Construindo a democracia através do cidadão 2 | Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas

busca | avançada
32696 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Quem é (e o que faz) Julio Daio Borges
>>> Plágio
>>> O filho eterno e seus prêmios literários
>>> Entrevista com Antonio Henrique Amaral
>>> Entrevista com Antonio Henrique Amaral
>>> Entrevista com Antonio Henrique Amaral
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> Espírito de porco
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nine Eleven
Mais Recentes
>>> Viagem ao Centro do Computador de Edith Modesto pela Ática (2000)
>>> A Rosa de Sarajevo de Margaret Mazzantini pela Companhia das Letras (2011)
>>> Um Pedaço de TI de Patricia Bittencourt pela Ledriprint (2017)
>>> Bala XXI - Casos, Crônicas, Piadas e Contos de Augusto José Vieira Neto pela Mandamentos (2000)
>>> Filhos Especiais Para Pessoas Especiais - O Milagre do Dia-a-dia de Neusa Maria pela Paulinas (2010)
>>> Pensées Étranglées de E. M. Cioran pela Gallimard (2014)
>>> Le Voyageur et son Ombre de F. NNietzsche pela Denoel (1979)
>>> Colder than Ice de David Patneaude pela Albert Whitman & Company (2003)
>>> Misericordiae Vultus / O Rosto da Misericórdia de Papa Francisco pela Paulinas (2015)
>>> Manual do Agricultor Brasileiro de Carlos Augusto Taunay pela Companhia das Letras (2001)
>>> O Ingenuo de Voltaire pela Dcl (2013)
>>> O Evangelho Segundo O Espiritismo de Allan Kardec pela Feb (1999)
>>> A Princesa de Babilonia de Voltaire pela Dcl (2013)
>>> A Campanha Abolicionista de Jose do Patrocinio pela Dcl (2013)
>>> Zollinger - Atlas de Cirurgia de E. Christopher Ellison, Robert M. Zollinger pela Guanabara Koogan; (2017)
>>> O Hobbit: A batalha dos cinco exercítos : guia ilustrado de Jude Fisher pela WMF Martins Fontes (2014)
>>> Radiografia da Alma de Pe. Hewaldo Trevisan pela Planeta (2010)
>>> Convênios e outros instrumentos de "Administração Consensual"na Gestão Pública do século XXI - Restrições em Ano Eleitoral de Jessé Torres Pereira Junior e Marinês Restelatto Dotti pela Fórum (2010)
>>> Estalos e Rabiscos - Mãos à Obra Literária de Walter Galvani pela Novaprova (2011)
>>> Distrito Federal Paisagem, População e Poder de Marília Peluso e Washington Candido pela Harbra (2006)
>>> Parto de Mim de Vera Pinheiro pela Pallotti (2005)
>>> Deuses americanos de Neil Gaiman pela Intrínseca (2016)
>>> A Ilha dos Prazeres de André Rangel Rios pela Uapê (1996)
>>> A pequena pianista de Jane Hawking pela Única (2017)
>>> Tradição e Novidade na Ciência da Linguagem de Eugenio Coseriu pela Presença- Usp (1980)
>>> Jovens Sem-Terra - Identidade em movimento de Maria Teresa Castelo Branco pela Ufpr (2003)
>>> Os Segredos das Mulheres Inteligentes de Julia Sokol e Steven Carter pela Sextante (2010)
>>> Lettres et Maximes de Épicure pela Librio (2015)
>>> Um Mundo a Construir de Marta Harnecker pela Expressão Popular (2018)
>>> Da RegenciaÀ Queda de Rozas (Rosas)/ Encadernado de Pandiá Calógeras pela Cia. Ed. Nacional (1940)
>>> Psicoterapia y Relaciones Humanas de Carl Rogers e G. Marian Kinget pela Alfaguarra (1971)
>>> O Vinho no Gerúndio de Júlio Anselmo de Sousa Neto pela Gutenberg (2004)
>>> Michel Foucault, Filosofia e Biopolítica de Guilherme Castelo Branco pela Autêntica (2015)
>>> Vidas Provisórias de Edney Silvestre pela Intrínseca (2013)
>>> Introdução À Arqueologia Brasileira: Etnografia e História de Angyone Costa pela Cia. Ed. Nacional (1938)
>>> A Glória de Euclides da Cunha ; Edição Ilustrada/ Brasiliana de Francisco Venancio Filho pela Cia. Ed. Nacional (1940)
>>> A Glória de Euclides da Cunha ; Edição Ilustrada/ Brasiliana de Francisco Venancio Filho pela Cia. Ed. Nacional (1940)
>>> Viñas, Bodegas & Vinos de Argentina de Austral Spectator pela Austral Spectator (2007)
>>> Alexandre, o Conquistador de Airton de Farias pela Prazer de Ler (2013)
>>> A Fiandeira de Ouro de Sonia Junqueira pela Positivo (2008)
>>> Feudalismo de Airton de Farias pela Prazer de Ler (2013)
>>> Alfabeto de Histórias de Gilles Eduar pela Ática (2008)
>>> As Obsessões de um Executivo Extraordinário: as Quatro Disciplinas... de Patrick Lencioni pela Record/ RJ. (2002)
>>> As Obsessões de um Executivo Extraordinário: as Quatro Disciplinas... de Patrick Lencioni pela Record/ RJ. (2002)
>>> As Obsessões de um Executivo Extraordinário: as Quatro Disciplinas... de Patrick Lencioni pela Record/ RJ. (2002)
>>> Marketing Nas Empresas Brasileiras: Organização de Vendas de Joaquim Carlos da Silva pela Record/ RJ.
>>> Dicionário da Língua Portuguesa de Malthus Oliveira de Queiroz pela Sucesso (2014)
>>> Salgueiro 50 Anos de Glória de Haroldo Costa pela Record (2003)
>>> Mitologia Grega de Pierre Grimal pela L&PM (2009)
>>> Além do Bem e do Mal de F. Nietzsche pela Escala (2005)
BLOGS >>> Posts

Quinta-feira, 1/9/2016
Construindo a democracia através do cidadão 2
Antonio Feitosa dos Santos

+ de 400 Acessos



A democracia supõe que o cidadão, participa da discussão política, não se limita a reagir a este ou àquele acontecimento da conjuntura sócio econômica, ou medida governamental. Ao se contentarem em fazer valer seus interesses puramente particulares, sem perceber a realidade e a complexidade dos problemas, o governante será o único a fazer a “síntese” dessas opiniões múltiplas e singulares. Em outros termos, é o único que pode elaborar um projeto político e assim já não há mais democracia em sentido estrito.

O Estado será tão mais democrático quanto mais os cidadãos participarem da discussão e se manifestarem através dos jornais, sindicatos, partidos polípticos, entre outros. Assim como, julgarem dos seus pontos de vista a quem governa e pensarem os problemas em sua complexidade e em função do interesse geral. A decisão não resulta, então, de um único projeto, mas da escolha entre diferentes projetos possíveis.

Essa elaboração em comum dos projetos de ação torna possível um julgamento público correto. Esse é, ao mesmo tempo a determinação das finalidades e dos meios de ação, dos princípios e de suas conseqüências práticas. Será tanto mais correto quanto mais adaptado estiver à realidade da situação.

No debate político, cada um é levado a fazer valer sua interpretação da situação e a julgar o que convém fazer. Começam a se manifestar sob a forma de opiniões, sentimentos e do que, de modo geral, chama-se sensibilidade política. Essa sensibilidade é decerto determinada em parte pela origem social do indivíduo e por suas condições concretas de existência.

Toda sensibilidade política nutre-se de inúmeros fatores: tradição familiar, profissão e participação em um grupo de interesses, fidelidade a um partido, ligações sentimentais, etc. Ou seja, ela é largamente “herdada”. Está arraigado nas primeiras experiências da criança, os valores e crenças que ela tenha adquirido, no seio da família.

A participação na discussão dos temas de interesse público, é um elemento central da democracia. Na maioria das discussões políticas, os cidadãos não se interessam pelos pormenores das medidas técnicas, como lutar para fazer baixar a inflação ou para manter a dispersão nuclear do país em um nível confiável.

Eles falam de seus interesses e dos valores que lhes são caros - ao mesmo tempo, porque se apegam a eles e porque sua existência, deles dependem.

A educação deve permitir que a discussão política não se restrinja aos corredores do poder, aos acertos – tantas vezes escusos – nos quais os cidadãos contribuintes, mesmo espoliados, estão sempre no lado de quem perde. O dinheiro arrecadado dos cidadãos, através de dezenas de impostos camuflados em todas as operações financeiras são canalizados para o enriquecimento sem limites dos nossos lídimos representantes. E aí esbarramos em outra face do problema. Uma vez que elegemos livremente nossos representantes e o voto é universal, inseridos estamos nós num regime democrático.

Só que o sistema eleitoral nos deixam afastados desses representantes. Não nos dá condição de cobrar deles, o tempo todo, por sua atuação. A essa discussão, que se elabore sob a forma de vontade consciente o que, em cada indivíduo, é simplesmente sentido como justo ou sensato. Ela contribui para dar existência política e valores, que os governantes se esforçam para realizar, levando em conta as condições sociais, econômicas, militares e diplomáticas.

A educação dos cidadãos ativos deve, pois, oferecer os meios – a informação e o método - o gosto e o hábito da participação na discussão. Deve sem descanso reformular a questão dos princípios (os valores) que comprometem o futuro da comunidade e sem os quais a política não passa de um jogo infecundo e de rivalidades. Nesse sentido, ela implica numa prática de dialética no sentido socrático do termo, ou se preferirem, do diálogo. Isso confere sentido moral e político a ação dos educadores, com a condição, porém, de estes terem sidos formados para essa prática e considerarem a si próprios como homens cultos.

É possível agora concluir abrindo espaço para uma objeção. Nossa reflexão repousa nas idéias de educação e de democracia. A essas idéias, pode-se opor a realidade dos fatos. Em primeiro lugar, há “democracias” governadas não por verdadeiros homens de estado, mas por indivíduos medíocres, obsedados por interesses partidários. Além disso, a maior parte da população, na maioria dos estados não tem nenhum desejo de assumir responsabilidades públicas.

Muitos indivíduos se desinteressam totalmente dos problemas políticos, e os que escolhem participar dos assuntos, não têm necessariamente os meios para tal. Para levar uma “vida pública”, é preciso dispor de tempo e de recursos financeiros importantes. É também necessário fazer-se reconhecer no seio de um partido, de um sindicato ou de um grupo de pressão, adquirir influência e autoridade. O peso das instituições, dos “aparelhos” e das posições adquiridas não é nada desprezível.

Esses fatos são incontestáveis, mas em nada prejudicam a definição de democracia. Acontece aí o mesmo que na Geometria: na realidade não existe nenhum círculo perfeito, mas isso não prejudica o geômetra que busca definir o círculo. Ainda mais: é na medida em que se tem a idéia do círculo que se pode mostrar, cá e lá, as imperfeições dos círculos reais. Sem essa idéia ou essa definição pura, nem seria possível ver essas imperfeições. Por conseguinte, a busca de uma definição “ideal” de democracia não leva a desprezar a realidade por um mundo de idéias, sem consequências. Pois, sem idéia, qualquer juízo, mesmo crítico, é simplesmente impossível.

A construção e preservação da democracia há que passar pela educação do cidadão, caso contrário não haverá democracia e consequentemente não haverá a tão sonhada liberdade da raça humana.

Fontes bibliográficas:
Patrice Canivez, “Educar o cidadão”.
Sergio Buarque de Holanda, “Raízes do Brasil”.


Postado por Antonio Feitosa dos Santos
Em 1/9/2016 às 10h02


Mais Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




JURISPRUDÊNCIA DA NOVA LEI DE RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS E FALÊNCIAS
MANOEL JUSTINO / BEZERRA FILHO
REVISTA DOS TRIBUNAIS
(2006)
R$ 25,00



CURSO BÁSICO DE ESPIRITISMO
ALIANÇA
ALIANÇA
(1994)
R$ 5,00



LA REVOLUTION COPERNICIENNE DU LANGAGE: DANS LOEUVRE DE WILHELM
OLE HANSEN LOVE
LIBRARIE PHILOSOPHIQUE J VRIN
(1972)
R$ 58,28



(RE) PENSANDO A PESQUISA JURÍDICA
MIRACY BARBOSA DE SOUZA GUSTIN (...)
DEL REY/ BELO HORIZONTE
(2006)
R$ 87,90



REFLEXÕES PARA OS QUE OUSAM PENSAR E QUESTIONAR
ANNA SHARP
ROCCO
(1997)
R$ 7,50



199 PROBLEMAS RESOLVIDOS DE MECÂNICA -CURSO SUPERIOR
BENEDITO FLEURY SILVEIRA
S/N
R$ 5,50



ESTADO NOVO: A CONSTRUÇÃO DE UMA IMAGEM
CPDOC
FGV (RJ)
(1997)
R$ 30,82



COMO PINTAR CAMISETAS
ARNALDO BELMIRO
EDIOURO
R$ 7,00



OS AMERICANOS ESTÃO CHEGANDO - CAPA DURA ILUSTRADA
DAPHNE DU MAURIER
CÍRCULO DO LIVRO
R$ 9,00



A ASTRONOMIA NO BRASIL
ABRAHÃO DE MORAES
USP/IAG
(1984)
R$ 50,00





busca | avançada
32696 visitas/dia
1,3 milhão/mês