Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas

busca | avançada
27633 visitas/dia
955 mil/mês
Mais Recentes
>>> MANU LAFER APRESENTA SHOW NOBODY BUT YOU - TRIBUTO A KIKA SAMPAIO
>>> Sesc Belenzinho recebe a banda E a Terra Nunca me Pareceu Tão Distante
>>> Sesc Belenzinho recebe a atriz e cantora Zezé Motta
>>> Psicólogo lança livro de preparação para concurseiros usando a Terapia Cognitiva-Comportamental
>>> O Sertão na Canção: Guimarães Rosa
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Era uma casa nada engraçada
>>> K 466
>>> 2 leituras despretensiosas de 2 livros possíveis
>>> Minimundos, exposição de Ronald Polito
>>> Famílias terríveis - um texto talvez indigesto
>>> O Carnaval que passava embaixo da minha janela
>>> A menos-valia na poesia de André Luiz Pinto
>>> Lançamentos de literatura fantástica (1)
>>> Cidadão Samba: Sílvio Pereira da Silva
>>> No palco da vida, o feitiço do escritor
Colunistas
Últimos Posts
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
>>> Mon coeur s'ouvre à ta voix
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
Últimos Posts
>>> Kleber Mendonça volta a Cannes com 'Bacurau'
>>> Nem só de ilusão vive o Cinema
>>> As Expectativas de um Recrutador e um Desempregado
>>> A Independência Angolana além de Pepetela
>>> Porque dizer adeus?
>>> Direções da véspera IV
>>> Direções da véspera IV
>>> A pílula da felicidade
>>> Dispendioso
>>> O mês do Cinemão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Papo com Alessandro Martins
>>> Quem sou eu?
>>> Famoso e influyente
>>> Sobre o debate no SBT
>>> Pirataria 2.0
>>> Intolerâncias e inconsequências
>>> Crônica: o novo jornalismo?
>>> Memorial de Berlim
>>> The Good Life
>>> O Natal quase sempre é um problema
Mais Recentes
>>> A História da Matemática - Desde a criação das pirâmides até a exploração do infinito de Anne Rooney pela M. Brooks (2012)
>>> La Religión de Jesús - Comentário al Evangelio diario de José Maria Castillo pela Desclée De Brouwer (2015)
>>> 25 Livres clés de la Philosophie - Analyses et commentaires de Remi Hess pela Marabout (1995)
>>> Paulo, O Apóstolo dos Gentios de Rinaldo Fabri pela Paulinas (2001)
>>> Fique por dentro da genética de Martin Brookes pela Cosac & Naify (2001)
>>> Psicoterapia Aberta: Formas do Encontro de Wilson Castello de Almeida pela Ágora (1988)
>>> A Contorcionista Mongol de Roberto Muggiati (autografado) pela Record (2000)
>>> O Marido Perfeito Mora ao Lado de Felipe Pena pela Record (2010)
>>> O Ciclista da Madrugada de Arnaldo Block pela Record (2009)
>>> Cristal Polonês de Leticia Wierzchowski pela Record (2003)
>>> Sal de Leticia Wierzchowski pela Intrinseca (2013)
>>> A Máquina de Xadrez de Robert Löhr pela Record (2007)
>>> Caça às Bruxas Macartismo: uma Tragédia Americana de Argemiro Ferreira pela L&pm (1989)
>>> Curso De Direito Penal - Parte Especial - Vol. 2 de Fernando Capez pela Saraiva (2013)
>>> Coleção Oab Nacional - Direito Penal de Luiz Antônio de Souza pela Saraiva (2014)
>>> A casa de Hades - Percy Jackson de Rick Riordan pela Intrinseca (2013)
>>> Leituras Indispensáveis 1 de Aziz Ab'Sáber pela Ateliê (2008)
>>> O Tango da Velha Guarda de Arturo Pérez-reverte pela Record (2013)
>>> O Decimo Inferno e Luna Caliente de Mempo Giardinelli pela Record (2003)
>>> Nefrologia de M. Legrain et Al. pela Masson (1983)
>>> Paraíso de Tatiana Salém Levy pela Foz (2014)
>>> A Chave da casa de Tatiana Salém Levy pela Record (2007)
>>> Margarida La Rocque: a Ilha dos Demônios de Dinah Silveira de Queiroz pela Record (1991)
>>> Três famílias: identidades e trajetórias transgeracionais nas classes populares de Luiz Fernando Dias Duarte e Edlaine de Campos Gomes pela FGV (2008)
>>> Crítica da Divisão do Trabalho de André Gorz pela Martins Fontes (2001)
>>> O Mais Belo País é o Teu Sonho de Flávio Moreira da Costa (autografado) pela Record (1995)
>>> O sociologo e o historiador de Pierre Bourdieu e Roger Chartier pela Autentica (2011)
>>> Em defesa da sociologia de Anthony Giddens pela Unesp (2001)
>>> Irmã Morte de Justo Navarro pela Record (2011)
>>> Caos Total de Jean-claude Izzo pela Record (2002)
>>> Medicina Sexualidade e Natalidade de Henrique Augusto Lima (autografado) pela Byk (1999)
>>> Crônicas inéditas 2 de Manuel Bandeira pela Cosac Naify
>>> Adivinhadores de água de Eduardo Escorel pela Cosac Naify (2005)
>>> Flávio de Carvalho: Espaços da Arte Brasileira de Luiz Camillo Osorio pela Cosac Naify (2009)
>>> Cultura e materialismo de Raymond Williams pela Unesp (2011)
>>> O Eixo do Mal Latino-Americano e a Nova Ordem Mundial de Heitor de Paola pela Observatório Latino (2016)
>>> Marca, Imagem e Reputação: a Trajetória de Sucesso de Pessoas e Empresas de Fernanda de Carvalho e Francisco Britto e Richard House pela Da Boa Prosa (2012)
>>> Clarice, uma Biografia de Benjamin Moser pela Cosac Naify (2015)
>>> Um Barril de Risadas, um Vale de Lágrimas de Jules Feiffer pela Cia das Letras (2008)
>>> Inelegibilidades no Direito Brasileiro de Joel J. Cândido pela Edipro (2003)
>>> Recursos em matéria eleitoral de Tito Costa pela Revista dos Tribunais (2004)
>>> Direito Eleitoral & Questões Controvertidas de Antônio Carlos Martins Soares pela Lumen Juris (2008)
>>> Langage et pouvoir symbolique de Pierre Bourdieu pela Editions Fayard (2001)
>>> Les Règles de l'art de Pierre Bourdieu pela Editions du Seuil (1998)
>>> Princípios Estruturantes das Agências Reguladoras e os Mecanismos de Controle de Alexandra da Silva Amaral pela Lumen Juris (2008)
>>> Homo Academicus de Pierre Bourdieu pela Les Editions de Minuit (2005)
>>> A criança e a mídia: imagem, educação, participação de Cecilia Von Feilitzen; Ulla Carlsson pela Cortez (2002)
>>> Circulação internacional e formação intelectual das elites brasileiras de Ana Maria Almeida; Letícia Canêdo, Afrânio Garcia; Agueda Bittencourt pela Unicamp (2019)
>>> Crimes eleitorais de Suzana de Camargo Gomes pela Revista dos Tribunais (2008)
>>> Delegação e Avocação Administrativas de Regis Fernandes de Oliveira pela Revista dos Tribunais (2005)
BLOGS

Sábado, 6/4/2019
Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
Antonio Feitosa dos Santos

 
Porque dizer adeus?

Amor, apego ou afeição profunda,
Sentimento do corpo e da alma,
Luz que clareia nossos caminhos,
Eleva o espirito e ao corpo acalma.

Popularizado como coisa pegajosa,
Gruda nas paredes das entranhas,
Enraizando-se por todo o corpo,
Produzindo sensações estranhas.

Ele dói, enquanto anima a vida,
Alegra, transborda, eleva e vivifica,
Rejuvenesce e explora sentimentos,
Provoca, acaricia, paralisa, mortifica.

Quando lembramos de um adeus,
A razão foge, a emoção trás o louco,
O coração reduz o seu pulsar,
O físico por certo, morre um pouco.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
6/4/2019 às 16h50

 
A pílula da felicidade

Ser feliz é o que buscamos,
Não importa onde e com quem,
Esse intento é instintivo,
Não sendo privilégio de ninguém.

Por vezes vamos além,
Na busca da felicidade,
Ultrapassamos os nossos limites,
Utilizando-nos da velha vaidade.

Deus, porém, usando sua bondade,
Tudo pôs ao alcance da mão,
A natureza é pródiga,
Prontamente nos mostra a solução.

Veja como Deus tem a razão,
Bons frutos e belas flores,
O sombreiro das árvores copadas,
Nelas, passarinhos trovadores.

Lagos e rios em resplendores,
Cachoeira decantando os sentimentos,
Das grandes as pequenas criaturas,
Vão cumprindo na terra seus intentos.

De rosto livre aos ventos,
Não me canso de a todos contemplar,
A natureza é a minha paz de espirito,
O meu porto, aonde eu posso atracar.

A felicidade não é difícil de achar,
Deus nos deu a natureza,
Nos deu o som, o cheiro e a visão,
Para ouvir, sentir e admirar a beleza.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
5/4/2019 às 15h34

 
A vida, eterna brincadeira

Eu sempre bendigo a vida,
Cuido dela com carinho,
Sem espinho, Deus me deu.
Fui criança, fui menino
E tive os prazeres meus.

Quando bem pequenininho,
Com meus irmão eu brincava,
Com bola de couro e meia,
Tampão de dedos deixava,
Junto as pedras da areia.

Meu existir? sempre intenso,
Na cidade ou no campo,
Com os amigos eu brincava,
Com carrinhos ou pirilampos,
Brincadeiras? Eu criava.

Com os meus irmãos brinquei,
Com os amigos, oh! felicidade.
Com meus filhos brinquei demais
E disso eu sinto saudades,
Síndrome do amor de pai.

A vida é eterna brincadeira,
O tempo confisca as amizades,
Mas sigo brincando com a neta,
Isso, para mim é felicidade,
Digo, minha vida está completa.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/4/2019 às 08h07

 
Da amizade

Com palavras não há como expressar,
Um sentimento fiel de afeição,
Será quase nada o que diz uma palavra,
Diante da sensibilidade do coração.

De apreço, estima ou ternura não se fala.
A verdadeira amizade é para se viver.
Quão difícil é associar a palavra amigo,
Em conformidade com um bem querer.

Amigo, amiga, palavra que aconchega
E acalenta aquele que está mais perto,
A amizade não se vê, sente-se.
Com atos e fatos, deveras concreto.

A amizade é uma palavra sublime,
Tem corpo, tem alma e pulsa emoção.
Não nasce do dia e tão pouco da noite,
Mas do ato sentir, no íntimo do coração.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/4/2019 às 08h00

 
Mulher, ontem hoje e sempre

Saudade define bem,
Ausência de uma mulher,
Um fonema magistral para,
Mãe, esposa ou namorada,
Vindas de onde vierem.
Mulher, uma pérola rara,
O diamante mais puro,
Modela o homem seguro,
Capaz de tudo enfrentar.
A mulher é resistência,
E com sua resiliência,
Põe a todos no lugar,
A saudade lhe cai bem,
A eternidade também,
Sem sair do verbo amar.

08/03/2019 - Parabéns

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
8/3/2019 às 03h17

 
Amor, entre o céu e o fardo

A distância entre o corpo e o tempo,
Podemos chamar de céu da alegria.
Porém o percurso do céu ao espírito,
São longínquas preces de agonia.

As veredas conduzem ao céu do amor,
Dos espíritos e corpos que se atrelam,
Não tão longe, porém, nem tão perto,
Incógnita, que nem os anos revelam.

Não falo aqui do sincretismo ou da fé,
Mas do amor e dos que o professam.
Quão difícil é, a reciproca de um outro,
Convivem, conversam e contestam.

A harmonia se quebra de véspera,
O caminho se torna longo e árduo,
O céu agora, chama-se de inferno,
Arde os pés, no lombo o peso do fardo.

Não há caminho de aventura ao amor.
O céu da alma é o mesmo dos amantes.
Não tão longe, porém, nem tão perto,
Nesse caminhar ainda somos aspirantes.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
5/3/2019 às 14h18

 
Revidando

Amores que vêm e vão,
Medos que dão e passam,
Saudade do que passou,
Receio do que falhou,
E de quem não deixou graça.

Espera que isso passa,
O melhor estar por vir,
Quando se quer alcança,
Ao procurar na lembrança,
Não sabendo aonde ir.

Andar demais é andança,
Um passo a mais sempre cansa,
Obstinar-se na teia e não sair.

Com isso a desesperança,
De quem se entrega ao limite,
Excede e não contrabalança,
A alma pede o desquite,
De um corpo que já morreu.

Se você não entendeu,
Não aprendeu com o tempo!
Não peça para replicar,
O que a vida não ensina?
Desculpe, se menino ou menina,
Não há quem possa explicar.

Rio, 21/03/2018

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
1/3/2019 às 18h45

 
É premente reinventar-se

Renovação é uma premissa da própria natureza. Os animais mudam de pele, de chifres, de pelo etc. As arvores mudam de folhas, de flores e assim cumprem o ciclo da vida que a mãe natureza lhes impõem.

Assim também deveria ser com as pessoas. No mundo inteiro há sinais dessa necessidade premente de mudança. Os seres humanos são adaptáveis as circunstância e logo entendem que a evolução é uma constante em todos os aspectos da vida.

Há recantos pelo mundo afora, onde as pessoas são mais acessíveis e outras bem menos receptivas a inovação.

No Brasil, infelizmente, existe um grande apego a mesmice, as práticas retrógradas. Há por parte da população acentuada resistência a mudança, resistência ao novo, talvez pela questionável pregação das máximas: “estou aqui a muito tempo e sempre fiz assim”, “melhor um pássaro na mão do que dois voando”.

A velha política se esforça na demagogia, para não perder espaço por entre os seus adeptos. A velha jogada na saúde pública do é dando que se recebe, das barganhas políticas através das ONGs malditas, que se apossaram do sistema de saúde brasileiro.

A resistência de mudança no sistema de educação é gritante dentro das escolas, no intuito de salvaguarda ao arcaico, para que não haja questionamento das velhas ideologias doutrinárias, veladamente usadas para formação de seguidores do nada, para lugar nenhum da nossa juventude.

Nos diversos seguimentos dos profissionais que não se reinventam, que não leem, que não escrevem, que não pesquisam, mas intitulam-se medalhões da sabedoria.

Brasil de um povo acomodado, satisfeito com o muito do nada, acostumado com as migalhas de um sistema corrupto, da impunidade reinante, do abismo que separa os ricos dos pobres, do você vale o quanto tem, Brasil do você sabe com quem estar falando? Não podia e nem pode ser diferente.

Causa repulsa ver e ouvir pessoas defendendo larápios, bandidos que não se apiedam de ninguém, mas, segundo esses, merecem ser bem tratados e apiedados por suas vítimas.

Brasil do dinheiro fácil, do jeitinho brasileiro, do levar vantagem em tudo, do brasileiro esperto, de todos esses adjetivos empregados para definir o cidadão do Brasil. Por quanto tempo mais vamos resistir a mudança? Por quanto tempo mais vamos deixar que nos passem o recibo de bobos e incompetentes profissionais das diferentes áreas, que não a política?

Povo brasileiro, mostra a tua cara, mostra a indignação e a intolerância para com o malfeito, mostra que indiscutivelmente mudamos e que o passado não cabe no nosso presente e tão pouco caberá em nosso futuro.

Rio,15/02/2019

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
15/2/2019 às 19h11

 
Nada de novo no front

Eu gostaria de escrever algo de novo e de bom sobre o Rio de Janeiro e por conseguinte do Brasil, mas na área federal, o governo tem apenas 39 dias, nada tenho a acrescentar ou tirar do que já existia. A não ser a catástrofe de Brumadinho em Minas Gerais, o rompimento da barragem de rejeitos minerais da Vale do Rio Doce, culminando em mais de 300 mortos.

Acrescento também os atentados criminosos no estado do Ceará, a saúde do Sr. Presidente da república, após o atentado sofrido em Juiz de Fora, Minas Gerias, sem que as autoridades desvendem até o presente momento o mandante dessa estupidez.

No Rio de Janeiro, porém, todo dia é dia de tragédia. Não bastassem a desorganização política, social, de saúde e de segurança, a natureza desceu a mão pesada em forma de chuva. O povo já tão sofrido desse Estado, que já foi o mais importante Estado da federação nacional.

O despreparo dos políticos do Rio de Janeiro, por si só, tornam a cidade e o estado terra de ninguém, sem controle e sem organização, do ponto de vista, da urbanização, da fiscalização e do ordenamento social vigentes em nossa cidade.

Pasmem, os deputados que tomaram posse, agora discutem como empossar deputados presidiários. O povo os elegeu, mas os senhores deputados não o considera apto, para discutir e decidir por mais essa aberração da política carioca.

A tragédia de hoje, 08 de fevereiro 2019, no Centro de Treinamento do Flamengo, em Vargem Grande, que exterminou o sonho de dez crianças e de seus familiares, abruptamente. Só então, o governo municipal, lembrou que não há alvará, licenciamento do ninho do urubu, para funcionar. Aonde estava ou onde estar a fiscalização municipal?

As brigas entre facções rivais e incursões de policiais, cumprindo os seus deveres constitucionais e de segurança, deixam hoje um saldo de 13 mortos. Apreensão de armas de diversos calibres, alguns feridos e outros tantos presos.

Que cidade é essa? Que estado é esse? E a quem nós cidadãos e cidadãs creditamos o poder de representar-nos, como carioca e brasileiros que somos?

Aprendamos a cuidar dessa Cidade e desse Estado, com bem-estar social, segurança, saúde, educação e respeito. A população merece e agradece e, cobra isso como premissa de quem dizia em campanha: “agora vamos cuidar das pessoas”. Até o presente momento de nada cuidou e tão pouco das pessoas. Rio, 08/02/2019

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
9/2/2019 às 11h23

 
Assim eu quero a vida

Bom seria se a vida fosse só de encontros,
O sorriso transbordasse nos lábios,
E não houvessem tantos desencontros.
Tão somente ouvíssemos belas palavras.
E quando necessário fosse,
O amor não esperasse tanto para pedir desculpas,
Então, felizes para sempre, quem sabe fossemos.

[Comente este Post]

Postado por Antonio Feitosa dos Santos
17/1/2019 às 15h11

Mais Posts >>>

Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O DOM DA COLHEITA:DOM DE ADQUIRIR RIQUEZAS
AGENOR DUQUE
DO AUTOR
(2014)
R$ 4,30



AGAMÊMNON DE ÉSQUILO
TRAJANO VIEIRA
PERSPECTIVA SÃO PAULO
(2007)
R$ 24,00



O BUDA MAYTREYA E O FIM DO MUNDO
LIN CHANG CHENG
BRASLAIDO
R$ 25,00



PRIMEIRO ANUÁRIO BRASILEIRO DE FÓRMULA 1 1996-1997
FRANCISCO SANTOS
TALENTO EDIPROMO
(1996)
R$ 16,50



MULHERES BÍBLICAS
CARLOS LINO DE SEABRA
PAULINAS
(1996)
R$ 48,00



SETE RAZÕES POR QUE CRISTO É A NOSSA ESPERANÇA
PR. ARTUR GONÇALVES
PALAVRA DA CRUZ
R$ 15,00



A FONTE LUMINOSA
WALMIR AYALA
FTD
(1988)
R$ 14,50



OS PERSONAGENS NO PROCESSO CANÔNICO DE DECLARAÇÃO DE NULIDADE DE
REVISTA DIREITO E PASTORAL, Nº 12 - ANO 3
INST SUPERIOR DIREITO CANÔNICO
(1989)
R$ 30,28



FOR KEEPS
NATASHA FRIEND
VIKING BOOKS FOR YOUNG READERS
(2010)
R$ 19,82



SANGUE NEGRO
NOÉMIA DE SOUSA
KAPULANA
(2016)
R$ 35,83




>>> A Lanterna Mágica
>>> Abrindo a Lata por Helena Seger
>>> Blog belohorizontina
>>> Blog da Mirian
>>> Blog da Monipin
>>> Blog de Aden Leonardo Camargos
>>> Blog de Alex Caldas
>>> Blog de Ana Lucia Vasconcelos
>>> Blog de Anchieta Rocha
>>> Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ
>>> Blog de Angélica Amâncio
>>> Blog de Antonio Carlos de A. Bueno
>>> Blog de Arislane Straioto
>>> Blog de CaKo Machini
>>> Blog de Camila Oliveira Santos
>>> Blog de Carla Lopes
>>> Blog de Carlos Armando Benedusi Luca
>>> Blog de Cassionei Niches Petry
>>> Blog de Cind Mendes Canuto da Silva
>>> Blog de Cláudia Aparecida Franco de Oliveira
>>> Blog de Claudio Spiguel
>>> Blog de Dinah dos Santos Monteiro
>>> Blog de Eduardo Pereira
>>> Blog de Ely Lopes Fernandes
>>> Blog de Enderson Oliveira
>>> Blog de Expedito Aníbal de Castro
>>> Blog de Fabiano Leal
>>> Blog de Fernanda Barbosa
>>> Blog de Geraldo Generoso
>>> Blog de Gilberto Antunes Godoi
>>> Blog de Haelmo Coelho de Almeida
>>> Blog de Hector Angelo - Arte Virtual
>>> Blog de Humberto Alitto
>>> Blog de Isaac Rincaweski
>>> Blog de João Luiz Peçanha Couto
>>> Blog de JOÃO MONTEIRO NETO
>>> Blog de João Werner
>>> Blog de Joaquim Pontes Brito
>>> Blog de José Carlos Camargo
>>> Blog de José Carlos Moutinho
>>> Blog de Kamilla Correa Barcelos
>>> Blog de Lourival Holanda
>>> Blog de Lúcia Maria Ribeiro Alves
>>> Blog de Luís Fernando Amâncio
>>> Blog de Marcio Acselrad
>>> Blog de Marco Garcia
>>> Blog de Maria da Graça Almeida
>>> Blog de Nathalie Bernardo da Câmara
>>> Blog de onivaldo carlos de paiva
>>> Blog de Paulo de Tarso Cheida Sans
>>> Blog de Raimundo Santos de Castro
>>> Blog de Renato Alessandro dos Santos
>>> Blog de Rita de Cássia Oliveira
>>> Blog de Rodolfo Felipe Neder
>>> Blog de Sonia Regina Rocha Rodrigues
>>> Blog de Sophia Parente
>>> Blog de suzana lucia andres caram
>>> Blog de TAIS KERCHE
>>> Blog de Thereza Simoes
>>> Blog de Valdeck Almeida de Jesus
>>> Blog de Vera Carvalho Assumpção
>>> Blog de vera schettino
>>> Blog de Vinícius Ferreira de Oliveira
>>> Blog de Vininha F. Carvalho
>>> Blog de Wilson Giglio
>>> Blog do Carvalhal
>>> Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
>>> Blog Ophicina de Arte & Prosa
>>> Cinema Independente na Estrada
>>> Consultório Poético
>>> Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida
>>> Cultura Transversal em Tempo de Mutação, blog de Edvaldo Pereira Lima
>>> Escrita & Escritos
>>> Eugênio Christi Celebrante de Casamentos
>>> Ezequiel Sena, BLOG
>>> Flávio Sanso
>>> Fotografia e afins por Everton Onofre
>>> Impressões Digitais
>>> Me avise quando for a hora...
>>> Metáforas do Zé
>>> O Blog do Pait
>>> O Equilibrista
>>> Relivaldo Pinho
>>> Ricardo Gessner
>>> Sobre as Artes, por Mauro Henrique
>>> Voz de Leigo

busca | avançada
27633 visitas/dia
955 mil/mês