Nelson Rodrigues) pela Eldorado (1969)
>>> Mística Cidade de Deus de Tradução e resumo por um vicentino pela Louva Deus (1971)
>>> A Velha Senhora de Georges Simenon pela Nova Cultural (1987)
>>> Economie Sociale: Les Institutions de Progrès Social (Encad) de Charles Gide pela Libr. Recueil Sirey/ Paris (2019)
>>> Homem Total e Parapsicologia de Albino Aresi pela Edições Loyola (1983)
>>> Homem Total e Parapsicologia de Albino Aresi pela Edições Loyola (1983)
>>> Eu Sei Que Vou te Amar de Arnaldo Jabor pela Record/ RJ. (1986)
>>> Miguel Strogoff - A Invasão vol 2 de Julio Verne pela Bertrand (1978)
>>> Técnica da Pintura de João Medeiros pela Cia. Edit. Americana (1972)
>>> Seja Voce Mesmo Seu Melhor Amigo: um Diálogo Com Dois Psicanalistas de Mildred Newman & Bernard Berkowitz pela Livr. José Olympio Edit. (1985)
>>> A Intertextualidade das Formas Simples: Aplicada Ao Romance a Pedra do Reino, de Ariano Suassuna de Elizabeth Marinheiro: Posfácio: Ariano Suassuna pela Rio de Janeiro (1977)
>>> Sofrer e Amar: Psicologia do Sofrimento de Agir pela Agir/ RJ. (1955)
>>> Golem, um Jogo Incontrolável - Volume 1 (Sm uso) de Lorris; Elvire e Marie- Aude Murail pela Record/ RJ. (2002)
>>> Psicoterapia Com L. S. D. e Outros Alucinógenos de Fontana (alberto E) pela Mestre Jou (1969)
>>> Os Meninos da Planície: Histórias de um Brasil Antigo de Cástor Cartelle/ Ilustr.: Sandra Bianchi pela Formato/ Belo Horizonte (2001)
>>> Bioética de Moderna pela Moderna (2001)
>>> Até Parece o Paraíso de John Cheever pela Companhia das Letras/SP. (1986)
BLOGS

Terça-feira, 11/6/2019
Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
Antonio Feitosa dos Santos

 
As esquinas dos amores

E são muitas as esquinas dos amores,
De dia e de noite, no sol e na chuva,
Lá estão os poetas e os menestréis,
A espreita da lua clara, até mesmo turva.

O sol não combina com os trovadores,
A noite, a lua e uma brisa fina,
Acompanham o devanear desses geniais loucos,
Harmonia e cordas, sob o abafo da surdina.

Nas esquinas da vida e do tempo,
Cantam e declamam aos seus amores,
Falam de rosas, de paixões e de ternuras,
Mas também declamam e cantam suas dores.

Caminhando no tempo de esquinas em esquinas,
Revivendo o passado, enquanto buscam sonhos,
Violão e violas de tons pouco afinados,
De ternos andrajosos e de corpos enfadonhos.

Amores que se foram, amores que ainda vêm,
São esses, que inspiram e transpiram poesias,
Carregam fardos, dores e lembranças,
Na esperança de viverem novas alegrias.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
11/6/2019 às 22h08

 
Quando a alma é visível

Na vida tudo passa,
Dizia a minha vó,
Passa a palavra que ofende,
Passa a corda sem o nó,
Mas não é tudo que passa,
Digo hoje a minha vó.

Não passa o arrependimento,
A ira a quem nos magoa,
A falácia ilusória,
Do descuidado ou atoa,
No mundo de ator e atrizes,
Há muita estória boa.

Se o vento sopra da proa,
Não descuide do olhar,
Pode ser norte ou sudoeste,
Não basta ver, mas enxergar,
O espirito não tem corpo,
Sente-se como brisa a passar.

Não sou de muito falar,
Enxergo como ninguém,
Não vejo quando não quero,
Mas se enxergo, vejo bem,
A alma estar no caráter,
Sem esse, não se é ninguém.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
2/6/2019 à 00h27

 
Terras da minha terra

Como esquecer a minha terra,
Se aonde vou, nela eu me sinto.
Mirando o verde, que encobre a serra,
Escorrega os olhos pelos labirintos.

Paro para contemplar,
A graduação sutil do verde,
Nuances que me fazem lembrar,
A visão marcante, ao divagar sobre uma rede.

Essa terra e esse cheiro,
Traz de volta a minha infância,
Correndo por sobre as folhas úmidas,
Fortemente aviva a minha lembrança.

Ao contemplar as terras, cá de Minas,
Enche-me o peito de grata emoção,
São matizes das terras, quando eu era criança,
Soa forte o pulsar do coração.

O gorjear da passarada,
As borboletas em forma se levantam,
As flores a exalarem seus perfumes,
São detalhes dessas terras que me encantam.

Na minha terra lembro eu,
A cotovia piava pros lado da pradaria,
Um gavião, na alta copa pousava,
E num galho descansava, seu instante de harmonia.

Minha terra, as matas daqueles dias,
Suas águas corredeiras,
As flores haviam em abundância,
Como aqui, lá não sopre uma brisa derradeira.

Rio, 26/04/2019

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/5/2019 às 10h35

 
Porque dizer adeus?

Amor, apego ou afeição profunda,
Sentimento do corpo e da alma,
Luz que clareia nossos caminhos,
Eleva o espirito e ao corpo acalma.

Popularizado como coisa pegajosa,
Gruda nas paredes das entranhas,
Enraizando-se por todo o corpo,
Produzindo sensações estranhas.

Ele dói, enquanto anima a vida,
Alegra, transborda, eleva e vivifica,
Rejuvenesce e explora sentimentos,
Provoca, acaricia, paralisa, mortifica.

Quando lembramos de um adeus,
A razão foge, a emoção trás o louco,
O coração reduz o seu pulsar,
O físico por certo, morre um pouco.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
6/4/2019 às 16h50

 
A pílula da felicidade

Ser feliz é o que buscamos,
Não importa onde e com quem,
Esse intento é instintivo,
Não sendo privilégio de ninguém.

Por vezes vamos além,
Na busca da felicidade,
Ultrapassamos os nossos limites,
Utilizando-nos da velha vaidade.

Deus, porém, usando sua bondade,
Tudo pôs ao alcance da mão,
A natureza é pródiga,
Prontamente nos mostra a solução.

Veja como Deus tem a razão,
Bons frutos e belas flores,
O sombreiro das árvores copadas,
Nelas, passarinhos trovadores.

Lagos e rios em resplendores,
Cachoeira decantando os sentimentos,
Das grandes as pequenas criaturas,
Vão cumprindo na terra seus intentos.

De rosto livre aos ventos,
Não me canso de a todos contemplar,
A natureza é a minha paz de espirito,
O meu porto, aonde eu posso atracar.

A felicidade não é difícil de achar,
Deus nos deu a natureza,
Nos deu o som, o cheiro e a visão,
Para ouvir, sentir e admirar a beleza.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
5/4/2019 às 15h34

 
A vida, eterna brincadeira

Eu sempre bendigo a vida,
Cuido dela com carinho,
Sem espinho, Deus me deu.
Fui criança, fui menino
E tive os prazeres meus.

Quando bem pequenininho,
Com meus irmão eu brincava,
Com bola de couro e meia,
Tampão de dedos deixava,
Junto as pedras da areia.

Meu existir? sempre intenso,
Na cidade ou no campo,
Com os amigos eu brincava,
Com carrinhos ou pirilampos,
Brincadeiras? Eu criava.

Com os meus irmãos brinquei,
Com os amigos, oh! felicidade.
Com meus filhos brinquei demais
E disso eu sinto saudades,
Síndrome do amor de pai.

A vida é eterna brincadeira,
O tempo confisca as amizades,
Mas sigo brincando com a neta,
Isso, para mim é felicidade,
Digo, minha vida está completa.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/4/2019 às 08h07

 
Da amizade

Com palavras não há como expressar,
Um sentimento fiel de afeição,
Será quase nada o que diz uma palavra,
Diante da sensibilidade do coração.

De apreço, estima ou ternura não se fala.
A verdadeira amizade é para se viver.
Quão difícil é associar a palavra amigo,
Em conformidade com um bem querer.

Amigo, amiga, palavra que aconchega
E acalenta aquele que está mais perto,
A amizade não se vê, sente-se.
Com atos e fatos, deveras concreto.

A amizade é uma palavra sublime,
Tem corpo, tem alma e pulsa emoção.
Não nasce do dia e tão pouco da noite,
Mas do ato sentir, no íntimo do coração.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/4/2019 às 08h00

 
Mulher, ontem hoje e sempre

Saudade define bem,
Ausência de uma mulher,
Um fonema magistral para,
Mãe, esposa ou namorada,
Vindas de onde vierem.
Mulher, uma pérola rara,
O diamante mais puro,
Modela o homem seguro,
Capaz de tudo enfrentar.
A mulher é resistência,
E com sua resiliência,
Põe a todos no lugar,
A saudade lhe cai bem,
A eternidade também,
Sem sair do verbo amar.

08/03/2019 - Parabéns

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
8/3/2019 às 03h17

 
Amor, entre o céu e o fardo

A distância entre o corpo e o tempo,
Podemos chamar de céu da alegria.
Porém o percurso do céu ao espírito,
São longínquas preces de agonia.

As veredas conduzem ao céu do amor,
Dos espíritos e corpos que se atrelam,
Não tão longe, porém, nem tão perto,
Incógnita, que nem os anos revelam.

Não falo aqui do sincretismo ou da fé,
Mas do amor e dos que o professam.
Quão difícil é, a reciproca de um outro,
Convivem, conversam e contestam.

A harmonia se quebra de véspera,
O caminho se torna longo e árduo,
O céu agora, chama-se de inferno,
Arde os pés, no lombo o peso do fardo.

Não há caminho de aventura ao amor.
O céu da alma é o mesmo dos amantes.
Não tão longe, porém, nem tão perto,
Nesse caminhar ainda somos aspirantes.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
5/3/2019 às 14h18

 
Revidando

Amores que vêm e vão,
Medos que dão e passam,
Saudade do que passou,
Receio do que falhou,
E de quem não deixou graça.

Espera que isso passa,
O melhor estar por vir,
Quando se quer alcança,
Ao procurar na lembrança,
Não sabendo aonde ir.

Andar demais é andança,
Um passo a mais sempre cansa,
Obstinar-se na teia e não sair.

Com isso a desesperança,
De quem se entrega ao limite,
Excede e não contrabalança,
A alma pede o desquite,
De um corpo que já morreu.

Se você não entendeu,
Não aprendeu com o tempo!
Não peça para replicar,
O que a vida não ensina?
Desculpe, se menino ou menina,
Não há quem possa explicar.

Rio, 21/03/2018

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/3/2019 às 18h45

Mais Posts >>>

Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TEATRO 76
ASSOCIAÇÃO CARIOCA DE CRÍTICOS TEATRAIS
SNT
(1976)
R$ 12,00



O SONHO DE EVA
CHICO ANES
NOVO CONCEITO
(2012)
R$ 24,00



THE BEATLES - GRAVAÇÕES COMENTADAS E DISCOGRAFIA COMPLETA
JEFF RUSSEL
LAFONTE
(2009)
R$ 155,00



TÊNIS: CATARSE MODERNA
EDMUNDO GIFFONI
FEPLAM (PORTO ALEGRE)
(1989)
R$ 24,28



PERSPECTIVAS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: AMÉRICA LATINA
MEC - MINISTÉRIO EDUCAÇÃO E CULTURA
MEC
(1998)
R$ 19,28



SEGREDOS DA BEL PARA MENINAS
FRAN E BEL
ÚNICA
(2016)
R$ 9,90



TODO MUNDO TEM DÚVIDA INCLUSIVE VOCÊ
ÉDISON DE OLIVEIRA
SAGRA-DC LUZZATO
(1992)
R$ 10,00



CONHECIMENTO E PRÁTICA DE ENFERMEIROS SOBRE FERIDAS
CÁSSIA MARQUES DA ROCHA HOELZ, TAÍS LOPES SARANHOLI UND LUCIANA P. F. ABBADE
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 230,00



O QUE E O FUTURO?
FRANCESCO MORACE
ESTAÇAO DAS LETRAS
(2013)
R$ 23,00
+ frete grátis



RIOS E LAGOS
CECILIA FITZSIMONS
CONTEXTO
(1992)
R$ 12,86




>>> A Lanterna Mágica
>>> Abrindo a Lata por Helena Seger
>>> Blog belohorizontina
>>> Blog da Mirian
>>> Blog da Monipin
>>> Blog de Aden Leonardo Camargos
>>> Blog de Alex Caldas
>>> Blog de Ana Lucia Vasconcelos
>>> Blog de Anchieta Rocha
>>> Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ
>>> Blog de Angélica Amâncio
>>> Blog de Antonio Carlos de A. Bueno
>>> Blog de Arislane Straioto
>>> Blog de CaKo Machini
>>> Blog de Camila Oliveira Santos
>>> Blog de Carla Lopes
>>> Blog de Carlos Armando Benedusi Luca
>>> Blog de Cassionei Niches Petry
>>> Blog de Cind Mendes Canuto da Silva
>>> Blog de Cláudia Aparecida Franco de Oliveira
>>> Blog de Claudio Spiguel
>>> Blog de Dinah dos Santos Monteiro
>>> Blog de Eduardo Pereira
>>> Blog de Ely Lopes Fernandes
>>> Blog de Enderson Oliveira
>>> Blog de Expedito Aníbal de Castro
>>> Blog de Fabiano Leal
>>> Blog de Fernanda Barbosa
>>> Blog de Geraldo Generoso
>>> Blog de Gilberto Antunes Godoi
>>> Blog de Haelmo Coelho de Almeida
>>> Blog de Hector Angelo - Arte Virtual
>>> Blog de Humberto Alitto
>>> Blog de Isaac Rincaweski
>>> Blog de João Luiz Peçanha Couto
>>> Blog de JOÃO MONTEIRO NETO
>>> Blog de João Werner
>>> Blog de Joaquim Pontes Brito
>>> Blog de José Carlos Camargo
>>> Blog de José Carlos Moutinho
>>> Blog de Kamilla Correa Barcelos
>>> Blog de Lourival Holanda
>>> Blog de Lúcia Maria Ribeiro Alves
>>> Blog de Luís Fernando Amâncio
>>> Blog de Marcio Acselrad
>>> Blog de Marco Garcia
>>> Blog de Maria da Graça Almeida
>>> Blog de Nathalie Bernardo da Câmara
>>> Blog de onivaldo carlos de paiva
>>> Blog de Paulo de Tarso Cheida Sans
>>> Blog de Raimundo Santos de Castro
>>> Blog de Renato Alessandro dos Santos
>>> Blog de Rita de Cássia Oliveira
>>> Blog de Rodolfo Felipe Neder
>>> Blog de Sonia Regina Rocha Rodrigues
>>> Blog de Sophia Parente
>>> Blog de suzana lucia andres caram
>>> Blog de TAIS KERCHE
>>> Blog de Thereza Simoes
>>> Blog de Valdeck Almeida de Jesus
>>> Blog de Vera Carvalho Assumpção
>>> Blog de vera schettino
>>> Blog de Vinícius Ferreira de Oliveira
>>> Blog de Vininha F. Carvalho
>>> Blog de Wilson Giglio
>>> Blog do Carvalhal
>>> Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
>>> Blog Ophicina de Arte & Prosa
>>> Cinema Independente na Estrada
>>> Consultório Poético
>>> Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida
>>> Cultura Transversal em Tempo de Mutação, blog de Edvaldo Pereira Lima
>>> Escrita & Escritos
>>> Eugênio Christi Celebrante de Casamentos
>>> Ezequiel Sena, BLOG
>>> Flávio Sanso
>>> Fotografia e afins por Everton Onofre
>>> Impressões Digitais
>>> Me avise quando for a hora...
>>> Metáforas do Zé
>>> O Blog do Pait
>>> O Equilibrista
>>> Relivaldo Pinho
>>> Ricardo Gessner
>>> Sobre as Artes, por Mauro Henrique
>>> Voz de Leigo

busca | avançada
28258 visitas/dia
890 mil/mês